Neutralidade política não existe: Reinaldo Azevedo e a consultoria para o PT

77
235

Reinaldo Azevedo Roda Viva 3

Um amigo me garantia permanecer neutro nessa eleição. Mas, como já diz Glenn Beck, neutralidade não existe. Não há como discordar dele, por isso jamais fui neutro: meu voto vai para Aécio no primeiro turno, e no caso de Marina ir para o segundo contra Dilma, vai para marina. Mantenho minha posição, especialmente nestas eleições presidenciais, as mais fascinantes da história recente do Brasil.

Há umas duas semanas escrevi o texto Votar em Marina ou Dilma em um hipotético segundo turno? Resposta de Reinaldo Azevedo: em ninguém. Ele está certo ao agir assim?, em que eu já criticava a ideia do colunista de votar nulo. Mas não podia prever que essa escolha resultasse em tamanha mudança comportamental.

Já aviso, como sempre, que gosto muito do material escrito por Reinaldo, e me coloco no direito de fazer uma crítica em relação a um comportamento que entendo como equivocado. Isso é dialético.

O comportamento de que falo aqui é a tomada de decisão por uma opção “nula” de forma leviana, sem qualquer justificativa racional, em um momento de decisões morais seríssimas. Não há um argumento convincente para isso. O mais surpreendente, porém, é vê-lo bandear para a consultoria do PT, ou seja, dar ao partido todas as dicas possíveis e imagináveis em prol de uma vitória de Dilma sobre Marina.

Veja o texto Pô, Dilma, quer me pagar? Sou melhor do que o Franklin, comentado:

Pô, desse jeito, vou me candidatar a assessor da candidatura Dilma Rousseff, né?, já que os incompetentes que a cercam estão tomando um baile de Marina Silva. Já levaram ao horário eleitoral uma afirmação que fiz aqui: só dois presidentes se elegeram acima dos partidos no Brasil: Jânio Quadros e Fernando Collor. Tudo bem! Não quero reconhecimento. É uma ironia que as estatais gastem tanto dinheiro financiando blogueiros do nariz marrom e, na hora de precisar de uma ideia que faça sentido, apelem a mim.

Reconheço que há um tanto de ironia aí em cima, mas também fatos. E no apontamento destes fatos, eu não tenho como duvidar dele. De fato Reinaldo ajudou a criar um resultado para o PT, na confecção de ideias para a campanha de medo proporcionada pelo partido contra Marina. Alguns dirão: “Ah, mas não era a intenção”. Mas na guerra política, não avaliamos os efeitos causados no mundo apenas por nossas intenções, mas principalmente por nossos resultados.

É isso que falo quando trato da responsabilidade no momento de posicionarmos nossas armas: quando Reinaldo resolveu atirar feito desesperado contra Marina, ele sabia que seu conteúdo seria propagado pelas redes sociais. É uma questão de escolha. Cada escolha provê resultados. Resultados devem ser avaliados. Simples assim.

Talvez por ter colaborado efetivamente para resultados políticos do PT, ele parece querer prestar satisfações à esse lado manifestado de sua personalidade, que, conforme previsto, não seria “neutro”.

Ontem, recomendei a Dilma que indicasse desde já o substituto de Guido Mantega caso venha a se eleger. Pode não render votos, mas dá uma desanuviada no ambiente. Ela não chegou a tanto — até porque é difícil imaginar quem aceitaria a tarefa com um padrão intelectual de Mantega para cima —, mas ela, ao menos, deixou claro que, se eleita, vai mudar a equipe. Ninguém está interessando em saber os respectivos nomes dos 7.531 ministros de Dilma. Basta que ela diga dois nomes: quem assumiria a Fazenda e o Banco Central. Boa parte das especulações, se as indicações forem boas, cessaria imediatamente.

Ele simplesmente já entrou na fase da recomendação. Como se nota, ele parece Galvão Bueno em jogo de seleção brasileira. É claramente uma torcida. Parece algo inconsciente.

Mas sabem como é… O PT é sempre muito orgulhoso da própria incompetência.

Isso parece irritação com o fato de que o PT não está sendo competente o suficiente para destruir Marina Silva, escolhida como seu alvo preferido.

Nem mesmo eu, que jamais acreditei em neutralidade política (pois subconscientemente alguém sempre irá fazer escolhas em dilemas), deixo de ficar surpreso com uma virada tão radical por parte de Reinaldo Azevedo.

Nos próximos dias, será preciso armar uma artilharia política forte contra Dilma, pois simplesmente o blog político (o de Reinaldo Azevedo) mais acessado do Brasil se tornou, inadvertidamente, seu aliado. Se esta é a opção de Reinaldo, resta-nos respeitá-lo, pois assim como alguém tem o direito de optar por Marina, outro deve ter de optar por Dilma.

Mas que eu estava certo ao dizer que neutralidade política não existe, estava. Dica: na próxima vez em que se declarar neutro em um dilema crítico e complexo, tente pensar nas consequências dessa escolha. Olhe principalmente para como o seu subconsciente reagirá. Quer dizer, como o seu sistema límbico profundo registrará as racionalizações feitas pelo seu néocortex. Os resultados às vezes são bizarros e imprevisíveis.

Como técnica de auto-proteção contra isso, sempre me posiciono, ignorando o mito da neutralidade política. Posso estar errado? Posso, mas é exatamente por isso que coloco minhas posições para serem contra-argumentadas ou sustentadas.

Anúncios

77 COMMENTS

  1. O lance é que não dá prá entender Reinaldo como um soldado da guerra política. Ele é articulista de opinião, não um militante. Ainda assim, eventuais críticas que ele faz a Marina, se são aproveitadas pelo PT, também poderiam sê-lo pelo PSDB – e aqui cabe nova crítica aos tucanos, que estão há 3 eleições presidenciais solenemente ignorando tudo que ele recomenda.

    Acho que o espírito desse post não é justo com o jornalista. Tira uma conclusão muito particular, com base em um único artigo, isolando-o de toda obra que ele produziu. Reinaldo escreveu hoje mesmo um outro artigo que defende Marina dos ataques que ela tem recebido por ser (supostamente, digo eu) religiosa. Por que presentear Dilma (e também Aécio) com o verossímil frame de ataque contra o discurso antipolítica de Marina tem mais valor do que dar a Marina o frame também verossímil de vítima de intolerância religiosa?

    Reinaldo está preocupado apenas com suas próprias observações dos fatos, não com eventuais resultados que possam delas surgir. Está errado? Para a função que ele estabeleceu para si, de jeito nenhum.

    • bedot,

      Veja que você julga pela intenção, e eu respeito isso, mas no escopo da guerra política (do qual não podemos fugir, e eu já argumentei quanto a isso) temos que avaliar alguém PELOS RESULTADOS. Que a insistencia dele em atacar Marina iria prover um resultado, era mais que óbvio. Meu texto dá essa constatação. E agora ele não pode mais se livrar dos méritos que conseguiu, mesmo que não tenha sido intencional.

      Para piorar ele está feito desesperado ainda HOJE dando dicas ao PT. Por que ele faz isto?

      Abs,

      LH

      • Nós aqui podemos não fugir do escopo da guerra política, Luciano, mas o Reinaldo não faz parte disso. Não arrogou para si esse papel. Se quisermos, agora sim, falar em termos de resultados, não acredito que Reinaldo seja influenciável a ponto de sucumbir a pressões que o façam passar a escrever como achamos que deva. Pelo contrário: justamente por não ser político, a tendência é que ele passe a se incomodar com uma certa patrulha vinda de hostes ideologicamente próximas. O resultado que almejamos não seria alcançado.

        Não creio que ele esteja “atacando” Marina. Ele está revelando suas contradições, um dever jornalístico que, este sim, ele arrogou para si. E se voltarmos para a questão dos resultados, insisto no seguinte ponto: o que ele disse a respeito de Marina serve a Dilma, mas serve também a Aécio. Se os tucanos não sabem aproveitar o que ele diz para transformar em resultado, não é culpa dele, nem nossa, tampouco do PT.

        Insisto: não se isola um tópico de uma obra. Pelo espírito do post, poderíamos dizer que Reinaldo também produziu resultados A FAVOR de Marina HOJE, ao colocá-la em outro post como vítima de perseguição religiosa (e os petistas, consequentemente, como intolerantes). Se um post contra Marina vale, o outro a favor também.

      • Não há como o ser humano deixar de fazer parte da guerra política, a não ser morrendo. Não é algo que podemos escolher. Além do mais, este blog não faz pressão alguma, mas analisa dialeticamente um erro estratégico de alguém da direita. É importante que saibamos a reconhecer responsabilidades, pois é nisso que precisaremos começar a nos amparar de quisermos resultados nessa guerra. Por manias em particulares (os motivos são dele, e respeito), optou-se por uma concentração de ataques específicas que gerou resultados específicos. Em relação à questão da “defesa de Marina hoje”, aquilo foi inclusão de um parágrafo ao final. E terei uma outra desconstrução de Reinaldo ainda hoje. Não vi ali um centésimo da dedicação que ele fez em prol de ajudar a candidatura do PT. Qual o motivo dele? Ele deve ter. Como disse no post, respeito. Mas não posso deixar de apontar a contradição.

      • O Reinaldo conquistou sucesso editorial exatamente pelo destemor. Sua pena, invariavelmente, incomoda os esquerdistas e com certa frequência causa repulsa entre muitos anti-esquerdistas, notadamente quando trata de cristianismo, aborto, drogas, temas que causam urticária nos “libertários” e “céticos”.

        Ninguém conseguirá pautar o Reinaldo com esse papo de que com críticas contumazes á ungida ele beneficia Dilma.

        Assim como ninguém conseguiu lhe convencer de que você estava capitaneando votos para a “Capitã Planeta” já no 1º turno com sua avalanche de textos “estratégicos” pró-Marina.

        Ou seja, mesmo não sendo tão lido quanto Reinaldo, acho que você colaborou com a campanha multitudinária (petistas + ambientalistas + céticos + a massa de idiotas) pela inviabilização da candidatura do Aécio já no 1º turno, assim como o próprio Reinaldo influenciará o voto contra Marina nos dois turnos.

        Você pode, Reinaldo também!

      • Reinaldo de Azevedo é pró PSDB, não tenha dúvidas. Ele está tentando fazer o possível para recuperar votos para Aecio, mesmo que em seu desespero ele ainda não tenha percebido que pode afetar Marina. No segundo turno, quando seus padrinhos políticos estiverem fora do páreo, ele volta a atacar a Dilma.
        Quer apostar quanto?

        Mas é como vc disse, o que importa são os resultados. O PT como sempre está dividindo para conquistar.

      • O que temos nesta eleição?
        1-Um partido decidido a implantar um regime estranho no Brasil. Que dá benesses a ditadores e criminosos e com eles se alia contra regimes livres e democráticos. Que conta com o voto do curral-Bolsa Família para sua re-eleição. Que recentemente isentou Putin de responsabilidades quanto a morte de mais de 200 almas com o abate de um avião cuja rota cruzava a Ucrânia;
        2-um segundo partido que trouxe relevantes serviços ao Brasil ajudando para que a moeda viesse a ficar fortalecida, a inflação descesse a patamares bem abaixo de 84,32 % em certo mês no tempo de Collor, e os pobres recebessem benefícios que mais tarde o partido bolivariano no poder aqui se apropriou como instituidor,e
        3- um terceiro partido que diz querer governar sem alianças…

        Ora, se eu não desejo um partido que vai implantar uma ditadura no Brasil, nem um que se inviabilizará no poder não fazendo alianças para governar…, eu preciso votar naquele que conheço e que sei que fez bem ao País o qual não criará uma Cuba aqui não é mesmo? LOGO, Por que levantar a bola pro adversário?

    • Vamos falar a real?…..a linguagem do povão?

      Reinaldo ESPERNEIA durante anos em seu Blog….tudo é o PT….de cada 2 setenças de texto, 1 é contra o PT. Ele fala, reclama, aponta, demoniza….e nós sabemos que ele tinha o direcionamento certo — porque as coisas tinha o MÉRITO DE SER VERDADE.

      MASSSSS…..AGORA NO MOMENTO MAIS IMPORTANTE da história do país….ele está bancando um completo RETARDADO MENTAL.

      Não adianta pegar leve, não adianta colocar luva de pelica…..
      Ele se deseperou com seu canditado (Aécio) e pensa que atacando Marina MILAGROSAMENTE a opinião pública a respeito de aécio melhorará.

      No momento de definição de uma guerra (como este) agir SEM QUALQUER TRAÇO DE RACIONALIDADE ESTRATÉGICA é imperdoável.

      Nunca mais lerei Reinaldo da mesma forma.
      E tenho dito.

      • “Ele se deseperou com seu canditado (Aécio) e pensa que atacando Marina MILAGROSAMENTE a opinião pública a respeito de aécio melhorará.”

        Absolutamente.

        Se a Dilma ganhar essa eleição, eu juro por deus que desisto oficialmente da direita brasileira (pelo menos até a geração atual de Azevedos e Constantinos se aposentarem). Aécio não iria se eleger em 2014 jamais, mesmo que Eduardo Campos ainda estivesse vivo. Agora vejo um monte de direitistas batendo na Marina, sendo que ontem mesmo eles faziam carinha feia na hora de defender o Aécio. Ora, a ideia não era votar no menos pior? Tão reclamando do quê, então?! “Mimimi, Aécio é de longe o melhor, tem as melhores propostas…”, e ainda assim ele é um FROUXO. FROUXIDÃO NÃO VENCE ELEIÇÃO. Ou esses direitistas acham que no Brasil, diferente de TODOS os país do mundo, um candidato à presidência seria eleito com base APENAS nas promessas de campanha?

        Se não sabe/quer jogar o jogo político, pede pra sair.

      • Pecador, concordo com cada linha de sua análise.
        O Reinaldo caiu MUITO no meu conceito por sua falta de visão estratégica. Fico mais com a postura do Rodrigo Constantino: prioridade numero um é tirar o PT do poder, se possível, com Aecio Neves.

        Votar no menos pior SEMPRE é uma opção!

      • Um informação: Silas Malafaia passou o dia inteiro nas redes sociais defendendo Marina usando como fonte de um post de…. Reinaldo Azevedo.

    • Concordo com Bedot, o papel que o Reinaldo assume é o de investigador do cenário político e opinador a respeito de atitudes e propostas em discussão e não fazer defesas ou ataques a qualquer candidato específo. Se ele supostamente tem criticado mais a Marina do que a Dilma, provavelmente é por que ele ultimamente tem se concentrado em observar mais a Marina. Acho que não se pode sacrificar a busca honesta da verdade em função da defesa de um candidato de preferência. É necessário enterrar as fraudes políticas junto com os Partidos do Foro, ou seja, enterrar com o partido da Marina, do PT e demais membros.

    • “Reinaldo está preocupado apenas com suas próprias observações dos fatos, não com eventuais resultados que possam delas surgir. Está errado? Para a função que ele estabeleceu para si, de jeito nenhum.”

      Lembra-me o resultado nefasto do voto de desempate de um ministro do STF na admissibilidade dos embargos infringentes no mensalão. Com o seu voto consciente ele sabia que poderia favorecer gente do PT que tinha sido condenada; sabia que poderia derrubar decisões de ministros que tinham votado pela condenação daquela gente e que tinham deixado o supremo por limite de idade e aposentadoria, e cujos substitutos vieram a ser nomeados pela presidente petista para justamente engrossar a corrente bolivariana naquela instância pró PT. Livres Delúbio e Zé Dirceu com aquele voto de desempate, eles agradecem ao voto (de desempate), cujo dono nao se preocupou com eventuais resultados que seu voto poderia provocar, não é mesmo?.

  2. Luciano,

    Será que não dá para transformar o limão em limonada? Penso o seguinte – talvez ingenuamente: já que o PT resolveu dizer que Marina não conseguirá governar por não ter base, não seria isso uma ameaça do partido de que seus deputados e senadores eleitos irão boicotar Marina, caso seja eleita presidente? Para mim parece muito claro. Será que não é o momento dos eleitores de Marina (e também do Aécio, já que nesse caso o que vale para um valerá para o outro) perceberem que não devem votar em um único candidato do petista porque O PT JÁ DISSE QUE INVIABILIZARÁ A GESTÃO DE UM PRESIDENTE QUE NÃO SEJA PETISTA?
    Para nós, é claro que não votaremos em petistas, mas entre os eleitores de Marina (milhões e milhões) há vários que votarão em candidatos petistas para outros cargos. Se essas pessoas tiverem consciência das ameaças do PT, seguirão engordando a bancada petista?

    • Pode até aparecer gente eficiente, honrada, lutando para as vagas de senador, deputado e governador, no Rio. Porém se estiverem coligados com o PT já era. Não terão meu voto. Outra: O PT votava contra propostas importantes que fizeram o pais avançar na era FHC. LOGO se fazia isso antes, óbviamente fará com PSB e/ou PSDB, seja lá quem vencer para presidente. Não seria novidade.

  3. Eu costumo me perguntar, antes de mais nada não precisa ser nenhum pouco inteligente para saber que quem deixa de votar contra automaticamente está votando a favor, como ele faz conscientemente, já que burro ele não é, voltando ao que eu queria dizer ao me perguntar, como seu blog sobreviveria se as coisas fossem normais, se tudo estivesse nos trilhos não tivesse um escândalo atrás do outro, não seria das generalidades que ele costuma abordar e nem de ficar defendendo Israel, defesa desnecessária caso tudo fosse normal como já disse. Vive dos erros dos outros. Para dizer a verdade não me lembro de nada de bom ser destacado por ele a quase quatro anos que venho acompanhando-o. Aproveito para mencionar outro bloguista idem, idem, o Aluizio Amorim, outro entusiasta da mesma tese. Notaram? Para ajudar o seu ganha pão passou a dar sugestões a seu favor, quando deveria estar fazendo exatamente o contrário.

  4. Outra coisa, ninguém está dando importância para a renovação do congresso, igualmente corresponsável na situação que a população quer mudar, quando os candidatos que falam nessa mudança nada mencionam a respeito e nem nos blogs não oficiais ou pelo menos extraoficiais. Se você se lembra, na eleição passada o “coisa ruim” pedia o tempo todo pra que os “eleitrouxas” votassem em peso nos candidatos ao congresso que apoiavam a governanta, dizendo para não votar nos outros e o resultado foi que figurões da oposição deixaram de ser reeleitos e o congresso virou a casa da mãe Dilma.

    • – Desânimo da tropa em votar contra Dilma.
      – Fornecimento de material gratuito de propaganda para o PT.
      – Influencia (seguida ou não) em uma estratégia que não tem funcionado em termos de obter votos em favor de Aécio.

      • Luciano, curto seu blog, o enfoque dado à guerra política e já aprendi muito lendo materiais publicados aqui. Mas julgo que você esteja viajando nesse caso. Você realmente acha que essas 3 coisas que você elencou foram produzidas pelo Reinaldo? Não há sequer como avaliar isso além de uma mera suposição, o que, penso, contraria totalmente a linha editorial que você procura abordar.

        Qualquer crítica a Marina, se tiver verossimilhança, pode ser usada como material de propaganda, tanto pelo PT, quanto pelo PSDB. Assim, devemos supor que Marina não deveria ser criticada sob pena de a crítica poder ser aproveitada pelo PT? Me desculpe, mas isso me parece absurdo.

        Finalmente, Reinaldo tem suas preferência e deixa isso claro. Mas não atua objetivamente para influenciar votos em Aécio, nem para tirar votos do PT. Faz análises baseadas naquilo que acredita e se tem um resultado concreto que ele ajudou a produzir (em uma escala semelhante à do Olavo de Carvalho pelo alcance, não pelo conteúdo) foi a unificação de uma cultura e de um discurso de direita. Não vejo como algo producente ou justo associar o termo “leviandade” a alguém como o Reinaldo.

        Abs.

      • Tomé,

        Reinaldo Azevedo é o colunista de direita MAIS LIDO do Brasil. Aécio tem seguido a estratégia dele à risca. Eu não estou dizendo que nenhuma crítica à Marina pode ser feita, mas, em um jornalismo que toma partido (como o próprio Reinaldo reconheceu fazer), consequências devem ser avaliadas. Eu acho que falta o costume da direita começar a receber críticas pelos seus RESULTADOS, intencionados ou não. Nós nos acostumamos a nos desculpar, mas devíamos assumir responsabilidades cada vez mais.

        Tomé, isso é simplesmente Sun Tzu: nós escolhemos as batalhas que queremos lutar. Se Reinaldo escolheu as dele, isso é ótimo do ponto de vista democrático, assim como eu posso criticá-las como um erro estratégico. E outro texto nesse sentido vai sair daqui a pouco.

        Não posso deixar de agir com foco na avaliação de resultados, pois isso mataria a essência deste blog.

        No mundo nós sempre fazemos um “trade-off”, e devemos ser criticados por isso. Eu também posso ser criticado. Esse é o caminho para uma direita mais responsável, coisa que defendo. Vale para mim também.

        Abs,

        LH

      • O problema aqui, Luciano, é que não existem esses resultados que você imagina, nem um claro nexo de causalidade entre o que o Reinaldo disse e eles. Se tratam de suposições. Intangibilidades. Tomar partido ao fazer jornalismo não significa “entrar em guerra política”. Reinaldo não pode ser cobrado por algo que não se comprometeu a fazer. Se ele fizer uma previsão furada, pode e deve ser cobrado. Também sou a favor de accountability nesse novo campo para a direita que é a guerra política. Mas não se trata disso aqui.

      • Tomé,

        Entendo que você parta da premissa que “Reinaldo decidiu não entrar na guerra política”, mas isso é como decidir “não morrer”. A política é INERENTE ao ser humano. Com o conhecimento que ele possui, se ele decidir PARAR de escrever, é uma ação que pode gerar um resultado. Enfim, não há a opção de fugirmos.

        Ele é consciente do ativo intelectual que ele criou por escrever pela direita e nos fazer confiar nele como um especialista da direita. Em um dado momento ele resolveu defender voto nulo, e convenceu milhares de eleitores a empolgadamente fazer o mesmo. É um RESULTADO para o PT. Ele quer ajudar o PT? Não disse isso. Mas é o que RESULTOU de sua ação.

        Este outro texto é um complemento: http://lucianoayan.com/2014/09/03/datafolha-ibope-e-um-pouco-mais-sobre-a-estrategia-de-reinaldo-azevedo-testada-por-aecio-neves/

        Abs,

        LH

    • Luciano,

      Eu nunca disse que ações dele jamais gerarão resultados. Eu deixei implícito que não geram ESSES resultados e que tudo está no campo das especulações e intangibilidades. Você diz, por exemplo, que “Aécio seguiu a risca a estratégia do Reinaldo”.É uma conclusão, mas não sei em qual premissa se baseia porque nem por um segundo ela pode ser comprovada. Ele disse apenas que seria óbvio Marina se tornar alvo dele. Não há sugestão, estratégia traçada, nada.

      Também não estou lançando uma premissa ao dizer que o “Reinaldo não decidiu entrar na guerra política”. Estou fazendo uma conclusão baseada na premissa de que o jornalismo opinativo que ele pratica, embora tenha lado, não tem como objetivo central ajudar ou prejudicar A ou B. Concordo que a política é inerente ao ser humano, mas não é inerente a TODAS as ações humanas. Ainda mais se estamos falando de política para obtenção do controle do governo de um país.

      Julgo que você está se prendendo a dogmas e, com isso, pode acabar fazendo conclusões equivocadas e cometendo imprecisões e injustiças. Reinaldo não é inimputável, nem está livre de críticas. Acho que criticá-lo por ter pregado voto nulo pode fazer sentido (embora não se deva chamar de leviano quem opta por isso). Mas as que geraram este e o outro post não fazem sentido. Repito: Não há como estabelecer um claro, nítido, óbvio nexo de causalidade entre as palavras do Reinaldo e os resultados que você apontou.

      Abs.

      • Tomé,
        Eu nunca disse que ações dele jamais gerarão resultados. Eu deixei implícito que não geram ESSES resultados e que tudo está no campo das especulações e intangibilidades. Você diz, por exemplo, que “Aécio seguiu a risca a estratégia do Reinaldo”.É uma conclusão, mas não sei em qual premissa se baseia porque nem por um segundo ela pode ser comprovada. Ele disse apenas que seria óbvio Marina se tornar alvo dele. Não há sugestão, estratégia traçada, nada.
        Basta ler os textos de Reinaldo para ver que ele tomou a opção do ataque priorizado à Marina e sugeriu que Aécio fizesse isso. Se Aécio seguiu, não importa. É a estratégia do Reinaldo. Se você não quiser chamar de estratégia, podemos chamar de opinião verbalizada com relação a ações ou qualquer outro nome. Tanto faz. O fato é que Aécio seguiu a cartilha intencionada por Reinaldo. É por essas ações, que Reinaldo defende, que estou avaliando os resultados que até então tem sido desastrosos. E pior: ele INFLUENCIA pessoas. Vi vários leitores dele desapontados com a obsessão contra Marina.
        Estou fazendo uma conclusão baseada na premissa de que o jornalismo opinativo que ele pratica, embora tenha lado, não tem como objetivo central ajudar ou prejudicar A ou B.
        A era de avaliar só por objetivos, a meu ver, acabou-se. Esse tipo de análise não nos serve para nada.
        Concordo que a política é inerente ao ser humano, mas não é inerente a TODAS as ações humanas. Ainda mais se estamos falando de política para obtenção do controle do governo de um país.
        Política é inerente à todas as ações humanas relacionadas a conflitos de interesses e ações sociais.
        Julgo que você está se prendendo a dogmas e, com isso, pode acabar fazendo conclusões equivocadas e cometendo imprecisões e injustiças.
        O único dogma que eu me prendi é “eventos do mundo geram resultados”; A partir daí é só observar os fatos do mundo, cientificamente. Podemos dizer até que eu e Reinaldo estamos no exato oposto hoje em termos de estratégia política. Estamos vendo Aécio muito alinhado com tudo que Reinaldo propõe. O resultado está aí: 14% nas pesquisas. Meu post pergunta: estamos no caminho certo? Se Dilma for reeleita, ele paga o preço das apostas dele?
        Acho que criticá-lo por ter pregado voto nulo pode fazer sentido (embora não se deva chamar de leviano quem opta por isso).
        Três hipóteses: A melhor que B, A pior que B, A igual a B.
        Sair chutando a terceira hipótese sem argumentar seriamente sobre isso é leviandade, pois a escolha gera consequências.
        Mas as que geraram este e o outro post não fazem sentido. Repito: Não há como estabelecer um claro, nítido, óbvio nexo de causalidade entre as palavras do Reinaldo e os resultados que você apontou.
        1. Reinaldo defendeu ataque à Marina por parte de Aécio (é a prioridade)
        2. Aécio executa 1 (se é influenciado por Reinaldo ou não, isso não importa)
        3. Aécio cai nas pesquisas, Dilma sobe
        A pergunta é: vamos continuar com a fúria contra Marina ou vamos para o exato oposto: jogar o lixo em cima de Dilma? Qual a estratégia? Ou a estratégia é não ter estratégia? A influência dele sob uma parte do público existe, então há nexo causal. E há paralelismo de ações. Ou seja, Aécio conseguiu servir como teste de tudo que Reinaldo tem proposto, E os resultados estão aí. O objetivo do Reinaldo com isso é o que menos importa. Na verdade não interessa nem um pouco.
        Ao fazer os textos dele, Reinaldo, assim como eu, optou por um trade-off. Seria impossível não fazer isso ao tratar de política.
        No geral, parece que a sua defesa de Reinaldo é que ele “quer viver sem assumir a responsabilidade” da influencia que ele conseguiu. Tudo bem que em análises filosóficas sob algum filtro isso seria possível, mas falamos de política, e ele é um colunista da política.

      • Luciano, onde está o post que prova cabalmente, sem margem para interpretações, que o Reinaldo pede que Aécio adote a estratégia de priorizar ataques a Marina?

      • Eu li esse post, Luciano. Ele não responde a minha pergunta satisfatoriamente. Não prova que “Aécio tem seguido à risca a estratégia de Reinaldo”, tampouco que uma estratégia dele estaria clara nesse ou naquele sentido, isso se aceitarmos que ele realmente tem alguma.

        Ademais, o post é do dia 02/09 às 15:57. Estamos na madrugada do dia 04/09. Não tem nem 36 horas que o post foi escrito. Ainda que aceitássemos a sua teoria, se ela estivesse escorada neste post, creditar resultados a ele seria, creio eu, forçar demais a mão.

      • Tomé,
        Então você quer me dar mais trabalho. Aceito o desafio, mas hoje a noite farei uma auditoria em vários textos de Reinaldo Azevedo, comprovando que ele defende a ideia de que “Aécio tem que bater em Marina”, ok? Ou seja, o exato oposto do que defende este blog.
        Abs,
        LH

      • Slaine,

        Mas meu texto diz exatamente isso. O problema é que não faz diferença: Aécio tomou um rumo conforme a estratégia do Reinaldo, intencionalmente ou não. Ou seja, ele serve para testar se a estratégia de liberar o terreno para o PT, ao focar no ataque à Marina, dá certo ou não. Eu duvido que dê certo.

        Abs,

        LH

      • Tomé tem razão…. Não é por que o Reinaldo pode ter sugerido alguma forma de ação para o Aécio, que o Aécio foi influenciado por esta sugestão. Uma compilação de sugestões do Reinaldo não indica muita coisa.

      • Luciano, vc está “viajando” ao dizer que o Aécio segue a estratégia do Reinaldo. O picolé de chuchu de Minas batendo em Marina? Se Aécio tivesse um pingo de testosterona teria mostrado as mentiras e incoerências da melancia.

  5. Luciano, fico feliz em saber que a sua influência aumenta a cada dia. Minha sugestão é que vc crie um abaixo assinado incentivando o Aécio a concentrar suas forças contra o PT e enviar para o comando da campanha. Tentar diminuir o clima derrotista que a campanha do PSDB tomou. Estou lendo a Biografia do Hugo Chávez, o Bolivarianismo começou com menos de cinco militantes e veja o estrago que ele esta causando na Venezuela, devemos ser uma força Liberal para tentar livrar o Brasil da Tirania ,pequenos atos concretos como um abaixo assinado fazem muita diferença ao longo do tempo.

  6. Ao contrário do que se pensa, o voto nulo não vai anular as eleições. A posição que os que defendem voto nulo propagam é que se 50% mais um votar nulo, isso vai levar a convocação de um novo pleito. Não vai porque o único ministro que entende assim é o Marco Aurélio Mello (o voto vencido). Então quem propõe voto nulo ou quer se eximir de responsabilidade (mão na roda para os jornalistas, que daí não vai ter no currículo “apoiou o candidato X” quando surgirem casos de corrupção) ou simplesmente é muito ingênuo, não sabe do que está falando. A justiça eleitoral declara em algumas vezes que o candidato X, que ganhou as eleições, não pode assumir porque fez alguma coisa errada no registro,(algo como o Arruda, mas ele não pode se candidatar nesse ano por causa da ficha limpa, a lei das eleições anterior era mais branda e por isso ficava para depois do pleito em respeito a opção do eleitor) e aí assume o candidato Y que teve menos votos. Ou seja eles podem até escolher no lugar do eleitor, fazendo uma interpretação grosseira, mas para invalidar a eleição e chamar um novo pleito é como se dissessem, NÓS MESMOS NÃO CONSEGUIMOS ORGANIZAR AS ELEIÇÕES ME DESCULPE. Alguém em sã consciência espera uma posição dessas de um órgão público? Tem que ser muito “juvena”.
    Então eu digo, falou em votar nulo tá se queimando, pelo menos pra mim. Sugere fazer algo burro pra se eximir de apoiar algum lado. Isso só revela o quanto a “oposição” para eles é apenas a maneira de vender revistas ao seu mercado cativo. Não obstante, acho que a posição do jornal ou tv, etc não deve ser abertamente chapa branca, como a Carta Capital, nem bundona que nem o Reinaldo Azevedo. Algo como o ombudsman da Folha colocou essa semana, se escolhe um candidato as matérias passam a interpretar os fatos em favor do candidato, aí já viu. Todo mundo sabe que determinado jornal é mais PSDB ou mais PT, agora trabalhar como assessoria do candidato e voltar ao jornalismo só depois das eleições também não é viável.
    Tem muita gente que aplaude essas coisas. Incrivelmente.

    • Não vejo problemas em jornais ou emissoras serem a favor de determinado partido.A FOX se declara a favor do Partido Republicano, assim como o NYT apoia democratas e por aí vai.
      Acho até patético a imprensa brasileira se declarar “imparcial”.Não é!
      O Globo já fez editorial se declarando social-democrata, a Folha faz aquela propaganda tosca dizendo ser a favor de determinados temas mas que aceita idéias opostas (isso não é ser imparcial, mas sim pluralista), a Veja é liberal é por aí vai.
      A diferença é que os blogs e sites chapas-branca, justamente por receberem dinheiro público, não podem se declarar pluralistas (diferente de O Globo ou Folha).

  7. É Luciano, infelizmente o PSDB faz parte da estratégia das tesouras e é um partido bundão. Abriu as pernas completamente para o PT já há algum tempo e deu nisso.

  8. A verdade é que está difícil conseguir ler algo do Reinaldo esses dias.As críticas dele contra a Marina são tantas que parece que eu entrei no site do Brasil171.
    E vamos ser sinceros.Ele faz isso por desespero, já que está vendo que o Aécio dificilmente vai para o segundo turno.
    Não chego a ficar surpreso com esse tipo de texto do Reinaldo, já que ele pisou na bola feio ao dizer que não votaria em Marina nem em caso de segundo turno com a Dilma.Parece que ele ainda não entendeu que o objetivo principal é tirar o PT do governo.

  9. Quanto ao voto nulo, é claro que ele fala isso na esperança de que essa mera afirmação sirva pra ajudar o Aécio.Mesmo que a Marina seja menos ruim que a dilma, se ele falar isso AGORA vai prejudicar o Aécio agora.
    Com certeza ele está ajudando o PT, o Aécio não tem chance contra a dilma, nunca teve, a única chance de tirar o PT é a Marina, ela que tem que ir pro segundo turno.
    —————-
    Engraçado como o vira bosta da virgínia sempre inventa uma desculpa pra falar das teorias de conspiração dele, e vem falar que daqui há uns anos o Lula vai se gabar de ter armado uma eleição onde de um jeito ou de outro o foro de sp vence. Ora p, mas que interesse o foro de sp teria em prejudicar a campanha da dilma, justamente a maior representante dos interesses DO FORO DE SP? É um gênio esse astrólogo.

    • Escreve essa última parte no facebook dele.Aposto que ele vai te xingar e dar block.
      Ele escreve muita coisa interessante, mas fala tanta bosta e usa muitos palavrões que no final ele mesmo se queima.Também tem o infeliz “hábito” de se achar o dono da razão e não consegue ouvir opiniões contrárias.

      • Com certeza, é a única coisa que ele sabe fazer! Mas primeiro que eu não vou me rebaixar ao nível de um bosta desses, e segundo: aí eu perco a diversão de ver ele sendo humilhado por Julio Lemos e cia por cada merda diferente que ele fala todo dia! A última foi um troço lá sobre modelos matemáticos, o cara simplesmente NÃO SABE o que é modelagem, fala umas merdas sem sentido e a legião de olavetes aplaude. Pfff.

      • Olavetes são dogmáticas.Nesse sentindo eles não se diferenciam de stalinistas, trotskista etc.
        A pior coisa que pode exister em política é idolatria e isso você pode ver em muitas “olavetes”.Qualquer opinião contrária eles vem com o “mas o Olavo disse que é mentira”, ao invés de rebater a questão.

    • Slaine, Teoria de Conspiração! PT e PSB somados possuem 68% das intenções de voto no primeiro turno. Lula, caso Marina ganhe vai poder se gabar que partidos filiados ao Foro estão no poder Federal a 16 anos, se ele vai ter influência sobre o governo de Marina, isso é outra história.

  10. Marina e Dilma são duas faces do mesmo PT. Então, que diferença faz bater em uma ou outra? Ou será que nenhum “articulista” percebe o óbvio ululante que se Marina for eleita a base de apoio dela será o PT e que se for necessário ela mudará de partido, voltando ao PT? “Cêis tão de brincadera”??

  11. Se nos próximos dias dilma e sua equipe anunciarem um novo ministro da fazenda fica provado que Reinaldo Azevedo colocou sim, azeitona na empada do petê! Só não consigo entender porque diabos ele teria feito isso!

  12. O Tio Rei já alçou à categoria de Mito mas ainda assim é humano, e como tal, sujeito a erros.

    Errou miseravelmente em sua diatribe anti-manifestações, não conseguiu enxergar ali a semente da derrocada petista que pode se consolidar e mais poderia se tivéssemos lideranças competentes para manipular aquele rico material que foi jogada gratuitamente na atmosfera por espontânea iniciativa popular.

    Disse a tempos atrás (e eu me lembro muito bem, duvido que ele desminta) que a única possibilidade de votar no PT seria em um eventual segundo turno com Marina, ou seja, a prevenção dele contra a candidata vem de longe.

    Agora, diante da gravidade dos fatos, para não dar o braço a torcer diz que votará nulo no caso do evento supra.

    Errou novamente, e, teimoso que só, continuará errando e justificando sua atitude como certa a cada escorregão de Marina, se esta vencer. “Que o pó volte à terra, que o era. Que o espírito volte a Deus, que o deu. Vaidade das vaidades, diz o pregador. Tudo é vaidade…”

  13. Pfff! Que boca! Acabo de ver a manchete de capa de O Globo na banca: dilma pensa em mudar equipe, ou algo assim em outras palavras. É, Reinaldo… mandou mal desta vez…

  14. Estão completamente errados aqueles que dizem que Reinaldo não é um soldado da guerra política. Ao ser alvo do PT (e defender Aécio), ele já toma partido. Por isso, o seu desserviço ao ajudar o PT contra Marina.

  15. Espero que o Reinaldo seja leitor desse blog, como o Constantino, e entenda a cagada que está a fazer. Pleno momento importante desses de derrubada do inimigo, e ele fazendo consultoria pública e gratuita ao PT.

    De qualquer forma, não tem jeito, Reinaldo pode baixar bola, e PT mais ainda: MARINA VAI GANHAR. Estou vendo gente de MUITOS PEFIS DIFERENTES dizendo que vão votar nela.
    Gente de classe média, gente estudada, gente de classe mais baixa, gente nem lá nem cá que não liga pra política… é muita variedade de perfis que vão votar em Marina, diferente de Dilma e Aécio que tem perfis bem definidos de eleitores.

    • Eu acho que o negócio do tio rei não é nem liberdade nem livre mercado nem capitalismo nem nada, ele simplesmente está na folha de pagamento do PSDB. Se o PSDB é uma esquerda mais livre mercado, isso é apenas uma feliz coincidência.Daí o ódio dele pela Marina, que dos males é o menor.

      • Slaine, você tem como provar que ele está na folha de pagamento do PSDB?
        Eu tenho minhas dúvidas quanto a isso.Se fosse assim o governo já teria o contratado (até porque ele é n vezes melhor do que o “panfleteiro” pha -em minúsculo mesmo, para combinas com a pessoa-).

      • Se vc for encarar a vida querendo provas de tudo, vc não vive, não faz nada, nem chega em conclusão nenhuma.Esse pessoal ateu/cético são um bando de hipócritas, eles falam essa merda de ‘evidências evidências’ sabendo que no mundo real não dá pra viver assim.No dia a dia vc tem que escolher entre mil coisas, nenhuma tem evidência de nada.
        Então, provar eu não posso, mas é o que eu acho.Basta ver como ele se preocupa mais em defender o PSDB do que o livre mercado em si.

      • Não faz o menor sentido dizer que o Reinaldo está na folha de pagamento do PSDB. Ele já cansou de criticar o partido pela direita. Outra: Nem Reinaldo, nem Olavo estão imune a críticas, mas o que eles fizeram pela unificação de um discurso de direita, quando NINGUÉM mais fazia, é digno de louvor e tem que ser respeitado por quem realmente se diz de direita.

        Discordar é uma coisa. Desrespeitá-los, utilizando termos ofensivos, é falta de noção e não contribui em nada para fortalecer movimentos de direita. Não fosse o Olavo, pelo lado da formação cultural, e o Reinaldo, pela abordagem política e penetração na mídia do discurso, não existiria Luciano Ayan, Flávio Morgenstern, Felipe Moura Brasil, Rodrigo Constantino, Paulo Eduardo Martins etc.

      • Tomé,

        Eu não disse que Reinaldo está na folha de pagamento do PSDB. Aqui não há um texto meu em que eu desrespeite o belíssimo trabalho do Reinaldo Azevedo. Há discordância em um comportamento, basicamente.

        Abs,

        LH

      • Slaine, acontece que você afimou que o Reinaldo “simplesmente estava na folha de pagamento do PSDB”.Para fazer esse tipo de afirmação você tem que mostrar provas.
        Que o Reinaldo se preocupa em defender o PSDB eu não tenho dúvidas.Mas isso não prova nada que ele seja pago para defender o partido.Ele pode fazer isso por vários motivos (pessoalmente eu acredito que ele o faça porque o partido defende a livre inicativa, privatizações etc).
        Outra coisa, pedir evidências não é algo restrito aos ateus ou céticos.
        Também não é uma questão de escolha.Você fez uma acusação (a de que ele recebe dinheiro do partido) e eu pedi provas.Isso é bem diferente do que ficar em dúvida de qual camiseta vai usar, para onde vai ir etc.

        Tomé, você comete o mesmo erro que o Pirulla cometera na questão de Israel.Tenta justificar algo criando outra possibilidade (isso em História não existe).
        Não dá para dizer que se não fosse por Olavo ou Azevedo não existiria Constantino ou Morgenstern (esses dois últimos eram críticos do Olavo no início -basta ler um texto que o Flávio escreveu em parceria com um libertário para ver que ele era crítico do Olavo).
        Não estou menosprezando os dois (muito pelo contrário), só estou dizendo que não temos como provar que sem eles não existiria uma direita unida.No caso do Constantino fica claro que a maioria de suas influências são internacionais (até mesmo na literatura conservadora).

      • Luciano, não falei de você. Falei do comentarista Slaine que acusou o Reinaldo de estar na folha de pagamento e fez comentários desrespeitosos e sem sentido a respeito do Olavo de Carvalho.

      • ‘Slaine, acontece que você afimou que o Reinaldo “simplesmente estava na folha de pagamento do PSDB”.Para fazer esse tipo de afirmação você tem que mostrar provas.’

        Maxell, note que eu comecei a frase com EU ACHO que…provar eu não posso, mas opinião todo mundo tem a sua.

        ‘Ele pode fazer isso por vários motivos (pessoalmente eu acredito que ele o faça porque o partido defende a livre inicativa, privatizações etc).’

        O PSDB só defende o capitalismo superficialmente, quando vc entende direito o que é capitalismo vc vê que o PSDB é quase tão esquerdista quanto o PT.Eu não vejo o tio rei defendendo a causa, vejo ele defendendo o PSDB e só.

        @Tomé:
        ‘Não fosse o Olavo, pelo lado da formação cultural, e o Reinaldo, pela abordagem política e penetração na mídia do discurso, não existiria Luciano Ayan, Flávio Morgenstern, Felipe Moura Brasil, Rodrigo Constantino, ‘

        Parte disso aí é uma coisa simplesmente incomprovável, ninguém pode ter certeza de nada disso.A única certeza é que o seu guru quer levar o mérito por tudo, como se ele fosse a única voz da direita no mundo.
        E outra parte, simplesmente não é verdade.O Constantino por ex não deve nada ao astrólogo, foi só recentemente que virou olavete, ou finge que virou, mas de uma forma ou de outra não foi por educação mas sim por pragmatismo, pelo fato de que o brasil está em crise e a direita tem que se unir, como ele mesmo já disse várias vezes. Esse é o RC real:
        https://www.youtube.com/watch?v=fgasM4boDEY
        E o Felipe Moura, sinceramente, o cara é muito fraco.Nem idéias próprias ele tem, só sabe repetir feito um papagaio as besteiras do guru dele, não sei como a Veja dá espaço pra uma coisa dessas.

      • “Maxell, note que eu comecei a frase com EU ACHO que…provar eu não posso, mas opinião todo mundo tem a sua”

        Slaine, você comecou a frase dizendo que achava que o negócio do Reinaldo não era nem livre mercado e nem capitalismo.Depois você afirmou que ele estava na folha de pagamento do PSDB.
        Se você tivesse completado com “eu acho que” ou “na minha opinião” ele está na folha de pagamento do psdb, aí sim você estaria certo.

        “O PSDB só defende o capitalismo superficialmente, quando vc entende direito o que é capitalismo vc vê que o PSDB é quase tão esquerdista quanto o PT.Eu não vejo o tio rei defendendo a causa, vejo ele defendendo o PSDB e só.”

        Que o PSDB é um partido de esquerda disso não há duvidas.Mas ele está longe de ser tão esquerdista quanto PT.
        O que você quer dizer com “defender a causa”?

        “Maxwell, todas as referências internacionais do Constantino, sem exceção, já foram citadas em algum momento pelo Olavo.”

        Ser citado por Olavo não quer dizer que ele descobriu por causa dele.

        “Os Ayans, Morgensterns e Constantinos existiriam, mas estariam muito mais perdidos, sem referências, e teriam muito mais dificuldade para crescer. Olavo e Reinaldo apontaram o caminho”

        Mais uma vez você tanta justificar algo criando uma possibilidade.
        Como eu já disse, a maioria dos autores do Constantino são estrangeiros (acredito que entre brasileiros ele tenha sido influenciado muito mais por Roberto Campos do que Olavo de Carvalho).

        Abraços!

      • ‘Se você tivesse completado com “eu acho que” ou “na minha opinião” ele está na folha de pagamento do psdb, aí sim você estaria certo.’

        A frase foi:
        ‘Eu acho que o negócio do tio rei não é nem liberdade nem livre mercado nem capitalismo nem nada, ele simplesmente está na folha de pagamento do PSDB’

        Se eu comecei com um EU ACHO então está subentendido que tudo que vem depois, seguido ou não de vírgulas, é a minha opinião ora. Eu acho que investir na bolsa é arriscado, que tem empresas que fraudam muita coisa, como a do EB, que muita gente graúda sabe disso e não faz nada e quem só se ferra é o pequeno investidor. Tudo depois do ‘eu acho’ está incluído.

    • Maxwell, todas as referências internacionais do Constantino, sem exceção, já foram citadas em algum momento pelo Olavo. O mérito do Constantino é a resiliência, mas, no conteúdo, ele ainda está muito cru. Confesso que cheguei a temer durante um tempo que a esquerda jogasse uma isca para torná-lo a “cara” da direita e ele, por vaidade, aceitasse. Isso seria um DESASTRE para nós porque ele não está equipado para isso. E nem os outros mais jovens. Felizmente a internet nos deu outras caras e outras pessoas mais preparadas, criando toda uma gama de referências e intelectuais orgânicos em potencial. Assim, o Constantino se tornou apenas mais um. Sua resiliência o habilita a ser um intelectual orgânico.

      Sobre a afirmação de que não existiriam os outros sem Olavo e Reinaldo (principalmente o primeiro), posso formular melhor e afirmar que eles são os principais atores que mantiveram o movimento em um momento que o inimigo queria relegá-lo totalmente à marginalidade. Basta ver quem divulgou toda a literatura para equipar uma nova geração de direita e quem manteve o pensamento direitista aceso na grande imprensa. Discordar deles não anula isso. Os Ayans, Morgensterns e Constantinos existiriam, mas estariam muito mais perdidos, sem referências, e teriam muito mais dificuldade para crescer. Olavo e Reinaldo apontaram o caminho

      Poderiam ser outros a servir de influência? Poderiam. Mas o fato é que foram eles. Aceitando que “não dá para saber se essas pessoas surgiriam”, ainda assim eu afirmo com convicção absoluta que eles foram a principal chama para não deixar o movimento cair na marginalidade e facilitar a ascensão dos outros. Isso, por si só, os torna merecedores de respeito por parte de toda a direita.

  16. Luciano, qual a sua opinião à respeito desse vídeo do Aécio comentando e criticando o PT pela roubalheira na Petrobrás (Petrolão), após as denúncias de Paulo Roberto Costa? Achei que ele foi um pouco mais agressivo, mas continua ainda meio tímido em mandar fogo pesado na petralhada. Só bater na Marina é burrice e, mesmo que o esquema de corrupção do Petrolão já afete Eduardo Campos e grandes nomes do partido ao receberem dinheiro para a campanha, acho que Marina ainda se safa se fazendo de vítima do partido que ela chupinhou. Abraço.

    https://www.facebook.com/video.php?v=10203903494560505

      • Estava pensando em lhe sugerir isso, como se fosse uma espécie de “agenda para a oposição”. Esse nome foi até utilizado pelo Paulo Eduardo Martins e Diogo Costa na Radiovox numa série de podcasts sobre o PT.
        Luciano, estive pensando se o Aécio aceitasse a possibilidade denunciar o Foro de São Paulo e o esquema totalitário de forma aberta, acho que ocorreriam alguns problemas nessa tática. Se isso não for bem explicado e fazendo uma abordagem mal elabora e desleixada, isso pode se voltar contra eles como sendo teoria da conspiração. Muitas pessoas consideram o Olavo de Carvalho como um “doido que vê comunista até embaixo da cama” por não entenderem o problema de forma clara. Isso é algo que tenho observado, principalmente no Youtube, quando muitos vloggers neoateus pegam uma fala infeliz do Olavo e o pintam como caduco ou conspiracionista.
        Abraço.

Deixe uma resposta