Parabéns ao Sr. Marcel Van Hattem: lançamento de B.O. sobre todos que o chamaram de fascista, nazista e racista

26
85

marcel

O candidato a deputado estadual pelo Rio Grande do Sul comunicou em seu Facebook uma tomada de ação que deveria se tornar um exemplo. Veja:

Cheguei na Polícia Civil com prints de quem me chamou de fascista, nazista e racista no Twitter, no Face e no YouTube. Saio daqui somente quando tiver os boletins de ocorrência em mãos. Depois, ingresso com as devidas ações judiciais.

Se os MAVs do PT e outros avulsos acham que vão me calar com esse tipo de xingamento e intimidação, estão muito enganados. Comigo, intolerância e ignorância não têm vez!

Marcel Deputado Estadual
#SomosNósComUmaVoz
www.marcel11022.com.br

Ele está certíssimo ao lançar processos por que foi extremamente ofendido com mentiras, calúnias e difamações. Claro que não haveria nenhum problema se as críticas tivessem lançado epítetos relacionados à discordâncias quanto à política. Por exemplo, o termo “inimigo do povo”, lançado junto com argumentos, não poderia resultar em um processo judicial. Ambos os lados tem o direito de usar este tipo de rótulo. Já os termos “nazista”, “fascista” e “racista” configuram alegações que podem ser identificadas de forma objetiva. Como Marcel Van Hattem não poderia ser nenhum dos três, obviamente processou seus caluniadores.

Está na hora da direita começar a ensinar à extrema-esquerda que calúnia e difamação não fazem parte das regras do jogo político. Marcel Van Hattem nos fornece um bom exemplo.

Veja também o texto Guerra de Processos, escrito no início de 2012 neste blog.

Anúncios

26 COMMENTS

    • Leonardo,

      Só tem um detalhe. Isso é guerra política.

      Se ela fizer isso, ela ficaria mal com sua base de apoio, que tem partidos comunistas. Eles ficariam ofendidos.

      Marcel não tem esse problema, pois ele está cagando e andando para nazistas, fascistas e racistas. Ele não precisa de nenhum grupo destes senhores para nada.

      Alias, este blog não usa o termo comunista, mas “socialista”.

      Abs,

      LH

      • Até onde eu sei, o termo comunista não é relacionado a crimes, enquanto os termos nazista (considerado crime) e racista (crime) são claramente ofensivos e abusivos, já em relação ao fascista, é um termo que não é necessariamente ligado a atos ilícitos, porém ferem a imagem e honra do ofendido, já que está historicamente ligado a fatos negativos.

      • Cuma? O termo comunista só é relacionado a crimes! Stalin, Mao e afins mataram mais de 100.000.000 de pessoas, perdeu a aula de história marcelotherock? Por isso que Dilma é comunista, ela foi terrorista nos “áureos” tempos.

      • CJ, “comunista”, em países como o nosso, não possui carga pejorativa e difamatória, como é o caso de “nazista” ou, mesmo, de “fascista”. Quanto a “racista”, além da carga difamatória, constitui calúnia, pois racismo é crime predefinido em lei.
        Claro, fosse este um país de vergonha, “comunista” seria imediatamente associado aos mais de cem milhões de pessoas assassinadas pelos regimes coletivistas tirânicos do século XX.

    • Calúnia consiste em imputar falsamente a alguém a responsabilidade por um FATO definido em lei como crime. É preciso que o FATO criminoso tenha ocorrido, e não apenas inventado, e que a responsabilidade seja atribuída falsamente à alguém, ou seja, o acusador deve estar consciente de que o acusado não cometeu o crime (dolo específico). Se o acusador está amparado em indícios minimamente relevantes da acusação e da autoria, logo não responderá pela calúnia, pois não age com a intenção (dolo) de causar prejuízo a honra, mas sim em colaborar com a Justiça, que é um dever da cidadania (reportar às autoridades qualquer conhecimento que possa colaborar com as investigações).

      Difamação, por outro lado, não está relacionada a falsa imputação de conduta criminosa que sabe ser inverídica, mas sim em atacar a honra objetiva (aquilo que a comunidade pensa do sujeito), mesmo falando a verdade.

      Por exemplo: Alguém é garoto de programa, mas exerce essa atividade discretamente de modo a se preservar de críticas e evitar constrangimentos entre seus vizinhos, familiares e amigos. Daí o difamador contrata um carro de som e o faz percorrer todas as ruas do bairro da vítima alardeando o fato: “Fulano faz programa no local tal, todos os dias, a partir de tal hora e já atendeu fulano, beltrano, etc.”

      Há um certo temperamento nessa questão quando trata-se de personalidade pública e que usa de sua “boa fama” para angariar respeito e confiabilidade pública, como no caso de autoridades.

      Injúria é a ofensa moral propriamente dita, o xingamento desarrazoado, externado com o próprio de agredir, humilhar e abalar emocionalmente a vítima.

      Exemplo: Chamar uma freira de prostituta é uma ofensa muito mais grave do que uma garota que a cada final de semana tem um parceiro sexual diferente, pois a freira, no seu âmago interior sofrerá um abalo emocional mais contundente do uma pessoa promíscua.

      Nesse exemplo, o xingamento “prostituta” pode ser interpretado como injúria a uma freira, pois consiste em fato inexistente, e, no caso da promíscua, pode ser enquadrado como difamação, pois consistente em descredenciar, no âmbito social, a pessoa, mesmo se tratando de fato verdadeiro.

      ————-
      Dilma Rousseff é comunista, matou, roubou e sequestrou em nome do comunismo, por isso foi presa e se orgulha disso. Financia e apoia diplomaticamente ditaduras comunistas e tem em sua base aliada o Partido Comunista do Brasil. Como poderia processar por crime contra a sua honra nessas circunstâncias?!

  1. LH, uma das ações que o Olavo recomendou é o ativismo judicial agressivo. Se a direita entupisse os tribunais com processos contra esses doentes da esquerda, você ia ver o chilique que eles dariam.

  2. Tomei a liberdade de elaborar uma contribuição para ir treinando e sugerindo ações, conforme o post Estratégia da Guerra de Processos.
    (http://lucianoayan.com/2012/02/05/estrategia-de-esquerda-guerra-de-processos)

    Vejam que a tal militância esquerdista da Maria do Rosário(PT/RG) cometeu evidências ilegais, com possível ação criminosa, tanto quanto em crimes contra a honra, quanto eleitoral, contra Van Hattem.
    # Inclusive, pelo uso ilegal e calunioso da imagem de outros candidatos, conforme pode ser visto aqui neste link do vídeo: https://www.facebook.com/video.php?v=806776146039358
    # Feitos através desta página do Facebook criada agora no dia 03 de setembro:
    https://www.facebook.com/NaoMereceMeuVoto?ref=br_rs

    Realizando ações práticas para guerra política neste caso, para irmos aprendendo, poderíamos criar posts parecidos neste caso específico, com estas características a seguir, que fiz em livre inspiração:

    a) “Candidato Marcel Von Hattem faz B.O. por injúria caluniosa contra militantes petistas que o xingaram de fascista e racista em vídeo forjado, pela internet!”

    b) “Candidato Marcel Von Hattem do PP/RG se revolta contra injúrias e xingamentos, feitos pelos militantes petistas da candidata Maria do Rosário(PT/RG) e entra com um B.O.”.

    c) “Principal participante da tropa de choque Isadora Trajano dos militantes petistas da candidata Maria do Rosário(PT/RG) vai ser processada pelo candidato Marcel Von Hattem agredido com injúrias e difamação pela Internet! Marcel já abriu um B.O. na polícia civil.”

    d) “Marcel von Hattem , candidato do RG é agredido moralmente e violentamente com vídeos abusivos e difamatórios por Maria do Rosário do PT/RG promovidos através dos militantes petistas”.

    e) “Militantes petistas da candidata Maria do Rosário do PT/RG promovem vídeos recheados de injúrias e xingamentos pela internet contra Marcel von Hattem. Candidato indignado, entrou com B.O. na Polícia Civil contra esse tipo de atitude intolerável”!

    E evoluindo para:

    f) “Gaúchos não se conformam com os abusos da militância petista que criaram vídeos injuriando e xingando o candidato do PP/RG, Marcel Von Hattem chamando-o de racista. Inconformado, o candidato entrou com um B.O. na polícia contra esses abusos intoleráveis”.

    g) “Xingamentos de “racista” em vídeo e textos difamatórios feitos pelos petistas viram caso de polícia! Indignado o candidato Marcel Von Hattem faz um B.O. contra a violenta agressão feita pela militância petista da candidata Maria do Rosário (PT/RG).”

    Cabe adotarmos o comportamento sempre alerta, cauteloso e proativo, e realizar procedimentos para acabar com esta corja esquerdistóide, que via de regra é moralmente suja, mas não pode ser subestimada.

  3. Pois é aí que a esquerda morre: quando tem que fazer elaborações racionais.
    Ela só existe porque existe bagunça e desonestidade intelectual. Tanto é que nunca vi um debate de algum esquedista (principalmente brasileiro) que não tenha usado a tática de denegrir a imagem e/ou a vida particular do outro para fundamentar sua tese. Por natureza pessoas com a mente sã sentam, debatem e tentam arrumar problemas e quem faz isso são as pessoas que não são de esquerda. Mesmo discordando, quando algum comunista entra no debate, ele levanta problemas antigos, cria novos e tumultua o ambiente, tornando-se impossível realizar uma construção de diálogo com sua presença. Pois bem, quando o diálogo então é feito sem o comunista presente, o mesmo comunista começa a berrar que foi discriminado, que não vivemos em democracia, que querem “direitos iguais”, que estão tratando ele como os “brancos” trataram os índios e aí começa toda a baixaria novamente. Entendem o cíclo? é assim que eu percebo a realidade de hoje se tratando de resolver problemas politicamente.

  4. Muito, muito bom. Como me dá água na boca isso. Tenho sede de ver esse povo perdendo grana em processo, com medo, com risco de ir pra cadeia. Como me causa prazer isso, pqp. Precisa-se de mais gente como o Marcel que simplesmente mandou para o caralho o bom mocismo e as regras da boa vizinhança porque JÁ TINHAM PARADO COM ESSAS REGRAS COM ELE HÁ MUITO TEMPO. Sofram, sofram… vermes.

  5. Parabéns ao Marcel, já anotei teu número e vou divulga-lo. Todo o pessoal aqui do serviço também anotou, familiares e amigos também apoiarão. Aos demais que lêem seu número é 11022. Vamos votar nele e não na Maldita do Rosário!

Deixe uma resposta