Cansado de ver a extrema-esquerda usar o rótulo “fascista” indevidamente? Que tal se divertir um pouco?

9
199

Fascismo Religiosa - CANAL DO EDUCADOR(1)

Sempre quando estão perdendo debates, os esquerdistas chamam seus opositores de fascistas. Diante disso, eles capitalizam, pois o senso comum estipula o fascismo como “coisa ruim”. Claro que é, assim como são marxismo e nazismo. Todas formas de pensamento da esquerda. Mesmo assim, ele seguirá dizendo que “você é fascista’. Uma dica é chamá-lo para uma conversa séria, neste tom:

Você está equivocado! Mas está certo quanto ao fascismo. Há uma ameaça fascista à solta. Como todos sabem, Mussolini dizia que “tudo é dentro do estado, nada fora do estado”. Para os fascistas, o estado deve regulamentar toda a economia e a vida privada das pessoas. Essa presença estatal é a fonte de poder do fascismo. Como se sabe, o fascismo depende de um estado gigante para sobreviver e de toda a corrupção do mundo para usar na propaganda estatal. Com isso, o povo é levado a um estado de total imbecilização. Vocês dizem lutar contra o fascismo, mas agigantam o estado, e com isso os fascistas ganham toda uma estrutura pronta para oprimir o povo. Cuidado com qualquer defensor de total controle estatal. Os fascistas são tão imundos que adoram empresas estatais e monopólios comerciais. Eles se fortalecem com isso! Para acabar de vez com esse poder dos fascistas, só privatizando essas estatais e deixando o mercado livre. Essa é a única forma de nos livrarmos do fascismo. Na luta contra o fascismo, se você não está contra, está a favor. Que tal você começar a abandonar as doutrinas de inchaço estatal e só assim começar a nos ajudar a lutar contra o fascismo?

Como ele reagirá negativamente, pois o culto ao inchaço estatal é algo no qual ele foi doutrinado, você já estará moralmente legitimado a chamá-lo de fascista.

Anúncios

9 COMMENTS

  1. Na verdade, é difícil deixar a economia fascista em básicas palavras… O Fascismo tem como economia o uso do cooperativismo… Onde grandes corporações, juntas ao governo decidem a economia do país, não a economia, mas o rumo das medidas quais serão tomadas, daí cabe o governo decidir o grau de restrição a essas corporações para que elas não façam o bom somente para si mesmas.

  2. Eu preciso estudar mais sobre essas correntes ideológicas ( ou sei lá o quê). Também fui vítima de alguns professores de História e confundo fascismo e nazismo e ainda acho que são de direita.

Deixe uma resposta