Temer “diz” ao PSDB: “No segundo turno, quero lhe usar”. Qual será a resposta?

16
92

celjesuino2

Esse Temer não dá ponto sem nó. Agora, ele quer usar o PSDB para que o partido fique “neutro” no segundo turno. Como se neutralidade existisse em um cenário desses…

Aproveite e veja a notícia do Brasil247:

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) afirmou que irá atrás do PSDB no segundo turno das eleições em busca de neutralidade, caso a disputa fique entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e a ex-senadora Marina Silva (PSB).

“Tenho muitos vínculos entre os dirigentes do PSDB e posso ajudar neste sentido”, afirmou o vice em entrevista ao site do Valor.

Ele prevê ainda que o desempenho de seu partido nas eleições para governador será o instrumento para uma eventual aproximação com os tucanos. “Todos estão alinhados conosco e dispostos a entrar na campanha presidencial”, afirmou.

Ele citou o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, que disputa o governo do Ceará. “Eunício já está presente na nossa campanha e o ‘Aezão’ é um fenômeno que se esgota no primeiro turno”, disse (leia mais).

Para o PT e o PMDB já não basta escrachar o PSDB. Querem humilhar mesmo e mostrar para todo mundo que os governistas e seus aliados tem poder para tratar os tucanos da mesma forma que um certo personagem de uma novela fazia:

Se o partido aceitar uma “neutralidade” que só ajuda o PT, tem que ser posicionado como traidor de todos os seus militantes e filiados. Mais ainda: como traidor de todas as pessoas que não são do PSDB mas estão lutando pela vitória do partido (e consequente derrota do PT). E agora, pessoal do PSDB, qual a resposta de vocês diante da petulância de Temer?

Anúncios

16 COMMENTS

  1. A resposta é muito simples: “o PSDB estará no 2º turno, seja contra a chapa Dilma/Temer, seja contra Marina. Neste último caso, conta com o apoio e os votos do PMDB nacional, assim como já tem de algumas secções do partido.”

  2. Quando um petista se queixa do fato do PSDB ser “de direita”, a razão se deve a eles estarem a direita de Raúl Castro e Hugo Chaves. Só o fato do Michel Temer ter a ousadia de pedir ajuda aos principais opositores do PT, já evidencia nitidamente o estado podre da nossa democracia.

  3. Bem, a maricagem do PSDB em relação ao PT está custando muito caro ao Brasil. O PSDB é uma oposição muito light para o gosto do eleitor atento. Imagina de quanto estrago o país seria poupado se impeachment do apedeuta se desse em 2005? FHC ficou negociando em favor da roubalheira. Se ele der mais uma mancada nesse sentido, me desculpe a expressão, mas merece uma bela banana.

  4. Estamos na Guerra Política. Ponto.
    Gente! Vamos tentar perceber que isto também é uma forma de ataque dissimulado por parte desse malandrão do Temer. Nós podemos nos autocriticar sem sermos autofágicos.
    Eu acredito que como manobra parar gerar conflito interno entre os intelectuais orgânicos da direita isso ótimo.
    É como dizer que o jogador que acabou de chegar transferido ao Coritiba e que venho das categorias de base do Atlético Paranaense irá trair a equipe, por isso mais cedo ou mais tarde ele vai fazer corpo mole no Atletiba. Então não vamos passar a bola pra ele e queimar o “cara” desde de já, assim ele nunca vai se dar bem com a torcida…
    Eu conheço bem essa autofagia no futebol paranaense, que se consome pela rivalidade local, pois temos uma tradição conservadora na cidade de acreditar que as pessoas sempre falam a verdade. Seja a CBF, seja a mídia do sudeste que influência o prestígio dos times em relação aos árbitros. Sempre vi “jogo de compadre” entre times cariocas, paulistas e até mineiros, contudo acho eles mais evoluídos do ponto de vista comercial quererem que vários times do estado se garantam em uma série A.
    Ok, o exemplo é meio esquisito, tosco, mas se ficarmos nos autocriticando sem resultado prático contra quem tem as possibilidades de tirar os petralhas do poder, estaremos gastando energia em auto-fogo-amigo.
    Acho.
    Estou decidido a evitar até o final da campanha desgastar aqueles que podem realmente tirar os petralhas do poder, estou pulando críticas desmedidas ao Aécio. Estou preferindo ajudar o quanto for possível neste momento e atrapalhar menos. Estou fazendo uma corrente positiva em favor da vitória do Aécio, mesmo que para isso evite elogiá-lo, mas ao contrário, vou com força para desmascarar e desbancar o terrível PT.
    Estou assumindo internamente o espírito que LH bem descreveu, aproveitando os pontos positivos que a esquerda lazarenta sabe usar, como o frame “Certeza da Vitória” para manter até mesmo uma ideosfera de pensamento motivacional.
    Falta pouco, a hora é decisiva.
    Se encontrarmos formas e armas para garantir uma vitória contra o petralhismo termos que usá-las.

Deixe uma resposta