Paulo Roberto Costa parte para a zoeira contra os pobres… e a oposição, onde está?

8
102

-Paulo-Roberto-Costa-size-598

Conforme o blog de Leandro Mazzini, o ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa ironizou especialmente os pobres honestos em uma agenda encontrada pela PF em uma devassa do material recolhido de seu escritório.

Leia um pouco mais:

Entre contas e nomes de possíveis propinados em muitas páginas, numa delas Paulo citou uma pensata do saudoso Millôr Fernandes:

‘Acabar com a corrupção é o objetivo supremo de quem ainda não chegou ao poder’.

Em outro trecho, logo abaixo, nova frase: ‘o rico acorda tarde para reclamar /o pobre acorda cedo para trabalhar’.

Paulo Costa continua detido na Superintendência da PF em Curitiba, onde presta depoimentos sigilosos à Justiça, sob delação premiada.

O que ambas as frases nos dizem? De início, a tentativa de relativizar a corrupção (o que demonstra o como para eles ser corrupto é normal) e, em seguida, um desprezo por aqueles que não praticam a corrupção.

Avançando ainda mais nesta desconstrução, podemos claramente apontar a conjunção de ambas as frases como a mensagem: “Corrupção é a regra, e quem é esperto não precisa trabalhar, mas roubar dinheiro público, o que é o novo caminho do sucesso na era do PT”.

Porém, a maioria da população sofre exatamente por causa disso. No que tenho a perguntar: o que a oposição vai fazer em relação à mais essa afronta?

Se o PT se vende como “o partido dos pobres” como ainda terá moral para usar este epíteto após a divulgação da agenda de um diretor que fazia esquemas para beneficiar o partido e seus aliados? A frase de Costa é uma ofensa a todos os pobres honestos.

Anúncios

8 COMMENTS

Deixe uma resposta