A prostituição política do PMDB e mais uma fraude intelectual do PT neutralizada

5
95

topic

No início da fase da “desconstrução” de Marina pelo PT (no início de setembro), uma das propagandas mais ridículas feitas pelo partido dizia que ela não conseguiria governar por não ter apoio no congresso. Vamos rever o truque? Segue o vídeo, após o qual comentarei:

Que situação hein? O problema é que o discurso ultrapassa as raias do surreal.

Para ilustrar o show do bizarro, imagine um sujeito que use os serviços de uma mulher, digamos, da vida. Suponha que ela cobre R$ 2,000 por mês por 15 programas, incluindo até períodos onde ela possa ir com ele a restaurantes e churrascos com amigos, como se fosse sua namorada. Agora imagine que o sujeito entre em uma grave crise financeira a ponto de não conseguir desembolsar nem mais um tostão sequer. Será que a prostituta continuaria seus serviços de graça e ainda faria acompanhamentos diversos? Isso é quase impossível.

É exatamente isso que está ocorrendo na relação entre o PT e o PMDB (e até o PP). Os dois últimos são partidos fisiológicos, ou seja, verdadeiras prostitutas políticas – e que ninguém venha com chorinhos ou ameaças, pois eu falei “prostitutas políticas” e não “prostitutas literais”.

O que tanto o PMDB como o PP gostam é de carguinhos e benefícios. Nada mais. Se o PT sair do poder, não tem mais como oferecer isso para ambos os partidos, que oferecerão seus serviços para o próximo que chegar. Quer dizer, eles vão voltar pro ponto. Alias, eu acho que ambos os partidos ficariam muito aliviados por não terem mais que aguentar o bafo na nuca daquele pessoal bizarro do PT.

Ou seja, se Marina tem um “número” de políticos em seu partido, o PT não pode contar muita vantagem. Quando o PT “anexa” o PMDB e o PP à sua “base” (mesmo depois de perder as eleições) age igual ao sujeito que apresenta uma prostituta como se fosse sua namorada. É uma mistura de grotesco com patético. Ou será que eles acham que o PMDB e PP “vão para a oposição” junto com o PT? Hahahaha…

É claro que esta desconstrução não deve ser utilizada nem por Marina nem por Aécio, mas por todos aqueles que atuarem nas redes sociais e quiserem transformar em pó mais este truque petista, que mostra que eles entraram nesta disputa sem medo do ridículo.

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Hahaha… sempre achei o PMDB um partido “puta”, rsrsrs, pelo visto mais pessoas enxergaram o caráter ‘prostituto’ do Partido das Meretrizes Do Brasil

  2. Muito bom, já usava esse tipo de desconstrução. Só achei que você poderia botar alguns números no post para ilustração. Possíveis números futuros do PT, e possíveis números futuros da base da Marina.

Deixe uma resposta