Nos EUA, trabalho escolar compara Bush com Hitler. Sorte que, enfim, um aluno reagiu à essa baixaria…

13
76

Former US President George W. Bush salut

Doutrinação escolar da extrema-esquerda é um fenômeno que acomete todo o Ocidente. Um exemplo disso pode ser visto no texto Trabalho escolar pede comparação entre Hitler e Bush em escola pública dos EUA, publicado no Spotniks:

Um professor da McKinley Middle School, uma escola de ensino médio de Washington, capital dos Estados Unidos, entrou em maus lençóis depois de atribuir aos alunos uma tarefa de casa em que pedia comparações entre o ex-presidente americano George W. Bush e e o ditador alemão Adolf Hitler.

De acordo com a imprensa local, o professor enviou a seus estudantes uma tarefa com um diagrama de Venn com instruções para comparar e contrastar Hitler e Bush, afirmando que “os dois homens abusaram de seus poderes”.

Uma cópia do trabalho, feito pelo pai de um aluno, instrui os estudantes a desenharem exemplos a partir de dois textos que foram atribuídos pelo professor e preencherem um diagrama de Venn com semelhanças e diferenças entre Bush e Hitler. Os textos em questão eram “Combatendo Hitler – Uma história do Holocausto” e “Bush: Guerra do Iraque justificada apesar de não haver armas de destruição em massa”.

De acordo com o Washington Times, o pai, que pediu para não ser identificado, disse que chamou a secretaria da escola para reclamar e foi informado que o trabalho era parte de uma unidade curricular aprovado pelo sistema escolar. Ela disse que a classe de seu filho estava estudando tanto o Holocausto quanto a Guerra do Iraque.

Em uma declaração por escrito, a D.C. Public Schools disse que o professor reconheceu o pobre julgamento do ex-presidente americano e irá pedir desculpas para os alunos. O nome do professor não foi divulgado.

“O professor lamenta profundamente este erro e qualquer sugestão para difamar a presidência ou fazer qualquer comparação desta forma escandalosa”, disse Melissa Salmanowitz, porta-voz da D.C. Public Schools.

Aqui segue uma evidência do trabalho escolar:

homework

Como eu já havia previsto há uns 2-3 anos, a Internet está se tornando um instrumento poderoso contra um dos mais abjetos crimes contra a humanidade: a doutrinação desonesta em salas de aula, especialmente nas escolas públicas.

Hoje é muito fácil para alguém comentar fatos “estranhos” ocorrendo em sala de aula, assim como filmar um discurso em classe, ou mesmo um “trabalho escolar” vigarista como esse. É urgente diminuirmos a autoridade de professores que, em muitos casos, contam com o poder de ficarem fechados em uma sala com seus alunos, os quais se tornam potenciais vítimas de doutrinação.

Uma pena que a coisa ficou apenas na “lamentação do erro”. Até por que isso não é um erro, mas doutrinação desonesta a partir de indivíduos e grupos com as piores intenções possíveis.

Anúncios

13 COMMENTS

  1. “É urgente diminuirmos a autoridade de professores que, em muitos casos, contam com o poder de ficarem fechados em uma sala com seus alunos, os quais se tornam potenciais vítimas de doutrinação.”

    Eu também achava que o projetos de lei para impedir doutrinação fossem eficientes. Porém, esse tipo de projeto não ataca as causas principais da doutrinação que são, para começar, os materiais didáticos com base no MEC. Ora, se os próprios materiais já vêm com a ideologia esquerdista, é impossível combater a doutrinação simplesmente limitando o poder dos professores. Às vezes pode não ser culpa do professor, já que os materiais das escolas estão vindo com esquerdismo. Eles são obrigados a seguir o material para preparar os alunos para as provas que estão vindo, também, com esquerdismo (ENEM, vestibulares públicos), pois são os mais concorridos e supostamente os mais importantes.

    Outro causador da doutrinação marxista veio com a Lei 11.684/2008, a qual obrigou Filosofia e Sociologia no ensino médio, e está aí desde 2008. Ou seja, já conseguiram criar uma geração inteira de adolescentes esquerdistas que já ingressam nas universidades com essa mentalidade. Não é à toa que escolas privadas também estão sendo usadas como propagandistas do esquerdismo.
    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11684.htm

    Tem também a intervenção estatal na educação feita através do MEC, que dita o que se deve ensinar.

    Soluções: 1) revogação da Lei 11.684/2008, para pausar ou pelo menos diminuir consideravelmente a fabricação de novos adolescentes com mentalidade esquerdopata. 2) Legalizar o Homeschooling (ensino doméstico). Vários países têm esse tipo de ensino legalizado, entre eles estão os EUA, Canadá, França, Noruega, Dinamarca (para mais países, ver link abaixo).
    http://en.wikipedia.org/wiki/Homeschooling_international_status_and_statistics

    Enfim, esses políticos criam o problema para, num futuro, criar mais leis e aumentar a Biblia estatal, dando, assim, dando mais poder ao Estado. Portanto, é preciso tirar os tentáculos desse imenso polvo que é o Estado brasileiro e, para fazer isso, nada melhor do que soluções libertárias.

    • Você não é professor? na escola pública brasileira não podemos nem tomar o celular dos alunos (apesar de ser proibido) os pais fazem escândalo, vão na delegacia…
      Existe sim, a doutrinação se dá em nível universitário: pedagogia, História, Geografia, filosofia…
      Na “iscola”, nem ler os alunos sabem.
      No curso superior, na área de humanas, lá é o ninho das víboras.

  2. Gostaria que os EUA olhassem com mais cuidado o que está acontecendo por estas bandas! Se não fizerem isso o GOP(Republicanos), vai terminar sendo currado pelos ESQUERDISTAS DE LÁ (Democratas). Essa tática apontada acima é IDÊNTICA às que vem sendo usadas por aqui por esta COMUNISTALHA ASQUEROSA! GENTE! A DIREITA PRECISA APRENDER A LER OS TRUQUES DESTES COMUNAS SAFADOS!

  3. Pô, então esse bando de homer simpson não sabe o que é um diagrama de Venn? Não sabe que isso NÃO significa falar que Bush e Hitler são a mesma coisa? E tem semelhança entre os dois sim, várias, de cabeça dá pra falar que eram dois demagogos, dois mentirosos, dois amantes do estado inchado, e o Bush ainda por cima ajudou a foder a economia americana ainda mais.Só os BURROS acham que ele estava do lado do capitalismo.

    ‘Não é preciso muito esforço para demonstrar que George W. Bush não foi um conservador pró-governo limitado durante seu mandato presidencial. Por exemplo, os gastos federais anuais cresceram mais de US$ 1,1 trilhão durante seu exercício do cargo. Mesmo em porcentagem do PIB, os gastos federais aumentaram de 18,5% em 2001 para 21% em 2008. ‘
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=878
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=880

    ‘George W. Bush foi o primeiro presidente americano a assinar um orçamento de mais de 2 trilhões de dólares. E também foi o primeiro presidente americano a assinar um orçamento de mais de 3 trilhões de dólares. Um aumento que inclui gastos significativos na previdência social e saúde pública, além dos gastos bélicos. As recentes aventuras no Oriente Médio também não podem ser consideradas políticas pró-capitalistas. A própria guerra e a permanência no Iraque são um experimento socialista de escala internacional, que já custou mais de 1 trilhão de dólares e cerca de 30 mil vidas.’
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1578

    • Espere aí… Deixe ver se eu entendi direito.

      Pelo fato de você ser um purista na “luta contra o estado”, você acha moralmente correto usar uma ESCOLA PÚBLICA para fazer a comparação entre Bush e Hitler, mas não fazer a comparação entre Stalin e Hitler, Obama e Hitler?

      Ou seja, seu purismo te leva a PRIORIZAR alguém cujas ideias estão mais distantes de um totalitarismo de inchaço estatal? É isso que você está querendo dizer…

      Mas enfim, ainda temos o fato de que não há um argumento válido pelo uso do Diagram de Venn incluindo Bush, e não Obama.

      E agora, como você contra-argumenta?

      Abs,

      LH

      • ‘Pelo fato de você ser um purista na “luta contra o estado”, você acha moralmente correto usar uma ESCOLA PÚBLICA para fazer a comparação entre Bush e Hitler, mas não fazer a comparação entre Stalin e Hitler, Obama e Hitler?’

        Pôxa Luciano, eu nunca disse que ela devia livrar a cara do Obama, e se vc pensar bem vc mesmo disse o porquê: só um fato de ser um ‘purista contra o estado’ já deixa implícito, entre outras coisas, que escola pública nenhuma devia existir. E isso é uma coisa um tanto quanto óbvia, quando se vê que essas escolas só servem pra doutrinação estatal.
        É justamente por ser pública que essas coisas não vão dar um pio sobre o Obama.E sim, se ela tivesse comparado o Obama com Stalin ou Hitler seria perfeitamente adequado mas… não vai rolar.

        E sendo o assunto escola pública, coisa muito pior já anda acontecendo por aqui, já tem nego falando que ‘quem tem dinheiro pra universidade pública deve pagar por estar lá’.O último foi um tal Joel Pinheiro da Fonseca, mas também tem outros, não lembro de cabeça agora. Essa é exatamente a consequência dessa história idiota E POPULAR de ‘ensino público de qualidade’…quem pode tem que pagar e pagar de novo, com uma tonelada de impostos.

      • E não é nem questão de ser um purista, Bush realmente ferrou a economia (tá certo que não foi ele que começou mas o remédio dele só piorou) e até um keynesiano pode admitir isso

  4. Vírus socialista.
    O vírus socialista é o que mais mortes causou no mundo, acredita se que ele já matou mais de 300 milhões de pessoas no mundo. O principal sintoma e a alteração da percepção da realidade e o desejo de destruir a civilização ocidental por qualquer meio necessário.
    Infecta estudantes que tem contato com professores (estes infectados cronicamente) de geografia, história, sociologia. Os infectados na maioria das vezes ao chegar a idade adulta desaparece os sintomas, mas quando a doença se torna crônica se caracteriza pelo ódio de classe e frustração econômica, paranoia anticapitalista e anti americana, vontade de matar quem não esta infectado.
    O vírus socialista depois de passar pela Alemanha especificamente na escola de Frankfurt evoluiu para uma nova variante, diferente do vírus original não aparenta ter sintomas de fácil detecção, o vírus socialista variante “nova esquerda” aparenta ser apenas um social democrata, ele fica dormente a espera da futura revolução proletária . Ele infecta mais pessoas que o vírus original, por que seus sintomas não são tão perceptíveis, o desenvolvimento da doença é mais lento, as vezes demora se anos para a pessoa perceber a infecção.
    Ainda hoje infelizmente variantes do socialismo infectam diversas pessoas no mundo apesar da quantidade de seres humanos mortos pelo socialismo no passado, variantes “Marxista, Nacional socialismo, Trotskista, Maoísta, Juche estão restritas a alguns países e causando a morte hoje (e no passado) de milhões de seres humanos.
    Muitos infectados com o vírus do socialismo variante “nova esquerda” chegam a negar a sua própria doença, e negam ou relativizam as mortes causadas pelo socialismo no passado e na atualidade atribuindo a outros fatores.
    Uma variante do vírus socialista da cepa maoísta, o bolivarianismo recentemente apareceu e esta infectando a América latina. Preserva os mesmos sintomas da doença original, paranoia anticapitalista antiamericana, o desejo de matar todos os não infectados, destruir a cultura ocidental.
    Por sorte ainda não se tornou endêmica na região e não causou a mortalidade do socialismo original, mas cada dia que passa mais pessoas estão se infectando com esta cepa. Esta variante bolivariana do vírus socialismo chega a provocar alucinações como dialogar com passarinhos.

  5. “A America é como um corpo e sua saúde é um tripé: O Patriotismo, a Moralidade e a Espiritualidade. Se alguém minar essas 3 áreas, a América vai desabar desde dentro” – Joseph Stalin

    É impressionante que haja doutrinação esquerdista até nos EUA. Mas não foi por falta de aviso, pois aqueles que já denunciavam essa agenda da esquerda, de corroer os tripés da América, e da mesma forma que denunciavam os crimes na URSS enquanto outros (os democratas) arguiam que esses crimes não existiam, eram chamados pejorativamente de macartistas, de teóricos da conspiração. Hoje censuram sites conservadores e cristãos, mas liberam sites de cunho esquerdista: http://encontrandoalegria.blogspot.com.br/2014/07/sites-conservadores-e-cristaos-sao.html. Já até praticaram censura prévia contra um formando, simplesmente por ele professar a sua fé cristã: http://noticias.gospelmais.com.br/escola-proibe-discurso-estudante-cristao-expressava-fe-68709.html. A esquerda faz exatamente isso. É preciso reagir.

    Deu para perceber claramente o incômodo de Obama no National Prayer Braekfast, onde discursava o Dr. Benjamin S. Carson, que aproveitou para falar de tudo que esquerdista detesta: fé cristã, moralidade, além de criticar o politicamente correto e exaltar o patriotismo. A máscara do Obama vai cair e vai decepcionar (se já não decepcionou aqueles que o viam como uma mudança) até os idiotas úteis, daí os “Bush-haters” ficarão pequeninhos – se bem que aquele país já teve presidentes muitíssimos piores, e um monte deles do Partido Democrata.

    • Quem ainda está esperando a máscara de Obama caiu é lerdo no nível Dorival Caymmi. Como é que pode? O cara é um comuna descarado e o americano médio ainda não percebeu? Não sei que milagre ele mandou atacar o EI. Deve ter caroço nesse angu. Bondade de esquerdista é sempre uma abominação.

Deixe uma resposta