Terroristas com os quais Dilma quer diálogo decapitam sete homens e três mulheres na Síria

15
93

10151814_321170921399474_6470147817119484574_n

Esse pessoal dos Estados Unidos não tem jeito mesmo. Onde já se viu responder com violência diante do Estado Islâmico! Segundo Dilma Rousseff, basta dialogar com essa gente que tudo se resolve. Enquanto isso, o Estado Islâmico decapitou sete homens e três mulheres na Síria, conforme notícia do G1:

O Estado Islâmico decapitou sete homens e três mulheres em uma região curda no norte da Síria, disse um grupo de monitoramento dos Direitos Humanos nesta quarta-feira (1º), no que descreveu como uma campanha para aterrorizar moradores que resistem ao avanço do grupo militante.

O diretor da entidade oposicionista Observatório Sírio de Direitos Humanos, Rami Abdulrahman, disse que cinco combatentes curdos que lutavam contra o Estado Islâmico, incluindo três mulheres, e mais quatro rebeldes árabes sírios foram capturados e decapitados na terça-feira em um local 14 quilômetros a oeste de Kobani, uma cidade curda cercada pelo Estado Islâmico, nas proximidades da fronteira turca .

Abdulrahman disse que um civil curdo também teve a cabeça arrancada.

“Não sei por que foram presos e decapitados. Somente o Estado Islâmico sabe o por quê. Eles querem assustar as pessoas”, disse ele. A Reuters não pôde verificar a informação de modo independente.

O Estado Islâmico tem praticado várias decapitações de combatentes inimigos e civis na Síria e Iraque.

Tais atos são com frequência perpetrados em público e acompanhadas de uma mensagem de que qualquer oposição, violenta ou não violenta, não vai ser tolerada.

É difícil expressar a indignação com o governo petista nessa questão. Nessa linha, Silas Malafaia foi provavelmente o melhor. Veja o vídeo abaixo:

Anúncios

15 COMMENTS

  1. Reinaldo Azevedo.
    ……….

    UMA FERRAMENTA NOVA NA VEJA EM DEFESA DA DEMOCRACIA: “MEMÓRIA CÍVICA”.

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/uma-ferramenta-nova-na-veja-em-defesa-da-democracia-memoria-civica/
    ……….

    UMA FERRAMENTA NOVA NA VEJA EM DEFESA DA DEMOCRACIA: “MEMÓRIA CÍVICA”.

    Vejam esta imagem:

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/files/2014/10/MEM%C3%93RIA-C%C3%8DVICA-480×98.png

    A quem cabe zelar pela democracia e pelo estado de direito? A resposta está nas três primeiras palavras da Constituição americana, ainda um exemplo dos fundamentos que fazem a grandeza da civilização: a “nós, o povo”. Os dias que vivemos não são fáceis. Oportunistas e vigaristas de toda espécie se aproveitam de imperfeições que existem, sim, no regime democrático — e que precisam ser corrigidas — para atacar a própria essência do regime de liberdades. Um dos alvos preferenciais dessas investidas obscurantistas é o Poder sem o qual a liberdade que se quer falece: o Congresso. Sim, meus caros: ditaduras sempre têm Executivos fortes; ditaduras podem ter até um Judiciário robusto, ainda que atrelado ao poder central. Mas ainda não se viu uma tirania com um Parlamento livre.

    Defender o Congresso e suas prerrogativas corresponde a defender os valores que garantem a nossa liberdade. Por isso é de aplaudir a inciativa de VEJA, que cria uma ferramenta para que você acompanhe, no detalhe, a atuação dos parlamentares nos quais você votou — ou qualquer outro. Em vez de achincalharmos o Congresso; em vez de malharmos no ferro frio da descrença e do cinismo; em vez de darmos cordas a vozes das trevas que simulam pantomimas que pretendem chamar de “democracia direta” — e não passam de autoritarismo de minorias radicalizadas —, que tal usarmos os recursos que nos fornece a tecnologia para pôr, efetivamente, o Parlamento sob nosso controle?

    Clique aqui para saber como funciona. Trata-se de um instrumento interativo, que vem acompanhado com um banco de dados.

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/files/2014/10/Mem%C3%B3ria-C%C3%ADvica-2-480×143.png

    A ferramenta “Memória Cívica” nasce da certeza de que os males da democracia serão corrigidos com mais democracia e com maior transparência. Participe!

    Por Reinaldo Azevedo.
    ……….

      • “Se os valentes não combatem os covardes vencerão”.” Pior que o barulho dos maus(PeTralhas) é o silêncio os bons” ; ” O Brasil não é dos corruPTos, é dos brasileiros que trabalham. Os PeTralhas $ó roubam, não trabalham. Estou errado?

    • Falando da “ideia” que Dilma defende trocar com os terroristas: uma ótima ideia é enviá-la para a Síria, como embaixadora in loco da ONU. Ela iria para negociar a cada novo refém…

  2. Olá Luciano!

    Se você me permite citar alguns poucos exemplos que ilustram a questão da cristofobia, sempre pouco noticiada pela mídia brasileira, selecionei alguns casos de ações muçulmanas no mundo ocidental que atentam contra a moral judaico-cristã.

    1) Imigrantes do mundo árabe criaram áreas muçulmanas em Londres. Os transeuntes que ousam andar de mãos dadas, por exemplo, são ameaçados por aqueles que patrulham a área (cf. http://www.theguardian.com/uk-news/2013/dec/06/muslim-vigilantes-jailed-sharia-law-attacks-london);

    2) Em Londres já existe um sistema judiciário paralelo para regular a conduta dos muçulmanos segundo as suas leis religiosas islâmicas (cf. http://www.bbc.co.uk/news/uk-16522447);

    3) Em toda a Inglaterra há ao menos 25 Shariah, ou áreas controladas por muçulmanos, aonde não é permitido ouvir música e beber álcool por afrontar os valores islâmicos (cf. http://www.2oceansvibe.com/2011/07/28/some-british-communities-become-%E2%80%9Cshariah-controlled-zone%E2%80%99s%E2%80%9D/);

    4) Agora a cereja no bolo! Os ingleses são praticamente reféns de suas “minorias”. Mesmo sabendo de um esquema de exploração sexual de meninas gerenciado por grupos paquistaneses, as autoridades inglesas fecharam os olhos por 16 longos anos unicamente porque temiam ser tachados de intolerantes frente aos muçulmanos residentes na Inglaterra (cf.http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2014/09/1519254-policia-ignorou-cultura-de-estupros-em-rotherham-na-inglaterra.shtml).

    Ignorar que essa gente já detém o controle da Europa é fechar os olhos para o óbvio ululante. Sendo assim, Estados Unidos e Israel são os últimos redutos da liberdade e fronte de resistência contra a ofensiva islâmica.

  3. Acho que a Dilma não vê problema nisso não… Ela só veria problema se eles tivessem decapitado mais mulheres do que homens. Aí não pode.

  4. O PT INTEIRO NESSA NOITE DE 02/10 NÃO DORMIRÁ DE TANTA COISA QUE O AECIO DEVERÁ DESPEJAR EM CIMA DO PARTIDO!
    Sabe que de agora para frente, até fraudar resultado das urnas seria muito perigoso?
    Esse episódio é mais um das centenas que cometem por aí, cada qual mais estranho que o outro do PT e, em materia de trapaças e tretas com ele ninguém pode, e como a bandidagem, depois se juntam em comemorações coletivas mostrando como são espertos!trapaças.
    Os comunistas são normalmente chantagistas e se valem de todos os recursos para ficarem no poder, afinal na “ética” deles, “todos os meios justificam os fins”, além de que roubar para o partido faz parte do esquema “normal” do partido.
    Os comunistas não têm planos de governo, apenas de poder!
    Uma presidente que apoia cortadores de cabeça direto e reto de CRISTÃOS quer católicos ou evangélicos no Oriente médio, que tem na sua mente revolucionaria?
    V que é cristão votará nela já que o detesta, hem?
    Doutra forma, Dilma como candidata, sai distribuindo beijinhos e flores nas carreatas e prometendo beneficiar o povo, né…
    A CNBB não emitirá nem uma notinha?
    Não acredito que a mineirada votará em Dilma e Pimentel, os 13, depois dessa!
    Confira se isso não se enquadra direitinho no PT e dos que os apoiam, mesmos os eleitores, que só sobrevive de trapaças, mentira e são tocados especialmente pelo ódio, constante em Proverbios, 4 14-17:
    “Na estrada dos ímpios não te embrenhes, não sigas pelo caminho dos maus.
    Foge dele, não passes por ele, desvia-te e deixa-o.
    Porque eles não dormiriam sem antes haverem praticado o mal, não conciliariam o sono se não tivessem feito cair alguém,
    Eles comem o pão da impiedade e bebem o vinho da iniquidade”.

Deixe uma resposta