Censura de vídeo de Malafaia veio pelas mãos de Ministro do TSE indicado por Lula

15
113

malafaia

Observem a gravidade do aparelhamento do Judiciário causado pelo PT ao ler esta notícia do Gospel Prime a respeito da censura feita contra um vídeo de Silas Malafaia:

No último dia 24, Dilma condenou o ataque dos EUA ao Estado Islâmico e defendeu a necessidade de diálogo com o Estado Islâmico e outros grupos similares. Eles são conhecidos por seus ataques cruéis a aldeias da Síria e Iraque, onde muitas vezes crucificaram e decapitaram cristãos.

No vídeo, Malafaia afirmava estar fazendo um alerta aos evangélicos e que o conteúdo poderia mudar as eleições. O PT entrou com uma ação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e conseguiu a retirada imediata do Youtube.

O ministro Herman Benjamin concedeu liminar em favor da coligação que apoia a presidente contra Malafaia e o a Google Brasil Internet Ltda. Os advogados da petista acusam o pastor de fazer propaganda supostamente ilegal, abusar do direito de liberdade e ofender “diretos fundamentais”. “Fazendo alusão à candidata Representante, o vídeo exibe uma montagem que contém cenas cruéis e degradantes, o que teria sido reconhecido pelo próprio Sr. Silas Malafaia”, afirmam eles no processo.

O ministro do STE disse acreditar que há conotação eleitoral, pois o vídeo explora a imagem da candidata. Para Herman, houve “excesso por parte do Sr. Silas Malafaia, uma vez que não se tem conhecimento algum de que a candidata Dilma Rousseff apoie qualquer grupo terrorista”. Disse ainda que o pastor “degrada a imagem da Sra. Dilma Vana Rousseff, bem como incita, direta ou indiretamente, animosidade entre grupos que professam religiões ou crenças diversas (na hipótese, cristianismo x islamismo).”

O Youtube tirou do ar diversas cópias do vídeo em diferentes canais, mas já surgiram várias outras versões do material. Existem dezenas de postagens no Facebook que continuam sendo compartilhadas. Até o momento não foram censuradas pela justiça.

O truque do PT é muito simples: se fingir de ofendido quando é citado, mesmo que aquele que os citou esteja apenas apresentando os fatos.

Aliás, o ministro do TSE mentiu ao dizer que “não se tem conhecimento algum de que a candidata Dilma Rousseff apoie qualquer grupo terrorista”. Porém, é só relembrar como os terroristas do Hamas elogiaram a posição diplomática do governo petista há alguns meses atrás.

A outra acusação de Herman também é mentirosa, ao dizer que o vídeo “incita, direta ou indiretamente, animosidade entre grupos que professam religiões ou crenças diversas” (seria cristianismo X islamismo). Na verdade, Silas apontou o fato do genocídio de cristãos enquanto Dilma não disse uma palavra a respeito. Enquanto isso, ela lamentou pelos ataques norte-americanos contra os terroristas de ISIS. São os fatos. Quer dizer, Herman mentiu em ritmo industrial ao fingir que há qualquer coisa de errada no discurso de Malafaia.

Claro que existe algo de muito suspeito na atitude do ministro, mas o site Reaçonaria matou a charada. Observe esse trecho da biografia de Herman na Wikipedia:

Indicado pelo ex-presidente da república Luís Inácio Lula da Silva para ministro do eg. Superior Tribunal de Justiça, em virtude de aposentadoria do ministro Edson Vidigal. Após sabatina no Senado Federal, seu nome foi aprovado pelo plenário daquela casa com 51 votos favoráveis, 2 contrários e uma abstenção.2 Foi empossado em 6 de setembro de 2006.3

O Reaçonaria também nos relembra de alguns links importantes, para que tenhamos um histórico das decisões de Herman, todas elas favoráveis ao PT, evidentemente:

Conforme o site de Felipe Moura Brasil, no dia 24 de setembro o Sindicato dos Bancários fazia propaganda dentro da Caixa, na Gerência de Habitação de Maceió-AL:

Alguém acha que o TSE vai tomar qualquer tipo de providência contra isso? Ou contra o escândalo dos Correios? Vá sonhando.

Ou seja, a postura de Herman Benjamin já pode ser cravada como mais um escândalo do aparelhamento estatal do PT, agora no TSE. A decadência moral parece não ter fim…

Anúncios

15 COMMENTS

  1. Caro Luciano.

    Isso lembra as palavras daquele pústula do Getúlio Vargas:

    “Aos amigos, tudo! Aos inimigos, a lei!”

    Podemos adaptar essa fala aos tempos da era do obscurantismo petista:

    “Aos companheiros (nós), tudo! À oposição (eles), a lei!”
    ……….

    Abraços.

    • Estou torcendo para termos o Aécio no segundo turno contra Dilma.

      Faço apenas uma observação, para o melhor interesse do Brasil e dos brasileiros, evidenciando a necessidade premente de se fazer no Aécio um tratamento urgente de reposição intensiva de testosterona e/ou, até mesmo, possivelmente, um reimplante de culhões.

      Desse modo ele estará apto a ser mais macho que a Dilma no embate final.
      ……….

    • PARA ASSISTIR, ALTERE O PAÍS ABAIXO (no final da página do video no you tube).SÓ ESTA BLOQUEADO NO BRASIL. estão dizendo que uma ação judicial impede meu video de ser visto ,eu acredito que foi governo que mandou o you tube barrar meu video com medo de perder as eleições obrigado ,caso queria eu postei esse video aqui no FACE BOOK : neste link:https://www.facebook.com/video.php?v=953582974656929&set=o.308937869292017&type=2&theater

  2. A história irá se encarregar de provar, que nunca antes e nem depois, o nosso povo teve tantos motivos para se envergonhar de ter elegido estes governantes que aí estão!
    Nosso País e nosso povo vai pagar um alto preço por isto, infelizmente.

    Quanto ao Getúlio, cito ao menos UMA coisa de positivo nele: Ele DETESTAVA COMUNISTAS…

  3. É por essas e muitas outras que não me canso de dizer que o PT é uma organização que age ao estilo das Organizações mafiosas, cravando os seus tentáculos em todas as instâncias do Poder

  4. E tem mais. A crítica do Malafaia se dirigiu a postura de uma presidente discursando em nome do Brasil na ONU. Se isso não pode ser criticado por causa das eleições, então significa que qualquer político que tente reeleição fica temporariamente livre de qualquer oposição ou fiscalização. É quase como se transformasse em um rei absolutista.

    Realmente, é terrível que tenhamos pessoas com essa mentalidade nos cargos mais altos do poder judiciário.

Deixe uma resposta