PT, o partido que promove o ódio entre paulistas e nordestinos, segue discriminando

4
44

Dilma-Rousseff4

Bastou surgirem críticas aos nordestinos (a maioria delas falsas e armadas por militantes do PT, como já vimos aqui e aqui), para que Dilma já começasse sua ladainha dizendo que uma parte do Brasil “está contra os nordestinos”.

Como presidente, o que Dilma deveria ter feito? Obviamente tentar unificar os brasileiros, pois apesar de tudo ela é presidente do Brasil. Ao invés disso, apelou para a baixaria ao propor a defesa de apenas um dos dois grupos, ignorando o outro.

Como evidência de que ofensas contra pessoas de diferentes regiões não atingem apenas os nordestinos, temos a página Esses Paulistas, que mostram diversas ofensas (e até ameaças de violência) a paulistas pelo fato de Dilma ter ido mal na votação em São Paulo. (A página Esses Nordestinos, por sua vez, mostra ofensas contra nordestinos)

Alguém poderá objetar: “Mas Luciano, ela não criticou os paulistas, apenas protegeu os nordestinos de ofensas”. Mas é exatamente esse o problema: se há dois grupos sendo ofendidos e ela se manifesta apenas por um deles, assume uma predileção inaceitável para uma presidente da república. Isso é discriminatório, vil e odioso.

Na ética bizarra de Dilma, os paulistas ofendidos não merecem qualquer tipo de consideração. Por que isso acontece? É suficiente estudarmos o truque da simulação artificial de guerra de classes para encontrarmos a resposta. O PT não consegue largar a mania de criar conflitos e discursar em cima da estimulação destes conflitos, mesmo que quase todos artificiais.

Se não existe nenhuma rixa entre paulistas e nordestinos, ela é capaz de inventar uma. Tudo isso fingindo que existe apenas “um grupo ofendido” (os nordestinos) e “um grupo ofensor” (os paulistas), mesmo que as evidências dos sites Esses Nordestinos e Esses Paulistas mostrem exatamente o inverso do que o PT afirma.

A capacidade do ser humano em atacar pessoas de outras regiões é isonômica. Qualquer presidente de uma nação que tivesse alguma dignidade faria de tudo para unir todos. De maneira diametralmente oposta à qualquer noção de bom senso e cidadania, somente por que no Nordeste Dilma atingiu uma boa votação, ela passa a definir os nordestinos como “grupo a ser defendido” e os paulistas como o grupo a ser demonizado.

Já passou da hora de termos um presidente que olhe para todos os brasileiros, ao invés de estimular lutas de classes, pois há pagadores de impostos no Nordeste, assim como pagadores de impostos em São Paulo, como também em todas as outras regiões do Brasil. Todos merecem ser respeitados.

Dilma Rousseff não tem mais nenhuma condição moral de governar uma nação como o Brasil, especialmente por ter utilizado parte de seu tempo para fazer jogo sujo em prol de criar inimizades desnecessárias.

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Fala Luciano, já comentou sobre o frame dos Nordestinos que morreram aos montes no passado graças ao governo militar, mas que somente hoje eles são vistos?

  2. Oi Luciano, mas e sobre a xenofobia que os nordestinos sofrem ao ir pra SP? Particularmente, as pessoas que mais vi ofenderem os paulistas foram os próprios paulistas. abraço

Deixe uma resposta