Avaliação: debate na Record em 19/10

117
552

derecord

Eu esperava algo completamente diferente hoje. O ideal seria que Aécio tivesse aumentado o tom em relação ao debate do SBT, mas denunciando o vitimismo de Dilma.

O fato é que durante a semana muitos jornalistas (a maioria pró-PT) resolveram ludibriar Aécio dizendo que “ocorreu uma pancadaria generalizada” no debate do SBT. Mentira: na verdade finalmente Aécio começou a reagir. Ele deveria ter sido firme negando que “agrediu” Dilma, quando na verdade apenas mostrou fatos contundentes que desmascaravam seu discurso.

Sejamos francos, pois este é um blog focado em guerra política, não em discursos feitos para iludir a turma. Eu não estou aqui para falar o que as pessoas querem ouvir, mas a verdade sobre o que deve ou não ser feito, em termos de guerra política, para se obter resultados.

Essa história de “debate propositivo”, nesta altura do campeonato, é uma ilusão. Todos já conhecem as propostas de um ou de outro.

Uma das coisas mais importantes neste momento deveria ser aumentar a taxa de rejeição do oponente. Para isso é preciso partir para o confronto.

Infelizmente, hoje Aécio decidiu optar pelo “debate propositivo”. Dilma, ao contrário preferiu executar o seu modelo de atuação padrão. O modus operandi é simples:

  1. Há ricos
  2. Há pobres
  3. Há dois projetos de governo: aquele que governa para os ricos, e o que governa para os pobres
  4. O governo do oponente INTENCIONALMENTE prejudica a vida dos pobres
  5. A mensagem é clara: eles se “comprazem” com o sofrimento dos pobres
  6. Repetir isso do início ao fim

E lembremos os seis princípios da guerra política, de Horowitz:

  1. Política é guerra conduzida por outros meios
  2. Política é guerra de posição
  3. Na guerra política, o agressor geralmente prevalece
  4. Posição é definida por medo e esperança
  5. As armas da política são símbolos que evocam medo e esperança
  6. A vitória fica do lado do povo

Prefiro avaliar o debate por esses dois modelos. Note que o modelo usado pela Dilma é feito para atender os princípios da guerra política.

Sempre que Aécio apresentava alguma informação, ela dizia que no governo de FHC “era pior”. Em seguida, ela “empacotava” um discurso comparativo e daí concluía que “intencionalmente” FHC queria o sofrimento dos pobres. Daí jogava esses símbolos sobre a cabeça de Aécio.

Enquanto Aécio continuava com seu “debate propositivo”, Dilma atacava o tempo todo. Veja alguns momentos:

  • Ela disse que “Aécio ouviu o galo cantar e não sabe onde”
  • Disse duas vezes que Aécio “não tinha moral para falar” (pois fez pior e blá blá blá blá)
  • Usava o termo “estarrecedor” para simular espanto diante de uma declaração do oponente
  • Sempre comparava com números distorcidos, para usar o seu modelo dizendo governar para o povo, ao contrário do oponente (o “ao contrário” deu a tônica de seu discurso)

E foi assim do início ao fim. Sempre usando o framework da guerra política.

Tudo isso levaria a uma vitória por goleada de Dilma, não? Tecnicamente sim, não fosse o fato de que todos os temas foram repetitivos.Simplesmente não existiu quase nada de novo.

O maneirismo de Dilma, especialmente em relação ao termo “estarrecedor”, também pode ser ridicularizado, como já vimos na Internet:

estarrecedor

Enfim, Dilma bateu e não apanhou. O truque de se fingir vítima funcionou.

Para que não digam que estou sendo exigente demais, alguns momentos de Aécio foram bons:

  • mencionar que o povo que comprou ações da Petrobrás perdeu dinheiro (falou ao coração)
  • citar que quando Dilma diz que “manda investigar” se comporta como ditadores de países com os quais o governo do PT se alia (nesse momento surgiram palmas)

Mas há um momento em especial onde ele lançou um forte shaming sobre Dilma por ela falar sobre “o meu programa Bolsa Família”. Ele disse que o programa é do Brasil, não dela.

Infelizmente, foram poucos momentos de brilho, em um debate morno de ambos os lados.

Como de costume, Aécio precisa perder a terrível mania de deixar ataques sem resposta. Já dei a dica antes e repito: Aécio deve anotar tudo em um caderno enquanto Dilma fala para não deixar ataques sem resposta. Fortes ataques de Dilma (sem resposta) ocorreram umas quatro ou cinco vezes em todo o debate.

No geral, lembremos os placares dos debates anteriores: Aécio venceu por 7×5 no debate da Band e por 9×4 no debate do SBT. Aqui digamos que Dilma venceu por 7×5. O placar a favor de Dilma poderia ser maior se ela tivesse usado ataques diferentes dos que já tinha feito anteriormente. Como se repetiu demais, mesmo sendo muito superior em termos de guerra política, ela não chegou a “golear”.

Há discussões dizendo que todo o bom mocismo de Aécio foi uma estratégia para que ninguém pudesse falar mal dele durante a semana. Capaz. Mas eu acho bastante arriscado desperdiçar tanto tempo assim, principalmente por que o arsenal para atacar o PT é infinito. Para que economizar munição infinita? Na verdade, o grande problema é arrumar tempo suficiente para atacar Dilma e usar a melhor munição disponível.

Por exemplo, Aécio poderia ter citado Maria Corina Machado, que teve o nariz quebrado por tiranetes venezuelanos. Também poderia ter citado o pedófilo Eduardo Gaievski, assessor de Gleisi Hoffman, que estuprou meninas. Poderia ter mencionado que Palocci elogiou Armínio Fraga. Poderia ter mencionado que o governo do PT foi contra o Plano Real, pois queria manter o povo na pobreza. Poderia ter dito que a taxa de desemprego do governo de 5% é um embuste, pois o DIEESE aponta o dobro do valor. Eu poderia me estender aqui e escrever um ensaio só com essas munições, que os líderes do PSDB já possuem. Então o papo de “guardar munição” não me convence.

Aguardemos o debate da Globo, pois este foi uma decepção para ambos os lados. Para Dilma, por que ela poderia ter goleado e optou pela repetição de tudo que já havia sido dito (além deste debate ser o de menor audiência de todos). Para Aécio, por que ele optou por ser um bom moço, o que não serve em termos de guerra política.

Anúncios

117 COMMENTS

  1. Lembrando que ela ficou dois dias fora das ruas se preparando para o debate, e digo que ela não tem muito que se vangloriar pois foi repetitiva uma decepção para quem se reservou para isso

  2. Que ele esqueça essas coisas pra Globo, lá vai valer a eleição em si. Ele precisa melhorar, jogar a corrupção para cima da Dilma, dizer qualquer coisa sobre a emenda da reeleição (O FHC diz que ele tinha a ampla maioria dos assentos e os deputados que falaram que tinham sido comprados não provaram nada), os casos da pasta rosa, sivam ninguém nem sabe que porcaria é. Ele tem que falar das propostas mas das propostas que fizeram PV, PSB partidos que não seriam de centro-direita aderirem a ele, enquanto a Dilma quer os sovietes, falar que a inflação ESTOUROU o teto da meta, não só dizer que há muita inflação como quando faziam estoque de comida. Aqui em casa todos acharam ridículo. Até pode ter funcionado para o Rio mas ele tem que ganhar votos no NE. Debate ruim pra ele, mas o que vale sempre foi o da Globo. Tem que partir pro ataque na Globo, lá não tem TSE, o escambau.

    • Como “ninguém se lembra”, então são crimes de corrupção que podem ficar impunes e no esquecimento, não é? A inflação no governo do PSDB foi bem mais alta, ESTOUROU o teto três vezes e foi entregue ao PT a uma taxa de 12,5%, contra os 5,5% do ano passado. Mas, de acordo com seu pensamento, isso também deve ficar esquecido, não é? E que soviete é esse que apoia o PT? Até onde eu saiba, há os fascistas golpistas apoiam o PSDB (vide DEM). Mas isso também deve ser esquecido, não é? Por um lado bem masoquista, seria bom o Aécio ser eleito, para poder refrescar bem sua memória e de tantos outros…

      • Verdade, tomara que seja eleito para refrescar minha memória tão adormecida, já me cansei de ver os mesmos tiranetes bolivarianos fudendo o povo, tá na hora de dar lugar mesmo, chega de venezuelanos mortos por Maduro, de bolivianos chicoteados por não votar no Evo, de argentinos quebrados pelo plano econômico de lá, dos Cubanos miseráveis que se atiram aos tubarões para fugir da Ditadura Castrista.

        Vamos mudar né?

      • Caro comentador, não vale usar os 2 minutos exíguos para rebater 5 ataques que não duram 30 segundos. Óbvio que são casos importantes, ele pode dizer que o caso SIVAM foi no governo Itamar e isso não leva 5 segundos, logo ele deve revidar esse ponto pois é de clareza cristalina (antecipando o governo Itamar contou com o apoio de muitos partidos exceto o PT, esse partido tão ético).
        Engraçado como a sua fala não leva em consideração que 3% dos contratos da Petrobras com as Empreiteiras fica algo bem acima de 10 bilhões, só no mandato da Dilma e o caso do Guerra, que seria 10 milhões IGUALA TUDO. LÓOOOOOGICO.

      • Seria burrice se não proviesse de um esquerdista.

        Nesse caso, é simplesmente o esquerdismo mesmo.

        Essa do “soviete que apoia” merecia constar num quadro de honra. Que tal, Luciano Ayan, um quadro de honra com tais preciosidades esquerdistas?

      • POR FAVOR!

        Vamos todos postar lá? Mandem no inbox, postem nos comentários, vamos fazer chegar aos olhos dos marketeiros dele – eu acho que já deve ter chego e há muito tempo, porém, não custa reforçar.

        Ou então, postemos simplesmente:

        “Aécio, no próximo debate cite a Marina Corina Machado, que teve o nariz quebrado por tiranetes venezuelanos;
        cite o pedófilo Eduardo Gaievski, assessor de Gleisi Hoffman, que estuprou meninas;
        cite que Palocci elogiou Armínio Fraga;
        mencione que o governo do PT foi contra o Plano Real, pois queria manter o povo na pobreza;
        desminta que a taxa de desemprego do governo é de 5%, pois o DIEESE aponta o dobro do valor”

        e elencar outras coisas.

        Mas vamos em muitos.

  3. Eu também achei o desempenho do Aécio mediano.Talvez o pessoal de campanha tenha caido na estória do vitimismo contra Dilma.
    Só não foi pior porque Dilma é muito ruim.Não é só ruim em formular ou responder perguntas, mas também aquela mania irritante que ela tem de falar cada palavra como se estivesse soletrando (fora o fato de começar toda pergunta e resposta com a palavra candidato, o que é um saco na minha opinião), assim como é ruim em rebater temas, sempre com a mesma ladainha.
    Tomara que o Aécio mude de posição no debate da Globo.
    Ah sim, uma correção.Ele disse no debate que o PT foi contra o Plano Real (o que é uma ótima estratégia), quando ela veio com a conversinha de dizer que o Real começou no governo Itamar, ele deveria ter dito que o FHC era o ministro da Fazenda;

  4. Achei hoje que foi um empate. A Dilma apesar de usar a tréplica para atacar o Aécio e esar mais calma e articulada do que o costume, ainda foi patética com os clichês estarrrecedor e cia.
    Aécio deu mancada em não responder alguns ataques lançados pela Dilma, embora o comercial da Dilma elogiando seu governo em Minas durante os intervalosfoi genial;

  5. Tambem achei a mesma coisa luciano, Aecio deveria ser mais contudente, com relacao ao que vc falou sobre os jornalistas, comentarem sobre o debate passado, de que foi uma baixaria, eles consegiiram o seu intento, fazer com que o Aecio, ddesacelerasse neste debate, pos viram que a Dilmanta saiu petdemdo. Parabens pelo blog espetacular venho acompanhando-o a algum tempo, e tem me ajudado nastante com relacao a politica, confesso que foi aqui que decidi votar em Aecio. Abraco.

  6. Luciano.

    Esse debate da Record talvez tenha sido uma estratégia do Aécio para fazer o PT mostrar as garras no próximo e último debate na Globo e, então, abatê-lo em conjunção com a búlgara bugre, com “pauladas propositivas” (hehe) de maior eficiência em relação às do debate no SBT.

    Munição para executar essa tática o Aécio tem de sobra. E a partir de então os petistas não terão mais tempo para muito mi-mi-mi vitimista, pois as propagandas eleitorais já estarão encerradas, e a imagem que ficará gravada no imaginário do eleitorado será a de um Aécio predador de vagabundas safadas e mentirosas.

    He! He! He!

    Essa análise foi inspirada em uma revelação confidenciada a mim por Apolo.

    Mas como Apolo não é onisciente, ele pode estar errado, né? Vamos aguardar o capítulo final…

    He! He! He!

    ———-

    Forte abraço.

  7. STARRECEDOOORRR, SIM!
    A AMIGA DOS TERRORISTAS DO HAMAS E DOS DEGOLADORES DE CRISTÃOS NO ORIENTE MEDIO perdeu feio ontem o debate – Aécio mostrou os 4 anos perdidos de Dilma – pois até ao momento o placar do debate Record pró Aecio em 97.909 votantes dá o seguinte resultado:
    Aécio – 79,21%
    Dilma – 20,79%
    A presidente, como todos os comunistas, vivem de falsas propagandas e promessas furadas e nesse ponto o PT é campeão absoluto, ninguém pode com ele.
    Apesar da vermelha Dilma nos detestar, pede votos na maior cara de pau para se eleger e somos tão idiotas a ponto de eleger a inimiga dos cristãos?
    Só se for para depois nos amordaçar e dizer por trás que não nos mandou acreditar em comunistas e que idiotas-uteis e trouxas são para isso mesmo!
    A miserável e repressiva Cuba é a vitrine, o exemplo que o PT quer fazer do Brasil, e sabemos como está phudida a Venezuela após adotar o comunismo castrista!
    Aliás, por onde anda a bandeira vermelha do martelo e foice sempre ao lado das carreatas do PT, sumida porquê?
    STARRECEDOOORR, SIM, DILMA!

    • Concordo com o Luciano, a coisa só não foi estarrecedora pro Aécio porque a Dilmanta é muito repetitiva e não tem eloquência.
      Espero que no debate final ele sente a pua pelo menos no mesmo nível do debate do SBT.

  8. Luciano, você compartilha seus posts com os marketeiros do PSDB? O senador Álvaro Dias é ativo no facebook. Ontem compartilhei um dos seus posts com ele. Espero que o senador dê as dicas para os marketeiros do PSDB.

      • Mandei a seguinte mensagem:
        “Vocês deveriam desmascarar a maquiagem feita sobre os indicadores de classes sociais: é que o PT considera classe média quem recebe entre 291 e 1019 reais mensais per capita (http://www.sae.gov.br/site/?p=12055); ademais, consideram empregadas as pessoas beneficiárias do bolsa família, além de criar várias categorias para mascarar a taxa de desemprego (http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/bolsa-familia-mascara-os-numeros-do-desemprego-no-brasil; http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1471). Desmascarem-nos, do contrário capitalizarão sobre estes índices, enganando o potencial eleitor de Aécio.”

      • Boa!

        Enviei a seguinte mensagem, com destaques ao que o Luciano mencionou hoje, mas mais material não falta para enviarem também:

        “Caros, acredito que conheçam o site do Luciano Ayan, cujo qual diariamente posta desconstruções aos discursos mentirosos do PT e dicas de como poderemos destrui-los. O site é http://www.lucianoayan.com

        De antemão, gostaria de sugerir algumas coisas que Aécio possa usar no debate da Globo, para que possa mandar o tiro final na moral imunda desta praga que ocupa a cadeira presidencial.

        No próximo debate Aécio deve, por favor, citar a Marina Corina Machado, que teve o nariz quebrado por tiranetes venezuelanos, cujos quais o PT adora;

        Citar o pedófilo Eduardo Gaievski, assessor de Gleisi Hoffman, que estuprou meninas, ou seja, mulheres crianças: não é o PT que fica choramingando que “Aécio desrespeita mulheres” só porque ele chamou Dilma de “leviana”? No PT tem esse cidadão que estupra meninas. Não deixem de usar essa carta, olha o tipo de gente imunda que tem lá!;

        Mencione sempre que o governo do PT foi contra o Plano Real pois queria manter o povo na pobreza, e diga isso olhando pra câmera “Amigo telespectador, já que a Dilma adora falar de passado, imagine como seria sua vida sem o Plano Real…” e por aí vai;

        Desminta que a taxa de desemprego do governo é de 5%, pois o DIEESE aponta o DOBRO do valor, Aéico deve levar um papel para provar isso, uma impressão, e diga com todas as letras, “DILMA MENTIU”;

        Diga que o PT é o responsável por criar ÓDIO entre as pessoas, criou ódio de nordestinos contra sulistas, de pobres contra CLASSE MÉDIA (não diga RICOS, e sim classe média, como eu, como a maioria), e tem apoiadores como o Gregório do Porta dos Fundos e um criticozinho de cinema de meia tigela chamado Pablo Villaça que ficam inventando historinhas de que “foram agredidos por apoiar Dilma”, são HISTÓRIAS, INVENÇÕES, pois eles não tem testemunhas dos fatos, não tem hematomas nos braços, nada, só possuem um relato mentiroso;

        Por favor, precisa lembrar que o PT apóia países ditatoriais onde a mulher é tratada realmente como objeto, como ser inferior, que o PT apoia o Hamas e países onde GAYS SÃO ASSASSINADOS EM PRAÇA PÚBLICA APENAS POR SEREM GAYS. O PT TEM PROXIMIDADE COM ISSO.

        Quanto prato cheio vocês têm para usar!

        O PT pede respeito com mulheres, mas desrespeitaram a candidata Marina Silva de monte, inclusive quando a mesma chorou, dizendo que “presidente precisa ter estabilidade” – cadê a estabilidade de Dilma quando fingiu que estava passando mal no debate do SBT?

        Sugiro muita leitura do site do Luciano Ayan, pois material não falta. Há um prato cheio pra devorar o PT. Nós estamos com vocês, por favor, NOS LIVREM DESSE DEMÔNIO CHAMADO PT.

        Abraços,
        Cauê.”

  9. Eu acho que foi estratégia, Luciano, o debate da Globo é o que valerá para a definição, se Aécio usasse algumas estratégias agora, poderia ser atacado durante a semana; então, acho que foi melhor ele guardar munição pois, ao usar na sexta-feira não haverá tempo do PT contra-atacar. Maaasss…. é importante, tbém, ele saber reagir aos ataques do debate de sexta pq, como afirmei, se ele souber usar bem os ataques, da mesma forma se o PT assim fizer não terá tempo do Aécio responder. Sexta é o dia D!

    • Ele vai ser atacado indepentente do que fizer. Não é necessário que ele realmente seja agressivo para ser chamado de agressivo. Mesmo se a Madre Teresa de Calcutá estivesse concorrendo seria difamada.

      Não tem essa de “não dar munição” quando o seu adversário não tem o mínimo pudor de mentir. Eles são capazes de inventar os piores absurdos. Vide o caso da Marina Silva homofóbica…

  10. O melhor momento pro Aécio foram os comerciais que mostravam o áudio da Dilma falando bem do Aécio. Uma boa sacada que teria u feito ainda maior se o Aécio demonstrasse durante o debate o quanto a Dilma mente.

  11. Gostei do blog. Parabéns!
    Não discordo do seu placar (7 x 5) a favor de Dilma. No entanto, quem prestou atenção no semblante da presidenta Dilma durante o debate percebeu aquele “ar” de medo, insegurança, tensão. Isso também conta! Mas, como você colocou e estamos cansados de saber, o que não falta é munição para o Aécio atacar o PT.
    Aécio poderia atacar no que diz respeito ao número de brasileiros que ascenderam para a classe média (59%), como afirma Dilma, seguindo o critério da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), onde uma família com renda per capita de R$ 291,00 se enquadra em classe média. Eu, particularmente, estou “feliz” em saber que com apenas R$ 642,00 mensalmente, a Dilma me ascendeu para a classe média ALTA. Que jeito inteligente de mascarar realidade!

  12. Não concordo que a candidata PeTralha venceu esse debate. Na pior das hipótese, houve empate, dado o clima morno que predominou. Concordo que Aécio não pode deixar passar em branco ataques e as inúmeras mentiras de Dilma. Munição contra a PeTralhada é o que não falta. No último debate, ele não deve deixar de questioná-la sobre o uso que a campanha dilmista fez dos Correios no 1° turno, algo que o tucano não mencionou até aqui. Creio que falta pouco para que o Brasil se livre dessa corja imunda do PT!

  13. Luciano, acredito que utilizar as táticas de Horowitz sempre não sejam efetivas. Bons jogadores de xadrez sabem que , por vezes, o sacrifício da rainha é rentável. O Aécio esta sendo atacado pelos petistas no que tange a suposta agressividade do último certame. Sabemos que ele não foi, mas também sabemos o poder de marketing que os petistas possuem.
    Acredito que o Aécio fez um recuo estratégico neste momento por dois motivos: 1) blindá-lo da alcunha de machista colocada pelo pt; 2) deixar a Dilma em uma situação de conforto, achando que fez um ótimo debate, para pegá-la no contra-pé.
    A Dilma é uma péssima debatedora comparada a ele. Viu-se claramente que ele não gastou energia no debate, ao contrário da Dilma.
    Enfim, vamos que vamos.

      • O PSDB tentou neutralizar este ataque, vide a propaganda vinculada domingo colocando todas as “mulheres da vida dele”.
        Infelizmente a propaganda foi ineficiente, foi muito fraca. A esposa dele não possui muito carisma, será por ela ser muito bonita (rs)?
        Abraços
        Cassiano

  14. Também acho que o Aécio poderia ter ido melhor. Aliás, na estratégia adotada ontem ele acabou perdendo um pouco do seu “poder” argumentativo, tendo inclusive se expressado com dificuldade em alguns momentos (sim, a Dilma tem dificuldade em quase 100% do tempo) e se confundido com alguns números. Ou seja, no que ele sempre é infinitamente superior que a Dilma, acabou perdendo esta vantagem.

    Não discordo do placar, acho que, no geral, a Dilma teve sim ligeira vantagem. Mas mais importante do que o debate (com exceção que o da Globo) em si é a repercussão do mesmo. Bem como as “tiradas” que poderão ser usadas esta semana na campanha. Por exemplo, o PSDB precisa usar as mentiras contadas por ela ontem ao vivo (obras concluídas sem estarem e por aí vai) e mostrar a inverdade claramente nas inserções desta semana, bem como no horário eleitoral. Uma fala de Dilma retirada do debate, seguida da confirmação da mentira, mostrando que obra não existe e/ou está inacabada. É preciso focar e bater nisto!

    Outra coisa que precisa ser usada no último debate é os elogios de Dilma a Aécio (aliás, muito boa a propaganda). É preciso que o Aécio cite isto no debate, para repercutir ainda mais. E o ideal seria que isto ocorresse numa tréplica, no fim de um bloco, para não dar margem a ela justificar elogio, colocar em determinado contexto ou dizer que ela é “generosa” com os adversários também.

  15. Espero que Aécio não caia em conversa de marqueteiro e pare de bater em dilma com medo de perder votos. Não pode deixar nenhuma mentira sem resposta. Tem que levar o tal caderninho e rebater as mentiras uma a uma.

    • O problema é que quem faz os ataques se coloca em uma posição confortável enquanto quem está sendo atacado é colocado em uma posição que precisa perder tempo para se defender.

  16. Concordo com você em numero e grau, e percebo que a peça caiu, Aécio, ficou muito na defensiva, que acredito seja por erro de seus acessores ou má fé mesmo.
    A falta de respostas para os ataques foram péssimas, e os contrataque foram pouco enfaticos, Dilma parecia sempre tem a ultima palavra e isso não é bom, apessar de na maior parte do tempo usar argumentos inveridico, ela utiliza da mentira com uma desenvoltura, que qualquer psicopata se orgulharia, tenho asco quando a ouço senhora falar. Se Aécio não toma cuidado ela pode mudar o jogo, espero que ele tenha percebido junto com seus acessores que essa atitude, não ajuda em nada, não sóu fan nem de longe do psdb, mais o momento é critico para o Brazil e vai determinar o rumo que nosso pais vai seguir, ou se cavar mais fundo ou se paramos de cavar e retomamos a escalada para saimos fora desse burado da história.

  17. Hangout sobre as eleições e o último debate com Diego Casagrande (jornalista), Paulo Moura (cientista político), Glauco Fonseca (executivo empresarial), Marcio Coimbra (cientista político) e Fábio Ostermann (cientista político):

    • Acredito mesmo que o debate, apesar de gerar um resultado razoavelmente negativo para Aécio, não foi o bastante para mudar a opinião do eleitorado do candidato. Seria bom que a agora no último debate Aécio a aniquilasse para ficar na história de que o PT não é um partido digno.

  18. Veja essa aula de geografia.
    Dora Miranda

    O ponto alto deste penúltimo debate na TV, pela Record, foi ver a “presidenta” mostrando, mais uma vez, o nível de sua inteligência. Disse ela: ”Candidato, você está comparando o Brasil ao Chile, que é do tamanho do Rio Grande do Sul. Precisamos comparar o Brasil com os grandes países do mundo, como a Alemanha”.

    Agora vejamos: o Rio Grande do Sul tem 281.730 km2 e o Chile, 756.950 km2… E a Alemanha: tem 357.051 km2

  19. Concordo com a avaliação, porem acho que faltou o seguinte na lista de bons momentos do Aécio:
    – a Dilma não respondeu as perguntas (feitas com indignação) com relação ao que fez com Paulo Roberto Costa, que ainda no governo;
    – Aécio encerrou melhor o debate.

  20. Boa Tarde Ayan!
    Gostei bastante da sua postagem, achei outro ponto do Aecio bacana, a contestação às intervenções do governo ao IPEA e ao IBGE! Além da declaração aos funcionários de Bancos Públicos, que pelo que tenho visto por aí, já estão no limite com a Presidente!
    Acho que neste ele não deveria ter atacado a Dilma não, mas deveria ter apontado as criticas covardes que o Lula lhe atribuiu, bem como o parecer de Uma psicológa, em comício petista, o chamando de Megalomaníaco e usuário de drogas, finalizando no final do tempo em que expusesse tudo isso que estaria naquele momento processando a candidata por todo ocorrido! Ela iria ter uma síncope nervosa e se borrar na hora! Acho que seria mais válido que os ataques que a mídia esquerdista equalizou de forma indevida, como partindo dos dois lados!
    Abraços!

  21. Aqui os oponentes estão realinhando para a batalha final, embora a doida tenha esperneado um bocado , feito caras e bocas, se sacudindo para lá e para cá, jogando iscas (estarrece dor, canta de galo etc) para ver se o Aecio caia e ela então poderia confirmar que ele é agressivo. Não colou, ele não caiu, ela ficou com cara de tacho, tentou um muxoxo, uma vozinha embargada (ela iria chorar lágrimas de crocodilo, conforme pré combinado)e o discurso final foi dele e foi Contundente!
    Foi bem, o inimigo agora vai ser abatido, lavado a jato, literalmente, há provas do envolvimento dela na sujeirada.
    Ela tem que renunciar, para o bem do Brasil.
    vai ser pega na investigação do Sec/EUA. Eles já tem provas.
    Aecio vai ser o novo Presidente.

    PS. O TESOUREIRO DO PT,CORRUPTO E LADRÃO, O TAL VACARI VAI CONTINUAR PRESIDENTE DE ITAIPU.?

  22. Heheh, gostei do que eu li em outro blog, dizendo que mesmo que não tenha havido pancadaria entre os dois no debate da Record, mesmo assim teve um outro tipo de pancadaria: a Dilma espancou a verdade e os fatos o tempo inteiro.

    É estranho que uma pessoa como a Dilma, uma ex-terrorista (e atual ladra), totalmente arrogante, e que trata os seus subordinados em Brasília de uma maneira totalmente truculenta e autoritária, se saia tão fácil com essa historinha de “Oh, o Aécio não pode falar duro comigo, isso é machismo, oh!”.

    Nem morro tanto assim de amores pelo PSDB, mas só torço para que essa diaba seja Exorcizada do cargo no domingo, e que depois ela saia do Planalto direto para a Papuda, por seus crimes de participação em quadrilha terrorista e desvio de dinheiro na Petrobras.

    Dito isso, acho um pouco frustrante todo esse foco em debates televisivos em que a disputa acaba caindo. A minha opinião já está formada há muito tempo, na verdade eu nem assisto os debates, é tudo muito superficial, parece até uma luta de boxe. Não são umas respostinhas de 30 segundos, cheias de frases de efeito, pré-escritas por marqueteiros, que vão me convencer a votar em alguém.

  23. O hoje “colaborador premiado” e ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, trocava mensagens de sms, constantemente, com um aparelho que ficava no Palácio do Planalto. Em pelo menos um dos “torpedos” receptados ou descobertos pelos investigadores da Operação Lava Jato, “Paulinho” (como Lula o tratava nos bastidores) pedia autorização final para “fechar uma operação”.

    A consulta de Costa ocorreu no governo Dilma Rousseff – que agora já admite que houve desvios de recursos na Petrobras e, na campanha reeleitoral, tenta vender a versão de que “não gostava de Paulo Roberto”. As investigações indicam que era constante a comunicação direta de Paulo Roberto com a cúpula do governo que agora tenta se descolar dele. Esta é uma das bombas de efeito desmoralizante que uma das cinco “tendências” da Polícia Federal, principalmente aquela mais injuriada com o desgoverno Dilma Rousseff, ameaça liberar no “mercado”, nesta semana decisiva para o segundo turno presidencial de domingo que vem.

    A outra bomba, também sobre a Lava Jato, revela onde a maior parte do dinheiro desviado pelo esquema de Paulo Roberto Costa estaria bem guardado. O local de máxima segurança é Cuba – a ilha perdida pelo comunismo dos Irmãos Castro – os fundadores do Foro de São Paulo, em 1990. O problema é que as “reservas” de Costa não estariam disponíveis em dólar, euro ou real. Os recursos teriam sido convertidos em barras de ouro e pedras preciosas, para poderem circular pelo mundo dando menos bandeira que dinheiro em espécie. Outro detalhe é que apenas uma parte desta grana acumulada por Costa está prevista para retornar ao Brasil, obedecendo ao acordo de “colaboração premiada”.  

    Dilma Rousseff e sua base aliada não têm mais a mínima condição moral e legal de continuar (des)governando o Brasil, depois de tanta sujeira que emerge nos depoimentos da “Colaboração Premiada” da Operação Lava Jato. A expectativa geral é que as revelações bombásticas varrerão a petralhada do mapa, junto com o esquema que lhes dá sustentação, pela via dos “mensalões” pagos por grandes empreiteiras que fazem negociatas superfaturadas com a máquina estatal capimunista. O problema é a dificuldade cultural e conjuntural para mudar, de verdade, esta verdadeira zona que o imortal Lima Barreto tão bem apelidou de Bruzundanga…

    Do site alerta total

  24. OUTRA VISÃO: Aécio não fez errado.

    O debate na Record serviu como ensaio para o debate final, na Globo. Esse é o que mais vale e decide voto.
    Se tivesse sido muito acintoso no ataque, Aécio daria munição à tática vitimista que o PT vinha armando (como verificado nos dias anteriores). Ao não agir assim, ele quebrou o discurso vitimista.
    Porém, não deve ser essa a postura no debate na Globo. Se Aécio não for para o ataque, vai colocar em grande risco sua possibilidade de vitória.

  25. Eu não assisti ao debate ontem ao vivo, então minha fala se dará em torno da sua análise. Eu assisti ao primeiro debate do segundo turno na Band, o Aécio estava bastante passivo diante das investidas de Dilma, a todo momento ele tentava um debate civilizado e propositivo, enquanto que a presidanta o agredia incessantemente, eles ( o núcleo petista ) viram nessa passividade do Aécio uma fraqueza, acreditavam estarem acertando o ponto fraco dele e que poderiam continuar agredindo e batendo com mais violência. Porém essa passividade do Aécio no primeiro debate mostrou-se não ser por medo ou fraqueza, talvez tenha sido tática ou mesmo um erro estratégico, mas medo é que não foi, o que ficou evidenciado no segundo debate no SBT. Já nesse segundo debate o Aécio contra-atacou de forma firme e contundente, não deixando sombra de dúvidas que munição e artilharia pesada ele tinha, que não se intimidou ou se intimidará diante da máquina petista de triturar reputação, humilhou Dilma a presidanta de forma avassaladora, mostrou o abismo que os separa.
    Agora nesse penúltimo debate que antecede o mais importante, ele novamente parece mostrar-se reticente em atacar ou mesmo contra-atacar, deixando-nos em dúvida se é por falta de estratégia ou se é um erro calculado ( julgo ser um erro calculado ) ”fingindo-se de morto” dando falsos sinais, desorientando ou reorientando a estratégia de sua adversária afim de que ela parta pra cima dele no mais importante e decisivo debate que será o da Globo, e que vá do mesmo modo em que foi no debate do SBT depois de calcular errado o Aécio no debate da Band, dando carta branca para o Aécio trucida-la, não tendo mais tempo para a máquina petista a fazer de pobre vítima.
    Também me parece que a Dilma sentiu os golpes, por sua análise me parece que os ataques dela foram mais ”técnicos”, não citou os parentes do Aécio, não usou o caso da Lei Seca, não sugeriu o uso de drogas, nem nada parecido, ou seja, fato é que ela diminuiu o tom e isso me parece um bom sinal.

    Que no último e mais importante debate o Aécio não espere o ataque para contra-atacar, que ele tome a iniciativa e ataque primeiro, independente de como sua adversária aja ou reaja, de preferência com ataques certeiros que a firam de morte, pois como bem disse Myke Tyson: Todos tem um plano até tomarem o primeiro soco”. Que esse primeiro golpe seja logo no início do debate, que abra a caixa de ferramentas e despeje tudo em cima dela.

  26. Luciano,

    Olhando por essa ótica de guerra política e pensando na estratégia do PSDB, eu considero o seguinte:

    1. O debate foi morno. O fato do PT ter usado um debate mais morno e propositivo no primeiro bloco poderia ser usado por Aécio para mostrar que a campanha do PSDB vem mostrado ao PT que não se discute mentira, por isso que eles baixaram o tom e resolveram falar de propostas. Seria, desta forma, um reconhecimento do PT que fez campanha de calúnia, o que simbolizaria uma boa forma de conter subidas de tons do PT, como aconteceu no segundo bloco.

    2. No segundo bloco, ele deveria começar a absorver o ataque e retribuir com uma verdade mais forte ainda, cravando sempre a palavra mentira em cada pergunta, réplica e tréplica. Daí ele poderia dizer o seguinte: “agora vocês vão começar a atacar de novo? Quer dizer que vocês estão renunciando às propostas para, novamente, nos atacar? Será que vocês não aprendem mesmo? Eu pensei que vocês tinham reconhecido o erro, mas vejo agora um certo cinismo em mudar de posição. Isto é um desrespeito aos brasileiros. Quanta mentira” – e fala isto da forma mais serena possível.

    3. Esta estratégia retórica é sempre interessante, pode-se colocar sempre a pecha de mentira e contra os pobres para cada palavra do PT. Por exemplo: “inflação alta é contra os pobres, o desemprego não é esse que a senhora informa, pois se é, como os gastos com o auxílio desemprego são tão altos? Vocês estão além de enganando os pobres, mentindo para eles e fazendo tudo errado. Quando eu chegar no governo farei diferente, farei um governo melhor que os que estão aí, com pessoas qualificadas etc. Tal como FHC salvou o país da hiperinflação”. Poderia informar também que hoje o brasileiro não compra o mesmo com o salário do que comprava no período FHC com a hiperinflação combatida, pois aí forçaria ela a aceitar que a inflação é prejudicial.

    4. Acredito que não transparece uma vitória de Dilma, no máximo um empate, porque as colocações pontuais de Aécio desmembraram a Dilma, e ele não precisou subir o tom. Acho que Aécio quis se preservar para dar a ilusão de vitória, e daí poder usar de um tom na mesma medida maior na Globo, quando não haverá possibilidade de campanha eleitoral para colar a imagem mentirosa de que ele desrespeita mulheres, pois isto é uma leviandade mentirosa do PT mesmo.

    Abraços.

  27. Gostei de tudo que li. Mas vejo uma coisa que não entendo. Vejo uma defesa sobre o PSDB isso é inadmissível como podem defender uns merdas como esse. Olhem o PT é uma outra merda. Só tem ladrão um fez o outra faz. Parem de ser idiotas discutir pelo mesmo futuro o da roubalheira. Luciano parabéns gosto das brigas e dois babacas brigando e querendo defender o que não sera defendido. Mas abram os olhos quem aqui não sabe que que não haverá mudanças. Fica a dica do dia ai para vocês. Desculpa como usei as minhas palavras mas fico chateado com tanta merda e pessoas querende defender quem não merece ser defendido. abraço.

    • Esta é a diferença fundamental de quem vota no PSDB e de quem vota no PT. Quem vota no PSDB sabe a merda que ele é, e quem vota no PT acha o partido maravilhoso.
      Estamos defendendo o PSDB e Aécio por uma questão estratégica. Se o PT levar estas eleições pode se preparar para um regime totalitário (porque em uma ditadura já vivemos, mas não totalitária ainda, apenas autoritária).

      • Obrigado, Maxwell, pelo ótimo argumento. Tenho escutado e muito “mas vc vai votar no PSDB pra tirar o PT? O PSDB tem X, K, Y, Z…” e fica listando as coisas deles que não prestam. Agora já há o que tacar na cara do idiota.

        Aliás, como vi dizerem hoje, após essas eleições o governo terá de criar o Mais Amigos, pois olha… achava que era coisa só de gente da minha faixa etária (18-25 anos), mas vi muito marmanjão, trintão, brigando. Por facebook e até fora. Amizades sendo desfeita de montes.
        E o “engraçado”, ou trágico, é que quem propõe a briga é sempre, adivinha quem… o petista 🙂

  28. Não vi o debate dessa maneira.O que vi foi uma Dilma amedrontada,com medo das respostas do Aécio,Afinal,gato escaldado com água quente tem medo de água fria!Simplesmente perceberam que o plano deles de colocar o povo contra o Aécio não deu certo.Cada vez mais eles se enterram.Estão deixando para o Lula o papel de bater,também não tem dado certo.Estão perdendo a razão.,estão sem saber pra onde correr.Podem escolher o caminho do inferno…e já vão tarde!!!Até dia 25!!!

  29. Um cientista politico afirmou que a maioria de pessoas que se dizem indecisos segundo as pesquisas eleitorais são mulheres, então enquanto o PT age de forma profissional o PSDB ainda é um estagiário no momento somente esforçado.

  30. Sob o título no UOL: “NA SUA OPINIÃO, QUAL CANDIDATO SE SAIU MELHOR NO TERCEIRO DEBATE DO SEGUNDO TURNO”?
    Aécio – 80,34%
    Dilma – 19,66%
    Votantes: 369.404
    Ao vivo constata-se o abismo entre a presidente-poste Dilma, mal sabe se expressar, groteira – não sabe de nada, nada viu, e o experiente e bem informado Aécio!

  31. Luciano e demais colaboradores estava pesquisando não existe qualquer referência no plano de governo ou propaganda do PT a bolsa familia pré 2004 quando foi criado o programa.
    O PT apostava no programa fomezero que foi um fracasso.
    Pelo contrário ate 2004 o PT só criticava programs do tipo bolsa familia.

      • Descobriram que não tinha gente passando fome, pobre acha que se não comer danoninho, passa fome.
        Comiam a melhor comida arroz, feijão, verduras , ovos, alguma carne de vez em quando. Mas a indústria tem que vender porcaria, e inventou que se a criança não tomasse leite em pó e comesse xispitos era uma miserável faminta.
        o resultado tai, crianças obesas, com colesterol alto e diabetes.
        a propaganda é a alma do negócio.

    • O PT é assim mesmo. Ele faz a oposição de mais baixo nível que eu já vi, se o Aécio for eleito, ele tá ferrado. No início da campanha, o Eduardo Campos dizia que iria ampliar o bolsa família. Logo depois, os petistas começaram a cair em cima dizendo que isso era um absurdo, que o bolsa família já tinha atingido o tamanho ideal, que aumentar mais seria dar dinheiro para quem não precisava, e que não havia recursos suficientes, a não ser que o PSB aumentasse excessivamente os impostos.

      Ou seja, todos os outros partidos estão todos errados, só o PT é que tá certo. Eles sempre falam mal de todo mundo. Ou os outros partidos são de esquerda demais, ou de direita demais, ou são ambientalistas demais… É uma visão totalitária das coisas. Eles querem ser uma espécie de Partidão, um partido único que está acima de todos os outros. Tudo tem que ser obra deles, eles simplesmente não aceitam cooperar como coadjuvantes.

  32. NOTA DE ESCLARECIMENTO DA FUNED:

    “Em relação à contestação da candidata do Partido dos Trabalhadores no debate realizado na Rede Record no último dia 19 de outubro, que questionou a inclusão de despesas com Vacina para Equinos como gasto em Saúde, conforme teria sido apontado por um Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, esclarecemos que:

    A Fundação Ezequiel Dias é um dos 04 (quatro) produtores nacionais de soros antitóxicos. Atualmente, toda a produção de soros do país passa em algum momento pela FUNED, através de um processo de produção compartilhada entre os laboratórios oficiais, autorizado pela ANVISA,

    Para cumprir com esta importante missão, mantém uma Fazenda Experimental em Betim, onde são criados 129 equinos (número atual).

    O processo de produção dos soros inicia-se na extração do veneno dos animais peçonhentos e, posterior, inoculação nos cavalos para produção de anticorpos.

    Posteriormente, parte do plasma destes animais é extraído e processado, de modo a gerar o produto final (soro).

    Mensalmente são produzidos 1.200 litros de plasma, possibilitando uma produção anual exclusiva da FUNED de cerca de 150.000 doses/ano.

    Em função da manutenção da qualidade dos produtos, a FUNED mantém um programa profilático e vacina todos os equinos da Fazenda São Judas Tadeu com a vacina tríplice.

    Esta vacina protege contra Influenza Equina, Encefalomielite Equina e Tétano. A recomendação técnica preconiza a revacinação de todo o rebanho anualmente.

    Sendo assim, a vacinação em questão É ESSENCIAL para a geração de um produto de saúde, sendo portanto compreendida como gasto em saúde.

    A afirmação feita pela candidata é infeliz, pois demonstra ou um uso inadequado da informação para fins eleitorais ou um desconhecimento do Sistema Nacional de Saúde, em especial de um processo tão crítico para o país, para o qual a FUNED, um laboratório de Minas Gerais, tem sido o grande parceiro estratégico do Ministério.

    Cabe ressaltar que é devido a atuação da FUNED na produção compartilhada que está sendo possível a manutenção dos estoques e a garantia do sucesso do Programa Nacional de Imunização e da saúde da população brasileira.”

  33. Mais da metade da grana do bolsa família, não vai para família nenhuma, some no ralo da corrupção, famílias que necessitam mesmo não recebem coisa alguma.
    É mentira deslavada que existam 50 milhões de beneficiários, a conta não fecha, quem Fiscaliza? O mesmo que Rouba!
    Não caiam na conversa mole mentirosa, eles não tem esse poder todo.
    As comunidades onde as pessoas são achacadas dos dois lados, do governo e dos meliantes, tá doida para ser livre de ambos.
    Onde moro , fizeram e aconteceram, até asfalto puseram na rua, distribuíram $$, não se elegeu.
    essas pesquisas são uma piada, quem paga mais leva. Mas a realidade ….

    seremos livres ao nos livramos do estado .
    Enquanto sustentamos candidamente o paquiderme mais estaremos atolados na m… Que ele produz.
    solução?

    • Se o Aécio não fosse tão burro poderia reverter a quantidade de beneficiados pelo Bolsa Família para o seu lado.
      No momento em que ela disse que na época do governo FHC eram beneficiados pelo Bolsa Família 5 milhões de pessoas e agora são 50 milhões de pessoas ele deveria dizer:
      “O programa Bolsa Família é para ajudar pessoas que estão em estado de necessidade. A população brasileira é de 200 milhões de pessoas. Quer dizer que 1/4 da população brasileira está em estado de necessidade e a senhora ainda se vangloria disto? A senhora está em seu perfeito juízo? Acha sinceramente que é uma boa governante jogando 1/4 da população brasileiro em um estado de necessidade?”

Deixe uma resposta