Dilma ataca a Veja já em estilo castrista. E que tal um frame sobre censura?

19
136

luladilma_petro

Quando ficam irritados, os petistas se descontrolam. Esses são os momentos mais divertidos de suas interações com o público.

No programa de TV de hoje, 24/10, Dilma Rousseff gastou 3 minutos e meio de seu tempo de uma forma que não acostumados: sem atacar Aécio e sem praticar auto-elogios. Em vez disso atacou a Revista Veja, devido às denúncias anunciadas ontem dizendo que ela e Lula sabiam de tudo em relação aos escândalos na Petrobrás.

O resultado foi com certeza grotesco e, se aplicarmos a técnica da desconstrução, a coisa pode ficar ainda mais divertida.

Vamos começar a avaliar o conteúdo de um dos discursos mais “levianos” da política recente:

[…] não posso me calar frente a esse ato de terrorismo eleitoral articulado pela revista Veja e seus parceiros ocultos.

O partido do terrorismo eleitoral é o PT, que ameaça os eleitores mais humildes, aterrorizando-os dizendo que o Bolsa Família acaba se eles saírem do poder. A revista Veja divulgou um fato. Ao afirmar que um fato do mundo é terrorismo eleitoral, Dilma demonstrou manipulação da percepção da realidade.

Basta lembrar que Aécio Neves foi atacado por Dilma no debate da Record com a notícia de que Sérgio Guerra, do PSDB, havia sido mencionado em delações de Youssef. Depois soubemos que tudo não passava de mentira de um terceiro, e que Youssef jamais havia feito essa declaração.

E como Aécio se comportou? Ameaçando a imprensa? De jeito nenhum. Ele disse, de forma serena, que aguardaria as investigações e, se comprovado, tinha mesmo é que punir.

Por que a informação inverídica sobre Sérgio Guerra (usada por Dilma na Record) é legítima, mas aquela saída diretamente da boca de Youssef sobre a participação de Dilma e Lula no escândalo não é? Puro caso de duplo padrão.

E os tais “parceiros ocultos”? Além de autoritarismo insano, ainda temos que aturar teoria da conspiração.

Haja saco para aguentar as bobagens de Dilma.

Uma atitude que envergonha a imprensa e agride a nossa tradição democrática.

Ela está se fingindo de louca. A tradição democrática de um país permite a publicação prévia de qualquer conteúdo, e posterior responsabilização dos envolvidos. Simples assim.

Ela acabou de voltar ao tempo da censura previa, que existe em Cuba (país que ela apoia), e diz que o inverso é agressão à tradição democrática.

Dilma envergonha a presidência da república ao tentar enrolar seu eleitor assim.

Sem apresentar nenhuma prova concreta e mais uma vez baseando-se em supostas declarações de pessoas do submundo do crime, a revista tenta envolver a mim e ao presidente Lula nos episódios da Petrobras que estão sob investigação da justiça.

Surreal.

A revista não envolveu ninguém. Quem envolveu foi o doleiro Youssef, que está sob delação premiada. Quer dizer, ele poderá perder todos os seus privilégios obtidos com a delação se não apresentar evidências do que afirma. Não falamos aqui de “supostas declarações”, mas de declarações obtidas em um processo de delação premiada.

Ademais, não é a Veja que tem que apresentar provas, mas Youssef.

E de novo: onde estão as provas das declarações de Dilma sobre Sérgio Guerra usadas no debate da Record?

Todos os eleitores sabem da campanha sistemática que a revista move há anos contra Lula e contra mim, mas dessa vez a Veja excedeu todos os limites.

Mentira.

E não se finja de perseguida, Dilma.

Este ótimo texto de Rodrigo Constantino (assim como este outro, também dele) mostra que a Revista Veja é pródiga em se antecipar na denúncia dos escândalos de corrupção. Foi assim nos governos anteriores. E continua sendo no governo Dilma, como foi nos governos FHC e Lula. Fim de conversa.

É só clicar nos links que postei para ver que o ridículo ato de vitimismo de Dilma é patético e vergonhoso.

Desde que começaram as investigações sobre ações criminosas do Senhor Paulo Roberto Costa eu tenho dado total respaldo a Policia Federal e ao Ministério Público até a sua edição de hoje, às vésperas das eleições que em todas as pesquisas, apontam a minha nítida vantagem sobre meu adversário a maledicência da Veja tentava insinuar que eu poderia ter sido omissa na apuração dos fatos.

Não é Dilma que tem que dar total respaldo à PF e ao MP. Essas entidades não estão subordinadas à vontade de Dilma. Mais um momento onde ela pensa ter acordado em Cuba.

Também é mentira que “todas as pesquisas” apontam vantagem de Dilma sobre Aécio. Apenas as pesquisas Datafolha e Ibope. A primeira é da Folha de São Paulo, jornal que ama o PT de paixão, e a segunda é de um órgão que recebeu 11 milhões de reais no governo Dilma.

Pesquisas como Istoé/Sensus e Veritá, muito mais isentas, apontam a vitória do tucano.

Isso é um absurdo, isso é um crime, é mais do que clara a intenção malévola da Veja de interferir de forma desonesta e desleal nos resultados das eleições.

Crime?: Só se for a crimidéia.

Ora, se Youssef deu uma declaração durante sessão de delação premiada, e há uma gravação dessa declaração nas mãos da Revista Veja, não há crime algum em dizer, em alto e bom tom: “O Sr. Youssef confessou que a Dona Dilma e o Sr. Lula sabiam de tudo”.

Palavras como “malévola”, “desonesta” e “desleal”, na boca de Dilma, não passam de encenação teatral de quem não tem nada a dizer.

A começar pela antecipação da edição semanal para hoje sexta-feira, quando normalmente chega às para as bancas no domingo […]

Ué, e a Carta Capital me mandou um e-mail dizendo que vai adiar a publicação de sua edição que ia as bancas nesta sexta-feira. Desde quando é proibido mudar a data de circulação de uma revista por interesses da revista. Esses interesses podem incluir um furo jornalístico (como no caso da delação de Youssef).

A Dona Dilma não está em Cuba, onde é o governo que decide os dias em que uma revista chega às bancas.

[…] a única diferença é que dessa vez ela não ficará impune. A justiça livre desse país seguramente vai condená-la por esse crime.

Aqui ela entra em contradição. Se é “justiça livre”, então ela não sabe se a Veja será condenada ou não, até por que Dilma não provou existir nenhum crime cometido pela revista. A não ser, é claro, que ela já esteja se visualizando como tiranete estilo castrista…

O povo brasileiro sabe que não compactuo e nunca compactuei com a corrupção. A minha história mostra isso.

Em setembro, Políbio Braga fez uma enquete em sua página e o resultado mostrou que 92% dos leitores acham que Dilma sabia de tudo. Claro que se Dilma fizer uma pesquisa com arma na mão, assim como se faz em Cuba, vai obter um resultado dizendo que a maioria “sabe que ela não compactua” com corrupção.

Alias, se formos cavucar a história de Dilma, acharemos mais bizarrices neste sentido.

Farei o necessário doa a quem doer, de investigar e de punir quem mexe com o patrimônio do povo.

O projeto bolivariano, que já funciona de vento em popa na Venezuela e na Argentina, se baseia em entrar no estado e meter a mão no patrimônio do povo. Ou por que alguém acha que Cristina Kirchner teve 687% de crescimento de seu patrimônio e a filha de Hugo Chavez tem 800 milhões de dólares em uma conta no exterior?

O que está acontecendo na Petrobrás é o previsto. E tende a piorar, se Dilma conseguir censurar a mídia (e este é o maior motivo pelo qual devemos tirá-la do poder no domingo).

Os principais motivos pelos quais países bolivarianos tentam censurar a imprensa se baseiam em esconder escândalos de corrupção e maquiar indicadores do desastre econômico.

Sou uma defensora intransigente da liberdade de imprensa, mas a consciência livre da nação não pode aceitar que mais uma vez se divulgue falsas denúncias no meio de um processo eleitoral em que o que está em jogo é o futuro do Brasil.

O fato dela conseguir dizer-se “defensora intransigente da liberdade de imprensa” sem dar risada é no mínimo um fenômeno do auto-controle. Quanto a isso, tiro o chapéu para Dilma.

Veja o vídeo:

Em tempo, Aécio agiu rápido e disse que a única manifestação do PT foi pela censura.

Também é importante dizer que:

  • Países bolivarianos, aliados ao governo do PT, como Venezuela e Argentina, censuram a mídia para esconder escândalos de corrupção e péssimos indicadores econômicos.
  • Isso significa que censura de mídia é diretamente relacionada com a destruição do nível de vida da população. Se alguém tiver dúvida, pergunte aos venezuelanos.
  • As denúncias de Veja são ótimas para mostrar que Dilma não pensa em outra coisa que não em censura. Ela usa termos como “democratização de meios de comunicação” ou “regulação econômica da mídia”, mas é o mesmo truque já usado por Chavez e Kirchner.
  • Quando um partido enlameado por corrupção começa a falar o tempo todo em censura, como Dilma fez hoje, é sinal de que a reeleição de Dilma é perigosíssima para a nação.

Em suma, o discurso revoltado de Dilma pode gerar bons frutos se a explicação for clara e o rótulo “censura bolivariana” for colado na testa dela. Aliás, ela própria já fez este serviço por nós.

Anúncios

19 COMMENTS

  1. Eita! A Veja tá na corda bamba. Mas enquanto esse país não for uma ditadura bolivariana, é o que deve ser feito. Nada de esconder do grande público o que está acontecendo de sórdido nas entranhas do poder.

  2. Parceiros ocultos quem tem é o PT: Mav’s que habitam o fétido esgoto da blosta. Gente muito transparente como o doleiro bandoleiro, que era leva-e-trás de malas de dindim. Ele levava grana no shopping, na casa do Paulo Roberto e sabe-se lá mais onde. Que negócio é esse de ocult partner? E Justiça pra quê? Não pode-se mais denunciar os malfeitos do governo? Isso só me dá mais vontade de votar domingo.

  3. Sinto, mas estou decepcionado com Aécio. A difamação do canalha do Lula e de sua poste surtiram efeito. Aécio esteve o tempo inteiro nessa campanha (a oposição, desde o Mensalão, em 2005) com a faca e o queijo na mão, mas não soube tratar o petê à altura da REALIDADE dos fatos.

    Engoliu a seco mas de bom grado, logo no início do debate, o dever de casa que a mãe dos petralhas fez sobre o petrolão e sobre sua descarada censura à revista VEJA.

    Eu acredito muito na Verdade, na sua simplicidade, obviedade e inegabilidade. Contra o Petê, Aécio a tem do seu lado, mas (assim como já é sabido que o PSDB não sabe lidar com o povo) depois de ter despontado como excelente opção ao insonso do Alckmin e ao cru do Serra, mostrou-se tímido e excedido na diplomacia para com seus pares. Decepcionante!

    Só me resta torcer para que a inteligência e o bom senso superem a ingenuidade e a burrice dos eleitores neste domingo.

    • Complementando meu comentário: Aécio pecou pelo excesso de diplomacia para com seus pares e pela postura risonha e sem contundência para com os fatos que ele próprio apresentou, enquanto Dilma respondeu a tudo (à exceção de seu posicionamento sobre Dirceu), mostrou que fez o dever de casa e evoluiu da surra que levou no debate do SBT até hoje, e manteve postura de seriedade o tempo todo. Essa postura passa o frame de que ‘eu sou verdadeira, honesta e estou aqui de consciência limpa’.

      Aécio engoliu a seco também os ‘investimentos’ em Cuba (soube nem jogar um ‘evasão de divisas’ na carapuça da petista). Ainda mais com o frame de que FHC também os fez.

      Se o objetivo era convencer os indecisos, certamente que Dilma o cumpriu bem melhor. Infelizmente!

      O otimismo para consigo mesmo, a diplomacia para com os pares, e a superficialidade das abordagens contra o adversário marcaram a participação de Aécio nessa campanha. Só Deus sabe, e descobriremos na noite de domingo, se terá dado certo. Espero que sim.

  4. “Em suma, o discurso revoltado de Dilma pode gerar bons frutos se a explicação for clara e o rótulo “censura bolivariana” for colado na testa dela. Aliás, ela própria já fez este serviço por nós.”

    Pena que o principal responsável por fazer isso, Aécio Neves, abdicou da chance, e em pleno último debate na Globo.

  5. Vai ter postagem sobre o debate de hoje na Globo?
    Na minha opinião o Aécio se saiu muito bem e Dilma, como sempre, gaguejando, repetindo falácias e nos brindando com um “pra mim falar”.
    Curioso que a petralhada pegou no pé do Ricardo Amorim por causa de uma vírgula.Será que vão fazer o mesmo com a Dilma? 😀

  6. Luciano, você viu que fizeram blackblocagem na sede da Abril por causa da matéria de capa da Veja?

    http://www.youtube.com/watch?v=puV0psR32NA

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203200482440656&set=pcb.10203200483000670&type=1

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203200482880667&set=pcb.10203200483000670&type=1&permPage=1

    http://www.facebook.com/luciano.pires/photos/a.113007012186849.21506.112933685527515/401634166657464/?type=1

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1491316164470141&set=a.1386969031571522.1073741828.100007753153961&type=1

    Olhando pelas pichações, dá para ver claramente que é a União da Juventude Socialista que reivindica a autoria do ocorrido (vide UJS pichado na faixa de pano e no totem da Abril). Observe-se também que é ação feita bem às pressas, uma vez que não haveria tempo de pedir a um cartazista que fizesse uma faixa com letras bonitinhas como aquela que estamos acostumados a ver, algo mais que natural de se esperar uma vez que a capa da revista só foi revelada no fim da quinta-feira.
    Porém, o principal da coisa é a simbologia da ação em si. Observe a quantidade de lixo jogada na frente da sede e vamos considerar que transportaram essa quantidade para o prédio na Marginal Pinheiros, uma vez que não daria para achar tantos detritos assim dando sopa nas ruas. Observe-se também a tentativa de comparar o conteúdo emitido pela Abril com os resíduos jogados na frente do prédio, bem como as pichações.

  7. Vou deixar aqui meu comentário quanto ao debate. Aécio é um bosta e resolveu voltar para aquele discurso tecnocrata do PSDB que o Alckmin e o Serra já demonstraram que não ganha eleição. Este merda deveria entender, antes de ficar fazendo discurso que ele é que é aquilo ou isso outro, que a maioria das pessoas que vão votar nele não vão votar nele porque gostam dele, e sim porque acham o PT muito pior do que ele. Este merda tratou a Dilma de maneira extremamente respeitosa e na minha modesta opinião levou a pior.

    Vou votar neste babaca porque é a opção para não entrarmos de vez em uma ditadura aqui e não sairmos nunca mais.

    Agora, minha opinião quanto a Dilma é a seguinte, a equipe técnica dela fez um excelente trabalho. A diferença dos primeiros debates para este foi nítida. O trabalho que fizeram nela de expressão corporal e retórica foi sensacional, apesar dela ainda ser uma bosta, o nível de evolução foi gigante. Antes eu tinha a impressão de que ela tinha algum grau de retardo, mas hoje eu tive a impressão de que ela é apenas uma mentirosa compulsiva, e eu sei que ela é uma mentirosa compulsiva por ter conhecimento que os dados que ela fornecia eram falsos, mas para os ignorantes que viram ela falar foram convencidos de um Aécio FROUXO que não tratou uma organização criminosa como ela deve realmente ser tratada.

  8. A Veja sempre adianta a publicação da revista em eleições. Querer insinuar que foi uma atitude atípica é uma mentira escandalosa. Uma coisa dessas só podia vir mesmo do PT, que não tem o mínimo pudor de falsificar mesmo os fatos mais fáceis de serem averiguados.

Deixe uma resposta