Dilma Rousseff fala abertamente sobre seu plano macabro de comandar todas as polícias.

39
181

The_wild_bunch-Mapache_lasst_Angel_foltern

Se você ainda não está assustado com a nova fase do governo Dilma Rousseff é por que não está prestando atenção com cuidado. Leia agora a matéria Dilma: polícias não devem ficar sob controle dos estados, da Carta Capital:

A presidenta Dilma Rousseff defendeu que os estados tenham menos controle sobre as policias em entrevista à rede de televisão norte-americana CNN exibida na última quarta-feira, 9. Em sua fala, ela afirmou que são necessárias mudanças na Constituição para que a segurança deixe de ser uma atribuição das unidades federativas.

“O combate à criminalidade não pode ser feito com os métodos dos criminosos. Muitas vezes isso ocorre, e nós não podemos também deixar intocada a estrutura prisional brasileira”, disse Dilma, após ser questionada sobre a alta letalidade da Polícia Militar. “Eu acredito que nós teremos de rever a Constituição. Por quê? Porque essa é uma questão que tem de envolver o Executivo federal, o estadual, a Justiça estadual e federal. E porque também há uma quantidade imensa de prisioneiros em situações sub-humanas nos presídios.”

Na entrevista, Dilma disse que a letalidade da polícia “talvez seja um dos maiores desafios do Brasil”. Em sua pergunta, a jornalista Christiane Amanpour disse que a atuação da polícia brasileira “parece ser um legado ruim desse tipo de tortura, ditadura e da falta do Estado de direito que a presidenta combatia”.

Atualmente, segundo a Constituição, as policiais federais são as únicas controladas pelo Governo Federal. A Polícia Civil e a Militar são controlados pelos estados e, no caso desta última, seus agentes respondem por seus crimes na Justiça Militar.

As declarações de Dilma foram feitas na semana seguinte à divulgação do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O estudo indica uma grande responsabilidade dos policiais na elevada taxa de homicídios no País. Em 2012, a polícia matou cinco cidadãos por dia no Brasil, quatro vezes mais do que nos Estados Unidos e duas vezes e meia o índice registrado na Venezuela, segundo o anuário estatístico.

Exatamente em uma época onde vemos o PT se mostrar o partido mais depravado da história nacional, tanto pelas denúncias de corrupção e aparelhamento como pela campanha mais sórdida já feita, Dilma propõe centralizar todos os policiais sob sua responsabilidade.

O discurso de Dilma é claramente embusteiro do início ao fim.

Em outros momentos ela já usou o truque de dizer que colocar todos os policiais debaixo de seu guarda-chuva daria “melhor coordenação”, o que a ser ofensivo à inteligência, pois a mesma coordenação poderia ocorrer com estruturas hierárquicas separadas. A colaboração em termos de troca de informações poderiam ser definidas por lei, sem necessidade de todos estarem “subordinados” a ela.

É claro que tudo não passa da ideia de ter todo o poder de coerção nas mãos de um único partido. É assustador notar que quase todas as ações de Dilma após a reeleição se baseiam em tentar golpes de estado.

Se a lista já tinha uso de plebiscitos, assembleia constituinte, decreto bolivariano e censura de mídia, agora tem a subordinação de toda a força policial existente para um governo totalitário.

Você confiaria em uma força policial integralmente subordinada a Dilma Rousseff?

A quantidade de afronta nessa proposta é tão grande que parece que ela está querendo provocar alguma manifestação violenta para ter pretexto de usar a força.

Não vamos cair nestas provocações e desmascarar esses embustes da forma mais democrática possível.

Anúncios

39 COMMENTS

  1. Como se isso fosse diminuir a criminalidade, união das PMs. é mais um embuste. Se ela estivesse e quisesse não precisaria disso. Bastava endurecer em mais ainda o código penal, acabar com essa pouca vergonha de prende e solta. Endurecer com os criminosos mais poderosos…e pena perpétua. Criação de presídios federais, e investimento maciço na educação de base, sem viés ideológico.

      • Olavão já explicou que as polícias estaduais são um empecilho para o plano de poder do PT. No momento em que elas forem unificadas e federalizadas , aí teremos problemas sérios. A perseguição aos opositores do PT se iniciará e isso não terá mais paradeiro.

    • Bobinha ela…pense só a pm de São Paulo tem mais homens ..cerca de 125,000.00 mil homens no seu efetivo, mais que o total de militares do Exército brasileiro em serviço atualmente. ….Só a do Rio grande Do Norte tem cerca de 10,000.00 mil homens..e segue-se as demais do Brasil…já penssou: toda essa força sob o comando do poder federal?

    • Luciano, uma das primeiras coisas que os nazistas fizeram quando chegaram ao poder foi unificar as forças policiais, tirando o controle destas dos estados para centralizá-las e assim poder controlar todo o aparelho repressivo do Estado. O encarregado dessa tarefa foi Reinhard Heydrich, alcunhado o “Carrasco de Hitler”, um dos mentores e executores da solução final da questão judaica. Entre os objetivos dessa fusão estava justamente acabar com a autonomia da policia e reprimir possíveis oposições ao regime, além de transformar a Alemanha em um estado policial, exercendo controle total sobre a população. O livro “O carrasco de Hitler – A Vida de Reinhard Heydrich” de Robert Gerwarth mostra muito bem como isso foi feito e usado pelo Estado nazista. Ao que parece que com o projeto bolivariano não é diferente.

  2. E quem garante que a concentração do aparato policial na União resolve os problemas da repressão e dos presídios ?

    Essa concentração pode tornar toda a “gendarmerie” em uma casta de intocáveis com os mesmos vícios qie queremos combater, além de ferir o pacto federativo.

    Sendo a tripartição dos poderes uma cláusula pétrea, não poderá ser objeto de emenda constitucional.

    Não passará.

  3. Pos bem, vejamos:

    “Outra questão que pode ajudá-los a entender o conceito é que o policiamento nos EUA é um pouco diferente do que é feito em grande parte das sociedades democráticas em ao menos um importante aspecto. A polícia norte-americana é bastante descentralizada, ou seja, é atribuição de governos locais mais do que uma função dos governos federal e estadual. A maioria das cidades norte-americanas, pequenas ou grandes, tem seu próprio departamento de polícia. Há cerca de 13 mil departamentos municipais de polícia. Além disso, há cerca de 3 mil departamentos de polícia em condados, que são áreas maiores, que normalmente incluem várias cidades. Cada um dos 50 estados também tem sua própria polícia, que cuida principalmente das rodovias e faz algumas investigações criminais. O governo federal tem também agências de polícia, cerca de 40. Mas grande parte do trabalho é feito pelas polícias municipais e de condados. O tamanho do corpo policial varia entre 40 mil oficiais (em Nova York) a departamentos que contam com apenas um policial. Policial, no contexto norte-americano, se refere àqueles que possuem o poder de prender, desde aqueles que trabalham nas ruas aos mais altos comandantes.) Há muitas leis e regulamentos locais, estaduais e federais, que determinam como os departamentos de polícias devem operar. Como vocês podem imaginar, reformar e aperfeiçoar a polícia norte-americana não é tarefa fácil. Temos muitos profissionais competentes, mas temos também alguns menos competentes.”

    http://www.comunidadesegura.org/pt-br/node/33270

    Com uma polícia descentralizada os EUA conseguem ter uma taxa de homicídios em torno de 5 por 100 mil habitantes, enquanto o Brasil a taxa é de 27,4 por 100 mil habitantes.

    http://web.archive.org/web/20130824234707/http://atualidadesdodireito.com.br/iab/files/IDHxHomic%C3%ADdios.pdf

    Mas como boa demagoga que é, a Dilma diz que o problema é que essa polícia não é centralizada.Compreendo.Profissionalizar e melhorar os salários da polícia e endurecer as leis dão muito trabalho e demoram.

    • Eu já me convenci que essa “união das polícias” é um erro. Sou ex-militar e gosto de História; lendo sobre a Waffen-SS comecei a ler sobre o aparato repressivo montado por Himmler na Alemanha nacional-SOCIALISTA e fiquei admirado com a quantidade e mesmo a eficiência desses órgãos policiais, ainda que a serviço de uma causa perversa.

      Dizer que a máquina perseguidora de Himmler funcionava apenas porque estava em uma ditadura socialista, embora faça sentido, não é totalmente correto, pois os EUA, como citado pelo colega, possuem órgãos policiais autônomos e um sistema de liberdade individual e de porte de armas totalmente contrário ao socialismo hitlerista e também consegue ser eficiente.

      Sou a favor de uma padronização das Polícias Militares, com código disciplinar único e de maiores atribuições da Justiça Militar, que passaria a julgar não somente assuntos estritamente militares como também crimes cometidos por e contra militares em função dos cargos por ele ocupados. Para isso seria necessário também um Estatuto dos Militares e reforma nos Códigos Penal e de Processo Penal Militares, já que os Códigos Penal e de Processo Penal da Era Vargas dificilmente serão reformados.

      Já no que concerne às Polícias Civis, estas devem ser totalmente independentes do Governo Federal como contraponto ao poder dos órgãos militares e a integração dessas à Polícia Federal e à ABIN deve ser no âmbito tecnológico, com compartilhamento de informações.

      O que escrevi acima não é nada mirabolante, mas apenas reformas pontuais que seriam possíveis de serem realizada mesmo com a qualidade atual de nosso Congresso. Coisas maiores como a criação de uma Guarda Nacional (uma PM federal para guarda de fronteiras e costeira) seria pedir demais mesmo.

  4. Luciano, SEM DESISTIR. É isso aí, lote de posts esse blog!

    Mais uma notícia boa de se ler:

    “Grupo enviado por Maduro ao Brasil dá aulas de socialismo ao MST: foram primeiro a SP e PR”

    “https://br.noticias.yahoo.com/blogs/claudio-tognolli/grupo-enviado-por-maduro-ao-brasil-da-aulas-de-163149226.html

    Fonte: mais um site amigo da venezuela. “http://www.mpcomunas.gob.ve/gobierno-bolivariano-firma-acuerdos-con-el-movimiento-sin-tierra-de-brasil/ Não seria o caso de “catalogarmos” esses sites também?

  5. Para entender vamos a países onde o regime e comunista, e onde se tem países capitalistas. COMUNISTA: Venezuela, Cuba, Rússia, Coreia do Norte, China e já podemos incluir Argentina, esses países o governo tem o controle da policia para fazer o que bem entender dentro do país, dando as ordens a policia do que pode ou ñ pode ser investigado, claro que nesse caso (comunismo) somente se investiga o que convém ao governo. Ou seja a policia não tem autonomia de investigação. Sem que o povo se levante (Revolte) contra o governo, e possa destituir ele do cargo por mau uso e aparelhamento da maquina publica. Podendo assim saquear os cofres públicos sem que o povo tenha o direito de tirar ele do governo. CAPITALISTA: Esses vou citar somente 5 pq são vários, França, EUA, Inglaterra, Alemanha, Austrália, esses países a policia e livre para investigar o que quiser, quem quiser, qdo quiser. Ou seja a policia tem autonomia de investigação própria. Isso e o que DILMA e o PT vem tentando fazer aqui no Brasil. ELA DILMA, LULA E QUADRILHA VÃO PODER SAQUEAR TUDO E O POVO VER, ASSISTIR E AINDA BATER PALMA.

  6. Para Luciano e companhia:

    Mas se eles [petralhas] vão recorrer ao plebiscito (já que pelo congresso não vai passar mesmo) como é que faz? Serão utilizadas novamente as urnas eletrônicas tal como em 2005 em que houve a campanha massiva pelo desarmamento popular? Mas estas urnas, quer muitos aqui queiram ou não são excessivamente susceptíveis de fraude. Já que o partido totalitário já não tem um pingo de timidez de demonstrar sua baixaria e imoralidade inata, o que é que custa manipular votações mais um pouquinho, uma vez que os próprios representantes da sociedade não estão nem aí pra coisa mesmo com uma série de provas circulando pela net?

    Desculpem minha burrice, mas será que alguém pode me dizer o que é que vai adiantar o decreto 8243/14 ser barrado no senado, se a população inocente será induzida ao engano mesmo que a gente trabalhe 24h por dia?

    Não significa que deixarei de fazer minha parte no alertar apesar de meu pessimismo.

    • “O combate à criminalidade não pode ser feito com os métodos dos criminosos. Muitas vezes isso ocorre, e nós não podemos também deixar intocada a estrutura prisional brasileira”, disse Dilma, após ser questionada sobre a alta letalidade da Polícia Militar.

      Será que com ‘métodos criminosos’ ela quer dizer guerrear e/ou colocando os cidadãos em riscos? Independentemente da união e então suposto uso de inteligência uma das premissas necessária para a segurança é o combate bélico sempre que conveniente, haja visto que a contraparte não abrirá mão de tal recurso. Se uma pessoa está em linha de fogo é porque está ciente do pior e não se importa muito. Quem tá na chuva é pra se molhar.
      Falar de fechar a fronteiras a barrar a entrada de armas ela não fala né. Que nojo, esses caras são muito espertos.

      Acho que não precisa da assembléia constituinte, o congresso vai cair nessa se não ser feita pressão.

  7. Luciano, mais uma confissão do golpe bolivariano que estão dando no Brasil. Agora de Elías Jaua, um bolivariano venezuelano que está em visita ao Brasil. Veja a pérola:

    “os acordos têm o objetivo de incrementar a troca de experiências e formação para fortalecer o que é fundamental numa revolução socialista, que é a formação da consciência e a organização do povo para defender suas conquistas e seguir avançando na construção de uma sociedade socialista.”

    Foi denunciado por Reinaldo Azevedo e Cláudio Tognoli.

    Link: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/um-dos-trogloditas-da-venezuela-encarregados-de-descer-o-sarrafo-no-povo-esta-no-brasil-e-firma-acordos-com-o-mst-com-a-anuencia-de-dilma-e-de-carvalho-o-que-nao-gosta-da-imprensa/

  8. a crise da Dilma é a preparação do terreno para o volta Lula. Pimentel é o preferido da Dilma. O rejeitado Haddad (SP), azarão que corre por fora.. São as opções entre o núcleo duro do petismo. (Comunistas são bactérias que se agrupam em trios.)

    no jogo da guerra, Marta Suplicy e Gilberto Carvalho deixaram suas posições de comando. Vão reforçar uma posição pró-lula. Deixam o governo para ficar operando com as bases (cidade de SP, igreja católica),

    para não queimar o Lula no governo Dilma, propaganda está sendo veiculada no estilo Duda Mendonça e não João Santana.

    O PMDB está aparecendo no vácuo, vão ensaiando movimentos mas não saíram candidatos nessa eleição. Este é o arranjo.

    na gazeta da esquina

    Aécio Neves não acatou a sugestão de Olavo. De produtivo só a denúncia dos Correios, que será negada, se ainda não foi, pelo bolivarianismo presente – eleição ganha no fins justificam os meios. Os EUA querem entrar com a ação contra as empresas das maquininhas do Brasil e ele próprio deveria pedir uma recontagem e motivar a população contra a decisão do TSE. Se expor os ministros como bolivarianos, até as pedras vão saber que a justiça está corrompida, assim os EUA vão poder impor uma condenação pesada e fechar a empresa com a opinião pública captando a noção de eleições fraudadas pelo governo PT.

    Os petistas já tem um projeto de constituiçao do fabio comparatto, que é um desses juristas que não entendem que nas leis vale o tudo se copia, para nao testar na nossa população, em vez de “o Brasil tem o melhor legislador do mundo” (ressoa bem entre ególatras).

    se não regularem os meios, já imporam censura pelo fabio molon via frame “legislação consumerista” e muito teatro, típico de professor de universidade.

    A oposição está sendo efetiva mas não pode esquecer os planos estratégicos do PT, formar a pátria grande contra o ocidente.

    quando aprovarem os salários do funcionalismo nesse fim de ano a população novamente vai se confundir com o ‘todos são iguais’. Esse é o primeiro projeto que a oposição deve trabalhar unida contra o governo, pois sem a necessidade de falar coisas complicadas e cifradas.

  9. A pag. 62/63 do livro “A REVOLUÇÃO GRAMSCISTA DO OCIDENTE” mostra entre as defesas das sociedades liberal-democratas , entre outros, a escola, a igreja (particularmente a Católica), os partidos políticos, o parlamento, os órgãos de classe empresarial, as forças armadas, o aparelho policial e, em certa medida, a família.
    O Dec. 7033, além de atacar quase todas estas defesas, ainda apresenta um custo que nem o Dubai pode pagar. Não fica mais barato romper com as FARC e combater o tráfico nas fronteiras?

  10. Vou fugir do foco.
    Onde estão as 21% de abstenção nessa eleição, quem são essas pessoas, porque não foram votar, se realmente não foram, e porque não foram?
    São perguntas que ficam vagas.
    A ligeira como tambem suspeita margem de diferença, a apuração aprisionada, o juiz sobre suspenção(…que não foi focado pela grande midia), a falta de comemoração da parte ganhadora, digo povo, o sumisso do renegado.
    Tudo ficou tão vago, liso, impalpável, …perigoso.

    • Eu não entendi o sigilo da apuração. A apuração tem que aberta, amplamente divulgada. Com a raposa tomando conta das galinhas, o resultado é suspeitíssimo. Tenho o leve receio de que os eleitores de Aécio tenham sido feitos de palhaços e que essas eleições não tenham passado de um circo vagaba de interior.

  11. Fora do tópico, mas como faz parte da tentativa de “apodrecer o ocidente”, vale a pena dar uma divulgada.

    Seu blog precisa reverberar este absurdo. Não sei se para você é notícia velha, já tinha escutado uns rumores, mas não sabia. Estão querendo tornar o ensino do islã OBRIGATÓRIO nas escolas do Brasil!
    .
    “PL pode ser encontrado no site do Congresso (aqui e aqui). Ele foi proposto, em 2011, pelo deputado Miguel Correia (PT) e Carlos Alberto (PMN) e subscritos pelos deputados Jean Willys (PSOL), Luiz Tibê (PT do B), Edson Santos (PT) e Reginaldo Lopes (PT).”
    .
    Aqui o link
    .
    http://infielatento.blogspot.com.br/2014/05/ensino-obrigatorio-islao-
    Brasil.html
    .
    No link há um vídeo de um repórter inglês que também merece mais visibilidade.

  12. Os petistas não comemoram a vitória e continuam atacando a oposição porque simplesmente eles não ganharam as eleições legitimamente, só conseguiram por meio de fraude, o que os torna mais agressivos e apressados na ofensiva à democracia, pois têm consciência plena de que a maioria do povo, em todo o país, votou contra o petismo. Reflexo disso é o atual congresso, majoritariamente de oposição.

    Essa unificação das polícias é o que falta para efetivar o bolivarianismo. Mas como dizem, a pressa é inimiga da perfeição…nessa eles podem meter os pés pelas mãos…o que seria ótimo para o Brasil e para a democracia.

  13. Os crimes de responsabilidade do Presidente da República estão elencados na lei 1790/1950 (foi usada para impichar o Collor)

    As urnas eletrônicas foram implantadas em 1996 no mandato do FHC. O acordo era para o Lula assumir em 1998, mas FHC aprovou a reeleição. Daí a bronca do Lula que teve que adiar seu governo.O acordo entre eles é para se perpetuarem no poder. Só que Lula deu o troco, e empurrou o poste doido em 2010., agora o Aecio não conseguiu se eleger,vão para guerra. Notaram que não tem ninguém de direita ? Mesmo que ajam de maneira aparentemente legal, as urnas manipuláveis servem de moeda de troca entre eles. Senao nao veriamos, esta horda de condenafos e acusados pela justica serem eleitos placidamente.Somos reféns das esquerdas !FHC e Lula são dois Monstros Comunistas!

    Deus me livre , a bidoida ( doida reeleita) quer uma Gestapo?

    Sugiro que leiam jornais antigos que podem ser acessados gratuitamente no site da Biblioteca Nacional, acessar Hemeroteca Digital

    A desmiolada lá do Sul do Psol já apresenta mais uma pauta semelhante
    ao decreto Sinistro que foi derrubado, vão ficar apresentando essas cretinices até a oposição comer mosca.

    Oposições e os eleitores de Aecio tem que permanecer alertas, o golpe está a Caminho!
    Olho Vivo!

  14. Alguma dúvida de que o fomento ao caos que nos levou a 60 mil homicídios por ano é parte da estratégia revolucionária do PT?
    Com o pretexto de combate a essa carnificina os desmandos do PT vão parecer nobres e justificáveis.
    Sem mencionar a mentira descarada de que unificar as polícias é a única forma do governo federal participar da política de segurança pública.
    O Romeu Tuma Jr. já denunciou isso mostrando as diretrizes da Secretaria Nacional de Segurança Pública onde consta explicitamente a função de coordenar as ações de segurança pública no país.
    O que o PT diz ser necessário pra reduzir a violência já existe há quase 20 anos, então é evidente que esse plano é apenas mais um passo, talvez o derradeiro, no projeto de poder do PT.

  15. Luciano,

    Faça um texto destas manifestações que estão programadas para o dia 1 de novembro, sei que você já indicou alguns passos depois da derrota do Aécio e pedir impeachment somente a PARTIR DO surgimento de provas.

    Apoio qualquer manifestação para desgastar o PT cobrando explicações de casos que podem fundamentar pedidos de impeachment (petrolao, Porto de Cuba, uso dos correios) mas sem elementos constitutivos seria perda de tempo.

    Digo isso porque o outro lado com certeza irá ridicularizar e rotular de golpista qualquer manifestação sem base.

    Fico com a sensação que um lado utiliza todas as táticas possiveis da guerra política e alguns do nosso lado ainda fazem escada para estes.

  16. O objetivo é subjugar o poder policial para usá-lo em insurgências populares, ou seja: população protestou, baixa o sarrafo neles. Assim como é a Venezuela de hoje.

  17. Luciano e demais colaboradores observem que a campanha para a reforma politica tem as mesmas justificativas do Ato institucional numero um

    Observe a justificativa do AI 1 e comparem com as justificativas da constituinte exclusiva.

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/AIT/ait-01-64.htm

    “A revolução vitoriosa se investe no exercício do Poder Constituinte. Este se manifesta pela eleição popular ou pela revolução. Esta é a forma mais expressiva e mais radical do Poder Constituinte. Assim, a revolução vitoriosa, como Poder Constituinte, se legitima por si mesma. Ela destitui o governo anterior e tem a capacidade de constituir o novo governo. Nela se contém a força normativa, inerente ao Poder Constituinte.

    Ela edita normas jurídicas sem que nisto seja limitada pela normatividade anterior à sua vitória.

    Os Chefes da revolução vitoriosa, graças à ação das Forças Armadas e ao apoio inequívoco da Nação, representam o Povo e em seu nome exercem o Poder Constituinte, de que o Povo é o único titular.

    O Ato Institucional que é hoje editado pelos Comandantes-em-Chefe do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, em nome da revolução que se tornou vitoriosa com o apoio da Nação na sua quase totalidade, se destina a assegurar ao novo governo a ser instituído, os meios indispensáveis à obra de reconstrução econômica, financeira, política e moral do Brasil, de maneira a poder enfrentar, de modo direto e imediato, os graves e urgentes problemas de que depende a restauração da ordem interna e do prestígio internacional da nossa Pátria.

    A revolução vitoriosa necessita de se institucionalizar e se apressa pela sua institucionalização a limitar os plenos poderes de que efetivamente dispõe.”

  18. Gente, está história de fraude já era. Caminhemos, porque a eleição não será anulada (salvo fato novo).
    SE a classe política trabalhar corretamente e SE as provas do petrolhão implicarem mesmo a Dilma e o Lula, talvez exista um cenário adequado para pedido de impeachment, isso SE os partidos de oposição não agirem como FHC na época do mensalão.
    Quem já estudou as Constituições brasileiras sabe que aumenta cada vez mais a centralização de competências e orçamento nas mãos da União. A Federação definha e não é de hoje.
    Quando fala das Polícias, Dilma mira no enfraquecimento dos opositores que, hoje, são principalmente os Estados. Centralizar tudo no Estado significa moldar o Brasil no formato da China e tornar a federação meramente nominal. Prato cheio para o bolivarianismo.
    Abço,

  19. Quando ouço a Dilma ou qualquer outro político de esquerda falar sobre os altos índices de criminalidade,a impressão que me passa é que, o problema da violência no Brasil é a policia, as leis que são extremamente ” cruéis e desumanas ” para com as pobres ”vítimas da sociedade”, os presídios que parecem ser feitos para criminosos e não para ”vítimas da sociedade” e a repressão ao tráfico de drogas.

    Nenhum deles falam sobre a ditadura que o narcotráfico impõe nos morros, favelas e periferias. A tortura que o narcotráfico pratica contra seus inimigos ou quem eles considere inimigos, o toque de recolher que tolhe o direito de ir e vir dos moradores dessas ditaduras, a falta total de liberdade de expressão nesses guetos, o medo constante a que são submetidos as vítimas ( moradores ) desses lugares vigiados constantemente por milicias de menores de idade com passe 007 ( liberdade para matar ) com armas de guerras empunhadas para amedrontar e aterrorizar as verdadeiras vítimas dessa sociedade o CIDADÃO DE BEM. Esses esquerdistas são hipócritas, vociferam contra a ditadura militar brasileira, contra a tortura sistemática e a morte de opositores, mas são cúmplices da ditadura do narcotráfico desse país, que até JORNALISTA já mataram QUEIMADO depois de o terem TORTURADO, Tim Lopes o Vladimir Herzog da ditadura do narcotráfico.

    Nenhum desses políticos esquerdistas pensam no cidadão de bem quando vão discutir a violência no país, todos eles sem exceção, só focam suas teses no bandido, ladrão e assassino, não na vítima do bandido, na vítima do ladrão e na vítima do assassino ( que somos nós ). Só discutem o abrandamento das leis ou criação de leis mais lenientes, como se as leis existentes já não fossem brandas o suficiente; falam contra a polícia militar e em seu alto grau de letalidade, mas esquecem de dizer que essa mesma polícia é a que mais morre no mundo, que o bandido nesse país mata polícia como se tivessem matando barata, e não à nenhum agravamento penal em tirar a vida de um policial nesse país. Citam o horror dos presídios, mas esquecem de dizer que esse horror é criação dos próprios presos que matam, estupram e degolam seus pares, como o mais recente caso do presídio de Pedrinhas no Maranhão do Clã Sarney e como é em todos os presídios desse país.

    Que tal esses políticos esquerdistas debaterem o que pode ser feito para coibir o tráfico de drogas, em como acabar com a ditadura do narcotráfico, em como diminuir o índice de estupro, o assassinato ( seja de gays ou héteros ) e o roubo. Que tal ao menos focar esse debate tendo a vítima do bandido como o foco da discussão e não o bandido, que tal preocupar-se com esse cidadão que comete o único crime de ” ostentação ”( lei sakamoto ) de ostentar seu carro semi-novo pago em 60 vezes, pense em dar oportunidade para a vítima, talvez eles mereçam.

    Eu percebi que as únicas leis desse país que funcionam de fato e de direito, são as criadas para penalizar o cidadão comum e não um bandido; Lei Seca, Lei Maria da Penha, Pensão Alimentícia etc… Não entrando no mérito da lei, e sim discutindo o fato de que essas leis são feitas para penalizar o tiozinho que resolve beber num fim de semana, o marido que por destempero briga com sua esposa e o pai de família que não paga a pensão do filho. Todos sabem que ao infligir uma dessas leis dá cadeia ( até celebridades são enquadradas nessas leis ), então porque não criar leis nesse mesmo ímpeto para coibir o latrocínio, o estupro e o assalto, mas tendo em foco o bandido, o cara que não respeita nenhum código moral ou ético, que não se importa com o contrato tácito da sociedade, pra esses é que deveriam existir leis rígidas, rigorosas.

    Num país em que matar, roubar, sequestrar e estuprar é considerado menos grave do que pagar pensão alimentícia ou dirigir embriagado, explica o alto índice de criminalidade e de mortandade 60 mil mortes ao ano. E ainda ter que ouvir essa presidanta falar em federalização da PM é dose pra cavalo.

  20. Luciano, as movimentações a que estamos vendo após as eleições não lhe parece a mesma coisa que aconteceu na Venezuela? Estamos num beco sem saída, ou aceitamos consternados as eleições ( com fortíssimas suspeitas de fraudes ) ou acirramos a oposição e partimos pra uma quebra das instituições ( sem legitimidade após essa eleição fraudulenta ou suspeita ).

    O país está rachado, a um forte cheiro de subversão no ar, os eleitores do Aécio, assim como eu, não estão aceitando essa eleição presidencial, estão clamando por uma intervenção ou por uma explicação sobre essas urnas, caso elas não venham a tendência é esse acirramento só aumentar, pois existem um outro lado que apoia incontestadamente o governo, assim como na Venezuela, pode acabar irrompendo numa violência de ambos os lados.

    Qual seria a melhor e a mais democrática posição a se tomar nesse momento?

  21. Luciano, precisamos preparar o Dossiê da Guerra Política contra o PT ao longo desses 4 anos que vem, juntando fatos documentados com provas e colocar no google drive, com contribuição de todos, fazendo uma seleção dos tópicos pelo nível de gravidade e contundência. Ao longo do processo, divulgar e martelar essas informações como um mantra na cabeça dos internautas!

  22. Dilam só quer um pretexto para poder chamar soldados estrangeiros e mais fiéis a ela, lembra ela esteve poucos meses atras na China em uma viagem de ultima hora para fazer um acordo militar, do “tipo secreto”. Com a baderna ela vai declarar que nossa policia/exercito não pode conter situação e ai pede “ajuda”. E o resta da história vc já podem prever.

  23. Além de a união ter competência exclusiva sobre matéria penal em clara violação do pacto federativo , impedindo os estados de possuírem seus respectivos códigos penais , o governo federal / união quer se apropriar das polícias militares de cada estado , isso é uma postura claramente autoritária que visa atacar , o PT demonstra através da representante do respectivo partido nenhum apreço pelo estado democrático de direito , atacando frontalmente instituições e a organização de estado que já não é uma das melhores no continente , pois adotou-se pós 1988 o modelo unitarista de estado que centraliza tudo quanto é possível de competências que deveriam ser estaduais.

    FORA DILMA , FORA PT , FORA COMUNISTAS TRAIDORES DA PÁTRIA !!!

  24. A classe D e E de nosso pais é bem burrinha, reeleger esta presidenta novamente foi o atraso de nosso pais, Alias tudo de ruim que acontece em nosso pais ultimamente a culpa é do PT. E tenho dito que a única coisa que ira consertar nosso pais chama se revolução, o momento é esse, que o militarismo pode ficar do lado do povo, já que estão com ódio dela também. Do jeito que esta as coisas é preferível o Militarismo no poder. O Povo brasileiro esta ao merece do nada, com o P T no poder.

Deixe uma resposta