8 dicas para defender as manifestações da sordidez bolivariana

48
283

manifestacao

A primeira coisa que os manifestantes devem saber (e essa conscientização deve ser levada ao extremo) é que vocês estão diante de bolivarianos, pessoas que possuem todo um arsenal de truques e estratagemas, além de um comportamento dissimulado ao nível da psicopatia.

A parceria com Fidel Castro no Foro de São Paulo tem como um de seus objetivos o aprendizado das principais técnicas de contra-informação, sem as quais esse psicopata não teria se mantido no poder. São as mesmas técnicas já utilizadas em países como Bolívia, Venezuela e Argentina. E agora ampliadas em larga escala no Brasil.

Enquanto alguns manifestantes (uma minoria) estão na fase de pedir demandas politicamente grotescas, veja o que a extrema-esquerda está preparando na mensagem do militante socialista Rogério Silva, de um tal Coletivo XV de Novembro:

petistas_cinicos

Está claro que, embora verdadeiros monstros morais, eles estão décadas (séculos, talvez) à frente em termos de estratégia política. Felizmente, é algo que pode mudar em poucos meses com conscientizações duríssimas, sem medo de machucarmos nosso ego. Diante de psicopatas, é preciso abandonar a ingenuidade política e trocá-la pela verdadeira consciência política.

Na patocracia (dica de leitura: “Ponerologia Política”, de Andrew Lobaczewski), ou você aprende a lidar com os abismos mais profundos da perfídia humana, ou então viverá para alimentar monstros que morrem de rir enquanto você se comporta de forma ingênua diante deles.

Não há uma agenda política decente para nós, republicanos (sejamos de direita, centro ou esquerda moderada), que não foque no embate contra este tipo de comportamento dissimulado deles. Não há outra opção. Ou aceitamos que este tipo de conscientização seja parte central de nosso programa de ação ou então de novo teremos perda de tempo e fornecimento de munição ao inimigo.

Com isso em mente, podemos pensar em alguns pontos para os demais protestos que podem surgir daqui para frente.

1 – Adquirir um senso de propósito

É útil reconhecer que não falamos de uma irritação momentânea contra o PT, mas da luta por um país democrático, livre e civilizado, onde todos podem criar seus filhos. Deve ser dito que não queremos viver em uma Venezuela. Nós não queremos ver um governo massacrando seu povo. Todo o golpismo do PT deve ser denunciado, nos termos mais fortes possíveis. E impeachment? São consequências possíveis diante das evidências, mas a prioridade é a derrubada de projetos de golpe de estado do PT.

2 – Falem sempre ao coração das pessoas

Dentre outras coisas, é preciso mostrar que a aliança do PT com os outros países bolivarianos significa prejuízo do Brasil. O ditado “Quem se junta com porcos, farelo come” nunca foi tão verdadeiro, no momento em que o governo petista se alia a escória dos líderes. Todos os países que entraram nessa onda fracassaram economicamente, enquanto seus líderes enriqueceram absurdamente. Ao mesmo tempo, investimentos e empregos desapareceram. É uma luta para salvar empregos, contra um projeto feito para criar miséria deliberadamente, além de aparelhar o estado, garantindo uma vida nababesca aos amigos do poder. E as consequências desse projeto estão aí, à vista de todos.

3 – Façam a indignação do povo aflorar

Deve ser claro que estamos em conflito contra pessoas absurdamente cínicas e dissimuladas, que dependem de um projeto baseado em discurso de ódio para obter poder e depois esmagar seu povo. Somos iguais aos judeus na Alemanha Nazista. Enquanto queremos nossa liberdade, eles querem verbas estatais. Se as pessoas não estiverem indignadas, não vão lutar. Não há momento mais oportuno para indignação do que agora.

4 – Sejam inclusivos

Só usem termos e propostas acessíveis a uma larga parte das pessoas. A luta não é contra o Bolsa Família, por exemplo. Sei que algumas pessoas de direita não querem o benefício, mas estas manifestações precisam incluir pessoas de direita, centro e esquerda moderada. Ademais, Bolsa Família não é o problema. O benefício não custa nada aos cofres públicos. O problema também não está no povo do Nordeste. Eles são vítimas do PT. Lembrem-se que vocês estão falando para todos os brasileiros republicanos. Eu recomendo o uso do termo republicano, que refere-se a todos em prol da democracia e das instituições.

5 – Afastem as pessoas contaminadas com lepras políticas

Coisas como separatismo e intervencionismo pertencem a uma esfera de discurso fora da realidade, além de politicamente desastrosos. Quase todos os discursos nessa linha não são lógicos, nem realistas. Pessoas com esse tipo de cosmovisão não estão falando em prol de um projeto realista e ético, mas atendendo às suas manias particulares. A luta é pelo Brasil, e não por manias particulares. É o momento de partir para rejeição social contra quem vier com esse discurso. Deve ser dito: “nós não queremos vocês por aqui”.

6 – Lutem as batalhas atuais, não batalhas antigas ou imaginárias

Um exemplo é não usar o termo comunismo. Eles facilmente irão ridicularizar. Geralmente, usam as âncoras de “tanques tomando às ruas”, associam isso a Stalin, dizem que isso não existe e te posicionam como neurótico. Tudo por que historicamente o termo “comunismo” está associado a esse tipo de implementação. Vocês querem gastar tempo de explicando ou obtendo resultados? Usem termos como socialismo. Melhor ainda: bolivarianismo. É um fato e eles não podem negar que são ambas as coisas, até por que bolivarianismo é o socialismo da “Pátria Grande”.

7 – Difundam os estratagemas do oponente

Ensinem às pessoas. Façam o máximo neste sentido. Você viu os truques de guerra política utilizados pelo Rogério Silva no print screen acima, certo? Expliquem para as pessoas as consequências delas falarem com jornalistas mal intencionados, assim como trocarem informações com pessoas que não conhecem. Denunciem de forma antecipada todos esses truques. Como motivação, lembrem-se que se jogadores de futebol conseguem, vocês também podem se antecipar aos truques do oponente. O momento é de criação de uma cultura de conscientização dos estratagemas do adversário, que é sordido feito serpente.

8 –Fiquem sempre na ofensiva, jamais na defensiva

Já vi algumas pessoas dizendo, durante a manifestação: “aqui ninguém é golpista”. Mas o que é isso? Jamais se defendam. Ao contrário, ataquem o oponente chamando-o de golpista. Somente dentro desses ataques, mostrem a diferença entre vocês e o oponente. Nesse momento é o governo que deve ir para a defensiva, não vocês. Como exemplo, veja a dica 5, onde sugeri que as pessoas contaminadas com a lepra política devam ser afastadas. Deve ser dito: “Tem gente pedindo intervenção militar. A maioria é ingênuo, mas tem gente também infiltrada pelo governo. Não caiam em mais um truque sujo dessa gente, que está tentando manipular nossas manifestações. Eles fizeram esse tipo de infiltração na Venezuela e não vamos deixar aqui.”. Observe que até mesmo para aplicar a dica 5, você pode atacar. O ataque deve dar o tom de quase todos os discursos, e a desconstrução deveria ser o lema da nova fase da política nacional. Use sem moderação.

Essas dicas encerram diretrizes importantes para nós? Não. Mas são um começo.

Anúncios

48 COMMENTS

  1. Luciano, outra dica, que fica como sugestão, seria entrar em contato com movimentos, think thanks e órgãos de imprensa conservadores/direitistas/centristas de outros países, principalmente EUA, Europa e Ásia(Japão, Coréia do Sul, Taiwan, ), buscando disseminar informações do que ocorre aqui no Brasil e na América Latina sob o tacão do Foro de São Paulo. Tem muita gente no exterior desinformada ou mal informada sobre o Brasil, por trabalho da imprensa esquerdista, que pensa que nosso país vive um Estado de Direito pleno, não existe perigo para as liberdades individuais, o governo é plenamente democrático e não faz patrulha ideológica, não existem violação da propriedade privada, etc. Ainda são fortes os estereótipos sobre o Brasil no exterior, conhecido, ainda, como o país do carnaval, do samba, do futebol. Mas isso deveria ser passado. A realidade é bem diferentes e os estereótipos do passado atrapalham enxergar a percepção correta sobre o momento presente. O nosso país hoje está à beira de um precipício político, social e econômico em decorrência dessa revolução bolivariana.

    As pessoas lá foram precisam saber que, de fato, existe um processo revolucionário em andamento por estas bandas. O que você pensa sobre isso?

  2. Talvez uma das coisas mais importantes é não ficar na defensiva.

    Desde que o PT assumiu o poder, a oposição não sai da defensiva, caindo exatamente
    na estratégia petista.

    O Aécio mesmo, nos debates, apesar de ir bem, se preocupava em ficar
    respondendo a todas as provoações da Dilma, enquanto que ela ignorava
    todas as do Aécio, no máximo partindo para um contra-ataque.

    • Penso que tem que se denunciar todo o processo eleitoral, todos os partidos estao envolvidos em alguma medida aos trambiques das urnas, e um toma lá da cá que so sabemos uma pontinha, por isso as “oposições frouxas”.
      É o mesmo caso das comunidades que não denunciam milicianos ou traficantes, todo mundo se beneficia de um jeitinho (bem brasileiro né? ), seja um gatonet, um gatoluz, etc. Daí o silêncio obsequioso.

  3. Procurei o perfil desse tal Rogério e nada. Tentei o Google. Nenhuma referência ao ditocujo nem ao tal Coletivo. Ou esse cara apagou o perfil, ou é montagem feita pelos petralhas. Mas nem por isso o que está escrito ali é desimportante. Quem possui a mínima informação sobre o assunto sabe que eles são mesmo capazes disso. E uma coisa que eu já estava pensando em sugerir bem antes de ler esse texto é afastar os separatistas e os defensores de intervenção militar das próximas manifestações. Eles que vão fazer o passeata deles bem longe da nossa!

  4. Ei, Luciano, que tal distribuir aquele livro do Saul Alinsky, o “Regras para Radicais”? Podemos usar as 13 táticas para a direita usar! Se quisemos derrotar a esquerda, devemos usar táticas esquerdistas!

  5. Em geral concordo com os argumentos do autor, exceto no que diz respeito à intervenção militar.Tenho provas de que o atual governo usurpou função privativa do Congresso Nacional para roubar idosos e doentes chegando ao ponto de emendar a Constituição por meio de uma “orientação normativa” que é um mero ato unilateral de caráter administrativo. A Justiça cada vez mais lenta tem se mostrado incapaz de resolver o problema. As pessoas atingidas têm urgências relacionadas à sobrevivência e estão sendo privadas de recursos que são seus por direito. Intervenção não é o mesmo que golpe militar. Trata-se de retirar à força um governo que corrompeu as instituições a tal ponto que só pode ser retirado pela força para em seguida pôr ordem na casa, cassar os direitos políticos dos faltosos e convocar novas eleições. A disposição dos corruptos em usar da força para permanecer no poder indefinidamente pode ser vista claramente no print trazido à baila. Sendo o Brasil um país pacífico e não podendo as Forças Armadas custeadas pelo povo ajudá-lo numa hora tão grave, então o melhor é dissolvê-las por falta de utilidade! Impeachment, anulação ou intervenção! Este deve ser o recado do povo ao Congresso e ao Judiciário!

  6. Esse perfil é fake, criado pelo próprio PSDB! Acordem!
    Eles estão nos manipulando! Treinando para respondermos o que querem!
    Dirão que a oposição não pensa por si só, tem de aprender uma cartilha de perguntas e respostas!
    Tosco demais.

    Vamos estudar história do Brasil e política ao invés de ficar decorando argumentos e respostas!

    Deixemos de ler a Revista Veja e façamos a leitura da Constituição Federal! Os parlamentares zombaram de todos nós quando vetaram uma maior participação nossa na criação das leis! Eles não querem que uma maior participação democrática exista simplesmente para não perder nada do poder que têm para isso!
    Tenho certeza que 99% das pessoas aqui não leram o Decreto!
    Partidários do “não li e não gostei”! Cegueira absoluta!

    E a cereja do bolo foi os deputados na Câmara votarem seus próprios aumentos enquanto os militantes da oposição comemoravam!
    É assinar o atestado de idiotice plena!

    Vejam esse vídeo do Cientista Político Alberto Carlos Almeida que fala do Pensamento do Eleitor Brasileiro:

    https://www.facebook.com/video.php?v=4810099868387

  7. Luciano,, o que vc achou da sugestão do Joaquim Caldas aí de cima, o governo pode punir, 1, 5, 10, 100 pessoas e empresas mas não milhões, não está na hora de parar de financiar jornalismo chapoa branca, MST dentre outras coisas?

  8. Muito bom o texto, só discordo em parte dos pontos 5 e 6. Do 5, pois acho que as pessoas podem mudar de idéia ou que a tal ‘lepra’ poderia ser convertido em uma idéia útil. Por exemplo, se algumas pessoas acham que a intervenção é uma alternativa viável, voce pode convencê-las de que seria melhor tentar todas as outras vias antes, até mesmo para o povo se conscientizar que elas não existem se de fato elas não existirem. Assim, o próprio povo iria apoiá-los numa eventual luta por intervenção militar.

    O 6 eu discordo, pois acho que de certa forma não existem batalhas imaginárias e as tais batalhas ‘antigas’ podem servir para as batalhas atuais. Por exemplo, voce pode condenar o que foi feito na URSS(acreditem, isso serve para converter muita gente com ideal romântico sobre o comunismo ou socialismo), e mostrar como o que acontece hoje em dia é semelhante as fases iniciais ou anteriores aos países soviéticos. Quando falo de que de certa forma não existem batalhas imaginárias, digo no sentido de mostrar o quanto são análogos esses inimigos imaginários com o que vem acontencendo, e não no sentido de negar a realidade ou de dizer o bolivarianismo é idêntico ao que acontecia nos países soviéticos.

    O ponto que eu acrescentaria é “Sempre dê a oportunidade para um esquerdista se arrepender e incentive o arrependimento”. Se não fosse o arrependimento, não teríamos tantos ex-esquerdistas importantes na direita agora, como por exemplo o próprio Olavo. Apesar disto, eu vejo quase sempre gente dizendo que não se discute com esquerdista ou incentivando para cortar contatos sociais com esquerdistas, como se eles sofressem de uma doença incurável.

  9. Os resultados dessa eleição presidencial trazem estranhas coincidências percentuais. É como se uma função matemática de manipulação de contagem de votos houvesse sido inserida, previamente, nos softwares das urnas. Vejam, com cuidado, este link aqui, postado por internauta na seção de comentários de um blog: http://1.bp.blogspot.com/-HBakprDDkZc/VFZIp3R-LmI/AAAAAAAA4mQ/SKE9irqFPNc/s1600/fraude.png

    Esse internauta, cético anteriormente sobre fraudes nas urnas, resolveu fazer alguns cálculos e chegou a estranhas coincidências:
    1. A diferença entre o percentual da soma dos votos nulos e brancos no 1º e 2º turnos sobre os respectivos totais de votos apurados mais o percentual de votos não apurados no segundo turno(0,01%) é rigorosamente igual à diferença, no segundo turno, entre o percentual de votos válidos de Dilma (51,64%%) e Aécio (48,36%) mais o percentual de votos não apurados no segundo turno (0,01%): 3,29%

    Se não considerarmos os votos não apurados, a diferença é igual também: 3,28%

    2.No segundo turno, a razão entre os percentuais de votos apurados para Aécio (45,29%) e Dilma (48,36%) é matematicamente igual à razão entre o total de votos válidos (105.542.273) sobre o total de votos apurados (112.683.879): 93,66%.

    3.O percentual de votos de Dilma sobre o total de votos apurados é rigorosamente a mesma que o percentual de votos de Aécio sobre o total de votos válidos: 48,36%

    Existem outras coincidências notadas pelo internauta, mas essas são as mais evidentes. Quais as probabilidades de tantas coincidências ocorrerem de forma aleatória? Algum matemático entre os seus eleitores para dar essa resposta?

  10. Do blog do Cesar Maia

    GETÚLIO, DILMA , A OPOSIÇÃO E A HISTÓRIA!

    1. Getúlio foi eleito em 03/10/1950, com praticamente 50% dos votos. Seus adversários da UDN e do PSD tiveram mais ou menos 30% e 20%. Após eleito o general Canrobert ministro da guerra do presidente Dutra, lhe deu 3 conselhos,(ver Getúlio 3 de Lira Neto): a) não nomear para ministro da guerra,(exército), o general Estillac Leal presidente do Clube Militar, nacionalista e com idéias de esquerda; b) se afastar de Ademar de Barros que estava contaminado pela corrupção; c) cuidado pois podem assassiná-lo para que Café Filho assuma o governo.

    2. Os dois partidos da coligação vitoriosa tinham apenas 25% dos deputados dos 304, –PTB-51 e PSP-24. Getúlio abriu o governo para o PSD, ( 37% dos deputados que ficou com 4 das 7 pastas civis), e até trouxe um ministro da UDN que não reconheceu como tal. A UDN elegeu 27% dos deputados e os pequenos partidos 11%.

    3. Criou uma assessoria econômica discreta no Palácio do Catete, toda ela de esquerda com Romulo de Almeida, Jesus Soares Pereira,…. O ministério que ele qualificava de “experiência”, era um saco de gatos, e fragilizado de saída com a qualificação que Getulio lhe deu.

    4. No final de 1951 com menos de um ano de governo, adotou 3 medidas de Natal : a) elevou o salário mínimo em quase três vezes,( de 380 para 1.200), no Rio e em S.Paulo; b) taxou adicionalmente a remessa de lucros em 8%; c) e decidiu negar a ONU e aos EUA o envio de tropa à guerra da Coréia. Euforia popular como se fosse uma segunda eleição. A inflação que no governo Dutra vinha na média de 7%, passou a 12% no ano da eleição de 1950, e assim ficou em 1951 e 1952, mas dobrou em 1953 e 1954 para uns 25%.

    5. A UDN transformou-se num partido golpista que recorreu ao TSE contra a posse de Getúlio por ele não ter conseguido a maioria absoluta, embora a Constituição não exigisse isso. É famosa a frase de Lacerda durante a campanha: Getúlio não pode ser candidato. Se for não pode ser eleito. Se for eleito não pode tomar posse. Se for empossado tem que ser derrubado.

    6. Espera-se que os primeiros movimentos pós-eleitorais do PSDB agora em 2014 não tragam de volta essa analogia. Que a banda de música dos juristas da UDN não venha a ser a banda de musica dos cientistas sociais do PSDB.

    7. Na série de artigos reunidos em livro, “ 18 Brumário de Luis Bonaparte” ,(Napoleão III que restabeleceu o império na França através de plebiscito), Karl Marx afirma: “A história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa”.

    8. Mas a história ensina, em relação as formas adequadas e inadequadas que os líderes tratam as conjunturas. Especialmente em dois casos: nas conjunturas favoráveis, imaginando que são permanentes, e nas desfavoráveis imaginando que devem ser rompidas a golpes de força.

  11. Brilhante, Luciano. Continue por favor com as postagens que estou lendo e aplicando, recomendando para o máximo de ALIADOS possíveis, e acho ótimo quando expõe o quão sanguinário pode ser esse povo, como esse cidadão que quer endereço dos “coxinhas” (pra que alguém quer endereço de alguém se não for pra fazer uma “visitinha”?) e termina a mensagem com um “Socialismo ou Morte”.

  12. 4 – Sejam inclusivos

    Importantíssimo você frisar isso, e me perdoem os mais velhos, não quero generalizar, mas eu vejo que tem muito anti-PT mais velho (acima dos 40) que só atrapalham porque adoram ficar criticando esse programa em alto e bom tom, e aí gera briga dentro da própria oposição (oposição é como chamo qualquer um que seja anti-PT & Suas Linhas Auxiliares, da esquerda moderada até a direita).
    Por favor, PAREM COM ESSE CHORORÔ, direitistas caricatos, mais velhos ou jovens, se não vão ajudar, não atrapalhem.

  13. Luciano, olha este trecho da reportagem do FHC à revista Época:

    ÉPOCA – Aécio saiu com a melhor votação desde seu governo. Qual será, em sua opinião, o papel dele a partir de agora?
    FHC – Ele deve valorizar o resultado, honrar a confiança depositada nele e ser o porta-voz da oposição no Congresso, fazendo um combate correto, sem agressões. O futuro de Aécio depende só dele.

    O FHC é o sonho de consumo do PT como oposição. Esse imbecil tem o DNA esquerdista impregnado e irremovível!

  14. Por favor Ayan, coloque esse comentário e/ou faça chegar as pessoas que estão coordenando as manifestações.

    Antes do dia da próxima manifestação, Escreva um manifesto! A saber…

    “Na literatura, define-se manifesto como um texto de natureza dissertativa e persuasiva, uma declaração pública de princípios e intenções, que objetiva alertar um problema ou fazer a denúncia pública de um problema que está ocorrendo, normalmente de cunho político. O manifesto destina-se a declarar um ponto de vista, denunciar um problema ou convocar uma comunidade para uma determinada ação. Estrutura relativamente livre, mas com alguns elementos indispensáveis: título, identificação e análise do problema, argumentos que fundamentam o ponto de vista do(s) autor(es) do manifesto, local, data, assinaturas dos autores e simpatizantes da causa.”

    Deem publicidade ao manifesto, mandem uma cartinha, se possível registrada, aos órgãos de imprensa, e aos órgãos oficiais: governo estadual, polícia, bombeiros, governo municipal da cidade, hospitais na região. Isso legitima a causa! Pode colocar o manifesto nas redes sociais??? SIM, mas não somente. Tenham alguém lendo o manifesto, de 20 em 20 minutos na concentração, da manifestação. Imprimam uma quantidade razoável, umas 50 a 100 folhas, do manifesto e distribua na passeata, peçam para as pessoas que leia e repasse!
    Outra coisa…

    Criem uma conta de e-mail (ou várias em diferentes servidores: gmail, outlook, yahoo), da manifestação. Centralizem as informações por essas contas. Depois escreva um pequeno bilhete, imprimam várias centenas e distribuam, para as pessoas na passeata, algo mais ou menos assim:

    “SOMOS A FAVOR DA LIBERDADE DE IMPRENSA!

    Todos veículos de imprensa, seus repórteres, mídias independentes e demais relacionados, são extremamente bem vindos. A parte isso, percebemos que alguns veículos e profissionais tentaram distorcer fatos, e declarações à imprensa, das pessoas que apoiam nossa causa. Por isso pedimos que filmem e gravem, qualquer tipo de entrevista, de vocês ou da pessoa ao lado, que dão à imprensa. Se após isso, perceberem qualquer tipo de informação distorcida ou manipulação na edição de sua entrevista, por favor entrem em contato, com a coordenação da passeata nos e-mais abaixo.:
    blablabla@gmail.com

    #FICADICA

  15. Enviei por e-mail para a polícia federal o que este “líder” está pregando, com cópia para o Sen. Aécio Neves. Todo e qualquer crime ou incitação por meio da internet pode e deve ser denunciado para a Polícia Federal que tem meios de chegar ao autor da mensagem.
    crime.internet@dpf.gov.br
    Eles não estão brincando e nós precisamos denunciar.

  16. Um frame deles que temos que desmascarar é o do PIG. Esse momento é ótimo, pois vemos a imprensa minimizando e tentando desqualificar os protestos contra a Dilma. Ora, o “G” de “PIG” é “golpista”. Que golpista é esse que é contra o “golpe”?

  17. Só discordo do bolsa família de que esse programa tem custo baixo.Ora,juntando um programa assistencialista aqui outro ali temos uma bola de neve gigantesca,refletindo assim numa carga tributária sufocante e que atrasa o país.É claro que inicialmente por estratégia política não devemos tocar nesse assunto,mas que eu sou totalmente contra a médio e longo prazo a manutenção de qualquer parasitismo no estado,não esquecendo também o bolsa empresário.

    • Os socialistas dão a entender, através de seu discurso, que a desigualdade é o grande mal do mundo. Para descreditar as políticas liberais, apontam para um “aumento da desigualdade” como se isso fosse sempre um mal e como se igualdade fosse sempre um bem.
      São incapazes de perceber que desigualdade não significa pobreza e que igualdade não significa riqueza. Um povo pode ter igualdade, mas serem todos iguais na pobreza. Da mesma forma, outro povo pode, apesar da desigualdade, garantir um nível de vida satisfatório para os mais pobres.
      A prova disso é que a desigualdade medida pelo Coeficiente GINI, revela algumas coisas bem interessantes:
      – A Etiópia é um dos países mais igualitários do mundo. É inclusive mais igualitária que a média dos países da União Européia. Outro que também está entre os mais igualitários é o Paquistão.
      Mas onde é que existe mais pobreza? No Paquistão e na Etiópia ou na União Européia?
      – O Bangladesh, outro país que concentra massas de miseráveis é mais igualitário que Irlanda e Nova Zelândia.

      “É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber. O governo não pode dar para alguém aquilo que não tira de outro alguém. Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.
      É impossível multiplicar riqueza dividindo-a.”
      Adrian Rogers, (1931-2005)

    • O sujeito de óculos que aparece em 17:08 é aquele féla da puta que veio aqui dar aulas pro MST e cuja babá foi presa com sua arma, não é?

  18. Cara, você conhece, tem contato com o Kim Kantaguiri?
    Foi um dos organizadores dessa passeata. Mas ele é novo, e um tanto afoito ao fazer suas declarações.

    Sempre temos que apreder com quem sabe mais que a gente, e nesse caso você sabe muito mais que ele.

    E ele tem fama e iniciativa para ser um dos líderes, mas se portando como ele está nos ultimos tempos, ele só vai alimentar o troll.

  19. Tenho lido muito essa justificativa na internet:

    1) Manter relações comerciais, diplomáticas e culturais, com as ditaduras(Os Petralhas preferem outro termo “excesso de representação popular”) Chinesa e Russa todo mundo quer, já com a cubana e Venezuelana não pode?
    2) O PSDB cortaria as relações comerciais com a ditadura Chinesa? Pq o PT não pode ter com Cuba?

  20. Embora você esteja de parabéns pelo seu post como sempre, tenho problemas sérios com o item 5. Pessoas com ideias malucas devem ser educadas, não excluídas por serem inconvenientes. Sei que o que está em jogo é grande, mas excluir quem é inconveniente é justamente a atitude de quem lutamos contra.

  21. Julio ! Grave denuncia já estão censurando vídeo que mostra um pastor sendo preso por ordem da ala gay da prefeitura e militantes gays.

    Busque pelo link :https://www.facebook.com/video.php?v=739541399465423&fref=nf

    E encontrara esta resposta :Este conteúdo está atualmente indisponível
    A página solicitada não pode ser exibida no momento. Ela pode estar temporariamente indisponível, o link clicado pode ter expirado ou você não possui permissão para ver esta página.

    Também fiz pesquisa no Google com a pergunta : PT MANDA PRENDER EVANGÈLICOS. As páginas do Facebook estão bloqueadas.

    Só aparece está página que não tem o vídeo e só com um comentário dizendo;É PRECISO LEMBRAR QUE A CULPA NÃO É DA POLICIA ,MÁS DOS DEPUTADOS ,SENADORES E PRINCIPALMENTE DO GOVERNO QUE ELEGEMOS A LEI ANTi-BÍBLICA E A ORDEM PARA PRENDER VEM DELES. ( conciência tranquila não votei no PT). http://www.correiodesantamaria.com.br/?p=18442

    A quem interessa calar e sumir com o vídeo de denuncia do Crente Santão?

    Espero que alguém tenha feito cópias do vídeo. Estava na cara que este vídeo não ia demorar muito tempo para ser censurado.
    Lutemos contra a censura na Internet e Facebook.

    Desconfiou que o sumiço do vídeo tenha sido uma obra de “evangélicos petistas”.

    Opa ! A página do Crente Santão no Facebook ainda está funcionando e pode-se ver o vídeo : “PT manda prender evangélicos” Lá.

    https://www.facebook.com/CrenteSantao?ref=ts&fref=ts

  22. Luciano, não seria interessante, durante esses protestos, lutar também por uma “reforma eleitoral”, ao passo que se pressiona a oposição para tal, com o intuito de se implementar um sistema eleitoral que diminua consideravelmente a possibilidade de fraude?

  23. Na minha cidade tem uma turma do PSOL organizando uma manifestação “Anti-Fascista e Pela ‘Democracia'”. A pauta deles são as manifestações pedindo intervenção militar. Obvio que tudo não passa de fingimento.

    Alguém não saberia me informar se em outras cidades os partidos bolivarianos não estão organizando manifestações do tipo dessa também?

  24. Prezado Luciano,

    Suas matérias (como esta aqui, por exemplo) precisam ser lidas e relidas diversas vezes. Eu costumo fazer isso de duas maneiras: uma, mais trabalhosa, é selecionando, copiando e colando todo o texto, fotos etc, inclusive os comentários, e depois transformando o documento assim criado num editor de texto qualquer em PDF, para disponibilizá-lo como material de leitura “off-line” para num tablet, ou divulgá-lo via correio-e.

    Outra, é simplesmente mandando imprimir a página como um pdf ou direto na impressora, dentro do SO. Esta opção funciona com quase todas as páginas “on line” que eu prefiro ler com mais calma (ou mesmo divulgar), exceto, naturalmente, aquelas cujo recurso de cópia ou impressão estão bloqueados.

    O problema é que, pelo menos no meu caso, não consigo usar este modo mais expedito de conseguir uma “hardcopy” ou o PDF das suas matérias publicadas. E isso acontece com qualquer dos SOs que utilizo (Windows, Linux ou o IOS).

    Não tem um modo de contornar este problema ou a intenção é mesmo bloquear a impressão da página ou copiá-la como PDF?

  25. Permitam-me um comentário jurídico sobre a situacao nacional do momento. O mesmo poderá ser lido no blog SGT Sarides de ontem. Ou no Jornal da Paulista do dia 29.10.

    Estamos com 2 meses de mandato deste governo. Se pede incessantemente um impeachment já de Dilma. A considerar duas coisas neste caso. Se de fato houvesse, o que acho quase impossível nesse tempo, os efeitos do impeachmente terminariam em 31 de dezembro. Ainda que por um ou 2 dias somente Michel Temmer seria nosso presidente.

    Constitucionalmente este Congresso nao tem poderes para votar um impeachment para a legislatura que se inicia em 1° de janeiro. E Dilma eleita mas ainda nao empossada para a próxima legislatura tem pleno direito de assumir a cadeira da Presidência da República, nos termos de nossa Constituicao. Mesmo tendo sofrido um impeachment neste mandato. Sem qualquer sentido, portanto, essa pressao social a favor dele “já”. Ele só será proveitoso para o Brasil se requerido e levado a cabo a partir da posse no novo mandato.

    A única coisa com efeito jurídico incontestável seria o julgamento do pedido de anulacao do pleito com base nas milhares de fraudes ocorridas, comprovadas ou nao. E neste caso a convocacao de novas eleicoes para o cargo de Presidente. Atencao! Isso tudo teria de ocorrer ainda dentro deste legislatura até 31 de dezembro. A partir daí, se anulado o pleito para presidente, em primeiro de janeiro a cadeira fica vacante. O novo Congresso que poderá ser empossado terá de dar posse ao Presidente da Câmara dos Deputados, o terceiro na linha ao cargo previsto na Constituicao, isso ainda se no mesmo dia eleger o Presidente da Câmara e empossá-lo no cargo de Presidente. Essa eleicao do Presidente da Câmara ocorre entretanto em Assembléia Geral da própria casa. Impossível portanto tudo isso ocorrer no dia 1° de janeiro.

    Na Vacância da cadeira de Presidente o STF (Supremo Tribunal Federal) assume, como última instância, o cargo interino de Presidente, na pessoa de seu próprio presidente. E as Forcas Armadas, por funcao constitucional, estarao no cargo de guardiaes e garantidores da ordem institucional, jurídico-social da nacao. Portanto, nenhum brasileiro de bem poderia impedir a essa Forca constitucionalmente instituída para isso de cumprir seu dever. Reforco aqui que essa funcao nada tem a ver com intervencao (que lhes é inclusive atribuída pela Constituicao para manutencao da ordem e da lei).

    Temos que levar em conta que uma decisao de anulacao do pleito para Presidente será julgado pelo TSE que tem em sua presidência o homem menos confiável do Brasil depois dessa eleicao. José Antônio Dias Tóffoli. Apuracao “secreta” da votacao de quase 150 milhoes de brasileiros, sem testemunhas, sem imprensa, sem controle dos partidos políticos, sem fiscalizacao de qualquer ordem, sem possibilidade de recontagem, com a “presenca” exclusiva e trancada desse homem no centro da coisa é demais até para idiotas de qualquer gênero.

    O resultado que se apresentou ao Brasil jamais poderá ser levado a sério. Menos ainda se acreditar que ele representa um resultado saído de urnas eletrônicas que podem ser manipuláveis até por uma crianca e ocorreu secretamente nas maos do Presidente do TSE, por sua decisao e ordem, contrariando a própria Constituicao que a prevê aberta, fiscalizada e ilibada a todos os brasileiros.

    O resultado dessa eleicao foi a maior fraude que o Brasil já viveu. Qualquer cidadao pode falar isso abertamente, sem receio de punicoes legais de qualquer ordem, pois nao respeitou os princípios constitucionais. E pode pedir a declaracao de sua nulidade. Esse fato, por si só, nao garante a nenhum tribunal que seja, a declaracao e manutencao de sua legalidade.

    Para nao me alongar muito mais, a única coisa que entendo viável e proveitosa seria um impeachment de Dilma depois de sua posse no próximo mandato. Explicando: seu Vice, Michel Temmer é do PMDB, embora aliado, foge das garras de um Luiz Inácio da Silva, e por tabela do FORO DE SAO PAULO, o ditador da política bolivariana-socialista que espalha suas garras sobre a América Latina sob o comando de Fidel Castro.

    Michel Temmer, nesse caso, assumiria a cadeira da Presidência do Brasil. Nao é o ideal que sonhamos, mas é o que temos. O único caminho para comecar a derrubada do poderio do PT e do Foro de Sao Paulo, pois o PMDB já conta com muitos discidentes dentro das próprias fileiras.

    Tudo o mais resultaria em grandes perdas para a nacao. Comecando com uma guerra civil. Um Foro de Sao Paulo e seu PT nao estao aí para serem derrubados. Só com a forca militar, o que todos tentam evitar, até o próprio Exército, ou pelo povo com guerra civil. Nao esquecer que nosso está desarmado e eles armados até os dentes. Seria uma matanca de inocentes brasileiros, que sonhavam com a liberdade e democracia. Que um dia poderiam voltar a viver dentro de suas casas sem grades de prisao e que seus filhos voltassem a aprender e se preparar para uma profissao como adultos nas escolas, em vez de decorarem cartilhas de sexualidade aos 5 anos de idade, por todas as formas possíveis e aprender que as forcas que estao aí para garantir ao seu país sua soberania e seguranca sao criminosas, porque a 50 anos atrás foram capazes de prender terroristas que já tentavam com armas e mortes implantar a sonhada “revolucao comunista”, que Cuba é o país mais desenvolvido e democrático do mundo.

    Com minhas desculpas Luciano, pelo “tratado” que acabei fazendo. Você tem toda razao. Defensiva nos diminui. Permanecer na ofensiva e com verdades que nao podem ser negadas é o melhor caminhos: Fora Foro de Sao Paulo, Fora PT, Fora Dias Tóffoli, Fora Dilma, Fora Lula. Nao somos Cuba. Nao somos Venezuela. Somos Brasil de brasileiros. Somos pela liberdade. Somos pela DEMOCRACIA que perdemos!

Deixe uma resposta