Depois de protesto legítimo contra Memorial Luiz Carlos Prestes, surge mais um jogo político sujo da extrema-esquerda

26
165

memorialprestes

Ontem, ocorreu uma manifestação contra o Memorial Luiz Carlos Prestes, prédio de Porto Alegre projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Veja imagens da manifestação, pacífica e legítima, no vídeo abaixo:

Assistiu?

Agora veja como a Zero Hora tratou o caso no texto Memorial Luiz Carlos Prestes é alvo de protestos contra o comunismo:

A data escolhida tem relação com os 25 anos da queda do Muro de Berlim, conforme o cientista político Paulo Moura, que ajudou a promover o ato.

— Ele (Prestes) está sendo vendido como um herói da pátria, aquele local será objeto de visitação pública. As pessoas que estão promovendo o evento acham que aquilo é para idolatrar um líder comunista que tentou produzir um golpe em 1935 com a Coluna Prestes — afirma o coordenador do curso de Ciências Sociais da Ulbra.

Os cartazes e faixas fixados na grade do prédio iam de “abaixo ao comunismo” até “devemos derrubar o memorial ao comunista Prestes” e “tear down this wall (derrube este muro, em inglês)”.

— Era um ambiente raivoso de ódio. Constatei à tarde, fui chamado por quem passou por aqui e viu. Claramente, foi uma manifestação com dizeres agressivos à democracia, contra o Foro de São Paulo, os comunistas, o Luiz Carlos Prestes, a libertação dos povos — critica Edson Santos, presidente do Instituto Olga Benário Prestes, que não chegou a ver a movimentação de pessoas, apenas o material deixado por elas.

Manifestação em SP pede impeachment da presidente e intervenção militar

Santos diz que serão estudadas providências do ponto de vista jurídico e político para o que ele chamou de “ato fascista”:

— Foi uma manifestação de direita, com símbolos da suástica, do nazifascismo, da TFP (Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade).

Moura salienta que não tem como responder por quem fez esse tipo de cartaz e que, nas manifestações políticas atuais, cada um escreve o que quer.

— Uma das características das manifestações hoje em dia é que as pessoas manifestam seu desejo individual. Você não controla o que cada um bota no seu cartaz. Ninguém é dono da verdade de ninguém — explica o cientista político, acrescentando sua contrariedade à aprovação da doação do terreno por parte da Câmara de Vereadores.

Rafael Bonfá, um dos participantes da manifestação, afirma, por e-mail, que a intenção dos cartazes não era enaltecer o nazismo:

— Havia sim um cartaz com uma suástica, mas ela estava colocada ao lado da foice e martelo representando os regimes totalitários que tanto mal trouxeram ao mundo

Na página do Facebook criada para organizar o ato, havia o pedido para que não fossem levados cartazes e faixas pedindo intervenção militar. As sugestões eram para inscrições como “nossa homenagem às vítimas do comunismo”, “fora Foro de São Paulo”, “Prestes assassino”, “queremos liberdade e democracia” e “fim do Muro de Berlim na Europa e no Brasil”.

Quem foi Luiz Carlos Prestes

— Luiz Carlos Prestes nasceu em Porto Alegre no dia 3 de janeiro de 1898. Aos 26 anos, rebelou-se contra o governo de Arthur Bernardes e formou a Coluna Prestes, movimento que, a partir do Rio Grande do Sul, marchou por 25 mil quilômetros pelo Brasil e lutou 53 combates ao longo de dois anos e meio. Exilou-se na América Latina, quando teve contato com a doutrina marxista, e morou na União Soviética durante três anos, onde conheceu a militante alemã Olga Benário, com quem se casou.

— De volta ao Brasil e já integrante do Partido Comunista Brasileiro (PCB), foi preso com a mulher que, grávida, foi deportada para a Alemanha nazista. Cassado após o golpe de 1964, exilou-se na antiga União Soviética. Após a redemocratização, apoiou a candidatura de Brizola à presidência da República, em 1989. Morreu no ano seguinte.

Um leitor fez um excelente resumo sobre a matéria da ZH, que compartilho aqui:

  1. Descreve resumidamente o que ocorreu.
  2. Chama alguém de esquerda para criticar o protesto e dão bastante espaço para a crítica.
  3. Ponto que mais chama atenção na crítica: “Foi uma manifestação de direita, com símbolos da suástica, do nazifascismo…”
  4. Após dizer que os manifestantes levaram símbolos nazistas, deram a entender que Paulo Moura justifica os tais símbolos. (“Moura salienta que não tem como responder por quem fez esse tipo de cartaz”)
  5. Finalizaram explicando brevemente a Coluna Prestes, sem contar as partes ruins.

Que imagem alguém tem ao ler isso? Que nazistas fizeram um protesto contra uma importante figura nacional. Na peça de propaganda do ZH, o crítico esquerdista é quem deveria nos salvar da tirania (“Santos diz que serão estudadas providências do ponto de vista jurídico e político para o que ele chamou de ‘ato fascista'”).

O organizador Paulo Moura ainda comentou, segundo fontes deste blog:

Na entrevista que dei por telefone à noite, o repórter me perguntou sobre esse cartaz que fala em derrubar o memorial e em nenhum momento falou da presença de símbolos fascistas. Minha resposta se referia a esse cartaz apenas. Mas, a maneira com a matéria foi editada faz parecer que eu disse que não dá para controlar a presença de cartazes com símbolos fascistas. O único cartaz que vi com uma suástica colocava esse símbolo ao lado de uma foice e martelo sugerindo igualdade entre nazismo e comunismo. Mas o repórter, que não foi ao evento, apoiou-se na versão do entrevistado comunista, que também não foi ao evento.

Claramente o ZH está praticando desinformação, endossando um crime de difamação.

É preciso mostrar a foto do cartaz com a suástica (clique aqui) e usar termos fortes e contundentes. Exemplo:

O nazismo matou 6 milhões de inocentes. O comunismo matou 100 milhões. Ambas são doutrinas de extrema-esquerda. Cinicamente, um ultra-esquerdista, Edson Santos, veio simular que estávamos a favor do nazismo por criticá-lo junto com comunismo. O truque dele é usar a imagem fora de contexto para usar o crime de denunciação caluniosa. Na verdade, o símbolo do nazismo é tão podre quanto o do comunismo. A mitomania de Edson Santos é um dos motivos pelos quais rejeitamos as doutrinas de extrema-esquerda aqui denunciadas: comunismo e fascismo.

Em seguida, é preciso que os organizadores do protesto processem Edson Santos por crime de difamação, exigindo que o Zero Hora dê direito de resposta aos ofendidos.

É urgente que essa gente pare de receber o benefício político de maquiar a realidade e praticar crimes monstruosos de difamação contra cidadãos que exercitam seu direito de manifestação. Caso contrário, Edson Santos e a extrema-esquerda vão se dar bem de novo.

Anúncios

26 COMMENTS

  1. Marcel Van Hattem já respondeu no próprio site dessa notícia:
    “Edson Santos, presidente do instituto Olga Benário: você está MENTINDO. Não havia um único símbolo de apoio ao nazismo ou qualquer coisa que se assemelha a isso ou de apoio ao comunismo – ambas ideologias do ódio, totalitárias, o que combatemos veementemente. Todo símbolo que lá estava representado tinha o intuito de RECHAÇAR essas ideologias – não distorça!! O protesto foi de democratas, de pessoas que respeitam as liberdades individuais e o Estado de Direito, contra qualquer tipo de ditadura. Repito: você está MENTINDO – como é praxe, aliás, entre os defensores de uma ideologia que só trouxe morte e miséria ao mundo justamente baseando-se em MENTIRAS e ILUDINDO o povo – em especial o mais pobre! – mundo afora e também aqui no Brasil. Retrate-se publicamente, de imediato, pelo que disseste a Zero Hora na matéria acima ou quem será processado será você.
    Marcel van Hattem”

    Eu também recomendaria a leitura do livro CAMARADAS – Nos arquivos de Moscou: a história secreta da revolução brasileira de 1935 de William Waack para conhecermos a realidade das “movimentações” de Prestes.

  2. Eu estava lá. Participei ativamente deste ato em homenagem às vítimas do comunismo, em comemorações pelos 25 anos da queda do muro de Berlim e de repúdio ao memorial erigido em nome de um traidor da pátria, agente soviético e mandante de assassinatos. É uma vergonha para os portoalegrense ter na cidade tal estupidez. Foi um ato pacífico, feito por liberais que defendem a democracia que repudiam qualquer regime totalitário. A presença da suástica junto à foice eo martelo simboliza isso. Qualquer um que diga que foi um ato fascista está mentindo. Qualquer menção a vandalismo é mentira. Nada foi quebrado. O cartaz que diz “vamos derrubar o memorial à Prestes” não se refere ao prédio mas a intenção. Mantemos o edificio e façamos uma homenagem à Democracia.

  3. Estão lidando com tarados psicoticos, esquerdistmo, causa surdez , cegueira, gagueira, autismo,
    Só ouvem uma coisa, você vêem uma coisa, só gaguejam uma coisa, e vivem num mundo só deles. Sem contato com a realidade.

    Esqueceram de dizer que quando foi preso por Getúlio, o Prestes entregou a esposa para ser deportada , foi uma troca para ser solto. Um canalha como toda essa gente que milita nessa imundice.

    • Salve. Isso não é vero… a Olga foi deportada por solicitação da Justiça alemã, não por ser judia ou comunista, mas por ser culpada de crimes contra o Estado… e não o nazista, mas aquele constitucional e democrático da República de Weimar.
      O Prestes esse, entregou aos camaradas a amante “dimenor” do presidente do PC, acusando-a de entregar os segredos da conspiração… na verdade o próprio Prestes foi tão descuidado que perdeu para a polícia do Filinto Muller quase toda a sua papelada, entregando de bandeja nomes, locais e procedimentos… uma bêsta, mesmo.
      Mas ao custo de inventar um bode espiatório, conseguiu salvar sua reputação, face a posteridade.
      Já a menina Elsa foi estrangulada em circunstancias atrozes.

      • Entregou Deus e o mundo, tive uns tios abilolados militantes que tinham a maior bronca dele porque foram presos por causa do x9 , ainda tentaram fazer dele alguém para o público brasileiro , mas não colou, só é cultuado na seita autista, a população se lixou quando voltou depois da anistiado ,se achando , pergunta aí pela rua , nem sabem quem é.
        É igual a tara pelo Che, essa então é doença sem cura , só paulada na cabeça. Mas também é fácil, tem relatos de pequenas aldeias na Bolivia onde o “santo” passou em que todo ano eram queimadas e pisoteadas fotos dele, o cara chegava atirando e fazia as maiores barbáries , tem gente que odiava o cara, mas os tarados sabe como é, são surdos , mudos, pena que não são calados. Igual aos três macaquinhos.

  4. É importante notar que a região Sul do Brasil está se tornando cada vez mais contrária ao marxismo-humanismo-neoateísmo. Se até o começo do ano só tínhamos Santa Catarina como um lugar onde marxista-humanista-neoateísta não se cria, agora estamos vendo isso transbordar para o Rio Grande do Sul, ainda que esse seja um estado historicamente dividido politicamente desde os tempos da Revolução Farroupilha e, portanto, não se consiga o tanto de prevalência que o vizinho ao norte conseguiu, em que pese o tamanho da lavada que o PT sofreu naquelas bandas nas últimas eleições estaduais.
    Agora é preciso ver sobre se essa onda anti-MHN que vemos se solidificar no Sul irá começar a transbordar de maneira maior nos últimos tempos, ainda mais considerando que historicamente as mudanças no Brasil partem da região em questão para se irradiarem ao resto do país.

  5. E o que você esperava da Zero Hora? Pequeno exemplo: Numa longa reportagem dominical sobre as tais manifestações de junho, o jornal fez um histórico das grandes manifestações de rua do Brasil e simplesmente “esqueceu” da Marcha da Família com Deus contra o comunismo, que considerando a época, foi de longe a maior do Brasil.

  6. ☭ = 卐², só que 10x mais assassino. Morte ao comunismo! Estátua de esquerdista tem que ser derrubada e decapitada. Chega de memoriais aos demônios!

  7. Sempre tentando reescrever a história, sempre! Essa cambada não se emenda. Outro “monumento” que merecia a visita de manifestantes é aquele da América Latina, mais cão chupando manga do péssimo escultor Oscar Niemeyer. Arquiteto ele não é, pois suas obras não foram feitas para abrigar seres humanos, mas apenas para apequenar o indivíduo diante do estado gigante.

  8. Por aí vemos o RISCO ENORME QUE TODOS CORREMOS!
    SE essa CORJA PETRALHA, conseguir fazer aprovar alguma coisa que autorize a CENSURA DE MIDIA OU AS REDES SOCIAIS, ESTAMOS TODOS FERRADOS, pois, na prática a Imprensa e os Meios Jornalísticos JÁ ESTÃO TODOS CENSURADOS…

  9. “””””Símbolos fascistas”””””
    Meu Deus do Céu, onde esse projetista da própria sombra viu isso?
    É a ele que pertence o ônus da prova de provar onde existia “símbolos fascistas”.
    É um analfabeto funcional tão debiloide que também não deve saber disso.

    http://imgur.com/gallery/a4uo7WF

  10. PROPOSTA:_________________________________________________________
    .
    Proponho que ao se retirar da Prefeitura de Porto Alegre, o governo populista que lá está, encaminhe-se à Câmara Municipal, um projeto para transformar esse memorialzinho ao comunista Prestes em um Memorial as Vítimas do Marxismo/Leninismo(leia-se: Socialismo), do Nazismo e do Fascismo, pelo mundo. Existe farto material para isso, fotos, filmes, livros, relatos, sobreviventes, exemplos vivos(Cuba/Venezuela) etc. Que esse Memorial, seja exibido à todas as crianças de escolas públicas e particulares, para que possam entender a chacina e falta de humanidade que o regime socialista praticou no planeta. Assim poderemos criar consciência Crítica em todos os seres

Deixe uma resposta