Dilma e a eterna transferência de culpa: a culpa do déficit externo do Brasil é “dos países ricos”

6
95

dilma

Dilma continua sendo Dilma e, independentemente do juízo final se abatendo sobre o partido com as prisões da Operação Lava Jato (e com muito mais pessoas fazendo delações premiadas), sua vida continua fácil.

Dla segue muito hábil em executar truques de transferência de responsabilidade pela crise, como vemos na matéria Dilma culpa países riscos pelo déficit externo do Brasil, do Estadão:

A presidente Dilma Rousseff usou a abertura da reunião dos Brics – grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – para culpar países desenvolvidos pela piora das contas externas brasileiras. Em discurso, defendeu que a falta de força das economias ricas não gera demanda para estimular países emergentes. Ao mesmo tempo, Dilma defendeu que o esforço monetário e a ação para alavancar exportações nos desenvolvidos têm derrubado o preço das commodities, o que pode comprometer a renda e o crescimento dos emergentes.

“Desde nossa última reunião em Fortaleza, a situação da economia mundial, infelizmente, pouco avançou. Os países avançados não conseguiram uma recuperação consistente e o comércio internacional não cresce o suficiente para estimular os países emergentes”, disse Dilma, conforme trecho do discurso distribuído pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto. A reunião dos Brics aconteceu na manhã de sábado em Brisbane, na Austrália, antes da abertura do encontro de cúpula das 20 maiores economias do mundo, o G-20.

A principal linha de raciocínio da presidente brasileira apontou para a falta de tração da economia global e as consequências para as economias em desenvolvimento. Entre os problemas mencionados, Dilma destacou especialmente a tendência negativa do preço das commodities. “A queda de preços sinaliza o enfraquecimento da economia internacional e vai comprometer a renda e o crescimento de alguns emergentes”, defendeu. Entre os Brics, Brasil, Rússia e África do Sul são grandes exportadores de commodities. A China, ao contrário, é compradora.

Além da economia mais lenta nos países ricos, a queda de preço das commodities é ainda influenciada pela política monetária dos Estados Unidos. “Isso reflete também uma reacomodação da economia mundial às perspectivas de elevação futura do dólar americano”, disse Dilma. No trecho distribuído pelo Planalto, não há qualquer menção à desaceleração da economia chinesa como fator de influência. Economistas, porém, dizem que o menor crescimento da China é a principal fonte recente da acomodação dos preços de produtos básicos como petróleo, minério de ferro, metais e alimentos.

Diante do diagnóstico, Dilma cobrou ação dos países ricos no discurso feito aos Brics. “É preciso que os países avançados recomponham sua demanda interna aos níveis pré-crise ao invés de tentar resolver seus problemas com o aumento das exportações”, defendeu. “Essa situação provocou um déficit de transações correntes no Brasil de 3,7% do PIB”, completou Dilma.

O discurso reforça a defesa de que “o Brasil está fazendo sua parte” para a recuperação da economia global. A contribuição brasileira, na avaliação do Palácio do Planalto, é explicada pelo déficit em transações correntes. Esse resultado negativo mostra que o País demanda mais que produz e, assim, está “importando crescimento” de outras nações, o que ajuda na recuperação internacional. As economias ricas, ao contrário, têm superávit ou déficit externo decrescente. Isso, na avaliação do governo brasileiro, mostra que “não ajudam” na recuperação global.

Já é a lógica kirchnerista: para que trabalhar se podemos descansar e curtir a vida, enquanto se transfere a culpa para os outros?

Anúncios

6 COMMENTS

  1. Um dos 10 mandamentos socialistas:

    Culpai sempre os outros…

    Outros mandamentos:

    1) Nunca dizer a verdade.
    2) Cobiçarás a casa do teu próximo, cobiçarás a mulher do teu próximo, o escravo, a sua escrava, o seu boi, o seu jumento, enfim, cobiçarás tudo do teu próximo.
    3) Matarás.
    4) Furtará.
    5) Adulterarás.
    6) Irá desonrar a teu pai e a tua mãe.
    7) Sempre dirás falso testemunho contra o teu próximo.
    8) Nunca trabalharás.
    9) Serás o deus dos pobres.

  2. E agora que o movimento intervencionista inviabilizou as pautas iniciais do movimento Brasil livre?
    https://mobile.twitter.com/lobaoeletrico?tw_w=362290645852905472&tw_p=embeddedtimeline&original_referer=http%3A%2F%2Fwww.lobao.com.br%2F&profile_id=20372050&tw_i=533681193527820288

    Enquanto movimentos pro-PT se organizam para pressionar o congresso para regulamentação da mídia e para o plebiscito pro-constituinte…

    As pessoas contra o PT não conseguem se articular. Enquanto o PT e seus movimentos sociais continuam com a máxima ” dividir, para conquistar”.

    Se esse petrolao não der em nada, o governo vai vir com tudo. Vocês acreditam que o congresso e o Senado vão conseguir barrar as reformas do governo?
    Tudo indica que a lei para alterar a responsabilidade fiscal do governo vai passar. A presidente está com vários ministérios e outros cargos para negociar o apoio da base aliada.

    Será que estou muito pessimista?

    • O que está em jogo não é essa fábula esquerda x direita. Eu, por exemplo, sou a favor de medidas sociais para melhorar as condições de vida das pessoas menos favorecidas.
      O que conta nesse momento é evitar um projeto de partido que pretende ser único e acabar com a oposição. Um governo que utiliza o discurso do socialismo para se tornar hegemônico e manter um governo corrupto e ineficiente no poder.
      Os projetos de “democratizar” a mídia e a reforma política almejada pelo PT são propostas que perpetuam o poder na mão de quem já está no governo.
      Talvez seja hora de parar de brigar e tentar conscientizar as pessoas. Muitas pessoas boas apoiam o PT porque acreditam no discurso de melhorias sociais. Não conseguem ver que estão dispostos a dar uma carta em branco (constituinte) para um governo corrupto e ineficiente que deseja se perpetuar no poder e está usando as pessoas como massa de manobra.
      Essa pessoas devem ser alertadas que o “socialismo generoso” pregado pela Luciana Genro não passa de conversa fiada. Eu acredito que uma minoria realmente acredita nisso, o restante está sendo usado. E quanto mais afloram discurso de que quem é contra o PT é de direita, deseja intervencionismo e separatismo, haverá mais perdas do lado da oposição ao PT.

  3. Esquerdistas historicamente jamais fizeram uma só cagada, jamais cometeram um só erro, uma incompetência sequer. A culpa é SEMPRE dos outros. Se não houver “outros” disponíveis no momento, eles inventam, sem o menor pudor. Pode ser as “zelites”, a burguesia, os judeus, as big corporations, os países mais ricos, os Estados Unidos (esse nunca falha!), etc, o que estiver à mão.
    Deve ser por isso que é tão bacana ser de esquerda, né?
    Eu, quando faço alguma cagada, fico me remoendo de culpa, já que não possuo este recurso CANALHA de sempre atribuir a outrem tudo de mal que eu possa ter feito ou que aconteça comigo.

    • Vou repetir aqui uma frase que li enquanto lia matérias sobre o golpe militar:
      As “esquerdas sabem muito bem fazer duas coisas: 1- Organizar manifestações populares e; 2- destruir a economia de um País.

      É difícil discordar desta frase no quadro atual

      E já aviso que sou contra qualquer ditadura
      Abraço

Deixe uma resposta