O espertão Dias Toffoli aproveita os escândalos para… pedir fim de doações por empresas. O que os petralhas querem com isso?

17
93

toffoli_jo

As dúvidas estão encerradas. Jô Soares é definitivamente parte do aparato de propaganda governista. Ontem ele chamou Dias Toffoli ao seu programa. Leia abaixo, conforme matéria do Globo:

A eleição 2014 chegou ao fim com a reeleição da presidenta Dilma Rousseff, mas um tema muito abordado nas campanhas ainda está gerando debate: a reforma política, principalmente, a questão do financiamento das campanhas eleitorais. “Eu penso que deveríamos estabelecer, em primeiro lugar, o fim das doações por empresas e corporações”, declara José Antônio Dias Toffoli.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) defende o fim das doações empresariais e levanta um questionamento: “Qual é o interesse dessas empresas? Por que ao invés de distribuírem o lucro para os acionistas, elas vão doar para um partido? É estranho”.

Segundo o ministro, atualmente, não existe uma legislação que imponha um limite aos valores doados. “A empresa pode doar até 2% de seu faturamento do ano anterior. Não existe um teto, então a cada eleição vem dobrando o custo das campanhas”, conta no Programa do Jô.

Durante a entrevista, Dias Toffoli também comenta as denúncias de corrupção na Petrobras.  “Óbvio que isso está sendo apurado e está em fase de investigação, mas tudo levar a crer que esse caso tem a ver com um sistema de financiamento de campanhas, partidos e políticos”.

Muito esperto esse Dias Toffoli. Mas ele pensa que todos os outros são trouxas!

O financiamento privado de campanhas (incluindo por empresas) existe em quase todos os países civilizados do mundo, incluindo Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Suécia e Noruega.

Então, é claro que o problema não é o financiamentos de campanhas por empresas, mas a falta de transparência nos gastos públicos.

Sendo assim, por que o PT está tão empenhado em acabar com as doações de empresas? Seria uma contradição, já que o partido foi o campeão de recebimento de verbas de empresas para campanha nas últimas eleições?

Como eu sempre digo: bobos eles não são.

O fato é que se eles bloquearem o financiamento de campanhas por empresas, terão o monopólio de:

  • financiamentos a partir de sindicatos e ONG’s já aparelhadas (e que adoram um dinheiro estatal)
  • uso do dinheiro estatal já existente (pois estão no poder), sem precisar tanto dividir o espólio com outros partidos
  • financiamento de pessoas que recebem verbas estatais, como Lei Rouanet, membros de coletivos não-eleitos, etc.

É claro que o PT busca uma vantagem competitiva a partir de um cenário construído por eles próprios.

E enquanto isso, fingem que o problema da corrupção vem das doações das empresas para as campanhas.

Essa é a verdadeira arte da sabotagem política! Enquanto são descobertos seus crimes, inventam um argumento furado para praticarem mais um golpe contra a democracia.

Vamos deixá-los passar ilesos sem escracho e desmascaramento?

Anúncios

17 COMMENTS

  1. Puts, eu ia falar disso Luciano.

    Eles parecem estar se organizando pra essa questão do “financeamento”. Acho que o lance da censura pegou mal pra eles. Temos que nos organizar pra ontem já e combater essa idéia ruim.

  2. Qual é a relação entre a corrupção e o financiamento por empresas privadas? Não consigo entender a lógica que usam para chegar a isso. Ora, se além de contribuir para a campanha, as empresas são obrigadas a pagar propina depois… ou seja, pagam em dobro!

    Porque deixariam de ter que pagar propina sem o financiamento?

    Pode-se argumentar que essa propina seja o “caixa 2”, a doação oculta. Mas se é oculta agora, porque deixaria de ser com a proibição?

    • A ideia é que o PT se fortaleça tendo a maior fatia de verba pública de campanha, a ideia é quebrar os outros partidos, e assim, criar uma bolha que engolirá todos os outros. O PT quer ser o único partido capaz de vencer uma eleição, mais uma vez usando da democracia e de seus projetos malignos.

  3. A Reforma Política que o PT deseja contém, entre outros, os seguintens itens: fim das coligações proporcionais e o fim do financiamento empresarial das campanhas.

    Minha opinião.

    1-Com o fim do financiamento privado de campanha (ainda permitindo o financiamento de pessoa física), o PT e seus aliados, que correspondem à maioria lá dentro hoje, terão mais poder econômico sobre os novos partidos. Pois, além das 3 opções já citadas pelo Luciano, eles ainda possuem relações com indivíduos bilionários (pessoas físicas) ao seu lado.

    2-Com o fim das coligações proporcionais, os candidatos de partidos que não forem eleitos verdadeiramente não mais poderão entrar dentro sistema através do candidato eleito “puxador de votos”, como acontece hoje. Isso serviria para dificultar a entrada de candidatos de novos partidos políticos – que porventura sejam independentes dos políticos que estão aí hoje – dentro do sistema. Ou seja, querem manter sempre aqueles mesmos “da velha política” lá no topo!

    O link abaixo contém os itens dessa reforma política:
    http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/noticia/2014/10/ministros-explicam-propostas-de-dilma-para-reforma-politica.html

  4. Me admira muito ninguém aqui entender essa artimanha. A ideia é acabar com os recursos financeiros de outros partidos. E ainda jogar para debaixo do tapete as sujeiras deles. Isto é evidente.

  5. A inteligência e a alta cultura dependem da sabedoria, pois sem ela de nada valem – seria puro embuste dos maquiavélicos. É ser simplesmente tolo. Há bandidos inteligentes que dão nó em pingo d’água e tal, que aplicam suas falcatruas e planos mirabolantes que desafiam a inteligência das autoridades. A sabedoria, disse Píndaro, é o conhecimento temperado pela ética. Para Kant, é vida organizada. É saber viver. E que vidinha levam… De nada vale ter conhecimento e informação se não tiver sabedoria e ética. Eu vejo filósofos que falam em ética e moral, mas que sobem em palanques do PT. Eu vejo pessoas elogiadas por suas capacidades, por serem poliglotas, como o Jô – um rei antigo disse que quem fala quatro línguas vale por quatro -, mas de que valem, se não procedem com ética? O Jô caiu no meu conceito por se fazer de sonso perante a ameaça bolivariana. E é mesmo, as dúvidas estão encerradas: Jô Soares é definitivamente parte do aparato de propaganda governista. Já esse Toffoli não têm nem inteligência nem sabedoria, foi reprovada duas vezes em concurso público de juiz de primeiro grau em São Paulo, não sabe nada de direito, mas foi alçado por Lula por ter sido advogado, ora vejam, de José Dirceu. No Brasil do PT, triunfam as nulidades. E como triunfam! Dias Toffoli é só um bonequinho do PT. O que motivou os desvios na Petrobras foi a corrupção, e não o financiamento de campanha. Mas que sujeitinho, heim!

    • Esse Jô Soares nunca me enganou, é claro que eles passou para o lado do bandido, ele nos últimos programa inclusive aquele patético Jô e as meninas, e de matar de vergonha, eu já não vinha assistindo o seu programa, depois dessas últimas notícias de que ele se vendeu aos PTralhas, nunca mais quero ver esse tal programa, esse Jô e um cara venal. Fora Jô Soares, te muda para Cuba.

  6. Outra coisa: se as empresas forem doar “por fora” para alguém só será para eles, pois o PT, continuando no poder, terá em suas mãos os órgãos de investigação – COAF, CGU, PF e PGR, excluindo só o TCU -, ou seja, a mão forte do Estado para avançar sobre qualquer outro partido ou empresa que se atreva, como vem fazendo com o PMDB agora e com as empreiteiras.
    Lembrei da campanha, onde Dilma dizia que iria criminalizar o Caixa 2 no próximo mandato. Caso o PT seja pego dirá: mas não estamos usando o Caixa 2, mas sim o 3, o 4, o 5…

  7. E ai Tofolli, e os crimes eleitorais na campanha ? E dinheiro do mensalao e petrolao na campanha do pt? E as urnas? E as milhares de denuncias de fraudes? E os Correios? E a apuracao secreta? As denuncias devterrorismo contra os bolsa familia?cidades inteiras votaram na candidata, sem nenhum voto contrario?
    , aposto que se mexer mais a panela , vai aparecer mais caroco neste angu!
    como essa gente psicopata petista nao merece credito nenhum, aposto que este ai tambem esta metido em algum “malfeito”
    se procurarem, acham.

  8. Por falar em orquestração, veja esta entrevista do Barroso ao Globo:

    http://oglobo.globo.com/brasil/barroso-sobre-mensalao-juizes-nao-sao-vingadores-mascarados-14574045

    Destaco alguns trechos para dar uma ideia:

    “O sistema punitivo brasileiro reforça as desigualdades de classe que marcam a formação nacional desde sempre. O Direito Penal é duro com os pobres e manso com os ricos. É muito mais fácil punir um jovem preso com cem gramas de maconha do que um agente público ou um empresário que comete uma fraude de um milhão”.

    O pior trecho:

    “Eu, antes de ir para o STF, propunha, como advogado, ações para discutir questões de interesse público, como uniões homoafetivas, proibição de nepotismo e direito das mulheres interromperem a gestação em certos casos. Pois bem: no momento em que a presidenta (Dilma Rousseff) indicou o meu nome, eu estava começando a estudar a propositura de ações para a reestruturação do sistema penitenciário. Como os condenados e presos em geral fazem parte de uma minoria invisível, a política majoritária não se interessa por eles. Por isso, terá de ser o Judiciário a indicar esse caminho”.

    Colocou no mesmo balaio nepotismo, casamento gay e aborto; chamou Dilma de “PresidentA”; caracterizou os presos como vítimas sociais, em reforço ao que já dissera antes – uma variação do já famoso “no Brasil, só pobre e preto vai para a cadeia”; defendeu escancaradamente ativismo judicial (algo diferente de judicialização) e assunção de funções legiferantes pelo Judiciário, por meio de decisões que legislam disfarçadamente.

    Tem mais:

    “Nenhum dos condenados, em momento algum, revelou arrependimento, culpa sincera ou achou que devia desculpas ao país. A impressão que eu tenho é que todos, estranhamente, se sentem vítimas do sistema político. “Era assim antes de nós, nós jogamos o jogo como era jogado e depois de nós continuou a ser a mesma coisa”. E o que é aterrador é que talvez tenham uma certa razão. Se não mudarmos o sistema político, sobretudo para baratear o processo eleitoral, o financiamento de campanhas continuará por trás de todos os escândalos do país. Não sairemos do pântano. A centralidade do dinheiro nos roubou o idealismo e o senso de patriotismo”.

    Para arrematar, negou mais uma vez a responsabilidade individual, colocando a culpa “no sistema”; transformou o financiamento privado das campanhas eleitoral no grande vilão da nação; fechou com o suposto “antidinheirismo” do esquerdismo submarxista bocó à Marilena Chauí.

    Merece um post, hein?

    Abraço!

  9. Ô anão e capenga moral Toffoli me engana que eu gosto! Não incentive os figurões do lulopetismo roubar com seu voto em favor da liberdade deles no Supremo e estará sinalizando para eles que você virou um ministro do Supremo à serviço do país, não do PT e de seus assaltantes. Quer dizer ô cara que se uma empresa doar recursos para candidatos na política e partidos isso corrompe doador e seu favorito? Só na China!
    =
    No Senado este petista travestido de ministro do STF não foi sabatinado rigorosamente para ocupar a vaga deixada por Carlos Alberto Direito. Os senadores fajutos deixaram a porta da igreja aberta e o cachorro vira-lata entrou inclusive com aquela mensagem baba-ovo do então Senador e hoje vice-governador do RJ arqui-pró-petralhas fantasiado de PMDBista, o infeliz aliado do PT Francisco Dornelles.
    =
    A múmia centenária que anda e fala com a boca suja de vinho pago com dinheiro público servido nas incontáveis solenidades rasga-sedas no Senado.
    =
    O Senado com seu exército de corruptos então é culpado por aparelhar o STF com mais um petralha que apenas cuida de obedecer as ordens do representante brasileiro do Foro de São Paulo. Mija em cima da decência e da vergonha livrando, no que estivesse ao alcance do seu voto no plenário do STF, no julgamento do mensalão, os “heróis” comunistas petralhas condenados com penas leves pois já estão no gozo da liberdade em suas casas saindo delas com os traseiros montados em carros manobrados por motoristas pagos por seus patrões-colegas para “trabalharem” fora do lugar que deveria ser seus domicílios permanentes, a Papuda.
    =
    Também culpados por esta liberdade precoce e injusta destes inimigos da democracia, os petistas condenados, os ministros do STF que compraram suas nomeações do gênio do sertão o inacreditável, o bizarro, o mentiroso sapo-barbudo do ABC e que pagaram a compra com o voto no Mensalão em favor da admissibilidade dos embargos infringentes.

    O voto de minerva dado pelo decano em favor de criminosos e inimigos da democracia atesta a necessidade urgente de haver mudanças na legislação para não permitir que o apreço por firulas jurídicas de servidores da alta Corte delirem perigosamente quando estiver em jogo o fortalecimento dos criminosos e dos comunistas naquela jurisdição.
    =.
    Putin o mestre da propaganda enganosa em favor do comunismo agradece o voto do decano em favor do desditoso império do mal USSR que ele luta para ressuscitar! Ou seja: os próprios vigilantes e guardas da democracia e da constituição abrem a guarda para o inimigo sair vitorioso
    =
    Como acontece com Graça Foster que sabia dos desmandos de graduados diretores petistas na Petrobrás ou da base de apoio, que impuseram pagamento de propina de 9 dígitos da SBM para ganharem concorrências mas não os demitiu, não alertou a PF, porque não trabalha para o País, sim para a seita lulopetista, o citado petista Toffoli elevado a ministro do STF também não trabalha para o país, como Graça Foster sim para a quadrilha de traidores que aspira fazer do Brasil um lugar para experiências e utopias de ideólogos vagabundos que se prevalecem da democracia para depois a sufocarem.
    =
    O FDA e o CDC em Atlanta advertem que conviver com estes aliados das trevas situados na mídia e na política que apoiam estes malditos petistas no STF pode causar riscos à saúde e certamente para a democracia! Fora petralhas, estejam onde estiverem.
    =
    Espertalhão do Supremo, fora! Tua água passarinho não bebe, ô cara!

  10. Luciano,

    A entrevista do Senador Aloysio Nunes ao programa “The Noite” do Danilo Gentili foi interessante para uma voz da oposição esclarecer pontos importantes sobre a situação política atual.

Deixe uma resposta