O impeachment e a direita que grita lobo

39
148

wolf_journal_header_by_wyldraven-d67pwg0

Quase todos os dias eu vejo pessoas trazendo motivos para pedir o impeachment de Dilma Rousseff.

As afirmações geralmente são feitas seguinte esse padrão: “Você acha que (x) não é realmente um motivo suficiente? E que tal (y), você também acha que isso não é um motivo suficiente? E se eu lhe disser que o governo fez (z), o que também é motivo para impeachment. Precisamos pedir impeachment”.

Vá substituindo (x), (y) e (z) por vários motivos encontrados por aí, inclusive

  • mudança no horário das eleições
  • apuração secreta
  • Foro de São Paulo
  • financiamento BNDES/Cuba
  • e a lista vai seguindo

É evidente que muitas dessas pessoas estão partindo de uma ideia pré-concebida: “é preciso fazer um impeachment”. A partir daí, a mente busca motivos que, entendem, seriam suficientes para pedir impeachment.

Até eu reconheço que caí nessa onda e escrevi um texto há três semanas intitulado Pátria Grande? Este sim um motivo para impeachment. Reconheço que me equivoquei no título, um tanto exagerado e descabido. Mas considero mais um recurso estético do que um pedido real, pois nem investi esforços nesse tipo de demanda futuramente. O duro é que tem gente que leva esse tipo de abordagem a sério e realmente acredita que seus motivos devem gerar um impeachment.

Quase todas as demandas por impeachment estão erradas. Deveriam ser demandas por investigações. As quais, se confirmadas, em alguns casos podem até evoluir para um processo de impeachment. Infelizmente, para todas essas questões não temos nem sequer investigações iniciadas pela PF, ou sequer ações judiciais. No caso do Petrolão, ainda aguardamos provas, as quais, quando surgirem, aí sim poderão resultar em um pedido válido de impeachment.

Também temos o caso do Foro de São Paulo, o qual, segundo alguns, deveria ser motivo para o PT ser fechado. Motivo: o partido estaria “subordinado ao Foro de São Paulo”. O duro é se o PT questionar: “Você pode provar a subordinação?”. Alguns diriam existir atas, que não são suficientes para comprovar subordinação.

Quer dizer, está na hora de deixarmos essa questão de impeachment de lado (até por que não está dando em nada mesmo, e ninguém vai meter a mão nessa cumbuca sem evidências fortes) e focarmos em demandas para as quais temos evidências cabais, como a luta para derrubar o decreto 8243 no Senado e a desmoralização dos truques para censurar a mídia, iniciativa novamente retomada pelo governo com ataques cada vez mais fortes. Ontem tivemos um discurso do petista do PMDB, Roberto Requião, onde ele usou mais do que 10 rotinas fraudulentas. Sinal de que vão pegar pesado.

Enquanto isso, os pedidos de impeachment com base em “busca de motivos” ficam facilitando a vida do governo ao chamar seus proponentes de golpistas.

Desse jeito parece aquela história do menino que gritava lobo e todas as vezes a população do vilarejo ia socorrê-lo, até notar que não existia lobo algum. No dia em que apareceu um lobo de verdade e o garoto gritou por ajuda, ninguém acreditou.

Ficar pedindo impeachment sem surgir um motivo real (e provas contundentes mesmo) vão claramente banalizar esse tipo de pedido. Uma pena, pois há expectativas de que surjam evidências interessantes na Operação Lava Jato. Aí sim teríamos o tiro certeiro: pedir impeachment diante de um motivo suficiente para que vários políticos abracem a ideia. Isso se prestarem atenção, pois por enquanto essa parte da direita está gritando lobo levianamente…

Anúncios

39 COMMENTS

  1. Aqui Lula diz sobre donde vem o poder da esquerda na América Latina e cita uma tal “Soberania nacional E regional”: https://www.youtube.com/watch?v=AtNH9pav_Po

    Construir o Foro:
    https://www.youtube.com/watch?v=DSAmsGBPF-4

    Poder da esquerda devido ao Foro SP, Devemos muito aos companheiros cubanos x gastos em Cuba:
    https://www.youtube.com/watch?v=pzNIz64UHfo

    As declarações nestes vídeos por exemplo já levantam o suficiente para um impeachment, basta a quem de direito juntar todas as informações e simplesmente abrir o processo solicitando explicações e investigações profundas.

    • Marcos,

      Antes de pedir por impeachment, melhor entrar com uma ação e ver no que dá. Se eu fosse “advogado do diabo”, quebraria os argumentos na saída. Por isso é importante que os alegadores entrem com a ação primeiro, para testarmos a argumentação.

      Abs,

      LH

      • Luciano e demais, creio que vc tem razao sobre os motivos do pedido de impeachement, mas agora com a manobra de ontem, nao podemos enquadra-la no crime de responsabilidade fiscal??

      • Sim, mas como vc bem lembra sobre a guerra política, como a população chamaria atenção para este assunto? É que estão fazendo, pedindo impeachment e investigações quanto ao Foro. Não vejo erro de foco, vejo é uma direita morta sem fazer nada, digo quem é de direito fazer isso e não faz, o povo na rua cobra e nada tem sido feito. Já não vejo nenhuma outra maneira de o povo cobrar isso, que já é o suficiente para tirá-los de lá.


        RESP.

        Eu entendo que boa parte do povo que foi para as ruas focou em duas demandas específicas.

        Daí esqueceram-se das demandas passando pelo Congresso.

        Deu para notar que muitos direitistas estavam chocados com a vitória do governo na questão da LDO. Mas os congressistas não estavam pressionados pelo povo. Aí ficou fácil pro governo.

  2. O impeachment e um julgamento politico, nao necessariamente criminal.
    existem as regras pre estabelecidas para o afastamento do presidente.
    Essa baderna nas contas publicas e a tentativa de maquiar as contas e ate mudar a lei (inconstitucional)para remendar o orcamento estourado e escondido de todos, pode ser considerado improbidade administrativa, e um caminho

    se processada nos EUA, como fatalmente sera, tambem e improbidade administrativa
    e como la ja sabem das contas da lavanderia de madame,…

    mas a quadrilhona do senado vai impichar?
    com o Renan? Kkkkk
    (que alias junto com Collor, Claudio Humberto e PC Farias, elaboraram a candidatura do Collor (inventaram ate um partido o PRN) num famoso jantar em Pequim , na China.Quando estourou o caso PC Farias, milagrosamente o Renan e o Claudio Humberto se escafederam .sobrou pro Collor, que foi deposto pelo testemunho do motorista e da secretaria,e sobrou pro PC Farias (que dera o PRC da epoca, so que esse era Paulo Cesar , o de agora Paulo Roberto, )e acabou perdendo a vida num episodio estranhissimo, tal e qual o episodio estranhissimo do aviao do Eduardo Campos.)

    Por aqui com essa ruina moral que sao esses tres poderes ,com a cambada se fartando na roubalheira, so bomba atomica, e reiventa outro povo.rsrsr

    So sai este governo de corruptos e ladroes se o povo for para rua e botar para quebrar,nao afianta ir rezando padre nosso que eles estao se lixando , nao dao a minima para lei nenhuma, debocham da populacao dia e noite.

    O esspetaculo de baixaria na CMO ontem , inclusive impedindo que populares pudessem assistir a sessao, por serem contrarios a manobra inconstitucional do governo, foi deprimente
    o congresso e a casa do povo e nao podem impedir as pessoas de assistirem as sessoes, que que isso ,!!!

  3. Luciano, infelizmente algo nada bom vem acontecendo, os movimentos não estão divididos apenas em 2 grupos (os q defendem uma ação democrática e os q defendem a intervenção) , mas (pelo menos por ora) em 3. Recentemente os dois grupos democráticos, com praticamente a mesma agenda, estão divididos. Um anuncia a marcha para este sábado 29/11 e o outro para o outro sábado 06/12. Ocorre que nesse dia tb está prevista a marcha dos que defendem a intervenção militar, só q cada para um lado. E eu pergunto: Pode???!!!

    • Eu acho que estava na hora de dividir movimentos já.

      Deixa o pessoal do Revoltados On Line com as duas demandas deles e que outros foquem no que é factível.

      Essa outra da intervenção militar, o pessoal do MBL tem que se preparar bem.

      Abs,

      LH

      • Resumo da ópera, isso já tá parecendo o samba do crioulo doido, falta liderança nesse movimento. Falta um articulista político que agregue os vários movimentos e as massas…, sem isso, nada feito. Recentemente vendo o documentário ‘Tancredo, a travessia’, nota-se o importante papel da liderança de Tancredo Neves no movimento ‘Diretas Já’, Ele insuflou políticos, movimentos e massas, afinados num só discurso e deu no que deu, sucesso absoluto. Hoje em meio a tanto tiroteio de demandas, falta exatamente isso: liderança.

  4. Bom,escrevi esse comentário em outro post,mas acho que ele é mais adequado para esse.Então lá vai.

    “Luciano,não digo que a apuração secreta seria motivo mara impeachment,mas sim para anulação das eleições.Quanto ao impeachment,se não existe no momento nenhuma ação nesse sentido,então as manifestações nas ruas deveriam cobrar da oposição no congresso essa ação.

    Recentemente o senador aloysio nunes disse,em entrevista a TVeja que o crime de responsabilidade fiscal cometido por Dilma abre caminho para o impeachment.

    Você diz que é necessário esperar um motivo maior para pedir o impeachment,mas se esse motivo não chegar?E se por algum motivo as provas de que Dilma e Lula sabiam da roubalheira na Petrobras não aparecerem?seja pela morte de Alberto Youssef,seja por destruição das provas.Não quero ser pessimista,mas temos que pensar no imprevisível.

    E um pedido de impeachment por ela saber do esquema do petrolão também não poderia ser arquivado?”

    • Guilherme,

      Mas essa é a diferença estratégica.

      Enquanto estamos buscando “motivos para impeachment”, o governo já mudou a lei da LDO junto ao Congresso (e vai vencer essa). Ou seja, eles anularam o motivo para impeachment.

      A direita não entendeu ainda que o governo está disputando outras posições. Mas, enfim… vamos acompanhar os próximos capítulos.

      Que 2015 comece logo…

      Abs,

      LH

  5. A oposição ao governo corrupto tem um exemplo de ações a serem adotadas para expulsar os lularápios do planalto: o comportamento do próprio PT por ocasião do impedimento do Collor.

    1- antes de qualquer denúncia contra o Collor, setores do PT, ainda que não apoiados pela direção, já gritavam “Fora Collor” por conta da política econômica;
    2- após a reportagem do Pedro Collor na VEJA, o PT passou a cobrar abertamente a renúncia do Collor e mobilizou a sua bancada a favor de uma CPI, tendo em vista o acúmulo de força para o pedido do impedimento. Junto à sociedade, começou a coletar assinaturas em abaixo-assinados pro impedimento;
    3- quando descobriu-se os depósitos de PC Farias na conta da secretária do Collor e, principalmente, o uso de dinheiro vindo do exterior (Uruguai) para pagar contas da eleição, a campanha pelo “impeachment” já estava bombando e o processo POLÍTICO tornou-se irreversível.

    Ou seja, o PT não aguardou “provas contundentes”; o foco, desde o início, era o afastamento do Collor, via renúncia ou processo. E, mais importante, o PT não agiu CONTRA os “extremistas” que gritavam “Fora Collor”.

    Há uma preocupação dos “democratas” em criticar os “intervencionistas”, os “impedimentistas” e os “anuladores da eleição”. Para eles, se o cidadão sai com a placa “Intervenção Militar”, é golpista; se a placa é “Fora Dilma”, é extremista; se é “Impeachment”, tá ajudando o PT; se for “Eleição Fraudulenta”, tá maluco. Ou seja, daqui a pouco não restará uma só reivindicação válida e deveremos confiar nas instituições ou aguardar 2018. Esse erro já foi cometido em 2005 e, por conta da cumplicidade do FHC, do Aécio e outras “lideranças”, estamos marchando para o sócio-fascismo petista.

    Todos estes movimentos pacíficos são legítimos, com a finalidade de pressionar as autoridades (justiça, pf, mpf e os cagalhões do psdb) na investigação transparente dos vários desmandos petistas. A única certeza aqui é que sem pressão, tudo vira uma pizza gigantesca (o próprio psdb fez acordo com o pt na cpmi do petrolão e o Aécio tomou chá de sumiço). A única coisa que favorece o PT são picuinhas públicas entre os seus opositores.

    • Eu sei, Policarpo,

      Mas aqui temos um detalhe adicional. O PT tem outras prioridades que anulariam a meta de fazer esse processo por impeachment. Ex: censura de mídia, decreto 8243, etc.

      Enquanto nós lutamos lutas passadas, eles lutam lutas novas, e nessas, as mais importantes do momento, eles vão obtendo resultados.

      Pensar em impeachment como a prioridade número 1 é o erro estratégico mais perigoso que podemos cometer.

      Abs,

      LH

    • A estratégia do PT na época era fazer o máximo de barulho com uma bancada diminuta. O PSDB e aliados na oposição vão ter um número considerável e devem procurar fazer do segundo mandato de Dilma um “pato manco”. Ajuda o fato do PMDB estar rachado. É possível que alguns setores insatisfeitos do PT se desfiliem e ajudem a oposição, o que seria estratégico no caso de pessoas ligadas a movimentos sociais.

  6. Penso o seguinte: O David Horowitz, escrevendo sobre o porquê do impeachment do Clinton não ter saído disse que foi culpa da inércia do Partido Republicano, que não conseguiu dar ênfase suficiente ao erro do mesmo.

    Não sei exatamente como seria a aplicação desse princípio aqui, porém é certo de que isso não pode partir apenas do povo, porém é necessário uma força política, ou melhor, políticos da oposição que se juntem para forçar o impeachment, porém, a pergunta a se fazer é: Qual o interesse e poder dessa gente? Qual é a sua influência? Nós tivemos aquele Deputado que fez um discurso inflamado pedindo e protocolando o pedido de Impeachment, porém qual foi o interesse da oposição nisso? A verdade é que nem mesmo o PT, na época que rolou a suposta compra de votos para aprovar a Lei da Reeleição por parte do FHC, ficou à favor do pedido de impeachment, eles foram pra rua para forçar uma renúncia, aquilo foi um baque no governo dele, porém ele não teve a mesma malandragem do PT em colocar a pecha de golpistas nos que pediam sua renúncia.

  7. Bom Luciano, é a velha e já conhecida falta de astúcia política da direita.
    Coloque ingenuidade política com seguidores quase fanáticos de um pensador que pronto!
    A falta de experiência na luta política justifica um pouco isso. Afinal quantos destes lêem seu site ou similares? Quantos possuem uma real noção de ocupar espaços na mídia, universidades, etc…
    Andar para trás é só uma consequência da falta de percepção de como as coisas realmente acontecem.

    Se o pessoal que pede impeachment fosse confrontado por um opositor com um minímo de malícia e conhecimento, a realidade é que a maioria ficaria sem palavras após a terceira ou quarta pergunta.

    Ótimas demandas acabam sendo encobertas por falta de experiência.

  8. Com o Congresso e o STF que temos ai, passando o trator por cima da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Constituição, esqueçam essa historia de impeachment… Já estamos vivendo o regime bolivariano. Povo nas ruas já.

  9. Luciano, quais são, atualmente (2014), os países latino-americanos não governados por membros do Foro de SP??? Paraguai, Honduras, México, Panamá, Guatemala, Costa Rica estão??? O PRI (Partido Revolucionario Institucional-Mexico) segue o foro??? E, futuramente, você acha que o Chile ( nas eleições de 2018 ou 2022) poderá sair do Foro, já que, entre 2010-2014, a sua presidência foi ocupada pelo presidente Sebastian Pinera, que é de centro-direita e não era do Foro de SP.E a Argentina poderá livrar-se do FSP em 2015??? Eu vi todos os partidos membros do foro, e o Partido Justicialista da Argentina não está, mas a Kirchner segue a agenda do FSP. Isso também acontece na Colômbia. O atual presidente Santos segue o FSP, mas seu partido não está na lista.
    Obrigado.

  10. O governo usa de toda a sua artimanha. Comprou os deputados com a liberação de emendas individuais e a cessão de ministérios e jogou a disputa política que busca burlar a lei de responsabilidade fiscal para o Congresso, ou seja, tirou o corpo fora. A oposição buscará a via judicial com a tese de que a lei de responsabilidade fiscal foi descumprida. A luta no Congresso está perdida. O governo por sua vez já sinaliza com a indicação de um Ministro da Fazenda Ortodoxo que fará uma política fiscal austera em 2015. Se o povo clamar nas ruas por responsabilidade fiscal, melhor ainda para ele, porque é o que o governo irá fazer pelas circunstâncias que já lhe obrigam. Por outro lado, já sinaliza aumentar os impostos. É manobra, atrás de manobra.

  11. É verdade, por um lado pedir a anulação das eleições já parte do pressuposto que está tudo comprovado, o mais sensato é pedir por uma auditoria das urnas. Mas também vamos combinar que o Collor caiu por muito menos, eles mesmos já pediram para o FHC sair, e hoje eles estão perdendo a militância, que os ajudou a derrubar o Collor.

    Temos que lutar em múltiplas frentes, ao mesmo tempo em que ocorre o combate à regulação da mídia, tem de ser feita pressão sobre anunciantes para que eles parem de financiar programas governistas como o CQC, caso contrário eles serão sumariamente boicotados, junto da mídia chapa branca. Esse tipo de gente só vai acordar mesmo quando doer no bolso. O modo que a audiência do CQC despencou é a prova viva disso, as pessoas subestimam o poder de uma sociedade organizada.

    • No Rio, por ainda muito menos, o Pezão (governador) pode estar prestes a ser cassado, aí logo aqui venho ouvir q não tem claras evidências favoráveis ao impeachment não só de Dilma, mas o fim do PT? Tá de brincadeira! Se isto ainda não está em pauta é pq os q tem bala na agulha estão quietos. Por que o povo já faz a pressão que deve ser feita, já cobra o suficiente e nada acontece!

      • Entendo que sim, porém o questionamento é dizer que não há evidências, é claro que há, vc diria que não há evidência nenhuma para o impeachment? Iria me surpreender bastante se disser que não. Provas é que precisam ser levantadas, dessas claras evidências indicadas por todos aí. Quanto ao Foro fica ainda mais fácil encontrar as tais evidências diretas com investigações, basta quem tem o mínimo de poder político começar a agir. Infelizmente os Bolsonaros da política ficam falando e falando sozinhos, não tem apoio de ninguém dessa suposta oposição morta!

    • No meu entendimento, a própria Constituição já diz que a família é formada pela união entre um homem e uma mulher. O problema é que o STF resolveu declarar que casamentos gays estão legalizados, passando uma ordem pro CNJ exigindo que os cartórios aceitem homologar qualquer casamento homossexual. Foi uma medida claramente ilegal, mas infelizmente o STF tem essa mania de passar por cima da lei. Eles se acham no direito, quando estão com vontade, de declarar a própria Constituição como inconstitucional.

      Com esse projeto da notícia, já prevejo ongueiros e coletivos esquerdistas lotando a sala do Congresso e fazendo a maior baderna lá dentro pra atrapalhar as sessões.

  12. Pessoal de Brasilia,que puder ir para o Congresso na terca feira, e fazer barulho contra a PLN 36/2014, (a que altera a LDO e que foi barrada hoje pela oposicao)
    Os valentes oposicionistas estao la lutando , o povo tem que ir junto , o governo e maioria nas duas casas,!
    O pessoal das manifestacoes em vez de divergirem por pouco, se juntem numa caravana, quanto mais gente melhor!
    barrando esta excrecencia, a doida cai na lei de responsabilidade fiscal, ai da impeachment.
    Encham os emails dis congressistas!

    Bora pra Brasilia gente!
    a luta continua, FORA dilma, FORA canalhas petista e satelites vermelhistas!
    traidores da patria! Ladroes!

  13. O abuso de poder para usar os Correios para campanha gratuita e sabotagem da oposição não se enquadra na lei do impeachment? Lembro de ter lido que o TSE comprovou que isso aconteceu.

    E estou aqui só aguardando a PF pegar a DIlma na Operação Lava-Jato. Já vão começar quebrando o sigilo do tesoureiro do PT e aí a casa vai cair.

  14. Luciano,

    Sobre esses motivos elencados para pedido de impeachment: você os considera mais fracos do que aquele que levou ao impeachment do Collor? Qual seria um motivo forte o bastante na sua opinião?

    • Algo como contas no exterior em nome de Dilma recebendo dinheiro. As provas do uso do dinheiro da Petrobrás na campanha do PT.

      Esses dois seriam motivos fortes, mas com PROVAS. Ainda estamos na fase das delações (que a meu ver estão demorando muito).

      Abs,

      LH

  15. Luciano, desculpe, mas você também està entrando no jogo deles.
    Sabe o que falta na nossa luta?
    PAIXÃO E EMOÇÃO!
    Racionalismo nunca ganhou guerra nenhuma, se Churchill não tivesse apelado à emoção, Hitler teria ganhado a guerra.
    E para o povão simples, a emoção está na coisa simples.
    Temos que começar a berrar coisas simples, como DILMA MENTIROSA!
    MENTIROSA! MENTIROSA!
    AÍ quando alguém objetar, o caso fica simples – é só perguntar “você tolera que seu filho, seu marido ou sua mulher minta pra você”?
    E ISSO funciona.
    Outra coisa que funciona, e essa quem me deu a dica foi um rapaz pobre, trabalhador que rala 15 horas por dia e vive na favela.
    Ele veio com tudo: “COMO PODE esse povo apoiar um bando de bandidos? O PT é cúmplice do PCC e o PCC já matou um monte de gente no meu bairro”.
    E me disse que a vizinhança toda está se agitando, pois ISSO eles compreendem e não toleram!
    E, atenção – isso FOI PROVADO E COMPROVADO! O Padilha tem foto com a turma do PCC.
    As palavras de ordem São:
    1-QUEM GOSTA DE MENTIROSO É CORNO MANSO
    E
    2-PT AMIGO DO PCC QUER ACABAR COM VOCÊ!
    Essas vieram DIRETO da parte do povão trabalhador que rala pra manter sua casinha mesmo na favela e não invade a propriedade alheia.
    É melhor a direita descer do salto alto e OUVIR A VOZ DAQUELES QUE MORAM EM FAVELA PORQUE INSISTEM EM SER CORRETOS E PAGAM SEUS IMPOSTOS!
    Escutemos a voz do povo, pelo amor de Deus! E quanto mais simples e emocional, melhor!

    • Perfeito!!!
      Sou obrigado a concordar com você!

      Completo que, o caso dos correios,
      é sim motivo para impeachment, era para ela,
      mesmo não sendo ela, e tendo provas que ela mandou!
      E ainda assim,
      relembro sobre Lei de Responsabilidade Fiscal,
      esta é mais que clara, que será onde Dilma cairá…
      porém só se a oposição bater de frente,
      coisa que desconfio,
      e muito….

  16. O presidente gastar mais do que autorizado pelo congresso nacional é um caso clássico de impeachment. Ninguém está inventando nada. Só a tentativa de alterar a LDO depois de aprovada já é motivo para impeachment.

    O problema é que o mesmo congresso que está cogitando alterar a referida lei é o que decidirá sobre o impeachment.

    Esse seu artigo não abordou o essencial, que é o desequilíbrio nas forças políticas.

    Motivos para impeachment existem de sobra. Não há é força política para tocar em frente.

Deixe uma resposta