Aécio fala da urgência na mobilização contra a Lei do Calote: “Não vamos nos dispersar”

29
66

aecio-neves

Aécio Neves disse o seguinte em seu Facebook há alguma horas:

Amigos, precisamos da mobilização de todos vocês para impedirmos uma violência contra o Brasil. A presidente da República está tentando modificar a Lei de Diretrizes Orçamentárias, porque não cumpriu a meta fiscal aprovada pelo Congresso. Como o governo não cumpriu a Lei, quer, com a sua maioria no Congresso, modificá-la. Além das graves consequências para o país, com essa iniciativa o governo dá um péssimo exemplo a todos os brasileiros.

Na prática, o governo está dizendo que não é preciso cumprir a Lei e que se você tiver força, sempre dá pra dar um jeitinho. Isso é muito grave. Nenhum governo pode se colocar acima da lei. Este projeto impacta na credibilidade do País, na geração de empregos e os investimentos vão embora. Quem paga a conta desse desgoverno é o cidadão brasileiro. Essa é a consequência perversa de um governo que priorizou as eleições e não o equilíbrio das contas públicas. Com o apoio de vocês, a oposição tem mais força para tentar impedir, como eu disse, essa violência contra o país.

Fiquem atentos: a votação do projeto de lei que busca alterar as metas fiscais do governo foi adiada para a próxima terça-feira, dia 2. Vamos nos mobilizar. Manifeste sua opinião nas redes sociais. Converse com seu parlamentar. Não vamos nos dispersar!

A mensagem é bem clara e focada: até o dia 02/12 há uma prioridade para todos nós. A prioridade é pressionar o Congresso a rejeitar a modificação da LDO, ou melhor, a Lei do Calote.

O governo deve se virar para arrumar a casa. Na hora de nos comunicarmos é preciso lembrar a urgência citada por Aécio Neves: “Este projeto impacta na credibilidade do País, na geração de empregos e os investimentos vão embora. Quem paga a conta desse desgoverno é o cidadão brasileiro.”

Nenhum pagador de impostos merece pagar a conta de um governo que não teve responsabilidade no trato com a coisa pública.

Todos os republicanos que tem se manifestado, especialmente pela Internet, agora tem um foco: pressionar o Congresso a rejeitar a Lei do Calote.

Nada de nos dispersarmos. E nada de perdermos o foco.

Anúncios

29 COMMENTS

  1. Tem que entupir a caixa de email dos caras. Só não mando pra Jandira, que além da perda de tempo, meu email vai direto para a KPT, a KGB do petê, do pecê do bê, do pessol, etc…

  2. Tá ai!!
    Agora não tem desculpa

    É uma boa pauta para aquele pessoal todo disperso, tanto os liberais/consevadores quanto os intervencionistas seguirem: protestos para impedir a mudança da LDO. De fato, essa turma não sabe se organizar. É pedir demais para gente tão nova na política.

    Mesmo sendo liberal estou até pensando em me filiar ao PSDB. Parece ser a única oposição formada que já aprendeu a ler e escrever quando o assunto é política. Infelizmente os demais ainda estão comendo cola (Luciano, bem que você poderia tentar algum contato com o Kim, o Paulo Batista, o Lobão, esses articuladores são bem intencionados, mas não tem norte algum!!)

    • Oi Erandur, você já conhece o partido novo? Partido ainda em fase de formação e sem politicos profissionais é uma esperança para os liberais e mesmo conservadores.

      Esperança tem que ser bem fundamentada, caso contrário será ingenuidade política.

      http://www.novo.org.br

      • O novo ainda está mais para uma idéia, que se cultivada pode vingarno longo-medio prazo, mas ainda não é uma oposição de fato. As únicas alternativas de quem quer bater de frente com o PT hoje é o PSDB, ou no maximo os Democratas.

        Mas o novo tem todo o meu apoio!

    • Entrei nas páginas de Facebook do PSDB, da Juventude PSDB e do Tucano PSDB (diretório de São Paulo) esperando encontrar pessoas se mobilizando e organizando passeatas. Só o que vi lá foi uma turminha bradando contra o PT e o Foro de São Paulo nos comentários (~bocejos~) e postando figuras sem-graça chamando os eleitores dilmistas de burros. Mas será que não há em nenhuma dessas páginas pessoas que sejam não só anti-PT mas também pró-PSDB? Eles é quem deveriam estar nas ruas no próximo fim de semana, e não aqueles doidos do Revoltados ON LINE.

  3. Por acaso a direita, que o senador Aécio renegou, está incluída no seu “não vamos nos dispersar”?

    O PSDB está fazendo algo de concreto para ajudar a mobilizar a parcela antiPT da sociedade ou quer se aproveitar do esforço alheio para obter ganhos políticos?

    Para barrar o avanço da agenda facista-sucialista do PT e seus sabujos é preciso representação partidária, mas as lideranças do PSDB não são confiáveis. Principalmente o FHC, o primeiro socialista declarado a eleger-se presidente (mas não pelo seu ideário), que cometeu crime de lesa-pátria ao golpear a CF88, comprando a aprovação da reeleição, para avançar a agenda socialista no Brasil. Se a direita quiser aliar-se a um núcleo parlamentar, melhor buscar setores do DEM, como Ronaldo Caiado e Onyx Lorenzoni.

    • O DEM e o PSDB são sempre aliados, inclusive DEM é muitas veses é vice do PSDB.
      A idéia de reeleição não foi proposital.
      Inclusive a reeleição nem de perto é um problema, é um espantalho criado.

      • FHC é socialista de origem marxista que, após o fracasso do socialismo ‘real’, migrou para o socialismo fabiano (cuja estratégia de avançar passo a passo, simbolizada por uma tartaruga, é anterior ao gramscismo). Tudo que os socialistas fazem é proposital, Lembro que os PNDH I e II, a Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos (1o passo da bolsa ditadura), Comissão de Anistia (2o passo da bolsa ditadura), Lei da Bolsa Ditadura, o começo das políticas racistas e várias outras medidas esquerdizantes foram tomadas noS governoS do FHC. No Brasil, onde o executivo é muito forte, a reeleição é um problema: permite que governantes desonestos usem e abusem do seu poder em benefício próprio (é o que vem fazendo o partido dos trapaceiros, desde que chegou ao planalto).

  4. Esta seria uma boa hora para a militância do PSDB/DEM acordar e se manifestar. Não é possível que eles não consigam reunir, sei lá, 300 ou 400 pessoas na rua para protestar em prol de seus partidos. Digo isso porque o que a oposição precisa agora é de apoio e muita cobrança aliada, coisa que não virá nem dos Revoltados ON LINE e nem de qualquer movimento de rua apartidário.

    Outra coisa: precisamos que todo mundo, mas sobretudo os militantes do PSDB/DEM, comecem a puxar a orelha desse suposto “líder da oposição” que vive faltando a sessões do Senado. Se Aécio pretende mesmo ficar só no discurso da “oposição incansável” sem usar o poder de 51 milhões de votos para mostrar a que veio, então que ele renuncie de uma vez e dê lugar a um líder de verdade. Fale o que quiser sobre Aloysio Nunes — pelo menos ele está fazendo uma oposição de verdade e colocando o pé na lama, tanto é que compareceu a uma passeata cheia desses intervencionistas lunáticos apesar do alto custo político de se associar com “golpistas”.

    Enfim, Aécio periga perder o bonde da história e deixar que a indignação de seus eleitores disperse. Ou ele pára de agir feito o playboyzinho mimado que os petistas sempre disseram que ele era, ou ele pede desculpas pela moleza até aqui e vai para a trincheira. Caso contrário, vai fazer jus à descrição que o historiador Marco Antonio Villa fez dele: um nada político que só presta pra ser a oposição que todo mundo quer ter — aquela que nunca se opõe a nada.

  5. Luciano, você viu o deputado reeleito tendo um rolo compressor passado por um coletivo não-eleito?

    http://www.youtube.com/watch?v=_-Z-EPGpbnk

    Sim, isso mesmo que você viu: o também professor universitário Jean Wyllys involuntariamente nos deu uma aula de como o marxismo-humanismo-neoateísmo pode ser usado para combater o próprio marxismo-humanismo-neoateísmo. Também tivemos uma aula de polilogismo das boas, com o pessoal dizendo que ele fez uma “fala branca”, além de termos visto que o pessoal de tal plateia está com um tom de ódio na voz muito parecido com o daquele vídeo da Renajune.
    O que acho interessante de ver no vídeo em que o ex-BBB sente um pouco do que sentiu Clodovil ao ser vaiado por militantes gays é também o quanto que esses caras da plateia parecem falar de maneira robotizada, como se fossem uma voz sintetizada que lê algo que não é deles (e que marxistas-humanistas-neoateístas diriam ser a verdadeira consciência deles). Quando comparo com as pessoas comuns de ancestralidade africana que conheço e travo contato cotidiano (assim como outros aqui poderiam dizer o mesmo), vejo cada vez mais que esse pessoal que diz representá-las de fato só representa mesmo o coletivo não-eleito, em vez do todo das pessoas. Não vemos aí nem um pouco daquele incrível clima acolhedor que sempre vi em qualquer lugar com cultura africanizada, em que todos se sentem à vontade e como se fossem uma grande família. O tal recinto do vídeo tem um clima pesado, de disputa de egos inflados, situação em que você precisa ficar pensando em cada vírgula que vai soltar, sob pena de deixar cair na água uma gota de sangue que vai atrair um cardume de tubarões famintos.

  6. Não seria mais eficiente pressionarmos diretamente os organizadores das manifestações a direcionar as críticas diretamente aos Deputados e Senadores do PMDB??!

    Pela minha pouca experiência eu acredito que toda a artilharia deveria estar apontada para os parlamentares do PMDB, especialmente para o Eduardo Cunha que quer ser Presidente da Câmara. Seria interessante focar nas suas bases políticas no Rio de Janeiro, como ele mesmo declara aqui nessa entrevista a jornalista Joice Hasselmann:

    http://veja.abril.com.br/multimidia/video/a-pouca-vergonha-do-balcao-de-negocios-entre-congresso-e-governo-tem-que-acabar-diz-cunha

    Pressionar 1 só Deputado que tem influência sobre outros tantos, é muito mais eficiente do que tentar pressionar difusamente todos os 513 de uma vez só, o que acha??

  7. Luciano em um exercício de imaginação, quantas pessoas na rua estaria se o PT fosse oposicao
    O Aecio e o PSDB acham que todos os que votaram nele sao pesedebistas
    O PSDB nao quer organizar passeatas, eles vao dizer que o apelo popular nao foi suficiente para barrar qualquer proposta negativa para o pais

  8. Só acho que estão colocando muita esperança em Aécio. Mas o fato é que o PSDB não faz oposição ao PT por questões ideológicas e Aécio tem que recorrer ao caciquismo em torno de si próprio para fazer oposição.

    Comparo a richa “PT x PSDB” como a luta entre bolcheviques e nazistas na 2ª Guerra, sendo que estes só ficaram em lados opostos por conta da cobiça do petróleo romeno.

    Por isso, devemos ser de oposição sem ser tucanos. Em outras palavras, alistemo-nos na Divisão Azul contra o bolchevismo, mas não nos tornemos nazistas e voluntários na Waffen-SS.

    • Marttt, entrevista interessante e ao mesmo tempo medonha ao ver o Boulos falar que “não existe Bolivarianismo… e antes fosse, seria bem melhor para a nação”… ou seja o cara realmente acha que a Venezuela, Bolivia, Argentina são sinais de um possível paraíso na terra. Ou seja o cara é um esquerdopata!

  9. Há um detalhe muito curioso, mas que me aborrece extremamente em comentários de blogs direitistas: uma perfeição sobre a oposição que não existe. Oras, se a oposição não faz, reclama, se faz, reclama também. Resolvam.

Deixe uma resposta