Que tal descobrir (e aniquilar) um truque de mágica que os petistas usam para “desligar” o cérebro da oposição e ganhar debates políticos sempre que quiserem?

21
50

lindbergh

Você gostaria de saber um dos principais segredos usados pelo PT para ganhar todos debates políticos, mesmo que tenham os piores argumentos em mãos? Pois bem, há um truque feito pela extrema-esquerda, que é quase um passe de mágica. Tenho visto isso sendo praticado por petistas em quantidade industrial nos últimos dias. E nesse momento, nesse exato momento, o cérebro dos oponentes entra em colapso. Daí eles ganham mais uma.

Os petistas estão agindo coordenados chamando Aécio Neves de “golpista”, “raivoso” e “pior que Bolsonaro”. Diante disso, surge a seguir pergunta: “o que se pode fazer?”. Uma coisa já podemos antecipar: a pior coisa a se fazer é deixar ataques desse nível sem resposta à altura.

A única regra para se lidar com bolivarianos se baseia em fazê-los pagar o preço por tudo que disserem. Mas tudo mesmo! Especialmente quando eles baixam definitivamente o nível. E este é o grande truque de mágica deles: fazer o cérebro do oponente colapsar ao baixar o nível, quando deveria ocorrer exatamente o oposto, ou seja, uma reação fulminante à baixaria.

Por exemplo, eu mostrei aqui o discurso de Lindbergh Farias, endossado por Dilma Rousseff. Ontem vimos Jandira Feghali simulando falso entendimento para jogar a Polícia do Senado contra manifestantes pacíficos.

Isso nos mostra que há um momento mágico para todo bolivariano: aquele no qual eles levam suas simulações e fingimentos para o nível da torpeza absoluta, quase sempre baixando o nível ao ponto de fazer a zona de baixo meretrício parecer uma festa de gala. E de repente, bum, eles aniquilam definitivamente o oponente, que desiste de responder à baixaria.

É nesse momento máximo, onde eles alcançam o cúmulo de sua capitalização política, que seus oponentes “travam” e deixam de respondê-los, exatamente no momento em que acabaram de receber um presente em mãos: a oportunidade pra rotular seu oponente nos termos mais fortes possíveis.

Estamos vendo esse fenômeno ontem e hoje o dia todo. Os petistas rotulam seus oponentes, ofendendo-os da maneira mais pérfida possível, lançando acusações não provadas (como exemplo, dizer que “o PSDB pagou os manifestantes”) e, em um passe de mágica, fazendo os adversários silenciarem.

E antes de dar risada (ou se indignar com os tucanos), saiba que a direita também é vítima deste fenômeno a todo momento.

O que fazer para fugir desta armadilha mental? Simples. Entenda cada menor bloco de discurso oponente, cada menor ação que fizerem, como oportunidades para rotulá-los nos termos mais fortes que você conseguir, sem, é claro, te causar constrangimentos legais. Não é para mandar ninguém tomar naquele lugar, mas bater onde dói em termos de rotulagens.

Quantas vezes Jandira Feghali foi chamada de hipócrita, cínica, golpista e fingida? Quantas vezes os petistas acusadores foram tratados com termos ainda mais fortes do que os que lançaram sobre os tucanos? Nenhuma vez.

É essa arte a ser desenvolvida: realmente entender que na guerra política o agressor geralmente prevalece. Mas já que provavelmente algo tão lógico ainda requeira exemplos, aqui vão exemplos de como se dialogar com eles:

P: É incrível que o PSDB tenha pago manifestantes.

T: O PT é um partido tão podre, tão imundo que nem lava a boca com sabão para atacar a honra, praticando crime de calúnia e difamação contra o PSDB e todos os manifestantes. Qualquer manifestante ofendido por essa escória pode processá-los por essa infâmia.

P: O candidato Aécio parece que não descobriu que perdeu as eleições, pois está “raivoso”.

T: O PT é tão cara de pau em sua forma de visão de ditadura, que acha que por vencer as eleições, aparelhando o estado e de forma canalha, deve silenciar os oponentes. Aqui ainda não é Cuba, onde oponentes de seus aliados são assassinados. Lá quem perde eleições, está morto. Aqui ainda vocês não podem fazer isso. Vão ter que aturar a oposição denunciando seus erros morais.

P: O PSDB é golpista por apoiar manifestações…

T: Na cabeça doente dessa gente apoiar manifestações democráticas é golpismo. Isso vindo de gente que quer censurar a mídia e agredir manifestantes, igual já se faz em Cuba e na Venezuela. Não projetem seu golpismo psicopático em democratas.

P: Foi por culpa dos discursos de Aécio que os manifestantes xingaram a deputada coitadinha Vanessa de “vagabunda”.

T: Um partido que precisa mentir fingindo que a expressão “vai pra Cuba” significa “vagabunda” mostra que está com caráter apodrecido. E os únicos que causaram violência foram os governistas, que mandaram agredir manifestantes. Eles realmente não tem medo de descer ao nível do esgoto.

E assim, sucessivamente, sem interrupção. Até um momento em que o shaming chegue a um ponto em que o petista descubra que não vale a pena agir de uma forma que faria os porcos vomitarem. Mas sem respostas nesse tom, os petistas vencem quando quiserem, do jeito que quiserem e, pior, os oponentes não entenderão nada do que aconteceu.

Eu não acho que é uma forma digna de se levar uma vida política seguir deixando que seus oponentes ganhem de você com um truque tão fácil de ser demolido.

Anúncios

21 COMMENTS

  1. Ótimas dicas Luciano!
    Se 1% da direita aprendesse isso, nossa senhora! esses vagabundos estariam pisando em ovos e com medo de abrir a boca para falar dos opositores.

  2. Pois é … o PT chama o PSDB de golpista e o PSDB ruge contra a “direita”. O mesmo ocorre no movimento antiPT, a mídia governista chama o Lobão de golpista e o Lobão chama os “intervencionistas” de golpistas.

    Para a quadrilha petista todos os seus adversários são golpistas. Pô! a própria presid’anta, abusando da autoridade do seu cargo, ousou chamar, impunemente, a oposição de golpista. A única linguagem que eles entendem é a do “se bater, vai levar”, por ex.:

    Petista: você é golpista
    AntiPT: você é a cafetina de Fidel Castro (explora o povo brasileiro para financiar a boa vida do ditador)

  3. O líder da oposição da Câmara, deputado Antonio Imbassahy, ficou listando todas as contradições da Dilma, mas faltou o mais importante: chamá-la de MENTIROSA e ESTELIONATÁRIA. Enquanto isso, os governistas colam na oposição as pechas de “golpistas”, “raivosos” e “maus perdedores” para todo mundo ouvir, sem medo de errar. Taí, pela enésima vez, mais uma faceta do problema apontado no texto: a auto-censura que a oposição impõe sobre si mesma.


    RESP

    É de dar nojo ver a quantidade de rótulos que os tucanos recebem e não retrucam. Mas isso não ocorre só com eles. Muitos da direita, nas redes sociais, agem da mesma forma.

  4. A última canalhice do Jô:

    http://www.agorams.com.br/jornal/2014/12/ameaca-de-impeachment-contra-dilma-esquenta-debate-no-jo/

    Segundo ele, um provável impeachment da Dilma seria golpe.Onde estava ele quando Collor sofreu impeachment?
    Ainda teve a cara-de-pau de defender a mudança da LDO..
    Felizmente eu não dou mais audiência para esse lixo e, ao que tudo indica, o programinha dele está indo ladeira abaixo.Vai ver já está se preparando para ter algum blog chapa-branca.

    • Que vá para esgotofera, blosta e seus assemelhados. O programa dele só empata do filme da madrugada começar mais cedo? Ainda tem filme da madrugada?

  5. Isso mesmo Luciano!

    Peça pro pessoal fazer esse esforço, o de andar na corda bamba, um tipo de malabarismo, sem se desequilibrar (tanto a polidez extrema quanto agressividade gratuita é munição pra canalhada), é necessário um equilíbrio entre agressividade e polidez.

    De um lado as bandeiras dos republicanos, o economês, o bom senso, as instituições, a legalidade, etc etc… e do outro… “é sangue nos óio véio”, é a contundência dos conservadores, como um Bolsonaro, um Ratinho, um Malafaia.

    Tudo isso, claro, tendo em mente que o politicamente correto só policia o nosso lado, a esquerda pode recordar saudosamente os fuzilamentos Castristas, a gente não pode sequer questioná-la legalmente em razão dos escândalos de corrupção e da visível demolição proposital das instituições republicanas por ela promovida.

    PTralhada, cambada de irresponsáveis. Compram o Congresso. Aparelham a Justiça. Censuram a Mídia. Tem de esfregar isso na cara deles (e com frases fabricadas, como instrumentos multiuso, fáceis de manipular, ao estilo canivete suíço):

    BANDO DE GENTE INCOMPETENTE! BANDO DE MENSALEIROS! VÃO PRO RAIO QUE O PARTA! PODRÕES! CANALHADA CORRUPTA! PARTIDO ESGOTO! BABA OVO DO FIDEL!

    sugiro: Luciano, seria bom se houvesse uma lista de frames/carimbaços, que não escorreguem na casca de banana do politicamente correto policiado pela legislação PTralha. Não acha?

    falou guerreiro!

  6. Muito bom. Principalmente a parte dos contra-argumentos.

    Para você, Luciano as coisas talvez sejam muito óbvias, o que talvez não seja o caso de todos. Pelo menos não é o meu caso, e exemplos, como os que você coloca aqui, sempre são úteis para passar o ponto que você quer ressaltar.

  7. Ontem, eu perguntei a um colega de trabalho se ele gostaria de ser escravo? Ele respondeu que não. Oh! Ele não quer ser escravo, mas não tem a menor ideia que defendendo a roubalheira na Petrobrás, caminha para os grilhões. O fato de sempre ter havido roubalheira em todos os governos cega o povão. Eles não têm a menor ideia que esses roubos tem como objetivo desgraçar a vida do cidadão comum. Não se informam, repetem os slogans e acusações do governo como um bando de idiotas e acham que estão abafando. Lembrei que Cuba sofreu um golpe comunista há mais de 50 anos e até hoje está sob os pés dos irmãos Castro. Ele concordou que isso é ruim, mas não consegue juntar o lé com o cré. Por exemplo, pensa que Maduro é melhor que Chavez. Ô coitado. O grande problema é que a educação precária no Brasil produz verdadeiros rombos lógicos na cabeça das pessoas. Elas têm dificuldade de linkar as informações. Eu desisti dele por algum tempo. Tenho que traçar uma estratégia para informa-lo e convencê-lo de que o Brasil caminha para uma ditadura das piores.

    RESP

    Posso publicar esse conteúdo em um post, respondendo-o? Minha sugestão: desistir de seu amigo.

      • É por isso que eu sigo uma grande dica que o Olavo começou a propagar e o Luciano a faz valer com maestria: Não adianta argumentar com esses caras, tem que humilhá-los, expô-los ao ridículo, acabar com a moral deles para falar sobre o assunto. É a regra de Lênin e Alinsky sendo usada à nosso favor, acho válido, porém só com as pessoas certas, pra você não perder o ambiente de trabalho, ou família.

  8. Eu tenho neutralizado facilmente esses ataques mostrando que o PT fazia pior, inclusive teve um cara que zuou a manifestação de dia 6 e eu disse: Pois é, só mesmo o PT consegue fazer um golpismo profissional. Já que ele tinha dito que só iriam 15 pessoas, e no Fora FHC foram 75 mil (isso o que a Folha disse na época). Aí ele quis usar o truque do “A-há! Pego no flagra.” Aí eu falei: Então cara, o teu partido (acho importante SEMPRE frisar que é o Partido da pessoa que defende, assim como eles fazem chamando de quem defende o PSDB de tucano, e, a partir disso, tudo o que o Partido faz é jogado contra a argumentação dele) diz que 15 “golpistas” são preocupantes, sendo que eles tentaram um golpe com 75 mil pessoas, sendo que 75 mil golpistas fazem muito mais barulho que 15″, aí ele viu que tinha se enrolado e começou a se explicar, e, como nós sabemos, quem está na defensiva perde, e ele perdeu, mais uma vez, eu sempre humilho esse cara, ele é petralha fanático, daqueles que acreditam que Cuba é um paraíso na terra, aí fica fácil acabar com a argumentação dele.

    A era pós-Luciano (rsrsrsrs) tem sido uma era boa para os direitistas, já que nunca foi tão fácil massacrar a esquerda. Mesmo quando você não conhece muito do assunto, fica fácil capitalizar em cima dos erros deles, uma vez que eles são os que afirmam sempre estar do lado do povo, dos trabalhadores, dos pobres, aí é só destruir eles através do próprio livro de regras deles, mostrando que eles não estão naquela posição, apenas fingem estar ali, e, quando vocês os arranca daquela posição confortável, eles geralmente perdem a cabeça e te mandam tomar no cu, já que não conseguem lidar com alguém que os desmascara.

  9. Assisti ate 1 e meia da manha, a oposicao foi muito aguerrida e lutou com todas as armas.
    O pessoal dos 750mil, os vendilhoes do templo, nao arredaram pe, tambem ne?quem pode ter consciencia com uma grana dessas no bolso?
    anotem os nomes deles, podem ter certeza que estao na lista dos “dezenas”do PRC.
    Nao desanimem ,vao ser todos pegos!

    Parabens Oposicao, me senti orgulhosa e representada
    Parabens aos corajosos brasileiros que foram para a porta do Congresso protestar!
    Precisamos de mais gente como voces!

    pressao, pressao, pressao!
    pras ruas , pras ruas , pras ruas.

    cadeia para is petistas comunistas bolivarianos vigaristas ladroes do Brasil

    cadeia para quadrilha dos 750 mil!

  10. É isso aí. Olavo de Carvalho mandou essa:

    “Mais importante do que tirar a Dilma da presidência é expulsar os comunistas da sua escola, da sua igreja, da sua sociedade de bairro, do seu clube. Isso não depende de grandes mobilizações, depende só da coragem e iniciativa de cada um. Isso não é nem política: é dever pessoal. Denuncie cada filho da puta, atire na cara dele, em público, todo o mal que ele representa e personifica. Recuse-lhe amizade, tolerância ou respeito, mesmo em pensamento. Esses canalhas vivem da generosidade das suas vítimas.”
    (http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/15568-2014-12-03-15-09-32.html)

Deixe uma resposta