Carlos Sampaio trata os truques de Rui Falcão (ameaçando “processo”) da forma adequada

2
73

carlossampaio

Como sempre ocorre nesses casos, após Aécio Neves ter dito que perdeu a eleição para uma “organização criminosa”, o presidente do PT, Rui Falcão, fez sua típica encenação de ferocidade dizendo que iria “processar” Aécio Neves. Eis que Carlos Sampaio, coordenador jurídico do PSDB, trata o truque de Falcão nos termos devidos, conforme o site do PSDB. Veja a nota:

As declarações do presidente do PT, Rui Falcão, de que interpelará Aécio Neves, nos leva a crer que seu partido terá que fazer, nos próximos meses, uma quantidade incontável de interpelações, pois, a cada dia, mais e mais vozes se levantam para reconhecer que foi instalada uma quadrilha criminosa na Petrobras durante os governos de Lula e Dilma.

Poderia começar interpelando agentes e delegados da Polícia Federal que definiram o grupo nomeado para dirigir a Petrobras como uma verdadeira “organização criminosa”. Em seguida, poderia interpelar o ministro do Superior Tribunal de Justiça Félix Fischer, que afirmou que o Brasil nunca viveu “tamanha roubalheira”. Poderia, ainda, interpelar o ministro Newton Trisotto, também do STJ, que afirmou ser a corrupção brasileira “uma das maiores vergonhas da humanidade”.

Por fim, poderia interpelar o procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, que considera já comprovada a engrenagem que movimentou o esquema de corrupção da Petrobras.

A verdade é que o Brasil já sabe que sua maior empresa, a Petrobras, foi utilizada em benefício de partidos políticos, por meio de um esquema de desvio de recursos públicos. As delações premiadas de alguns dos membros do esquema revelam que há indícios sérios de que o dinheiro desviado da Petrobras foi utilizado em favor de campanhas eleitorais de diversos partidos da base de Dilma Rousseff. Foi essa a realidade que o PSDB enfrentou nas eleições.

Essa verdade é inegável, inexistindo qualquer outro esclarecimento necessário a quem quer que seja. Os fatos são notórios, o que demonstra a ineficácia da interpelação que o presidente do PT, Rui Falcão, promete fazer.

Não nos preocupam acusações infundadas ou interpelações do PT. Não é o nosso partido que tem um histórico de tratar como heróis os criminosos presos que desviaram dinheiro público. Não foi o presidente nacional do nosso partido quem puxou palmas, no último fim de semana, para um tesoureiro acusado de se beneficiar do esquema de corrupção da Petrobras. Portanto, não somos nós, o PSDB, que devemos explicações ao país.

Carlos Sampaio
Coordenador jurídico do PSDB

Agora é só fazer o teste e esfregar isso na fuça dos petistas para vê-los trocar de assunto. Sempre que alguém não cai na intimidação dessa gente, eles procuram outros (e outras situações) para ver se caem em seus truques.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Esse Rui Falcão é um rapina, ou melhor, rapina não, pois as aves de rapina têm altivez; Rui Falcão é um rato, um mero roedor. Rato, chefe de quadrilha, pulhastro e um afetado repulsivo com seu fingimento psicopático. Esse canalha anunciou um documento em que diz que qualquer filiado envolvido comprovadamente em escândalos de corrupção seria expulso do partido, “MÃS”, como diria o Ronald Golias, o texto não prevê em que momento isso deve acontecer, e a versão original estabelecia que a expulsão seria imediata, mas essa palavra foi retirada da versão aprovada. Ele deve ter se tocado que se se expulsasse os corruptos do partido o partido decerto se auto-extinguiria. Venha me interpelar, Rui Falcão, seu rato!

Deixe uma resposta