Um momento de decisão para os Revoltados On Line?

4
80

revoltadosonline

Ontem acompanhei um vídeo muito interessante (mas desagradável), em termos didáticos, no qual um deputado do PT fazia os ataques mais duros possíveis a Marcello Reis e o pessoal do Revoltados On Line.

Na política, a rotulagem deve ser vista como o ato de se colar uma série de símbolos negativos em seus oponentes, assim como símbolos positivos a si próprio. Neste caso, o objetivo do deputado petista era excluir o opositor do debate.

Para o PT, os rótulos lançados sobre o adversário sempre são extremamente agressivos, incluindo “nazista”, “fascista”, “agressor de gays” e “preconceituoso contra nordestinos”. Além, é claro, do rótulo “organização criminosa”.

Embora eu siga criticando o pessoal do Revoltados On Line por suas demandas pouco factíveis (o mesmo não pode ser dito da excelente ação política de protesto contra a Lei do Calote), é evidente que o petista mentiu em escala épica.

Veja o vídeo:

Mesmo sendo baseado somente em mentiras, a ideia do petista era estrategicamente compreensível: ele queria neutralizar a manifestação e reduzir o capital político dos opositores em geral. Em seguida, após rotular de tal forma os manifestantes, ele tiraria legitimidade de qualquer um que criticasse a violência petista contra a manifestação. Como sempre, eles não dão ponto sem nó.

Neste momento, vi um outro vídeo onde uma garota (provavelmente participante do Revoltados On Line, ou apenas frequentadora da página) assistia a todo o show de rotulagens do petista. A cada 5 ou 10 segundos, ela usava uma expressão de espanto e demonstrava sua revolta. Isto é, ela estava no meio de um campo de batalha e mostrava-se indignada ao ver tiros surgindo do outro lado, quando na verdade deveria já estar preparada para esses ataques e pronta para revidá-los.

Este é um dos maiores e mais urgentes problemas para toda a direita. É nesse ponto que digo que precisamos fazer uma reforma de nossa estrutura mental. É inadmissível que tenhamos reações de espanto diante de petistas fazendo baixarias. A mente de um soldado não pode entrar em pânico ao ver tiros em uma guerra. A mente desse soldado deveria estar preparada para o exato oposto: os tiros são esperados e a ação ofensiva deve estar engatilhada para atingir quem está atirando em você.

Precisamos superar a reação de negar o fato de que política é uma guerra. Se fizermos essa superação, aos poucos conseguiremos melhorar nossa cognição política. O fato é que não falamos mais de “manifestações”, mas de guerra política.

Os petistas estão cientes disso e, para eles, a rotulagem é levada ao nível do absurdo. Mas eles só fazem isso com tanta proficiência por que seus adversários “travam” nesse exato momento. É quando eles adquirem um poder devastador, que se baseia na internalização do conceito de que “na guerra política o agressor geralmente prevalece”.

Tenha certeza de que eles agiriam de outra forma se vocês internalizarem esse tipo de conceito da mesma forma. Eles voltariam latindo para suas casinhas se a cada 10 rotulagens deles, vocês retornassem com 20.

O mais grotesco é que a posição em que o PT se colocou, após ter feito todos esses ataques, é de vulnerabilidade, pois o discurso de qualquer petista sobre as manifestações na Câmara abre várias oportunidades de processo contra eles.

Como exemplo, a frase dizendo existir “manifestantes pagos pelo PSDB” deveria resultar em ações por calúnia e difamação, além de danos morais. Quando o petista lança sobre seus oponentes epítetos como “nazista”, “homofóbico”, “racista’ e “anti-nordestino” abre no mínimo oportunidades para quatro processos. Devemos lembrar que um processo também é uma forma de ataque.

Como dica adicional, sugiro o uso de rótulos adequados, que não deem margem a processo do oponente contra você. Mas se os rótulos do oponente dão margem a um processo lançado por você, a oportunidade não pode ser desperdiçada. Se você tomar esse cuidado, não tenha medo: leve a rotulagem pejorativa do oponente ao extremo, sempre buscando atingir os pontos mais doloridos para eles.

Não se deve economizar no uso de termos como “golpista”, “anti-democrático”, “fascista”, “ditador”, “sanguinário” e “organização criminosa” sem meios tons.

Em tempo: se o problema é “pedir doações”, é bem melhor pedir doações voluntárias do que roubar dinheiro de impostos, obtidos via coerção de cidadãos. Um contra-ataque a esse frame petista (“vocês recebem doações”) poderia desmoralizar todos os petistas. Não se esqueçam, é claro, de batalhar por compartilhamentos.

E mais uma: o PT chama o grupo Revoltados On Line de “extrema-direita”. Quantas vezes vocês chamaram o PT de extrema-esquerda? Eis a diferença que faz toda a diferença.

Mas, enfim, espero que o ataque do petista tenha sido um belo aprendizado para vocês. Nesse caso, vocês se tornarão pessoas melhores e mais preparadas para a guerra política depois dos ótimos confrontos dessa semana.

Mas não se esqueçam: tudo isso dependerá do aceite no nível subconsciente do que significa a expressão “na guerra política, o agressor geralmente prevalece”.

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Pessoal, os parlamentares “são invioláveis civil e penalmente por quaisquer de suas palavras, opiniões e votos” quando emitidas em razão do cargo (art. 53 da Constituição Federal). É a imunidade parlamentar objetiva. Por isso eles podem falar o que quiserem no exercício da função que não poderão ser processados por crime, nem por danos morais.

  2. sempre que num debate em um forum eles me acusam de facista, eu retorno perguntando a eles oque é facismo…..em todas as vezes eles desaparecem, ou dão repostas que eu prontamente refuto, e esculacho a ignorancia deles… simples assim , são papagaios que repetem o que lhes foi ensinado …..

  3. Minha resposta no vídeo do “nobre” Deputado:

    – Interessante, sendo que o MST, movimento que o PT financia já matou gente e feriu 30 policiais em brasília, além do seu líder ter ameaçado Marina e Aécio caso ganhassem.

    Muito bom ver como o PT tem moral para falar de supostas organizações criminosas, das quais eu só ouvi acusações sem provas, sendo que organizações criminosas como as FARC, MIT e o PCC tem ligações COMPROVADAS com o Partido.

    É nobre deputado e petralhas, acho que vocês tem que começar a limpar a sujeira de vocês primeiro, pois ela anda fedendo. –

Deixe uma resposta