Jandira Feghali comete diversos crimes de ódio, além de denunciação caluniosa. E agora? Vai ficar barato?

22
135

jandira-feghali

A deputada do PCdoB Jandira Feghali mais uma vez entra tristemente para a galeria dos recordes de encenação e fingimento político. Essa parece ter se tornado sua especialidade. Ela já havia sido uma das líderes da trucagem onde as linhas auxiliares do PCdoB simularam que Rachel Sheherazade havia incidado o ódio (quando na verdade disse compreender os motivos de quem reage a violência, o que jamais é incitação ao crime), e, semana passada, fingiu que os manifestantes republicanos no Congresso haviam dito “vagabunda” (para outra política do PCdoB) quando na verdade haviam dito “vai pra Cuba”.

Ou seja, para Jandira o jogo é baseado em encenação cínica e vitimismo artificial histérico. É preciso que algum deputado explique o modus operandi dessa senhora no Plenário, pois, como já disse, o direito de encenar (sem ser ridicularizada por isso) é poder excessivo nas mãos de uma pessoa só. Aliás, o PT já descobriu o talento de Jandira para o fingimento.

Pois bem. O truque da vez é este abaixo, conforme página que ela mantém no Facebook:

jandira1

E veja o que ela chama de “crimes de ódio”:

jandira2

Não há uma linha ali de crime de ódio. O que temos, então, é mais uma vez o crime de denunciação caluniosa praticado por Jandira, que é o mesmo crime que ela praticou contra Rachel Sheherazade. Ela precisa ser desmascarada por mais esse truque.

Em tempo, veja um vídeo de Helleno de Carvalho (embora eu não concorde com tudo que ele afirma, há pontos interessantes):

É fato que há muito mais motivos para denunciar Jandira do que qualquer um argumentando sobre exclusão social do discurso comunista (pela via do desmascaramento), denunciação das imoralidades da prática socialista e do combate político ao socialismo.

Aqui vão então os locais onde Jandira Feghali pode ser denunciada:

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

http://cidadao.mpf.mp.br/formularios/formularios/formulario-eletronico

SAFER.NET
http://www.safernet.org.br/site/denunciar

POLÍCIA FEDERAL
http://www.dpf.gov.br/institucional/campanhas/crimes-contra-os-direitos-humanos-na-internet

DELEGACIAS

São Paulo
E-mail: 4dp.dig.deic@policiacivil.sp.gov.br
Fone: (11) 2221-7030 .
Endereço: Av. Zaki Narchi, 152 – Carandiru – São Paulo/SP.

Rio de Janeiro
DRCI – Delegacia de Repressão aos Crimes de InformáticaEndereço: Rua da Relação, 42, 8º andar, Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Fone: (21) 3399 – 3201/ 3399 – 3202

Belo Horizonte
DERCIFE – Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra Informática e Fraudes Eletrônicas
Endereço: Av. Antônio Carlos, 901, Lagoinha – Belo Horizonte (MG)
Fone: (31) 3201-5892

Curitiba
Polícia Civil do Paraná
Endereço: Rua José Loureiro 540, Centro – Curitiba (PR)
Fone: (41) 3883-8100 .
E-mail: cibercrimes@pc.pr.gov.br

Brasília
Divisão de crimes de Alta tecnologia – DICAT, Brasília (DF)
Endereço: Setor Áreas Isoladas Sudoeste, Bloco D – Brasília (DF).
Fone: (61) 3462-9531

Ou ela paga o preço da quantidade enorme de crimes de difamação que ela comete, ou, mais uma vez, ela conseguirá vencer por ter feito um ataque tão torpe a ponto de oponentes desistirem de combatê-la politicamente.

Anúncios

22 COMMENTS

    • Acho que só se provarem que voce teve intenção de imputar falso crime. Se voce acreditar que a pessoa de fato cometeu um crime, então voce não comete calúnia

      “Art. 138 – Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime:

      Pena – detenção, de seis meses a dois anos, e multa.

      § 1º – Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga.

      § 2º – É punível a calúnia contra os mortos.”

    • antes de mais nada é bom que procure orientação com um advogado ou um defensor público (MELHOR advogado, se precisar faça uma vaquinha), colete o máximo de provas possíveis, imprima as páginas, encontre e grave vídeos em DVD, junte testemunhas – talvez tenham de assinar uma declaração registrada em cartório.

      espero ter ajudado.

      eis um link no blog do Wellington Saraiva ~ Temas de Direito, que explica:

      http://wsaraiva.com/2014/02/15/o-que-fazer-se-voce-for-vitima-de-crime/

    • Simples. Denunciação caluniosa é “dar causa à instauração de investigação policial, de processo judicial, instauração de investigação administrativa, inquérito civil ou ação de improbidade administrativa contra alguém, imputando-lhe crime de que o sabe inocente.” (Artigo 339 do Código Penal)
      Portanto, para denunciar um crime sem praticar denunciação caluniosa, você deve ter provas de que a pessoa em questão praticou uma conduta descrita como crime.
      No caso, ela praticou calúnia e difamação contra a pessoa do Olavo de Carvalho, mas não são crimes “denunciáveis” ao MP, pois são de ação de privada. Somente o próprio Olavo de Carvalho poderia acionar o MP contra ela, por meio de uma queixa-crime.

  1. O post dela, ao mentir, estimula o ódio contra as pessoas a quem ela se refere, sendo portanto discurso de ódio, segundo a lógica dela. Deveria se auto-denunciar.

  2. Olha, eu achava que Ideli Salvatti, Maria do Rosário e Gleisi Hoffman (única petista comível) haviam atingido, entre as mulheres, o ápice da canalhice e da dissimulação. Mas essa Jandira Feghali, praticamente desconhecida uns tempos atrás, merece, com todos os méritos, esse prêmio.

  3. Luciano, você deve ter visto que o Golbery do PT, Gilberto Carvalho, chamou Aécio Neves de “playboyzinho”. Pois bem, a oposição reagiu, e eu diria que acertou maravilhosamente nos frames, citando o caso da Petrobrás e, para coroar, o assassinato do Celso Daniel. Quando soube que houvera resposta já imaginei que era como as que haviam na época em que Serra era o maior expoente da oposição, algo frouxo e inócuo como “É lamentável que um ministro de Estado use termos tão depreciativos em relação a um homem público e de conduta ilibada. Isso apenas empobrece o debate e demonstra a inequívoca vocação do PT para a falta de civilidade e tolerância às instituições democráticas”.
    Pois bem, me surpreendi positivamente. Parece que eles, enfim, estão acertando a mão.
    Eis aqui a notícia completa:
    http://oglobo.globo.com/brasil/aecio-rebate-gilberto-carvalho-cita-assassinato-de-celso-daniel-as-boquinhas-do-pt-1-14785688

  4. Se a oposição não conseguir caçar ou alterar essa “lei” de “crimes de ódio”, do jeito que ela está ela efetivamente impede qualquer manifestação contra essa corja comunista do governo na Internet…

    Foi prevendo isso que, quando comecei a me manifestar contra essa corja comunista, inclusive neste espaço aqui, é que sempre o fiz por pseudônimos.

    Continuo fazendo a minha parte mas, fora minha participação anônima, depois que começaram com esta tática, agora o faço principalmente por conversa direta.

  5. Espero que essa lei valha também para Feghali, Sakamoto, Sader, Marco Aurélio Garcia, Zé Dirceu, LUla, Dilma, Tarso Genro, sua filha, etc. Porque se valer, neguinho pega prisão perpétua!

  6. Luciano, no vídeo em quais pontos vc discorda do rapaz? abraços


    Eu seria mais “light”, e proporia a crítica dura do comunismo, mas não sua eliminação.

  7. O vídeo do rapaz rechaçando a Jandira é bastante enfático, ataca e associa as três ideologias e fala uma grande verdade, que eu obviamente irei usar no combate com esquerdistas: eles só gostam dos negros (ou dos gays, ou das mulheres, ou dos pobres, ou dos nordestinos, etc) quando eles são socialistas e os servem. apenas um argumento forte desses , dito com convicção e ousadia, já faz o esquerdista tremer na base, principalmente se houver plateia e gente negra, pobre, indígena, feminina no meio. Podemos deixar todos contra o esquerdista. Ótimo argumento que valeu o vídeo inteiro. Sempre atacando.

Deixe uma resposta