Será que um demônio possuiu Ricardo Noblat para ele perder a honra ao falar do caso Bolsonaro X Rosario? Seja lá como for, vamos ao exorcismo.

33
170

castiga

Imagine o dia em que a expressão “eu sofri um assalto” se tornar mais abominável que um assalto em si. Ou mesmo quando a mera expressão dizendo “não gosto de estupros” se tornar mais grave do que estupros reais. Não pense que isso é uma fantasia futurista nos moldes de obras como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, e  1984, de George Orwell, mas a triste realidade de um país vivendo sob hegemonia de uma doutrina psicopática, baseada em tamanha inversão de valores que boa parte dos julgamentos de muitas pessoas pretensamente sérias as vezes pode descambar para o surreal. Como diriam alguns religiosos, isso é satânico.

É o que tem acontecido depois que Bolsonaro revidou ironicamente (embora de forma ácida) uma agressão violentíssima que havia sofrido de Maria do Rosário. Ela o chamou de estuprador. Crime de difamação.

Misturando estimulação contraditória e subversão total de valores, os petistas começaram um jogo de encenação tentando transformar a defesa de Bolsonaro em um crime moral, enquanto inocentavam a agressão covarde de Maria do Rosário.

Eu até gosto de vários textos escritos por Ricardo Noblat sobre política. Por isso que, mesmo sendo ateu, hoje eu vou abrir uma exceção e considerar que ele deve ter sido possuído por algum demônio para se comportar de tal forma enlouquecida e asquerosa no texto Bolsonaro que se diz capaz de estuprar ofende uma deputada e merece ser cassado. Um verdadeiro excremento em forma de artigo, mostrando como alguém pode se rebaixar quando não consegue mais pensar logicamente, e, então, tenta fazer alguma média com a escória moral.  Parabéns, Sr. Noblat, pois este seu artigo com certeza entrará para a lista das maiores vergonhas alheias já vistas na história do jornalismo. Mas como diria o personagem de Eduardo Sterblitch: “Aí já é o demônio”. Vamos apelidá-lo de Pazublat.

Segundo Pabublat, Bolsonaro é “um sujeito indecente, obsceno e, com frequência, indecoroso”. Obviamente, ele está encenando, pois não há absolutamente nada disso no comportamento de Bolsonaro. Ele pode ser questionado, sim, por ter sido muito associado à defesa do regime militar. Ademais, pode ser questionado por alguns argumentos contundentes. Mas com certeza, os epítetos proferidos por Pazublat não cabem à Bolsonaro. Sinal de que estamos diante de um embuste repugnante.

Agora, veja essa parte:

Só que há limite para tudo. E Bolsonaro, na tarde de ontem, ultrapassou todos os limites. Se ainda houver um mínimo de vergonha na Câmara, será instalado um processo no Conselho de Ética para cassar o mandato de Bolsonaro.

Menos do que isso será compactuar com ele.

Usar recursos retóricos para demonstrar indignação e espanto é legítimo, desde que não estejamos tirando na cara do leitor. E é exatamente isso que Pazublat faz. Se o argumento de defesa de Bolsonaro é algo que ultrapassa “todos os limites”, o que seria a ofensa de Maria do Rosario chamando-o de estuprador? Enfim, é aqui que o rabo balançou o cachorro, e o ato defensivo de Bolsonaro foi maquiado por Pazublat para parecer mais indigno que o crime de calúnia praticado por Maria do Rosário. Obsceno, não?

Vamos dando sequência:

A deputada Maria Do Rosário (PT-RS), ex-ministra dos Direitos Humanos, foi gravemente ofendida por Bolsonaro. Mas não somente ela. Também todas as pessoas de bom senso que tomaram conhecimento do episódio.

Deixe-me ver: na ótica monstruosa de Pazublat dizer “eu não estupro você” é mais imoral que dizer “você é um estuprador”?  Se formos pela perspectiva podre de Pazublat, ninguém mais poderá registrar qualquer boletim de ocorrência em uma prisão, pois a denunciação de um crime tornaria-se, então, “acima de todos os limites”.

Será que Noblat não tem ideia do quanto ele se rebaixa por usar um truque assim? Ops, desculpem-me. Por enquanto vamos continuar chamando-o de Pazublat.

 Em 2003, sem que nada tenha lhe acontecido, Bolsonaro disse a mesma frase e, e seguida, empurrou Maria do Rosário, chamando-a de vagabunda.

Repare na frase “sem que nada tenha lhe acontecido”. Essa alegação nos será útil ao final.

Por mais horror que isso represente, Bolsonaro pode, sim, defender o uso da tortura como método para extrair confissões. Já o fez. Pode, sim, defender uma ditadura militar como o melhor dos regimes. Também já o fez.

A quantidade de fraudes é épica.

Defender um evento ocorrido há cinquenta anos, sob determinadas condições, não é o mesmo que defender o mesmo evento hoje. Algumas das coisas feitas para derrubar Hitler, por exemplo, seriam contestáveis hoje. Mas quando se analisa um evento ocorrido na luta contra os soldados nazistas, é preciso entender o contexto em que algo é definido como válido ou não, defensável ou não. Qualquer pessoa (e não um demônio dos infernos) querendo discutir aspectos morais de uma questão deverá reconhecer isso.

É assim que muitos defendem o regime militar. Havia naquela época uma luta entre dois lados que faziam uso da tortura, do assassinato e do logro. Nesse momento, em especial, havia um contexto para avaliarmos aquela época. Ou seja, se alguém apresentar um bom argumento para a tortura em um período de guerra, esse argumento deve ser considerado. Sam Harris apresentou um bom argumento pela ética da tortura de terroristas suicidas. Enfim, é uma discussão séria. Da mesma maneira, a defesa do regime militar, em uma época onde os marxistas queriam tomar o poder pela força (e há evidências para isso), também  é um argumento sob discussão.

Enfim, Pazublat corrompeu a alma de Noblat, que parecia antes acreditar em democracia. O demônio, por sua vez, age de forma ditatorial ao tentar proibir Jair Bolsonaro de apresentar seus argumentos a favor ou contra uma ideia. O fato dele ter defendido o regime militar não o coloca em uma posição moral pior do que aqueles vários que defenderam ação armada marxista nos anos 60. E uma dessas pessoas está na presidência da República. Por que uma pessoa pode e outra não pode?

 Mas nada disso equivale ao que ele fez ontem. Bolsonaro admitiu que seria capaz de estuprar uma pessoa. E ao se dirigir à deputada Maria do Rosário, afirmou que só não a estupraria porque ela não fizera por merecer.

Isso é tão risível, tão patético, tão indigno, tão desonroso, tão grotesco que a própria forma como o parágrafo está escrito serve para demolir toda essa viscosidade pustulenta no discurso de Pazublat.

Antes, vamos desmascarar uma mentira canalha. Bolsonaro não disse “(x) não faz por merecer”, mas “(x) não merece”, o que é muito diferente. Hoje é o dia! Vou até apelar para a Bíblia: “Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” (João 8:44)

Mas toda a mentira é demolida quando vemos que nem mesmo essa monstruosidade conseguiu tipicar a “violência” de Bolsonaro. Qual seria a violência? Ter dito “(x) não merece ser estuprada”?

Como essa coisa sabe que não tem uma acusação em mãos, resta, é claro, o teatro.

Em um passado nem tão remoto assim, o então deputado Paulo Maluf cunhou uma triste frase a respeito do uso de violência contra mulheres: “Estupra, mas não mata”. Ficou impune.

Xô Satanás! Isso que Paulo Maluf falou também não deveria resultar em punição. Maluf simplesmente queria dizer que havia um agravante terrível em matar uma vítima de estupro. Portanto, se o estuprador conclui o crime de estupro, assim como alguém faria com o crime de assalto, a sequência com o assassinato levava a um crime ainda mais hediondo. É apenas uma constatação: um estuprador não precisa matar sua vítima, assim como um assaltante também não precisa fazê-lo. Era só isso que Maluf disse e nada mais.

Mas note que aqui já temos um padrão: Pazublat usa o estilo Jandira Feghali de simular falso entendimento para encenar indignação e acusar alguém que ele não gosta. Indigno ao nível da lata de lixo.

O que as organizações de Direitos Humanos esperam para sair em defesa da honra agredida da deputada Maria do Rosário?

Eu é que pergunto: o que Jair Bolsonaro está esperando para processar qualquer desonesto que o tenha chamado de estuprador? O que ele está esperando para processar Maria do Rosario? O que ele está esperando para processar Pazublat (risos)?

Bolsonaro foi duramente criticado ontem por mim, pois eu já esperava o que viria. Como ele havia sido atacado de forma cretina por Maria do Rosario, ele tinha que se defender. Porém, usou de ironia, sem praticar qualquer coisa errada em termos morais.

Na frase de Bolsonaro não há problema ético algum: “Ele disse. Não estuprarei V.Exa.,  porque você não merece.” Quais os sub-textos? Ele poderia ter dito que jamais estupraria alguém, mas se fosse um estuprador, não estupraria Maria do Rosário. Logicamente, ninguém poderia ser criticado por dizer isso. Ele também poderia ter dito “Você não merece ser estuprada, pois nenhuma mulher merece”. E evidentemente Bolsonaro acredita nisso, pois ele é um defensor de leis mais fortes para criminosos violentos, incluindo estupradores, menores ou maiores de idade. Mas além disso que ele poderia ter dito, existe o que ele efetivamente disse. Mas nada, absolutamente nada do que ele disse, pode servir como uma acusação de verdade contra ele. A criminosa da história é Maria do Rosário, por ter chamado Jair Bolsonaro de estuprador, sem provas.

Mas por que eu critiquei? Por que isso facilitou a simulação de falso entendimento de uma escória. Pabulat foi por esse caminho ao fazer a mesma encenação de Dilma ao fingir que “Aécio era agressivo com mulheres”, ao usar o termo leviana. Que eu me lembre Noblat criticou essa baixaria da propaganda do PT. Será o Pazublat falando pelo corpo de Noblat?

E como essa gente não é honesta intelectualmente, Bolsonaro poderia ter feito uma defesa deste tipo:

A Sra. Maria do Rosário praticou um crime aqui. Me chamou de estuprador. Eu até pensei em dizer que “Eu não a estupraria, por que ela não merece ser estuprada”. Pois sei que monstros morais vão tentar distorcer o que eu digo. Mas falamos de uma petista que defende o governo de Nicolas Maduro, que violenta manifestantes de oposição com baionetas. Ela nada disse sobre isso. Para essas vítimas de estupros com baionetas, só temos o silêncio. Ela também não se manifestou quando os psicopatas de Maduro quebraram o nariz de Maria Corina Machado, que está para ser presa por falsa acusação. Nenhuma lágrima foi derramada por Maria Corina. Maria do Rosário também não se compadece com todas as mulheres vítimas de estupro nas mãos de menores de idade, que hoje se encontram impunes por causa de uma lei que dá licença para matar, roubar e estuprar aos “menores”. O que Maria do Rosário teria a dizer para aquela mulher estuprada em um ônibus por um menor de idade no Rio de Janeiro? Pois é. Agora você conhece os monstros que Maria do Rosario defende. Não há Direitos Humanos para as vítimas dessas aberrações. Talvez seja por isso que ela me acuse de estuprador, para me comparar aos monstros que ela defende. Não, não me compare aos que você defende. Mas se quiser, te desafio a apresentar provas. Mas mesmo se eu fosse um monstro igual aos que você defende, eu não a estupraria. Mas vamos deixar de lado a hipótese de eu ser um deformado moral igual aos milicianos de países como Venezuela. Você não merece ser estuprada, pois nenhuma mulher merece ser estuprada. Aprenda com isso a ter empatia por seres humanos que discordem de você. Eu não praticaria um crime contra você por discordar de você. Você pratica um crime contra mim por sermos opositores políticos. Tomara que um dia você entenda o significado da expressão Direitos Humanos.

Enfim, é por isso que critiquei Bolsonaro. Por não ter tratado Maria do Rosário como ela merece e ter dado pretexto a pessoas que fingem terem sido ofendidas quando não foram, tudo para esconder a prática de crime de difamação.

Esse tipo de mentira, que lembra o demônio Pazuzu que possuía Linda Blair no filme O Exorcista, já foi feita em 2003. E não deu em nada.

Reveja:

O negócio é que Jair Bolsonaro processe Maria do Rosário e todo aquele que:

  1. O acusar de ter agredido Maria do Rosário (o que não aconteceu)
  2. O acusar de ser estuprador

Quem sabe isso não tira o demônio do corpo de Ricardo Noblat? E agora, voltando ao meu ateísmo tradicional, podemos avaliar toda a questão pela ótica da ponerologia política. Será que Ricardo Noblat é um psicopata para mentir tanto e ser tão cínico? Não vejo essa possibilidade. A coisa parece mais uma perda de conexão com a realidade, onde Noblat deixou-se envolver pelos recursos de encenação de Maria do Rosário e, histericamente, os repete.

Sendo assim, Jair Bolsonaro bem que podia processar Noblat para trazê-lo de volta ao discurso racional.

Anúncios

33 COMMENTS

  1. Eu acho que o shaming que eu usaria contra ela é melhor do que o seu, Luciano.

    “É uma vergonha que as deputadas BOLIVARIANAS Jandira Feghali e Maria do Rosário estejam tentando capitalizar, subverter e transformar uma questão tão séria como o estupro – QUE ATINGE MILHARES DE MULHERES – em um instrumento NEFASTO E ABJETO de luta política para tentar calar e amedrontar opositores.

    A senhora Maria do Rosário – NOTÓRIA DEFENSORA DE BANDIDOS E ESTUPRADORES, além de uma FASCISTOIDE CHAVISTA – certa feita, me acusou de ESTUPRADOR, incorrendo nos crimes de calúnia e difamação. Agora, cinicamente, ela se faz de vítima, justamente num momento em que eu havia dito que ela NÃO MERECE SER ESTUPRADA!Trata-se de um claríssimo caso de HISTERIA ARTIFICIAL, que costuma ser praticada por políticos desses PARTIDECOS DE EXTREMA ESQUERDA, PUXA-SACOS DE DITADURAS SANGUINÁRIAS E ASSASSINAS!

    Eu pergunto aos senhores e as senhoras: onde estavam essas “VESTAIS”, CÍNICAS E PSICOPATAS quando o “filósofo” paulo Ghiraldelli desejou que a jornalista Rachel Scheherazade fosse ESTUPRADA? Elas se solidarizaram, deram apoio a ela? NÃO!!!

    Onde essas CAFETINAS DE MINORIAS estavam quando a deputada venezuelana Maria Corina Machado foi violentamente espancada dentro do congresso venezuelano, PELAS MÍLICIAS FASCISTAS DO CARNICEIRO NICOLÁS MADURO???

    Onde essas DEFENSORAS DO CARNICEIRO DO CARIBE, FIDEL CASTRO, estavam quando o bandido “dimenor” Champinha ESTUPROU E ASSASSINOU LIANA FRIEDENBACH E O SEU NAMORADO FILIPE CAFÉ FRIAMENTE???

    Senhoras e senhores, essas CÍNICAS STALINISTAS não merecem vossa piedade. Suas reações FALSAS E CALCULADAS merecem o mesmo destino das DITADURAS HEDIONDAS, GENOCIDAS E SANGUINÁRIAS QUE AMBAS ADULAM: A LATA DE LIXO DA HISTÓRIA!!”

  2. O Bolsonaro também é phoda hein !!!!
    Não precisava dizer tudo isso. Chamou a mulher de vagabunda e ameaçou agredi-la. Não estou em defesa de Maria do Rosário, porém ela não disse que ele era estuprador, disse apenas que “ele promove esse tipo de violência”.

    Acho que o tom de ódio está tomando conta do parlamento alguma coisa vai acontecer com certeza, mas neste episódio em específico acho que o Bolsonaro exagerou e provavelmente vai ser “fritado”.

  3. BRILHANTÍSSIMO Luciano!!!

    Perfeito em sua argumentação. É empolgante ver gente inteligente argumentando.
    Seria ótimo mandar esse post para o Bolsonaro, que pelo jeito não é mesmo um político ou já teria argumentado com o fato das FARCs terem já matado dezenas de milhares de colombianos além de deixar muitos mutilados com suas bombas e ataques. Com o agravante de torturar prisioneiros por anos. Isso poderia ter acontecido com o brasil caso os socialistas não tiovessem tido uma resposta não democrática como teve a Colombia.

    Os milicos foram uns bostas na economia e piores ainda na carolice contra a liberdade. Nem mesmo pérmitiam criticas ao socialismo ou poder absoluto do Estado.

    Congratulações também ao não menos brilhante Lucas.

    Muitas são as possibilidades disponíveis ao Bolsonaro, mas é um milico conservador e não um político. Falta-lhe a malicia.

    Forte abraço.

  4. Eu apoio o trabalho do Bolsonaro no Parlamento, e claro que tem que bater de frente com os PTralhas, só tem que tomar cuidado para exagerar !!!!

    [youtube=oFUsd1e-6zE]

  5. Lucas, eu vou postar seu comentário em outros blogs e peço que também o faça.
    Está incisivo e ainda mais adequado a tipos como essa sujeitinha repugnante e seus quadrilheiros maníacos.

    Aliás, o Luciano também podia divulgar mais o seu post.
    É uma reação que esta camarilha não esta acostumada, pois que sempre dominaram a mídia e NINGUÉM aantes da INTERNET tinha meios de RESPONDER a estes farsantes sem qualquer noção do que seja vergonha na cara.

    Forte abraço.

    • Sim, Pedro, espalhe. Essa mensagem eu mandei inbox para o facebook do Bolsonaro, mas não nos comentários na área aberta. Essa mensagem precisa chegar até ele de qualquer jeito. Abraço.

  6. Vamos combinar, não tem como ver o discurso dele como equivalente a “mulher nenhuma merece ser estuprada”. Ao meu ver, Bolsonaro foi bem estúpido mesmo.

    Claro que, ao ser acusado de estuprador, ele é o único que tinha certo motivo pra ser estúpido em primeiro lugar.

    • Eu discordo. Em minha opinião, querer ver o discurso dele como “eu te estupraria se você (x)” é que me parece forçar a barra. Encontre o valor de “x” que faria uma mulher merecer ser estuprada. Eu não consigo encontrar nenhum, e certamente pra alguém que pratica estupro, essa afirmação não faz sentido, pois não deve existir um “x” que faça com que uma mulher NÃO MEREÇA ser estuprada na mente de um estuprador, exceto circunstâncias totalmente externas às mulher, que contribuiriam para que ele fosse prego enquanto pratica seu crime.

      Certamente Bolsonaro foi estúpido, porque ele É um estúpido, um bronco que não pensa antes de falar, mas do outro lado temos uma histérica, dissimulada, hipócrita e oportunista, que só tem piedade de si mesmo e de seus apoiadores, enquanto posa de defensora dos oprimidos. Nesse episódio, é impossível ficar neutro, ou você fica do lado do estúpido, ou do lado da pilantra.

  7. Ainda sobre Bolsonaro dizendo que Maria do Rosário não merece ser estuprada e agora vermos marxistas-humanistas-neoateístas que anteriormente apoiaram aquele lance de ficar nua com plaquinha de “eu não mereço ser estuprada”, eis que temos algumas coisas a passar adiante:

    1) O PT inventou o incrível estupro vocal, como poderá ver aqui:

    http://www.facebook.com/pt.brasil/photos/a.106208242798893.13150.105821366170914/742778162475228/?type=1

    Sim, na cabeça dos petistas (ou nem na cabeça deles, mas como eles estão encenando para que achemos que isso está na cabeça deles) a causa do estupro não é a de um maníaco praticar relação sexual não consentida à força ou sob grave ameaça, mas sim o Bolsonaro dizendo que Maria do Rosário não merece ser estuprada. Logo, na cabeça do PT, e como mostra a figura com o nome do deputado riscada, calando-se a voz do Bolsonaro o estupro acabaria.
    Porém, que se note o tamanho da mijada em território alheio que os seguidores do deputado fluminense deram na postagem em questão.

    2) E já há também imagens pró-Bolsonaro sendo compartilhadas. Há uma da página Direita Forte que está ganhando as redes sociais no presente momento que jogamos prosa aqui:

    http://www.facebook.com/DireitaForte/photos/a.426307220805281.1073741828.426296820806321/521274677975201/?type=1

    3) Três partidos do Foro de São Paulo (PT, PSB e PC do B) e uma linha auxiliar (PSOL) entraram com pedido de cassação do deputado mais votado do Rio neste ano;

    4) Mais uma do Kim explicitando a falta de senso de proporções:

    http://www.facebook.com/kim.kataguiri/posts/580491715417293

    5) Outros memes:

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152647234134858&set=p.10152647234134858&type=1

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1509502089324827&set=p.1509502089324827&type=1

    http://www.facebook.com/melhem.saad.3/posts/808287972563638

    http://www.facebook.com/liberalismohue/photos/a.187019378147679.1073741828.187007398148877/358746770974938/?type=1

    http://www.facebook.com/liberalismohue/photos/a.187019378147679.1073741828.187007398148877/358727484310200/?type=1

    http://www.facebook.com/olharadireita/photos/a.1571191746437372.1073741856.1558568281033052/1576257772597436/?type=1

    http://www.facebook.com/396239707199842/photos/a.396241240533022.1073741828.396239707199842/399404010216745/?type=1&fref=nf

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152636724868541&set=a.10150343575028541.358699.655998540&type=1

    http://www.facebook.com/396239707199842/photos/a.396241240533022.1073741828.396239707199842/399375720219574/?type=1

    http://www.facebook.com/396239707199842/photos/a.396241240533022.1073741828.396239707199842/399281133562366/?type=1

    http://www.facebook.com/liberalismohue/photos/a.187019378147679.1073741828.187007398148877/358718064311142/?type=1

    http://www.facebook.com/liberalismohue/photos/a.187019378147679.1073741828.187007398148877/358621697654112/?type=1

    http://www.facebook.com/liberalismohue/photos/a.187019378147679.1073741828.187007398148877/358608480988767/?type=1

    6) E já temos Nando Moura soltando seus acordes sobre o ocorrido:

    http://www.youtube.com/watch?v=weSFPRxyYFg

    7) Do lado MHN da coisa, já sakamotearam a coisa, que foi devidamente dessakamoteada pelos comentários abaixo:

    Logical Think 4 horas atrás

    Em primeiro lugar, como está expresso em seu texto, quem começou com as ofensas foi ela, caluniando-o. Em segundo lugar, dizer que ela não merece ser estuprada de forma alguma significa dizer que alguma mulher o mereça. É tão somente retórica, como dizer que alguém não merece morrer, pois a pena em vida seria ainda rigorosa. De fato, entre ele e a senhora deputada, eu não teria qualquer dúvida em depositar meu voto para ele.

    Falegat 3 horas atrás

    “Um governo canalha,corrupto,imoral, ditatorial, governo covarde,comunista, imoral, ladrao. Parabens aos vagabundos do Brasil que são a causa da existencia da Comissão de Direitos Humanos da Maria do Rosario”. por Bolsonaro. De alma lavada vendo o Bolsonaro dizer este trecho no plenario do congresso. O resto eh bobagem para a turma radical chic criticar os conservadores. Nao vai dar em nada. Afinal de contas nao foi pouco voto que ele recebeu.

    wilsondecastrojr 2 horas atrás

    Muita gente está com ele mesmo sem saber, inclusive você Sakamoto, que doa seu tempo para escrever sobre ele. Bolsonaro é o mal necessário naquela imensa câmara de larápios que concordam com tudo o que os pseudos defensores dos direitos dos “manos” impõe goela abaixo ao povo brasileiro, cansado de tanta podridão que emana dos políticos desse país.

    Jahman 2 horas atrás

    De “subentendido” nosso país está cheio meu caro, e mesmo assim aqueles q são comprovados criminosos ficam livres. E falar asneira por asneira ninguém supera o lula, ambos falam, lembra qdo ele falou sobre a cidade de pelotas? Do Bolsonaro eu só considero as verdades q ele escancara perante os corruptos em brasília, o resto é personagem.

    no baladeiro 1 hora atrás

    BOLSONARO TAMO JUNTO.NÓS SOMOS DA PÁTRIA A GUARDA,FIEIS SOLDADOS POR ELA AMADOS,NAS CORES DE NOSSA FARDA REBRILHA A GLÓRIA FULGE A VITÓRIA .EXÉRCITO BRASILEIRO PROTEGENDO O BRASIL.POLITICOS BRASILEIROS PROTEGENDO SEUS INTERRESES.

    no baladeiro 1 hora atrás

    BOLSONARO PRA PRESIDENTE E DEPOIS COMISSAO DA MATANCA DE CIVIS NO GOVERNO DEMOCRATICO

    felchs 1 hora atrás

    Todo governo/pessoas totalitários de esquerda tem um tipo de prática retórica em que no debate publico ele tem que fazer você parecer mau, as pessoas que postam são maus, tem supostas opiniões absurdas, não compactuam com o que “eu” penso; o engraçado que todos estes sistemas totalitários se pensam como sistemas do bem. A dificuldade de expor o pensamento liberal no Brasil é lidar com as dificuldades concretas da realidade. Adam Smith, foi um dos autores que consideravam que o sistema liberal sobrepunha o sistemas autoritários, na qual procurou demonstrar que a riqueza das nações resultava da atuação de indivíduos que, movidos inclusive (e não apenas exclusivamente) pelo seu próprio interesse. Como que um regime (liberalista) que parece operar em cima do egoismo produz mais qualidade de vida e liberdade que um regime (socialista) que teoricamente é baseado no bem e o amor a todos, produz uma riqueza uma pobreza enorme e privação de liberdades a todos (aí volta a questão retórica totalitarista imposta por muitos blogueiros). Falo isso, pois é necessário, realmente necessário aprofundar as razões e motivos do pensamento liberal e anti-liberal no Brasil, pois tecnicamente e academicamente falando somos um país academicamente totalitário de esquerda onde autores liberais são pouco estudados (quando se é estudado e mencionado de maneira imparcial). É preciso tomar da esquerda do trunfo falso de que eles representam o humanismo a liberdade e o bem já que históricamente (e concretamente, economicamente falando) eles não representam isso. Justiça e liberdade devemos lutar, por tal que muitos postam pensamentos liberais que nem sempre são compreendidos por pessoas totalitárias.

    Enéas Galvão 45 minutos atrás

    Subentendido? Só se for na sua cabeça de jerico! E o que você acha do comentário de Paulo Ghiraldelli, dizendo que a Rachel Shererazade merecia ser estuprada? Papinho furado esse só para desviar o assunto da PETROBRAS. Essa Maria do Rosário apoia bandido e apoia estupro.

    IntegraMundi 7 minutos atrás

    Sakamoto, você não se ateve ao histórico correto dos fatos. Em 2008, se não me engano, Bolsonaro estava dando entrevista a uma tv quando a Maria do Rosário apareceu sem ser chamada e o xingou em alto e bom som de estuprador. Ele, prontamente, retrucou com “vagabunda”. A MR, em vez de seguir seu caminho após causar todo esse problema, continuou lá pra ver se a coisa esquentava de vez. Por isso Bolsonaro evoca essa história. Quem começou tudo, no caso, foi a Maria do Rosário, ao colocar o deputado como estuprador.

    Também temos o que foi dito no Face dele:

    http://www.facebook.com/leonardo.sakamoto/posts/968888509806373

    Destaque para este, este, este, este, este, este comentário. Como observará também, já fizeram uma ligação entre a defesa a Maria do Rosário, ex-secretária dos Direitos Humanos, e esta postagem que levantou a lebre do assunto por ele não respondido, como já lembraram neste edital:

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=784529161596988&set=p.784529161596988&type=1

  8. É… O diabo não dorme em serviço. Ele é o pai da esquerda, é o pai da mentira, inspiração dos próprios comunistas, ele, que rebelou-se contra o Criador e criou o seu próprio reino: https://www.youtube.com/watch?v=IY8jYFNZoGA. Assim como o diabo, o esquerdismo é movido primeiramente pela inveja e pela soberba. A inveja é o evangelho deles. Não é à toa que eu costumo pensar que o combate da direita contra a esquerda é a luta entre o bem e o mal, da verdade contra a mentira.

    Tal como o diabo, esquerdistas mentem deliberadamente. Você acha que eles são simplesmente mentes deformadas que não conseguem concatenar? Que eles são idiotas, não resta dúvida. Entretanto, há um elemento que reforça sua ignorância: o espírito das trevas. Eles são inimigos da verdade, inimigos da realidade (pois se revoltam contra ela) e inimigos do logos, i.e., da lógica mesmo. E fazem coisas que até o próprio diabo duvida! Dirá, então, o tinhoso: — “Vós quereis tomar o meu lugar?”

    Eu não sou demonólogo, mas presumo que haja uma guerra pelas hierarquias do inferno. Se vermos o que aconteceu nos regimes totalitários, verdadeiras sucursais do inferno na Terra, ou um pequeno esboço do que é a geena, onde espíritos malignos devoravam-se uns aos outros, é razoável supor isso. Por incrível que pareça, Isaías 59, como em muitas partes da Bíblia, já denunciava Antonio Gramsci e sua estratégia obscurantista, de ir minando a verdade e ir incutindo a doutrinação nas pessoas, até que se criasse um novo imperativo categórico.

    Veja: “Por isso o direito se tornou atrás, e a justiça se pôs de longe; porque a verdade anda tropeçando pelas ruas, e a eqüidade não pode entrar. Sim, a verdade desfalece, e quem se desvia do mal arrisca-se a ser despojado; e o Senhor viu, e pareceu mal aos seus olhos que não houvesse justiça [Isaías 59:14-15].” É assim nos dias de hoje, a insanidade que vemos tomar às ruas, loucos depravados em escárnio à moral e os bons costumes, hienas diabólicas espreitando os justos… É escatológico! Os bons nos dias de hoje são perseguidos e desestimulados, despojados, enquanto que em nosso meio triunfam as nulidades. Esse é o espírito da época.

    Eu achei muito adequado sua análise “político-teológica”, vamos dizer assim. Pazublat… Muito boa (risos)! Mas é muita malícia deles! É apocalíptico! É papel do justo aborrecer o mal, e esse post deu um banho de água benta no diabo; exorcizou-o para nunca mais. E em respeito aos demais comentaristas, ótimas sugestões de refutação. Às vezes torna-se chato ter que defender o óbvio ululante, dá aquela preguicinha. Mas nada de tibieza, temos que combater o mal, aborrecê-lo com a verdade, que sempre há de prevalecer (2 Coríntios 13:8). Vamos combater o bom combate! Um abraço.

  9. Ainda tá em tempo dele processá-la? Acredito que sim, certo?
    O fato é que não dá pra ser ingênuo hoje em dia, seja num confronto político, seja em situações corriqueiras.
    Anos atrás, enquanto levava minha filha pra escola, uma mulher pilotando uma moto (motogirl) avançou o sinal e bateu na minha lateral. Ficou caída no chão com a moto toda envergada. Meu carro também ficou com um prejuízo bom na lateral. Liguei pra ela dois dias depois do ocorrido pra ver como ela estava e pra ver se ela pagava a franquia do meu carro (pelo menos a metade), já que era a culpada pelo acidente. De repente, a cachorra vem com um papo de que a culpa era minha e que eu que devia pagar o preju. Sabendo da maldade dela, já me antecipei e processei logo. Ganhei, mas nunca via a cor do dinheiro. Mas nem processei por isso, a ideia era só me antecipar mesmo. Se ela entra primeira com a ação, ficaria ruim pra mim, por conta de todo aquele vitimismo e tal.
    Não pra ser ingênuo com essa gente! Se, segundo o Noblat, Bolsonaro merece ser cassado pelo que disse, Maria do Rosário merece estar presa.

  10. Mais uma deputada do Partido Comunista (PCdoB) se manifesta contra Bolsonaro, dando uma de Maria do Rosário, e querendo falar em nome de todas as mulheres. (ela aparece no final do vídeo):

  11. Certamente, ele foi difamado, conforme você salientou na postagem.

    Porém, antes e mais significativo que isso: ele foi caluniado. Imputar crime a alguém, sem fundamento nem processo, é crime de calúnia, por isso a primeiríssima coisa que Bolsonaro deveria fazer seria processar a caluniadora e requerer, em juízo, as provas dele ser estuprador. Em seguida, com o resultado a seu favor, divulgar a plenos pulmões e tintas a canalhice e patifaria dessa pura excremento.

  12. Ayan, vi uma notícia que me preocupou bastante.
    Acho que o Bolsonaro pode ter acabado de cavar a própria cova. Apesar disso, ainda tenho minhas dúvidas sobre a fonte, mas resolvi te passar de qualquer forma.
    A propósito, um conhecido de um conhecido meu passou o link daquele seu artigo pro filho do Jair, o Eduardo. Mas não tive resposta ainda sobre ele ter lido ou não.

    http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/12/bolsonaro-diz-que-nao-teme-processos-e-faz-nova-ofensa-nao-merece-ser-estuprada-porque-e-muito-feia-4660531.html

  13. Cuidado com páginas do clickrbs (RBS é filial da Globo na região Sul). Há tempos ela vem fazendo uma campanha de demonização contra a oposição catarinense, tentando associá-la ao nazismo e ao fascismo, à intolerância e a essa ladainha toda que já conhecemos. A estratégia é de enfraquecer a oposição naquele estado. Veja um exemplo de matéria recém-publicada que indica essa tentativa de demonização da oposição:

    Título: “Historiadores explicam ressurgimento do ideário nazista no Brasil”
    http://jornaldesantacatarina.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2014/12/historiadores-explicam-ressurgimento-do-ideario-nazista-no-brasil-4661099.html

    No primeiro parágrafo desta noticia, é entrevistado um professor da UFRJ que, atenção!, NÃO É HISTORIADOR COISA NENHUMA e sim um professor de Letras! Os editores da matéria omitiram esta informação. A própria opinião dele foi subjetiva:

    “Godofredo de Oliveira Neto, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), define o momento atual da sociedade como “império das emoções”. Uma substituição da razão por instintos primários e bárbaros. É o que explicaria, segundo ele, o ressurgimento do ideário nazista: — O nazismo nasce da raiva do outro. Da intolerância, do racismo, da exclusão.”

    Este professor consta na lista dos que votaram no PT – lista esta publicada pela imprensa de extremaesquerda:
    http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Intelectuais-e-artistas-apoiam-Dilma-em-abaixo-assinado/4/31954&page=2

    Há também um vídeo dele apoiando uma deputada do PT em 2012:
    https://www.youtube.com/watch?v=esrpkELhYw8

    No segundo parágrafo, é entrevistada uma professora de história da UDESC que ataca o conservadorismo, associando-o à intolerância. E, atenção!, o nome dela também consta na lista dos que votaram no PT! (procurar na lista por: Marlene de Fáveri)

    “A historiadora Marlene de Faveri identifica dois tipos de aproximação das ideias nazistas: os grupos claramente inspirados em Hitler e outros baseados em conservadorismo, que promovem o ódio contra negros e nordestinos, por exemplo, e prezam o separatismo — muito embora não se entendam como nazistas. — Não são todas essas pessoas adeptas do nazismo, mas têm práticas conservadoras fascistas. As duas formas são muito preocupantes — diz.”.

Deixe uma resposta