Ihh… complicou para o PT: Youssef nega conhecer Cunha ou Anastasia

7
102

jurupoca

Nas últimas semanas o PT andava tentando assassinar a reputação de Eduardo Cunha e Antonio Anastasia, vinculando-os à Operação Lava Javo. Eis que a notícia abaixo, Youssef nega conhecer Cunha ou Anastasia, do Brasil247, serve como uma ducha de água fria:

O advogado Antônio Figueiredo Basto, responsável por defender o doleiro Alberto Youssef que foi preso pela Polícia Federal durante a Operação Lava Jato, afirmou, nesta segunda-feira (12), que Yousseff não conhece e nem teria mandado entregar dinheiro algum para o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e nem para o senador eleito Antonio Anastasia (PSDB-MG). As suspeitas envolvendo Cunha e Anastasia vieram à tona após o policial federal Jayme Alves de Oliveira Filho, que realizava entregas para o doleiro, citar os dois parlamentares como beneficiários de remessas feitas por Youssef para diversos políticos.

Segundo Basto, petições sobre o assunto deverão ser apresentadas á Justiça Federal do Pará, responsável pelo Caso, e ao Supremo Tribunal Federal (STF). Youssef foi preso por agentes federais durante a operação Lava Jato sob a acusação de ser responsável por comandar um esquema de desvio de recursos em obras e projetos da Petrobras.

As denúncias feitas pelo policial Jayme Oliveira teriam sido prestadas em um depoimento realizado em novembro do ano passado. Na semana passada, o conteúdo do depoimento foi revelado e Cunha e Anastasia negaram o teor das acusações, além de negarem qualquer tipo de envolvimento com o doleiro.

“Meu cliente nunca teve relação com o Antonio Anastasia ou com Eduardo Cunha. Se houve entrega de dinheiro para essas pessoas, não foi meu cliente que mandou entregar”, disse Basto ao G1.

Segundo ele, caso o envolvimento de Cunha ou Anastasia no esquema de desvio de recursos venha a ser comprovado, não será com base na delação premiada feita pelo seu cliente. Até o momento, nove pessoas, entre elas diversos executivos de grandes empreiteiras, firmaram acordos de delação premiada visando redução da pena.

Se era essa a bala de prata com a qual tentariam aniquilar a candidatura de Eduardo Cunha à Presidência da Câmara, eles vão ter que juntar os blogueiros da BLOSTA na missão de conseguir outro factóide.

Anúncios

7 COMMENTS

  1. Luciano, fugindo um pouco do assunto: você sempre disse que devemos evitar os termos “comunismo” e “socialismo” para fazer referência aos governos de esquerda que hoje dominam a América Latina. O termo correto seria “bolivarianismo”.
    Pois bem, de uns tempos pra cá (e você já tinha demonstrado ter percebido isso), percebo que a esquerda já está dando um jeito de esvaziar esse termo, tornando-o de fácil ridicularização. Só hoje, lendo comentários em notícias de jornais, notei dois esquerdistas usando do expediente de afirmar que “Simón Bolívar não era socialista” e “Vai estudar o que é bolivarianismo”, na mesma linha usada quando se fala do comunismo. Iniciativas nesse sentido surgiram quase que ao mesmo tempo, o que meio que evidencia uma ação coordenada.
    http://www.cartacapital.com.br/politica/o-que-e-bolivarianismo-2305.html
    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/10/141007_ted_bolivarianismo_rb
    http://www.revistaforum.com.br/mariafro/2014/11/08/aos-leitores-que-repetem-bolivarianismo-e-nao-fazem-ideia-que-falam/

    Pois bem, parece claro que há um trabalho para que, aos poucos, o termo “bolivarianismo” seja tão ridicularizado quanto “comunismo”. Devemos ficar atentos a isso, porque esse termo, de fato, atinge a esquerda em cheio (do contrário não veríamos tanto esforço para negar o rótulo). Você já fez posts mostrando que a esquerda fica desesperada quando atribuem bolivarianismo a ela, mas não sei se já explicou como se pode superar esse novo estratagema semântico dos bolivarianos. Creio que seja um tópico importante para ser abordado.

    • No link da bbc que voce postou já existe uma boa resposta para eles,

      “Quando ainda era vivo, o venezuelano Hugo Chávez declarou seu país uma “república bolivariana”.
      Os presidentes Rafael Correa, no Equador, e Evo Morales, na Bolívia, se autodeclaram “bolivarianos”.

      Portanto, são os próprios líderes sul-americanos que se chamam de bolivarianos, não fomos nós que inventamos o termo…

  2. O cúmulo da vigarice é o PT utilizar a operação para tentar assassinar a reputação de políticos de oposição. Não sei se o Eduardo Cunha falou, mas ele deveria jogar a m no ventilador e mencionar que Dilma foi citada no processo nominalmente, e que ela e seu partido quadrilha não tem moral alguma para falar da reputação dos outros.O cúmulo da vigarice é o PT utilizar a operação para tentar assassinar a reputação de políticos de oposição. Não sei se o Eduardo Cunha falou, mas ele deveria jogar a m no ventilador e mencionar que Dilma foi citada no processo nominalmente, e que ela e seu partido quadrilha não tem moral alguma para falar da reputação dos outros.

  3. E ainda tem gente que diz que os petistas não são os Reis do Oportunismo. Com coroa e tudo o mais.

    Briga Marina x Malafaia por causa dos gays -> “NÓS! NÓS! NÓS VAMOS CRIMINALIZAR HOMOFOBIA! Hahaha, esses gays ingênuos, a gente fala que vai ajudá-los, eles já correm pro nosso lado feito ovelhas num rebanho”
    Atentado ao jornal francês -> “VCS VIRAM, QUE HORROR? Não podemos deixar isso ocorrer aqui! Vamos censurar a mídia!”
    Petrolão, Lava Jato, escandalo que faz o Mensalão ser fichinha -> “oh, esses dois caras aqui óh, Eduardo Cunha e Antonio Anastasia, a culpa é deles, toda deles, vê lá”

Deixe uma resposta