O dia em que o Papa Francisco se tornou ídolo da extrema-esquerda

30
124

papafrancisco

A partir do momento em que a escória moral da humanidade passa a idolatrar alguém, você já não começa a suspeitar dessa pessoa? Eu começo.

Pois bem. Nesta sexta-feira, o Papa Francisco tornou-se ídolo instantâneo da extrema-esquerda brasileira, principalmente por causa das declarações dadas nesta semana. Quem ainda não as leu, clique aqui para ver os absurdos papais.

Eis que ele recebeu o prêmio merecido, na forma de reconhecimento como “único estadista em atividade”, por sua “lucidez”. Veja abaixo como é a capa da Carta Capital deste final de semana:

quandopapasetornaidolodaextremaesquerda

E que tal o Pragmatismo Político? Veja imagem abaixo:

papa

Enfim, se existe uma senha para fazer a extrema-esquerda ter um orgasmo é só falar em “liberdade de expressão com limites”. Eles ficam igual cachorro diante de cadela no cio ao ouvirem essa expressão. Tudo por que eles pensam dia e noite em censurar a mídia, e slogans como “liberdade de expressão tem limites” ou “liberdade de expressão não é absoluta” são essenciais para esse fim.

Ao fazer o uso da distinção de emergência, concatenando o “mas” após a expressão “liberdade de expressão”, o Papa se tornou um dos principais garotos propaganda da campanha de censura bolivariana.

Alguns podem até reclamar dizendo: “mas para símbolos religiosos deve existir exceção”. Mas, como já disse, nenhum símbolo cristão jamais será respeitado, e ninguém será punido por isso. Como já disse aqui, os cristãos não costumam levar a guerra jurídica às últimas consequências. Quer dizer, na prática o discurso “mas para símbolos religiosos deve existir exceção” significa “somente para símbolos muçulmanos e afro deve existir exceção”. Motivo: esses dois grupos são apoiados pela extrema-esquerda,  precisam de distinções de emergência para violar a liberdade de expressão alheia e irão para a guerra jurídica até onde for necessário.

Este é o nível de serviço feito pelo Papa com suas declarações bizarras. E enquanto alguns direitistas ainda tentarão bolar racionalizações para justificar o discurso de Francisco, a extrema-esquerda seguirá aproveitando-se dessas declarações.

É evidente que o Papa Francisco escolheu seu lado nesta batalha política…

De novo a dica: preste atenção em quem está celebrando as declarações dele de forma mais efusiva.

Anúncios

30 COMMENTS

  1. E o papa afirma:
    “…esperar um soco, é normal…”
    Em outras palavras: é ate compreensível a reação dos terroristas.
    E não foi Sheherazade quem disse.
    Mas como a esquerda é criminosa, é de se esperar esse mau caratismo.

    • O papa acha que reagir a um desenho ou ofensa com um soco é algo legítimo. Isso não vai contra a própria doutrina católica?
      O papa agora é defensor da violência e da falta do senso de proporção? PQP

      Alguém fez um desenho ofensivo? Faça um desenho de volta.
      Alguém te ofendeu? Xingou sua mãe? Xingue a mãe dele.

      Nada mais justo que isso. Espancar ou matar alguém que te ofendeu não é justiça nem aqui nem na China.

  2. Como a esquerda não tem vergonha do discurso duplo né? Se é para causa, vale até dizer que o Papa é a favor do socialismo. Tanto faz se ele é ou não, a esquerda vai usar – como sempre usou – qualquer pessoa/ideia/causa que possa beneficar o PARTIDO.

  3. E as profecias de São Malaquias vão se cumprindo,esse papo é o do fim do mundo,é comunista olha as coisas que ele fala,mas a esquerda gosta de usar o Cristianismo quando os convêm tipo quanto tem esse “apoio” e a teologia da libertação

  4. Não entendo este maniqueísmo. A liberdade de expressão já tem limites. É um direito que esbarra em outros como o direito à honra. Resta saber se os que recordam algo que é um fato(existência de limites) se amparam nos limites já reconhecidos da ordem institucional ou se são mesmo revolucionários interessados na censura.

    O papa pode até ter escolhido o seu lado. Mas a guerra política não está limitada entre a extrema-esquerda que combates e do outro lado a esquerda francesa de base laicista do “Eu sou Charlie”. Acho que o papa neste caso foi bem prudente condenando tanto o terrorismo e se desviando cair na armadinha de certo grupo anticristão falando do tal limite:

    “É verdade que não se pode reagir violentamente, mas se o doutor Gasbarri [organizador das viagens pontifícias, que se encontra normalmente junto do Papa], grande amigo, ofender a minha mãe[Nossa Senhora??], vai levar um murro”, gracejou.

    E o melhor, Francisco também citou o discurso de Bento XVI em Ratisbona que tanto irritou a esquerda “politicamente correta”!

    Prezado Luciano, pare um pouco e reflita no seguinte questionamento que farei:

    Achas que esta extrema-esquerda se converteu ou existe uma terceira frente(a do papa) nesta batalha que busca valorizar as raízes cristãs da Europa?

    Acredito na segunda hipótese e também concordo com a alegação feita por Buchsk referente a astúcia da esquerda.

  5. Vocês, ateus e BAAListas (israelitas) querem ser os donos do mundo. Pelejarão contra o Cordeiro de Deus mas o Cordeiro os vencerá. Assim vocês, BAAListas ficaram em extrema minoria: contra um bilhão de muçulmanos e contra um bilhão de cristãos e contra o resto do mundo. Que VITÓRIA de Pirro!!!

  6. Um discurso a favor do Islã.
    “Mesmo que se considere excessiva a abordagem que o Jornal fazia do Islã, é óbvio que nada justifica o atentado.”
    Afirmações como a citada acima, parecem alheias à realidade , uma negação do conhecimento que temos hoje sobre a seita islâmica que pretende dominar o mundo.
    Para os fundamentalistas , não existe esse entendimento e todos sabem disso, pois o discurso radical islâmico é abertamente proclamado aos sete ventos:
    (Atenção especial aos itens 6 a 11 dos 20 mandamentos de Maomé.)

    Tu deves estuprar, casar e divorciar meninas na pré-puberdade. Alcorão 65:4, 4:3
    Tu deves ter relações sexuais com escravas sexuais e trabalhadoras escravas. Alcorão 4: 3, 4:24, 5:89, 33:50, 58: 3, 70:30
    Tu deves bater nas escravas sexuais, nos trabalhadores escravos, e nas esposas. Alcorão 04:34
    Tu deves ter quatro testemunhas masculinas muçulmanas para comprovar um estupro. Alcorão 24:13
    Tu deves matar aqueles que insultam o Islão ou Maomé. Alcorão 33:57
    Tu deves crucificar e amputar não-muçulmanos. Alcorão 8:12, 47: 4
    Tu deves matar os não-muçulmanos para garantir receber as 72 virgens no céu. Alcorão 9: 111
    Tu deves matar quem deixar o Islã. Alcorão 2: 217, 4:89
    Tu deves decapitar não-muçulmanos. Alcorão 8:12, 47: 4
    Tu deves matar e morrer por Alá. Alcorão 9: 5
    Tu deves aterrorizar os não-muçulmanos. Alcorão 8:12, 8:60
    Tu deves roubar e furtar os não-muçulmanos. Alcorão Capítulo 8 (Saque / Espólios de Guerra)
    Tu deves mentir para fortalecer o Islã. Alcorão 3:28, 16: 106
    Tu deves lutar contra os não-muçulmanos, mesmo que você não queira. Alcorão 2: 216
    Tu NÃO deves tomar os não-muçulmanos como amigos. Alcorão 05:51
    Tu deves chamar os não-muçulmanos de porcos e macacos. Alcorão 5:60, 7: 166, 16: 106
    Tu deves tratar os não-muçulmanos como as criaturas mais vis, que não merecem misericórdia. Alcorão 98: 6
    Tu deves tratar os não-muçulmanos como inimigos jurados. Alcorão 4: 101
    Tu deves matar os não-muçulmanos por não se converterem ao Islão. Alcorão 09:29
    Tu deves extorquir não-muçulmanos para manter o Islão forte. Alcorão 09:29.
    Oras, nada justifica para quem , cara pálida? Para nós ocidentais de formação judaico-cristã obviamente. O cristianismo tem sido a característica dominante na formação da cultura europeia pelo menos nos últimos 1700 anos. A influência de filósofos cristãos na sociedade europeia como um todo é punjante. Até os ateus de carteirinha , caso de alguns cartunistas mortos na redação da revista Carlie Hubdo , pensam assim mesmo que de forma apenas cognitiva.
    A insistência de uma esquerda progressista, de ser cega aos fatos que insistem esfregar em nossas caras que o multiculturalismo generalizado é legal até a página dez… e que daí para frente, o ideal de um mundo globalizado pacífico e hegemônico não passa de um sonho , uma utopia, está custando caro a países civilizados a exemplo da França e principalmente Inglaterra para citar os piores.
    O que falta ao mundo civilizado que conhecemos hoje, é o entendimento de que mesmo nas esferas abstratas, conceitos tem forma e oque tem forma tem bordas e o que tem bordas tem limites.
    Quando nos deparamos com algo totalmente sem limites, como evidentemente demonstra ser o comportamento de extremistas radicais islâmicos, não podemos esperar contrapartidas ou reciprocidade que siga a cartilha dos falso moralismo democráticos da extrema esquerda.
    É quando a gente se dá conta de que o famoso bordão ”O buraco é mais embaixo” pode ser mais que uma força de expressão..
    Ouvir repetidamente as palavras de experts , autoridades e população em geral de que “nada justifica o atentado” demonstra claramente a limitação do nosso entendimento em relação aos acontecimentos recentes que evidenciam com a brutalidade de um tapa na cara a verdadeira face da insensatez de uma ideologia mundial politicamente falida que mistura promiscuamente imigração, inclusão, religião e bem estar social na França e na Europa de modo geral .
    A sociedade ocidental se monstra frágil e desamparada diante do Imperialismo Islâmico , como uma mulher que se sente culpada ao apanhar do marido e jamais o contraria na esperança de tentar muda-lo e acabar com as surras.
    A verdade é que estão todos em negação. E em nome de uma utopia igualitária de conto de fadas que acredita em papai Noel, nos recusamos a ver , ou melhor, a admitir que teremos que lutar contra algo indefinível, ainda fora do alcance dos nossos parâmetros, contra algo inominável que não tem forma, nem bordas ou limites e consequentemente não temos por enquanto, na história da civilização ocidental, conhecimento para enfrentarmos tal abominação.
    O que se prenuncia agora, porém, é bastante conhecido da nossa história .
    Chama-se o exército da direita reacionária, para arrumar a extrema bagunça que a festeira esquerda progressista deixou na casa dos judaicos cristãos.
    Abriram a porta para o Diabo entrar e refastelaram-se na esbórnia das orgias coletivas plurimulticulturais sob a falsa premissa de que somos todos iguais..
    E agora josé? O último a sair, que apague a luz. (Andrea Richa)

  7. Luciano e colegas comentaristas, posso estar falando um absurdo, mas seria este papa esquerdista ou pelo menos algo próximo a isto?

    Faço essa pergunta pois além do fato descrito neste post, houve a tal contribuição do Papa para a retomada das relações diplomáticas entre os EUA e Cuba.

    Obs.: Sou católico e tenho simpatia por Francismo, mas pela esquerda tenho simpatia nenhuma.

  8. Moro na Alemanha e a situação da igreja católica aqui é calamitante por varias questões, o que levou muita gente a deixar a igreja. Envolvidos na religiao catolica tivemos acessao ao livro de uma senhora chamada Anne Mewis (Der Himmlischer Vater spricht – Botscahften an Anne / O Pai Celestial Fala – Mensagens à Anne). A senhora Anne Mewis recebe mensagens diretamente de Deus, de Jesus e Maria.
    Em resumo o conteúdo das mensagens trata do reestabelecimento da igreja catolica, nao deixando de abordar a problematica do modernismo que se instalou na igreja católica. Algumas mensagens fazem também referência ao Papa Bento XVI relacionadas ao episódio em Assis e a sua renúncia ao papado. Outras mensagens dizem que o Francisco não é papa e que a eleição do Bergoglio foi articulada por maçons. Os Link onde são encontrado as mensagens no original (http://www.kommherrjesus.de/botschaften/anne/einfuehrung) e também de um site que faz a tradução para o português. Quem faz esse trabalho de tradução são fieis e não tradutores de profissão o que gera algum vicio de tradução (http://regentesanto.com/msg)

  9. O Papa que não é POP, esqueceu quem representa, o CRISTO, aquele que disse:
    “-Ama o próximo como a ti mesmo.” e “Faz ao próximo o que queres para ti.”
    .
    Perdeu a MORAL! Perdeu a chance de ficar calado.

  10. Quando convém, tudo bem! Neguinho enfia crucifixo no c* em plena praia de Copacabana, debocha, escrotiza, ofende, molesta em público, cospe na cara, mas assim que o papa diz algo que lhes agrada viram cristãos desde criancinha.
    Eita povinho duas caras!

  11. Da murro numa pessoa que xinga a mae agora é apoiar terrorismo ? Por isso que dá uma palmada numa criança para correção ta sendo cosiderado espacamento pela lei .

  12. Assino embaixo. Francisco demonstra fraqueza VERBAL. Volta e meia diz coisas no mínimo ambíguas, passíveis de várias “traduções”. Essa última foi terrível, desastrosa, tanto como aquela mania de esculhambar o clero em PÚBLICO, esquecendo que até no Vaticano “roupa suja se lava em casa”. Aliás, a turminha esquerdopata o ADORA, o que já é mau sinal.
    Só nos resta saber em suma, se ele é um trapalhão ou um mal intencionado. Em ambos os casos, não está à altura do cargo.

    Oriana Curitiba

  13. Luciano, os fundamentalistas do marxismo-humanismo-neoateísmo do Brasil 247 não iriam ficar mesmo silenciosos após a declaração do papa: para eles, se Reinaldo Azevedo, Guilherme Fiúza, José Roberto Guzzo e Ricardo Noblat reprovam o que o Sumo Pontífice diz, isso só pode significar que Sua Santidade está com a razão. O problema para eles é que a infalibilidade papal só existe para questões de doutrina católica, não de política em geral. Assim sendo, vamos dizer que eles inventaram a infalibilidade papal em questões marxistas-humanistas-neoateístas, algo que com certeza Francisco não gostaria de saber que inventaram.

  14. Ao contrário dos liberais, não acredito em liberdade de expressão absoluta. Aliás, mesmo alguns dos que dizem que acreditam na realidade não acreditam, pois defendem alguma restrição, como casos de falsa acusação de crime, por exemplo.

    Mas existe uma diferença muito grande em reconhecer algum limite a liberdade de expressão e perder completamente o senso de proporções. Ainda que se considere símbolos religiosos como passíveis de proteção, as declarações do Papa tratam como equivalentes uma ofensa verbal e assassinatos. É o mesmo tipo de desproporção que houve na celeuma em torno das declarações de Bolsonaro. Ainda que se considere uma atitude injusta, fica mais do que clara a desproporção completa entre o que fizeram os cartunistas e os radicais islamicos.

    Será que o Papa também acha compreensível a morte de pessoas que nada tinham com as charges, como do policial que estava fazendo a proteção dos cartunistas?

    Esse Papa é uma verdadeira tragédia para a Igreja Católica e para o cristianismo em geral.

    • Se houver liberdade de fazer falsa acusações de crimes, oque vai acontecer é que simplesmente uma acusação sem provas não vai ter nenhum valor. Como aquele cara que sempre finge que está afogando, e no dia que ele afoga de fato, ninguém faz nada, já que essas alegações já perderam toda credibilidade.

      • São coisas diferentes. Pense numa falsa acusação de estupro, por exemplo. Pelas características desse tipo de crime, a prova testemunhal tende a ser muito importante em um processo. Afinal, até dá para conseguir evidências materiais do ato, mas dificilmente se terá certeza de que foi feito mediante violência. Se forem permitidas declarações do tipo sem punição, o risco de punir inocentes seria muito maior. Lembre que não é apenas a ofensa moral que está em jogo, mas sim uma possível condenação contra a liberdade do ofendido.

        Aliás, o próprio ultraje a culto não deixa de ser uma restrição a liberdade de expressão. Se alguém não pode realizar atos blasfemos no meio de uma cerimônia religiosa, então essa pessoa tem sua expressão limitada. Acontece que se essa manifestação for permitida, estaríamos destruindo a liberdade de culto. Na vida real há choques entre princípios e valores. Liberdade irrestrita é utopia.

  15. Esse papa Francisco só dá bola fora, ele fala uma coisa num dia, a esquerda comemora no dia seguinte e depois o Vaticano vem a publico “desdizer” oque o papa disse.
    É impressionante esse amor tão grande entre a esquerda e a censura.
    O limite da liberdade de expressão é o ouvido do publico, quem não gostar do discurso é só parar de ouvir.

  16. Essa música é comuna como o quê, mas tem um bom ritmo. O papa deve ser da tchurma.

    Miséria

    Titãs

    Miséria é miséria em qualquer canto
    Riquezas são diferentes
    Índio, mulato, preto, branco
    Miséria é miséria em qualquer canto
    Riquezas são diferentes
    Miséria é miséria em qualquer canto
    Filhos, amigos, amantes, parentes
    Riquezas são diferentes
    Ninguém sabe falar esperanto
    Miséria é miséria em qualquer canto
    Todos sabem usar os dentes

    Riquezas são diferentes

    Miséria é miséria em qualquer canto
    Riquezas são diferentes
    Miséria é miséria em qualquer canto
    Fracos, doentes, aflitos, carentes
    Riquezas são diferentes
    O Sol não causa mais espanto
    Miséria é miséria em qualquer canto
    Cores, raças, castas, crenças

    Riquezas são diferenças

    A morte não causa mais espanto
    O Sol não causa mais espanto
    A morte não causa mais espanto
    O Sol não causa mais espanto
    Miséria é miséria em qualquer canto
    Riquezas são diferentes
    Cores, raças, castas, crenças

    Riquezas são diferenças

    Índio, mulato, preto, branco
    Filhos, amigos, amantes, parentes
    Fracos, doentes, aflitos, carentes
    Cores, raças, castas, crenças
    Em qualquer canto miséria
    Riquezas são miséria
    Em qualquer canto miséria

    • Me lembra minha adolescência. Os Titãs poderiam atualizar a letra:

      ” O terror não causa mais espanto”

      “Tem terrorista em todo canto”

      “petistas, anarquistas, peessedebistas”

Deixe uma resposta