David Cameron defende a liberdade de expressão ao contestar Papa Francisco

23
142

cameron

Lá se foi o tempo em que um Papa fazia declarações geralmente mais lúcidas do que a maioria dos líderes políticos a respeito dos grandes problemas da atualidade. Desta vez, David Cameron, primeiro-ministro britânico, teve que dar um puxão de orelha no Papa Francisco. Leia, conforme o Brasil247:

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse hoje (18) que uma sociedade livre tem o direito de ironizar com a religião, discordando da opinião do papa Francisco, que considerou existirem limites para a liberdade de expressão.

“Acho que em uma sociedade livre existe o direito de ser ofensivo com a religião dos outros”, disse Cameron. “Sou cristão. Se alguém diz algo ofensivo sobre Jesus, poderia considerá-lo ofensivo, mas em uma sociedade livre não tenho o direito de libertar a minha vingança sobre essa pessoa”, acrescentou.

Cameron, que na última sexta-feira (16) esteve reunido com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em Washington, afirmou, ainda, que o seu trabalho é “fazer cumprir a lei” e não dizer a um jornal se pode ou não fazer uma publicação.

Na quinta-feira (15), o papa Francisco defendeu que a liberdade de expressão é um direito fundamental, que não permite “insultos à fé dos outros”. Francisco acrescentou que “matar em nome de Deus é uma aberração”.

“Não podemos provocar, não podemos insultar a fé dos outros, não podemos ridicularizá-la”, disse o papa aos jornalistas a bordo do avião que o levava de Colombo para Manila. A liberdade de expressão deve “exercer-se sem ofender”, disse o papa sublinhando que expressar-se era um “direito fundamental”.

“Todos têm não apenas a liberdade, o direito, como também a obrigação de dizer o que pensam para ajudar o bem comum. É legítimo usar esta liberdade, mas sem ofender”, disse o papa, pedindo verdade, principalmente na atividade política.

E antes que algum chato apareça, já vou avisando que de fato Cameron usou um “mas” em sua sentença. A diferença é que Cameron usou um “mas” após a sentença onde diz que alguém “tem o direito de se ofender”, enquanto o Papa usou um “mas” após a sentença “é legítimo usar a liberdade de expressão”.

Quer dizer, enquanto a mensagem de Cameron coloca um limite no seu direito de se ofender (mas sem violência), o Papa colocou um limite na liberdade de expressão (mas sem ofender).

Os fatos são claros e a mera análise do discurso nos mostra que apenas Cameron se posicionou, de fato e sem reservas, do lado da liberdade de expressão.

Em tempo: o título do post do Brasil247 é safado até dizer chega: “David Cameron contesta Papa e defende insulto à religião”. Mentira deslavada, pois Cameron é um cristão, que provavelmente não gostaria de ver a religião ser insultada, mas, mesmo assim, ele defende o direito de alguêm fazê-lo. Não é algo que um colunista da BLOSTA entenderia…

Anúncios

23 COMMENTS

    • Ótima explanação! Eis que o islã usa a jihad de forma crescente e sem combate (ou com um combate meia boca). A indignação contra essa guerra assimétrica e covarde é dúbia, tanto do lado dos ocidentais( contaminados pelo politicamente correto) quanto do lado dos muçulmanos que se dizem moderados. O repúdio a esse tipo de ação deve ser claro e cristalino, sem amarras. Afinal, se a gente tem dificuldade de enxergar o inimigo como tal, tanto pior. A nossa batalha já começa perdida no campo das ideias.

  1. Liberdade de expressão é o direito de manifestar livremente opiniões, ideias e pensamentos. Só consigo ver esse direito num sentido de virtude ou seja procurando a verdade .

    Quando a Liberdade de expressão é usada num sentido de má fé ; ofensas com palavrões , calunias sem fundamento , ou seja procurando a humilhação usando a mentira não consigo ver como um direito.

    Acompanhando esse debate , percebi que a liberdade de expressão ilimitada é um dogma dos liberais .

    A liberdade de expressão ilimitada no mundo não seria uma coisa utópica como a igualdade social , temos no mundos pessoas com níveis de agressividades diferentes :por exemplo os cristãos aceitam humilhação porque estão perdendo a guerra politica de lavada , você pode pegar um monte de merda modelar é fazer a nossa senhora que não dá nada . mais existe mais de bilhao de pessoas que pra eles desenhar maomé já é uma ofensa é uma parte deles tem coragem de doar a vida para assassinar os responsáveis pela ofensa e a até inocentes. quem vai encarar ? vai existir uma liberdade de expressão ilimitada para cristãos ; ateus e judeus e outras religiões deixando os muçulmanos de fora ?

  2. Essa ação de David Cameron é explicada, por causa dos recentes atritos da política interna.
    A poucos dias, ele disse que o governo da Inglaterra deveria monitorar ou mesmo bloquear o WhatsApp para evitar o terrorismo.
    A oposição o “incinerou” chamando-o de censurador.
    Então ele teve de tomar ações para se desvencilhar disso.
    E ele o fez, condenando o Papa.
    Lá eles tem o seu próprio ecossistema de política, independente do nosso.
    A real é que o PT quer regular a mídia baseada na regulação inglesa.
    Basta lembrar – Que na Inglaterra, se você tem uma TV, você precisa pagar o imposto anual sobre recepção de radiotransmissão. Esse imposto é o principal financiador da BBC.
    Não se assuste se daqui alguns dias, o PT falar em cobrar imposto para assistir TV.

  3. David Cameron foi duramente criticado pelo establishment por ter dito que a Grã-Bretanha é um país cristão, além de ter desejado Feliz Natal ao seu povo, pronunciamentos esses que teriam ofendido os ateuzinhos e esquerdopatas. Esse é o espirito da época. Porém há um duplo padrão diabólico: por um lado se critica virulenta e despudoradamente tudo o que provenha da Cristandade para destarte miná-la completamente, enquanto se isenta certas posturas que são totalmente alheias à democracia ocidental, tudo isso coma balda do multiculturalismo e politicamente coreto.

    Querem liberdade de expressão para poder insultar a religião? Pois que seja a total liberdade de expressão. Até um prefeito muçulmano da Holanda mandou um ‘‘fuck off’’ para os ofendidinhos muçulmanos (olha que esse prefeito ainda sofre um atentado, hein, do jeito que essa gente é vingativa — anos depois de terem feito as charges de Maomé e de terem com isso sofrido um atentado, os cartunistas do Charlie Hebdo foram assassinados após os terroristas descobrirem o endereço da redação do jornal semanário, que era até então secreto).

    Mas quantos já não foram, por exemplo, parar na lista negra da gaystapo ou já não sofreram ameaças de censura e intimidação com beijaço gay — e até a morte! —, como aconteceu com Carlos Ramalhete, Julio Severo e tantos outros mais? É assim que se defende a liberdade de expressão, com esse duplo padrão? Já o Obama disse na ONU, com uma ignomínia que somente sói acontecer com esquerdistas, que o futuro não pertence àqueles que difamam o profeta [infame, fraudulento, esquizofrênico, polígamo, fornicador, estuprador, pedófilo e genocida] do islã.

    E ninguém falou nada — com exceção dos conservadores, que são sempre marginalizados e cujas opiniões alcançam um público restrito. Obama é um desgraçado, ele tem o sangue dos cartunistas chacinados do Charlie Hebdo nas mãos, e tem também o sangue de milhares de pessoas que são forçadas a se reverterem (como eles dizem) à submissão que é o islã, só para ser redundante, preferindo a morte ao invés de se perverterem à essa religião maligna, liberticida, tirânica, assassina e, o pior, totalmente demoníaca. São os verdadeiros Átilas da fé, mais adoradores da morte do que da vida.

    • Esse alemão foi no ponto: está tá todo mundo tentando adular fanático. Fanático não se pode agradar, muito menos, comprar. São pessoas que perderam qualquer resquício de bom senso. Como os esquerdopatas, só têm sede de poder, custe o que custar. Isso não pode ser ignorado, deve ser combatido.

  4. Eu acho que a esquerda lucra de qualquer forma, falhando a tentativa de limitar a liberdade de expressão, aproveitarão para intensificar suas ofensas a religião de forma mais vil e abundante do que nunca, e provavelmente não será a religião islâmica.

    O Charlie Hebdo será martír, sim, martir do direito do estado laicista, da esquerda anticlerical e do neoateísmo, se esquerdistas não conseguem lucrar com uma tragédia por uma via, lucram por outra.

  5. Quanto ao Brasil6669: que vá junto com toda a BLOSTA para a Indonésia, país nojento, sanguinário, incoerente, sujo e comunista como eles!

    E mandou bem o Cameron, afinal, é muito simples boicotar o que não é do agrado. Lembrando que Zé Celso e atores do Teatro Oficina já fizeram uma manifestação na universidade CATÓLICA de São Paulo, na qual erotizaram Cristo e etc. Fizeram isso DENTRO da universidade católica, FORAM até o local. Não o fizeram, sei lá, na rua, no próprio Teatro Oficina, em outro local, foram diretamente onde queriam atingir, foi um ataque, e nunca ouvi nenhum esquerdopsicopata falar um A a respeito disso.

    E é uma pena porque esse discurso da esquerda (que inclusive foi levado ao extremo pelo PCO, apoiando a atitude sanguinária dos fanáticos terroristas) contagiou muita, muita gente.
    Dia desses, no estágio, uma secretária veio comentar a respeito do caso, dizendo aquele discurso de “foram cutucar onça com vara curta”, e eu fui começar falar em liberdade de expressão, pronto: verbalmente, apanhei. Até gente que detesta o PT me atacou brutalmente com palavras. Apresentei o argumento do Teatro Oficina acima, mas não adiantou. Mesmo falando “é a porra de um jornal, lê quem quer”, falaram que é público, portanto, não podem resmungar do ocorrido.

    Triste… e idiotas!

  6. È fácil compreender porque o Papa diz ter “limites” para a Liberdade de Expressão. O problema não é nem de leve as charges de mau do gosto do Charlie Abdou contra as religiões. O problema é que a Liberdade de Expressão total é simplesmente muito ruim para a Igreja Católica. Pois pode surgir coisas que a Igreja Católica não gostaria de jeito nenhum. Coisas que as charges gozadoras e indecentes nem chegam perto.

    Por exemplo: imagine se um historiador muito sério resolve contar o que aconteceu de verdade na INQUISIÇÃO !
    Já pensaram para pensar o que foi a INQUISIÇÃO de verdade ? A Igreja Católica tenta melhorar as coisas desavergonhadamente. Imagine se surge um livro dizendo como o Imperador Constantino criou a Igreja Católica a partir das “igrejas erradas” daquele tempo e como o Catolicismo herdou muitas coisas do paganismo. Mistura de sincretismo de cristianismo com paganismo. Como a igreja despreza a Bíblia e está cheia de doutrinas de homens. Já fui católico ,hoje sou protestante. Já pensaram no termo usado para pessoas como eu na Igreja Católica: HEREJE ! Um termo que remete a um terrível preconceito e discriminação. Desprezo,zombaria e rebaixamento. Ex-católicos são os piores herejes. E faz lembrar como o Islamismo trata mau os ex-muçulmanos taxando os de “apostátas”. Finalizando Deus que é Onipotente,Todo-poderoso,Oniciênte dá a Liberdade de expressão aos fracos ser humanos.
    Numa ocasião Abrão intercede pelos justos que poderiam existir em Sodoma e Gomorra. Este dialógo é descrito em Gênesis 18,23 á 33. Na verdade a Liberdade de Expressão existe no mundo só porque existe o Cristianismo e principalmente porque existe o Deus biblíco (não só cristão) que deu ao homem o maior de todos direitos : O LIVRE- ARBÍTRIO.. Somos capazes de tomar decisões por conta própria e inclusive de irmos contra Deus. Mesmo assim o Criador não nos quis criarmos sem livre -arbítrio nos fazendo viver como se fossemos um bando de ovelhas. A Liberdade emana de Deus e por isto nunca pode ser sufocada neste mundo. A falta de liberdade emana de Satánas pois é ele que sempre procura escravizar a humanidade. O Cristianismo verdadeiro nos dá a Liberdade. No paganismo não existe liberdade,vide Islamismo.

    • ………………..,-~*’`¯llllllllllllll`*~,.
      …………..,-~*`lllllllllllllllllllllllllllllllllllllll.
      ………,-~*llllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll.
      ……,-*llllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll.
      ….;*`lllllllllllllllllllllllllll,-~*~-.llllllllllllllllllllllllllll.
      …..\lllllllllllllllllllllllllll/………\;lllllllllllllllllllllllllll.
      ……\lllllllllllllllllllll,-*………..`~-~… llllllllllllll..
      …….\llllllllllll,-~*…………………)_-\..*`*;….
      ……..\,-*`¯,*`)…………,-~*`~.……………/
      ………|/…/…/~,……-~*,-~*`;……………./.\
      ……../…/…/…/..,-,..*~,.`*~*…………….*……
      …….|…/…/…/.*`…\………………………)….)¯`~,
      …….|./…/…./…….)……,.)`*~-,…………/….|..)…
      ……/./…/…,*`-,…..`-,…*`….,—……\…./…
      ……(……….)`*~-,….`*`.,-~*.,-*……|…/.…/……
      …….*-,…….`*-,…`~,..“.,,,-*……….|.,*….
      ……….*,………`-,…)-,…………..,-* `…,-*….(`-,…

  7. “Lanterna
    – 17/1/2015 às 3:45 pm

    Alguns ignorantes em Direito afirmam, “cheios de razão”: “a liberdade de expressão tem de ser total, absoluta!! Se houver excessos, que a Justiça resolva o problema determinando a reparação de eventuais danos morais ou a aplicação de pena”.

    Ora!!! Se a liberdade de expressão fosse absoluta, não faria sentido a possibilidade jurídica de sancionar (punir) excessos praticados no seu exercício. Tal possibilidade de punição significa exatamente que a liberdade de expressão é sempre limitada e que a ultrapassagem desses limites enseja sanção punitiva.”

    O cara acertou em cheio.

    • Outra para se perguntar se os marxistas-humanistas-neoateístas que acusaram a sociedade de indiferença em relação ao Boko Haram irão ter a mesma capacidade de indignação: igrejas protestantes brasileiras são queimadas no Níger. Como sabemos, isso envolve missionários (em sua maioria do sexo masculino) que trabalham com pregação cristã (que sabemos ser a religião mais odiada pelos MHNs). Logo, em estando envolvidos homens heterossexuais cristãos, qual será a reação dos coletivos não eleitos? Creio que nenhuma.
      O motivo para queimarem igrejas brasileiras no Níger? Segundo dizem, as charges do Charlie Hebdo. Porém, o que tem a ver um jornal francês com um trabalho religioso brasileiro? Obviamente nada e os jihadistas estão mesmo pondo em prática aquilo que fazem com quem é kaffir, sendo a história do Charlie apenas um pretexto bem torto.

      PS: o atentado à AMIA ocorreu em 1994, não em 1988 como havia dito anteriormente.

  8. Tenho muitas ressalvas ao atual Primeiro Ministro Inglês, em especial, suas tentativas de romper com QUALQUER SIGILO INDIVIDUAL na Internet, o quê, é um verdadeiro convite a qualquer Governo Totalitário.

    Entretanto, nesta questão do Papa, Sir David Cameron, está certíssimo! O Papa falou besteira e está mais do que na hora de todos aqueles que se julgam Conservadores, De Direita e defensores da Individualidade e da Livre Iniciativa começarem a berrar e defender seus pontos de vista!

    O mundo atual vive o ataque insidioso e velado do Comunismo, disfarçado de “Direitos Humanos”, “Ecologia” e outras desculpas esfarrapadas, que nada mais são que uma imensa lavagem cerebral. Está mais do que na hora de todos os que repudiam isso, fazerem como o atual Ministro Cameron acabou de fazer.

  9. David Cameron é o mesmo que apoia lei de regulação da mídia, que embora esteja longe das leis bolivarianas, ainda assim é uma regulação. Pior, chegou a ameaçar proibir redes sociais porque elas não estavam cooperando o suficiente com o governo.

    Isso é jogo de cena. Cameron está longe de ser um real defensor de liberdades.

  10. Luciano, mudando um pouco de assunto, acabei de entrar no blog do Reinaldo Azevedo e qual não foi minha surpresa quando vi um anúncio da Caixa Econômica Federal ali! Será que o governo dobrou a Veja?

Deixe uma resposta