Brasil247 tenta de novo a ladainha do Manchetômetro para validar a censura de mídia. E aí? Alguém ainda cai no truque?

12
158

dilmarousseff

A caradura do Brasil247 é vista de novo no texto “Manchetômetro: ‘Dilma segue sob fogo cerrado’”. Infelizmente, muitos ainda não perceberam como funciona o truque deste tal Manchetômetro, portanto não respondem adequadamente a toda vez que os governistas tentam a mesma ladainha.

Veja o texto do Brasil247 e depois comento:

247 – Um novo cálculo feito por pesquisadores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) aponta que ‘Dilma continua sob fogo cerrado da cobertura da imprensa familiar’.

Segundo pesquisadores, o padrão de viés contrário a ela continua similar àquele do período eleitoral, já revelado em análises prévias do Manchetômetro. ‘Nas páginas de opinião, que não foram analisadas durante o período eleitoral, descobrimos um viés ainda mais forte contra a presidente reeleita. Se somarmos editoriais e artigos de opinião chegamos a números expressivos como o de 29 textos contrários na segunda semana de novembro. Somando as seis colunas negativas publicadas nessa semana, o número vai para 35: uma média de cinco textos contrários a Dilma por dia nos três jornais’.

Matérias favoráveis são praticamente inexistentes. A proporção entre manchetes e chamadas contrárias e neutras é de praticamente 1:1. Os três grandes jornais juntos dedicam a Dilma já na primeira semana após o 2° turno um total de 19 matérias e chamadas de capa negativas, recorde para todo período. Na primeira semana de dezembro do ano passado o número atinge 18.

Quanto à chamada “lua de mel”, expressão usada para denotar o período imediatamente posterior à posse de um novo governante, pesquisa aponta que não houve trégua ao governo.

“Dilma, contudo, não foi contemplada nem com o mais leve esboço de uma lua de mel. Pelo contrário, logo após o resultado eleitoral, a oposição, novamente ancorada pela militância dos grandes meios de comunicação, tentou pelo menos duas maneiras de inviabilizar sua posse: pedindo recontagem de votos por alegação de fraude e pressionando o TSE pela rejeição de suas contas de campanha. Não bastasse isso, o escândalo da Petrobrás que já havia servido de combustível para inúmeras denúncias contra Dilma e o PT durante a campanha — destaque para a já histórica capa da Veja às vésperas do segundo turno — tornou-se o assunto mais noticiado desde o término do período eleitoral” (acesse aqui a pesquisa na íntegra).

Eu já mapeei como funciona o truque aqui e aqui. A farofa é a mesma de sempre.

Quem clicar no link verá que, como sempre, a auditoria é embusteira. Não é nem auditoria. Os eventos estudados são escondidos, e até mesmo os “incidentes” não são visíveis.

O que mais surpreende é como muitos dentre nós se esquecem de humilhá-los por citar algo tão fraudulento como o Manchetômetro.

Anúncios

12 COMMENTS

  1. Comentários favoráveis para situações favoráveis
    A imprensa não precisa puxar saco de ninguém nem dela mesma
    Tem que explicar para os funcionários públicos da imprensa em português castiço
    Parem de mentir é puxAr o saco do governo

  2. “ Não bastasse isso, o escândalo da Petrobrás que já havia servido de combustível para inúmeras denúncias contra Dilma e o PT durante a campanha — destaque para a já histórica capa da Veja às vésperas do segundo turno — tornou-se o assunto mais noticiado desde o término do período eleitoral” “

    Então a sugestão é que a mídia parece de noticiar a Petrobrás, é isso? Pra isso que querem regulação né, nem disfarçam.

  3. Seria interessante analisar as monografias, teses, dissertações e artigos publicados por este departamento para aferir se há neutralidade política também.
    O vento que venta cá deve ventar lá.

  4. Pergunta do ENEM 2016

    Membros do partido do governo pegam a verba da Pesquisa Científica Universitária e criam um Programa de Monitoramento Manual, aonde a opinião da mídia sobre o “grande líder” é medida.
    O grande líder é criticado pela mídia – Então, isso justifica a censura da mídia.
    E que país essa história está acontecendo?
    a) Coréia do Norte
    b) Brasil
    c) Cuba
    d) Venezuela
    e) Todas as alternativas

    • Por falar em ENEM, a redação foi a muito recusada, acho que quando viram o tema, ‘propaganda direcionada ao público infantil’, os alunos correram vomitar e esqueceram de fazer, ou seja, o tema só faltou cuspir na cara dos alunos a seguinte frase:
      “É para virarem marionetes e se posicionarem de acordo com nossa doutrina que ‘formaremos’ vocês”.

  5. Manchada está é a moral desse site Brasil2469666. Manchada até o cu.

    E porra, é tão simples: se tem tanta matéria falando mal da Yilma, é porque ELA SÓ TÁ FAZENDO CAGADA, PORRA. É censura de mídia, é a economia assustadora de ruim, é tirar direito trabalhista, é mexer em tudo que é rabo que ela falou que não mexeria… porra, a pau-mandado só faz BOSTA, então é ÓBVIO que só há matérias criticando-a.

    Manda ela ir fazer algo que preste, e aí a elogiarão. Tipo… renunciar 🙂

  6. Pela lógica deles, Hitler deve ser o governante mais perseguido pela imprensa da História. Hoje em dia há 100% de matérias jornalísticas contrárias a ele.

Deixe uma resposta