Bizarro: PT tenta conseguir apoio do PSDB na disputa pela presidência da Câmara… e os tucanos o recebem para reunião

32
49

chinaglia

Ô partido que só funciona na pressão esse PSDB. De vez em quando, eles aceitam algumas agendas interessantes e até fazem discursos contundentes. Mas só quando nós os pressionamos. Pois quando descuidamos (e, aliás, a direita está muito descuidada neste momento), eles tem alta tendência a derrapar.

Veja a matéria PT tenta conseguir apoio do PSDB na disputa pela presidência da Câmara, do Estadão:

São Paulo – Candidato a presidente da Câmara pelo PT, o deputado federal Arlindo Chinaglia está tentando amarrar o apoio do PSDB para um eventual 2º turno na disputa. O parlamentar esteve nessa segunda-feira, em São Paulo, no diretório estadual dos tucanos, onde se reuniu com o presidente da sigla, Duarte Nogueira, e outros membros da executiva paulista.

Apesar se ser adversário histórico do PT, o PSDB está sendo alvo de assédio do grupo de Chinaglia, que prevê enfrentar Eduardo Cunha (PMDB) num provável segundo turno pelo comando da Casa. Os tucanos, porém, informaram ao petista que estão fechados com a candidatura de Julio Delgado (PSB) no primeiro turno e “inclinados” a apoiar Cunha no segundo.

O que devemos fazer?

Questionar duramente os responsáveis do PSDB diante do óbvio. Se a reunião ocorreu no diretório do PSDB, então alguém deixou os petistas entrarem lá. Espero que não tenha ocorrido uma invasão a partir do uso de armas. Se não ocorreu uma invasão (e pelo que diz a notícia, não ocorreu), então, repito, alguém deixou os petistas entrarem lá. Se alguém deixou os petistas entrarem lá, há ao menos um nome para responsabilizarmos por dar esta permissão. Este nome parece ser o Sr. Duarte Nogueira.

A pressão já deve começar exigindo de Nogueira explicações sobre por que fizeram reunião com petistas. Ora, se uma liderança judaica hoje fosse fazer reunião com nazistas, a população do primeiro lado exigiria explicações. Por que não devemos fazer o mesmo?

Como perguntar não ofende, uma pergunta deveria ser: “Se o problema não é falta de vergonha na cara, então qual problema os levou a fazer reunião com a turma do Chinaglia?”.

Anúncios

32 COMMENTS

  1. Só falta agora acertar a distribuição de cargos para o PSDB. É lamentável a situação política do brasil (com “b” minúsculo mesmo), onde nós não sabemos quem é quem.

  2. Luciano,

    Segundo a coluna de Lauro Jardim, alguns Tucanos estão convencidos de que é melhor Eduardo Cunha, furioso com o governo Dilma no plenário do que ele “todo poderoso” na presidência! Acho que essa estratégia é um tiro no pé!! Concorda?

  3. Não que eu fosse ingênuo de acreditar que PSDB seria a salvação, sempre fico esperando eles fazerem alguma cagada, mas dai dar pro PT MAIS PODER AINDA no governo, é pra lá de anti-maquiavélico. É uma burrice política sem igual.

  4. Boa parte dos políticos do PSDB não se diferem muito dos do PT (acho que não preciso lembrar que ambos são de esquerda), o que os diferem um pouco são os métodos aplicados para se atingir os objetivos. Já não é de hoje que o PSDB não inspira qualquer confiança, votei no Serra em 2010 tapando o nariz e muito irritado pelo fato dele não ter explorado de forma incisiva as chagas do PT e não ter mencionado uma vez sequer o Foro de São Paulo.

    Na última eleição, mais uma vez, por falta de opção e querendo evitar o mal maior acabei votando no Aécio e tive a mesma decepção ao longo da campanha, apesar de achar que ele se saiu melhor do que o Serra, mas ainda muito além do que o necessário esperado para se enfrentar um adversário sujo e com muito mais chagas a serem exploradas do que em 2010. Mas o que me deixa mais impressionado é a arrogância como alguns políticos da dita oposição, no caso o PSDB, não percebem que é bem provável que a maioria dos votos obtidos na última eleição não sejam obra de uma identificação política ou ideológica com o partido, mas sim devido a uma enorme rejeição ao PT somado a falta de opção.

    Cito como exemplo o caso da vereadora carioca e psdebista Andrea Gouvêa que entrou no jogo sujo do PT, da MAV e dos ratos da blogosfera estatal em associar a imagem de golpistas de direita que pedem a volta dos militares aos que foram as ruas reivindicar um processo eleitoral mais transparente, a apuração dos escândalos na Petrobras e o impeachment de Dilma em caso de comprovação do conhecimento dela dos eventos de desvio. Conforme pode ser visto neste artigo do Rodrigo Constantino: http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/democracia/maquina-de-difamacao-petista-engana-ate-tucanos/

    Ela conclui seu tosco e desonesto comentário dizendo que “a direita precisa criar o seu partido e descolar do PSDB”. Pois bem, essa senhora já parou para pensar na hipótese de que se realmente houvesse um partido de direita na disputa, o PSDB teria obtido cinquenta milhões de votos? DUVIDO!!! Sei que há exceções, mas em geral, os políticos do PSDB pensam desta forma e são arrogantes, acham que em algum momento o PT vai acabar se enterrando sozinho e o poder vai voltar para eles sem terem que fazer muito esforço e criar uma real ruptura política, passando a fazer uma oposição incisiva entrado de fato na guerra política. E nessa arrogância, nessa empáfia, o país está indo direto pro esgoto e já estamos indo para 16 anos dessa corja bolivariana no poder caso o botijão de gás termine o mandato.

    Sendo assim, este seu artigo foi para mim a gota d’agua que faltava para entornar o caldo Luciano. Em 2018, se não houver um partido ou um candidato que represente os valores republicanos, passarei a engrossar a turma do nulo (talvez nem saia de casa para votar), no PSDB eu não voto mais!

  5. Boa parte dos políticos do PSDB não se diferem muito dos do PT (acho que não preciso lembrar que ambos são de esquerda), o que os diferem um pouco são os métodos aplicados para se atingir os objetivos. Já não é de hoje que o PSDB não inspira qualquer confiança, votei no Serra em 2010 tapando o nariz e muito irritado pelo fato dele não ter explorado de forma incisiva as chagas do PT e não ter mencionado uma vez sequer o Foro de São Paulo.

    Na última eleição, mais uma vez, por falta de opção e querendo evitar o mal maior acabei votando no Aécio e tive a mesma decepção ao longo da campanha, apesar de achar que ele se saiu melhor do que o Serra, mas ainda muito ABAIXO do que o necessário esperado para se enfrentar um adversário sujo e com muito mais chagas a serem exploradas do que em 2010. Mas o que me deixa mais impressionado é a arrogância como alguns políticos da dita oposição, no caso o PSDB, não percebem que é bem provável que a maioria dos votos obtidos na última eleição não sejam obra de uma identificação política ou ideológica com o partido, mas sim devido a uma enorme rejeição ao PT somado a falta de opção.

    Cito como exemplo o caso da vereadora carioca e psdebista Andrea Gouvêa que entrou no jogo sujo do PT, da MAV e dos ratos da blogosfera estatal em associar a imagem de golpistas de direita que pedem a volta dos militares aos que foram as ruas reivindicar um processo eleitoral mais transparente, a apuração dos escândalos na Petrobras e o impeachment de Dilma em caso de comprovação do conhecimento dela dos eventos de desvio. Conforme pode ser visto neste artigo do Rodrigo Constantino: http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/democracia/maquina-de-difamacao-petista-engana-ate-tucanos/

    Ela conclui seu tosco e desonesto comentário dizendo que “a direita precisa criar o seu partido e descolar do PSDB”. Pois bem, essa senhora já parou para pensar na hipótese de que se realmente houvesse um partido de direita na disputa, o PSDB teria obtido cinquenta milhões de votos? DUVIDO!!! Sei que há exceções, mas em geral, os políticos do PSDB pensam desta forma e são arrogantes, acham que em algum momento o PT vai acabar se enterrando sozinho e o poder vai voltar para eles sem terem que fazer muito esforço e criar uma real ruptura política, passando a fazer uma oposição incisiva entrado de fato na guerra política. E nessa arrogância, nessa empáfia, o país está indo direto pro esgoto e já estamos indo para 16 anos dessa corja bolivariana no poder caso o botijão de gás termine o mandato.

    Sendo assim, este seu artigo foi para mim a gota d’agua que faltava para entornar o caldo Luciano. Em 2018, se não houver um partido ou um candidato que represente os valores republicanos, passarei a engrossar a turma do nulo (talvez nem saia de casa para votar), no PSDB eu não voto mais!

  6. Quando eu digo que nao temos oposicao no Brasil………..Já analisei, li e reli várias opinioes, só intervencao militar tem alguma chance de mudar o Brasil, por meios democráticos eu nao acredito…nao mesmo. Há muita gente beneficiando-se desse caos, gente vivendo como verdadeiros sheiks…nao há interesse em mudar absolutamente nada. Quem quiser me ridicularizar, esteja à vontade, mas até agora ninguem me deu um argumento razoável para negar minha afirmacao. Ta… se os militares tambem nao resolverem nada, aí entrega a chaves para alguem que saiba cuidar, quem tiver condicoes faca as malas e parta. Deixemos o país ser pra sempre apenas uma grande senzala produtora apenas de insumos básicos para o mundo civilizado. Simples assim!!!!

    • Erika

      É exatamente este o padrão que estou estudando (uma das minhas especialidades é o estudo de padrões).

      A desistência a priori e a busca de motivos para “ah, já era, não serve como oposição mesmo” é um padrão de comportamento de todos que tendem a pedir intervenção militar.

      Nós sabemos, no entanto, que não vai ocorrer intervenção militar.

      A melhor coisa seria pressionar o PSDB mesmo. E o PMDB.

      Aliás, como estão os trâmites para você partir do Brasil?

      Pois um outro padrão é que muitos que apontam como “única alternativa fugir do Brasil” tendem a não sair.

      Seria o Efeito Denethor…

      Abs,

      LH

      • Será que essa Erika iria se mudar para um país em plena ditadura? Não restam muitos deles no “mundo civilizado”, mas para quem menospreza os “meios democráticos”, a África é logo ali.

  7. Por essas e outras não vejo o PSDB com bons olhos. Agora, depois das eleições, eles vão ter de fazer para merecer apoio. Qual é a vantagem de botar um frouxo novamente para combater o PT e ficar chamando eles de levianos? A Dilma é descaradamente terrorista, com todas as ameaças de retirar o bolsa família se não votarem nela, apoiou os terroristas que se intitulam ISIS, que degolam crianças, e ele não falou nada disso. Deu as costas à manifestação em Paris contra o terrorismo islâmico, e prefere ficar choramingando morte de traficante. O silêncio da “oposição” é realmente ensurdecedor. O PSDB tem mais é que ir para a PQP mesmo. Tem que destruir essa oposição frouxa, e botar alguém que tenha coragem para dizer a mais plena verdade, como Bolsonaro já o faz. Eles já ficaram irritadinhos inicialmente com os protestos anti-PT, eles tem medo de perder a hegemonia da oposição, querem mais é manter as coisas como estão, isso está bem claro.

    E não, não quero intervenção militar, quero uma intervenção culhonar, chega de castrados do PSDB. E o caso do Alckmin que levantou a questão do decreto 8243 em São Paulo? Eita oposição maravilhosa essa hein.

    O próprio Aécio já disse que “não adianta a direita empurrar que não vou”. Antes disso declarou que quer reestatizar a Petrobrás, já escreveu um artigo contra a liberdade do cidadão de portar armas, e é a favor de um Estado inchado, com assistencialismos garantidos na constituição independente do governo, como se o sistema de bolsas já não fosse suficiente. Não o vejo defender a liberdade de expressão, falar uma vírgula contra a censura do PT.

    Por que a galera liberal ama o Aécio? É um verdadeiro enigma, parece que liberais gostam de levar cusparadas na cara, deve ser coisa de mulher de malandro mesmo.

    • Vou explicar o porquê: ninguém “ama” o Aécio, na verdade. Acontece que ele é o que mais próximo está de atender nossas demandas, que mais tem POPULARIDADE para isso. O negócio é pressionar ele para nos atender porque, se ele não contar nem com o nosso apoio, aí que ficará sem votos mesmo.
      Ele vestiu a camisa da oposição e é quem mais tem chance de ganhar. Não adianta citar nomes do tipo Bolsonaro: esse até uma criança sabe que nunca vai ganhar. Nem meu voto terá, jamais, um retardado daqueles.

      • Vocês são foda mesmo, e eu que não suporto o retardado do Aécio voto nele, pois é o que mais próximo está de atender nossas demandas, assim como o Bolsonaro, só que ao contrário de vocês liberais, eu prefiro votar num retardado como o Aécio, já vocês não suportam votar no Bolsonaro, prferem Dilma e Lula, pois ele ( Bolsonaro ) fere suas suscetibilidades liberais. Vá entender!

      • Alessandro, não voto no Bolsonaro não só porque ele “fere” suscetibilidades ou algo do tipo. Ele tem as opiniões raivosas e engraçadas dele, mas ok. Eu não voto nele porque votar nele é jogar voto no lixo. Ele jamais vai ganhar. E a culpa é toda dele, por abrir a boca pra falar as baboseiras que fala. É direito dele falar, mas precisa arcar com a responsa do que fala, no caso, perder popularidade.
        Aécio não abre a boca pra ficar falando opinião pessoal dele sobre coisas que não interessam, como Bolsonaro adora fazer. Por isso que é o nome mais forte, você o detestando ou não. Pro Bolsonaro já está tarde demais – ainda bem.

      • Ele tem popularidade por que era ele ou a besta dos infernos. Isso é mais do que óbvio. Vou te falar uma coisa que o Dep. Bolsonaro me contou por telefone, quando liguei para a assessoria dele no site da Câmara: se o Fernandinho Beira-Mar estivesse concorrendo, as pessoas iriam escolher o Beira-Mar em vez da Dilma.

        O Aécio mesmo não tem força nenhuma, o povo é que está contra a Dilma, e o fracote do Aécio mal conseguiu fazer uma campanha decente, e fraquejou no debate, acreditando que as pessoas não querem ver briga em um debate como a mídia petista disse, aí ele voltou a ser completamente frouxo, em vez de levemente frouxo que chama a Dilma de eufemismos diversos como “leviana”. Um verdadeiro castrado! Há a oportunidade de Aécio aproveitar o momento de forte antipetismo, mas ele claramente não está disposto a lutar contra o PT, em vez disso ele vai fazer críticas amplas contra a corrupção e mal gerenciamento do Estado, em vez de atacar a raiz do problema que é ideológica. Sem esquecer de repetir slogans toscos como “não vamos nos dispersar”, é claro.

        E olha, tenho certeza que Bolsonaro arranca sangue do PT em um debate e em campanha. Não vejo o Aécio ter coragem de falar o que Bolsonaro fala, ou recebendo as pessoas que estão contra o PT assim: https://www.youtube.com/watch?v=Pl_SbNOvLns

        As pessoas gostam dele simplesmente porque ele fala a verdade, não tem rabo preso. O Aécio e o PSDB são justamente o contrário, medem cada vírgula que falam para ser tudo certinho polidinho de acordo com o politicamente correto, sempre evitar ficar contra idéias esquerdistas como o desarmamento, alta taxa de impostos, assistencialismo, direitos humanos e muito mais. Oposição assim todo mundo quer.

      • Marcelo, compreendo pois eu mesmo me irritei com o Aécio em alguns momentos do 1o turno achando que ele tava muito manso, mas na reta final ele me convenceu. Armamentismo não é bandeira de todos que estão contra o PT. Não é a minha, por exemplo. Entre algumas outras coisas. Aécio englobou não só os direitistas tradicionais e conservadores, mas também quem é de centro ou de uma esquerda moderada.
        Discordo do que o Bolsonaro te falou. Colocassem Serra para concorrer com a Dilma, seria desastroso, cairia fora rápido. Óbvio que eu, você, e quem mais quer a Wilma longe de lá de qualquer forma votaria nele, após tomar um Engov como o Rodrigo Constantino disse em 2010 para expressar seu desgosto em ter de votar no carequinha com cara de louco. Mas o Brasil não é dividido entre “nós” e “eles”. Não é dividido em extrema-esquerda e direita. Tem muita coisa que pipoca nesse meio, sabe bem disso. Se Aécio chegasse com uma agenda raivosa completamente direitista, a-lá Bolsonaro, não ia ter ido bem nos resultados como foi.
        Agora, também adoraria ver Bolsonaro participando de um debate com a Zilma… ele ia apanhar bastante dos chapa branca e de sei lá quem mais, mas também ia bater, ah se ia!

      • Eu poderia dizer o mesmo do Aécio, que votar nele é jogar o voto no lixo ou você acha mesmo que o Senador é imbatível? Esquecei, o cara perdeu até no estado em que governou, é fácil rotular o voto em Bolsonaro de voto inútil mas deveria aplicar a mesmíssima metodologia em relação ao Aécio, se pretende ser imparcial, caso não seja um tucano. Eu poderia também dizer que o Aécio é playboy, bate em mulher, cheirador, constrói aeroportos em terras de parentes, é um banana tucano que nem a força vai pra direita como o mesmo disse, mas entre ele e outro esquerdista, tampo o nariz e voto nele, já você pelo que deu a entender, prefere um esquerdista de fala mansa ao Bolsonaro de palavras rudes.

        Se a esquerda pensasse como você nunca teriam elegido o Lula sequer a vereador, em dez frases ele fala onze merdas, o Bolsonaro não tem opiniões raivosas ou engraçadas, isso é rótulo que a esquerda joga sobre ele e nós mesmo compramos. A esquerda defendeu Lula e o blindou a ponto de inverter sua estultice e inépcia em ”sabedoria popular”, porque não podemos fazer o mesmo em relação ao Bolsonaro, suas falas ressoa e encontra eco entre o povão, pois é essa linguagem que conhecem e identificam-se. Faça um levantamento, ele defende 90% de projetos que o povo apoia, fala sem firulas ou rapapés e por isso mesmo o temem, sabe que essa é a linguagem popular, sabem que é esse discurso que o povão entende, se o Enéas com todo seu brilhantismo, tivesse transmutado seu linguajar acessível a grande massa, não tenha dúvidas de que ele teria maiores chances de eleger-se Presidente.

        Bolsonaro só perde popularidade entre esquerdistas, artistas globais e liberais, no mais ele só cresce em audiência, sua expressiva votação como o mais votado do Rio é sinal claro e inequívoco de que esse é o caminho, assim como elegeu seus filhos expressivamente.

        Esse é o problema do Aécio, não abre a boca pra nada. Com muita relutância aceitou tímida e discretamente a redução da maioridade penal para 16 anos ( e pra não brigar com a esquerda ) somente em casos de crimes hediondos! Quando a redução da maioridade penal é quase que 90% aceito pelo povo, que não somente aceitam como clamam por essa redução. Bolsonaro defende leis populares, mas que são contra a agenda progressista da classe falante e opinativa desse país, já o Aécio para não tomar porrada, prefere esses discursos sem água, ambíguos, sem tocar nas chagas morais do PT,sem enfrentar a agenda cultural da esquerda, sem denunciar enfaticamente a organização internacional que está dominando a America do Sul e tantos outros assuntos que um verdadeiro líder e opositor deveria levantar, como a agenda gay, desarmamento civil, pena capital, aborto etc…

        Mais forte! Cara, eu sou do povo, sou prestador de serviço, só com ensino médio, sem carteira assinada ( autônomo ) moro em uma favela carioca e te digo uma coisa, o povo tem é ojeriza do PSDB, claro que muito disso se deve ao discurso do PT, mas é fato de que o Aécio, Alckimin e Serra, assim como FHC, não conseguem falar com o povo, o Aécio não é forte, é só a única opção viável que tínhamos no momento, o discurso do Bolsonaro é muito mais aceito entre o povão do que o Aécio, entre Aécio e Bolsonaro voto em Bolsonaro sem pestanejar, e é bem provável que o Aécio apoie o Lula contra o Bolsonaro num eventual segundo turno.

      • ” Armamentismo não é bandeira de todos que estão contra o PT. Não é a minha, por exemplo ”

        E o desarmamento é sua bandeira?

      • Ser contra o desarmamento não significa que sou à favor de uma sociedade militarizada/armamentista, apenas defendo o direito de cada cidadão se defender com uma arma, o que Aécio já admitiu ser amplamente contra em um artigo na Folha de São Paulo. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/100348-desarmamento.shtml
        Ele teve a audácia de dizer que o governo foi leniente no desarmamento, parece que brasileiros desarmados não estão morrendo o suficiente nas mãos de bandidos com fuzis para o sr. Aécio.

        Você acha que as pessoas apoiaram Aécio pelos seus belos olhos? Não, as pessoas estão ficando contra o PT cada vez mais, e ele era a bola da vez para combater o PT. Em SP o PT foi totalmente rechaçado na disputa pelo governo estadual e o senado, o Serra e Alckmin foram eleitos, e isso não é porque os paulistas os amam, mas porque já estão fartos do PT. No RJ, onde só tinha candidatos pró-PT no governo, ocorreu uma quantidade de abstenções/votos nulos altíssima, se não me engano mais pessoas não votaram ou anularam do que votaram em um dos amiguinhos dos petralhas.

        As pessoas querem um político com agenda de direita, o que praticamente não se encontra mais na política atual. Você acha que o Bolsonaro sendo o deputado federal mais votado no Rio foi o quê, sorte? O Marco Feliciano também teve uma votação expressiva. Não foi à toa que as pessoas adoraram quando o Aécio “bateu” na Dilma no debate que ela fingiu passar mal, creio que muitos por aí querem ver uma pessoa que humilhe publicamente o PT, por todos os seus desmandos e a interminável quantidade de mentiras que saem dessa quadrilha. As pessoas querem alguém que fale a mais clara verdade, e não tenha essa polidez covarde que apenas serve para preservar o PT e as demais legendas de esquerda.

        Quanto a Dilma bater, essa mulher só sabe mentir lendo teleprompt ou ouvindo besteira pelo ponto eletrônico, o Bolsonaro ia expor essa bosta toda, tocar no assunto do ex macho dela que admitiu no SBT que assaltava bancos na época do regime militar, a coisa ia ficar muito feia para ela.

  8. Bem dito, não apenas falta de vergonha em suas caras, como falta de respeito aos eleitores do PSDB, sendo ou não filiados, todos que apoiaram o partido nessas eleições, é no minimo uma traiaragem das grandes, e queremos sim uma explicação dessa reunião com os petralhas. Quem vai responder???

  9. Tomara que o NOVO ou outro partido realmente de direita saia do papel. Já estou cansado de depender dos otários do PSDB. Eles levam o bom mocismo tão a sério que provavelmente emprestariam uma toalha para o carrasco limpar o sangue deles na hora da execução.

    Ter que ficar colocando o partido contra a parede o tempo todo é cansativo. Eles é quem deveriam liderar e ter iniciativa, e não o contrário

  10. Pra quem está a criticar o PSDB: esse blog, bem como o do Rodrigo Constantino, buscaram mostrar quais os pontos positivos da candidata Marina uma vez que sua aprovação estava muito grande nas eleições passadas. Quem sabe ela vencesse a Wilma? Mas, não. Ninguém quis nem saber. Achincalharam ela demais, vocês, vocês aí que estão a criticar o PSDB. Com isso, PT ficou mais forte, mais poderoso.
    PSDB cagou no pau com essa reuniãozeca, mas aí que entra nossa força pra pressioná-los a: “QUE B**ETA DE OPOSIÇÃO É ESSA?”. Já estou pressionando da minha parte. E vcs?

    • Cauê, eu fui um dos que concordou com a linha de raciocínio do Constantino neste sentido, ao contrário do seu Reinaldo Azevedo, que foi um dos que resolveu dar porrada nela sem descanso…

  11. o próprio lula já afirmou que não existia mais partidos de direita no brasil! porque colocam tanta fé no PSDB??? só no nome já se percebe que esse partido se não fecha com foro de sp, fecha com a maçonaria que é anti-direita desde sua fundação.

Deixe uma resposta