Jurista pró-PT diz que “o maior inimigo do Brasil é a mídia brasileira”

28
37

bandeira

Bandeira de Mello, jurista conhecido pelo afinco com que defende o PT até mesmo em questões indefensáveis, dá uma declaração óbvia, conforme o Brasil247:

Fala-se muito em liberdade de imprensa como sendo uma coisa importante por uma razão óbvia: onde é que nós recebemos informações sobre o Brasil e sobre o mundo? É pela mídia. Logo, se ela nos der uma informação truncada, orientada, encaminhada para valorar certas coisas e desvalorizar outras, o que nós brasileiros vamos ter dentro da cabeça?

Este é o tipo de mente que tem como prioridade censurar a mídia para que ela esconda indicadores econômicos ruins e escândalos de corrupção. Aliás, sobre corrupção, a opinião de Bandeira de Mello não poderia ser mais óbvia. Abaixo ele dá a maior bandeira:

Estava tão indignado com a decisão do Supremo [com a prisão dos mensaleiros petistas]. Isso me fez pensar que, se eu vivesse de renda, fecharia meu escritório no dia seguinte, não admitiria reedição mais de livro nenhum meu, porque o direito acabou.

Enquanto até mesmo muitos estão abandonando o PT por vergonha, diante de tantos escândalos de corrupção, o problema deste senhor é com… quem condenou os mensaleiros à prisão.

Já imaginaram como seria uma mídia controlada por pessoas com este tipo de moralidade?

Anúncios

28 COMMENTS

  1. Luciano:
    Parafraseando o título de teu blog, estou pensando em abrir um, chamar-se-á:
    CRETINISMO POLÍTICO e SAFADEZA SOCIAL, desnudando a política e a cultura pervertida.
    Creio que haverá muitas abordagens a serem feitas pelo mesmo.
    Brincadeiras a parte, não precisa publicar.
    Abraço,

  2. É para isso mesmo que serve a liberdade de imprensa. Para que mentes brilhantes como a do Celso Antonio Bandeira de Mello possam se expressar, ainda quando esquecidas do que se passou na PUC quando a censura corria solta nos anos de chumbo.

    Celso também esqueceu que a liberdade de imprensa tem que ser intocável e permanente, para que produza todos os seus efeitos quando qualquer partido assumir o governo, inclusive os que lhe desagradam.

    Quanto ao mensalão, que Celso viva bem mais que seus 77 anos para assistir como se articulava com o petrolão. Vai fazer corar o Pinochio dos anos 80,

    Mas vou continuar lendo o que ele escreveu no âmbito do Direito, porque não se pode ser bom em tudo.

  3. “Logo, se ela nos der uma informação truncada, orientada, encaminhada para valorar certas coisas e desvalorizar outras, o que nós brasileiros vamos ter dentro da cabeça?”
    .
    Merda, meu caro. Merda na cabeça! Sua candidata, e antes dela o molusco de Satã, só o que fizeram na vida foi mentir e dar informação truncada, ou mesmo inventada, e sempre do lado do Sete Peles! Mentem como quem respira, como também essa organização pseudo-jornalística chamada Brasil 247, que EU sustento involuntariamente com MEUS IMPOSTOS, seu CANALHA!
    .
    Por favor, faça um favor ao planeta e abandone o direito em homenagem aos seus amigos criminosos. O mundo jurídico já está infestado de sujeitos sem um pingo de vergonha na cara como o senhor. Aliás, senhor não, que um pilantra do seu calibre nem de você merece ser chamado!

  4. Luciano perceba que o asqueroso “jurista”???? fala de uma maneira que generaliza TODA a mídia. Mas nós, pessoas de bem, sabemos que o vergonhoso Bandeira quer diz na verdade TODA MÍDIA CRÍTICA DO governo e do PT consequentemente.
    Já em relação àqueles blogs paus mandados governistas (a BLOSTA) como Luis Nassif, Sakamoto, Altamiro Borges,Breno Altman e uma montanha de outros similares, te garanto que o indecente jurista não
    se encaixa na definição vagabunda do mesmo.

  5. Só há 2 tipos de pessoas que defendem este governo nefasto: quem está lucrando com ele ou quem é muito mal caráter. A qual categoria este senhor pertence?

  6. Sem ética e vergonha, trouxa que cai no papo desse tipo de esquerdopata. Então o supremo é injusto, a mídia é toda errada e deve ser controlada, quem se opõe ao PT é golpista, classe média é opressora, Joaquim é negro de alma branca, e, só o PT está correto? Na visão de mentirosos e canalhas, sim. Só o PeTralha é correto, injustiçado, quer o bem do povo…

  7. Igual você sempre disse, Luciano, nossa maior meta (dos direitistas) é não permitir a censurar da mídia pelo PT.
    Olha as figuras que estão por trás dessa proposta “democrática”.

  8. Excelente!
    O uso da comunicação e do falatório é uma arma muito bem considerada por aqueles que se aboletam no Poder para dele viver e impor suas manias, aliviar recalques e inveja.

    É comum ver bancas de jornais exibindo jornalecos radicais em esquerdismo. Estes revivem discursos do se XVIII sem constrangimento e tecem loas aos que se auto intitulam “progressistas”. Esta foi já a primeira dica sobre as intenções desta fauna no que se refere à manipulação e deturpação da linguagem.

    As palavras que se estabeleceram permitindo a transferência e o acumulo de conhecimento são manipuladas exatamente para produzirem o oposto. O uso de eufemismos, hiperboles e metaforas é negado induzindo-se que expressam a realidade. O apelo a palavras de sentido original divergente daquele que são usadas na “guerra política” (sim, a política é a guerra por outros meios, não o contrário. Afinal a guerra tem por objetivo submeter os demais a nossa vontade e precede a política como método: violência) é constante. Afinal, como diz a notoria frase: “na guerra a primeira vítima é a verdade”. Na política não é diferente, sobretudo por ser esta a continuação da querra, ao contrario do que disse gal. Von Clausewitz.

    Ocorre que esta estratégia nunca foi levada a sério por suas vítimas, que sempre sucumbiram ao frenético palavrório dos algozes da liberdade alheia. George Orwell alertou brilhantemente sobre tal manipulação do idioma, mas nem assim houve respeito por tal ardil. O próprio livro sagrado que também alertou sobre a vaidade também alertou sobre a Torre de Babel, ou o caos que linguas divergentes poderia causar. A soberba e a estupidez caminham juntas e de mãos dadas e assim, desprezar uma arma aparentemente tão pífica sempre foi um “orgulho”. Esquece-se que é a linguagem a eficiente arma que atira homens contra homens: aquela que inventa inimigos para aliciar amigos e fragmenta o adversário para lutar entre si mesmo.

    O fato é que nesta guerra há uma QUINTA COLUNA que se vale exatamente da propaganda de uma MORAL CONVENIENTE para imobilizar e fragilizar as vitimas, estas seduzidas em sua VAIDADE e ansiosas por se MOLDAREM à moral que valoriza o indivíduo na comunidade. Essa MORAL ESTRATÉGICA DISSEMINADA e PROPAGANDEADA como a MODA do MOMENTO é exatamente o “POLITICAMENTE CORRETO”, que é uma ESTRATÉGIA MILENAR usada para “amarrar” as vítimas com sua própria vaidade (desejo ostentar-se virtuoso ou “o melhor”), onde os estúpidos e inseguros vaidosos tornam-se absolutamente irracionais e se deixam dominar para moldarem-se aos valores morais arbitrados para as vitimas, ja que os guerreiros agressores possuem uma outra moral para si: aquela moral que valoriza o guerreiro: a MORAL dos BONS. Já para as pretendidas vítimas estes oferecem a “MORAL dos BONZINHOS”.

    A estratégia perfeita é exatamente aquela não percebida pelas vitimas, que a ela sucumbem e nem mesmo assim a percebem.

    Não por acaso a ideia de Trotsky e sua moral dupla: a deles e a nossa.

    Enquanto não se reconhecer a disseminação da moral dupla, não será possível reagir aos agressores que de tal estratégia se valem nesta “guerra por outros meios”.

    Afinal, se diz Clausewitz que:
    “Guerra é um ato de violência destinado a forçar o adversário a submeter-se à nossa vontade”

    Eu ouso corrigir para:

    Guerra é um ato de ESTRATÉGIA destinado a forçar o adversário a submeter-se à nossa vontade.

    Ora, exatamente por isso, contrariando Clausewitz:

    A política é a continuação da guerra por outros meios.

    Afinal, tentar submeter os demais através da política é uma estratégia muito melhor e de resultados mais duradopuros. Também não foi por acaso o apreço de Marx/Engels por Clausewitz.

  9. Com todo respeito ao Bandeira de Mello, mas isso é papinho de quem “comprou o próprio diploma”. Discursinho mais tosco. Acho que o petismo tirou-lhe a capacidade e o resto de senso que eu acreditava que ele ainda tinha. Se eu tinha 99% de certeza que um esquerdista não “bate bem”, hoje tenho a certeza que é de 100%.

  10. Vejam para o Partido dos Trabalhadores o que é um jurista de verdade.
    O maior “inimigo” do Brasil não são os crimes cometidos, – e sim aqueles que os denunciam. Vejam a qualidade dos “juristas” deste partido de ladrões e mal feitores.

  11. O livro dele ganhou um capitulo com a crise de 2008 que o coloca no patamar ideologico da marilena chaui (odeio a classe media). So com o manual esse cara ja ganhou o suficiente pra vida inteira, e faz a piadinha com os rentistas… Marilena tmb com renda vitalicia no topo da hierarquia estatal falando de classe media. Os dois sao ricos, moral da historia.

    • é claro que um “playboy” como ele só pode falar mal da classe média, porque do pobre eles precisam usar pra mão-de-obra barata…¬¬”

      os últimos com moral pra criticar qualquer classe são a elite econômica. se fosse um favelado ainda vá lá, mas um pseudo “playboy” de bosta igual a chauí e ele falando da classe média é risível. porque eles não ajudam a levantar a petrobrás?! não fazem nada pelo país e criticam os “reaças” kkkkkkk.

    • conheço parente rico de esquerda que adora falar mal da “crasse média”, mas paga menos de um salário mínimo pra seus operários…

      e aí, como fica a credibilidade dos “ricos politizados”???

  12. É possível que ele acabe no STF. Ele tem um certo nome no Direito Administrativo e é completamente pró-PT. É o candidato ideal para o governo.

Deixe uma resposta