Segundo campanha de Dilma no primeiro turno, petista não termina mandato

35
207

dilma-impeachment-previsoes-2015

O quê? Como? Sim, é isso mesmo que você leu. E não sou eu que estou falando. Foi o próprio PT que fez isso na campanha de primeiro turno contra Marina Silva.

Veja um resumo de Fernando Rodrigues feito no início de setembro de 2014, para relembrar como foi esta campanha:

A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, partiu de uma vez para o ataque hoje (2.set.2014) ao comparar sua principal adversária, Marina Silva (PSB), a dois presidentes que tiveram problemas para governar e acabaram deixando a cadeira antes do fim do mandato.

“A base de apoio de Marina Silva tem hoje 33 deputados. Sabe de quantos ela precisaria para aprovar um simples projeto de lei? No mínimo, 129. E uma emenda constitucional? 308. Como é que você acha que ela vai conseguir esse apoio sem fazer acordos? E será que ela quer? Será que ela tem jeito para negociar?”, pergunta o locutor da propaganda dilmista de 2.set.2014, no início da tarde, enquanto na tela aparecem slides sobre esses números.

Em seguida, vem a comparação, mostrando as imagens de Jânio Quadros (1917-1992) e de Fernando Collor de Mello (hoje senador pelo PTB de Alagoas). Ambos, Jânio e Collor, tiveram problemas com o Congresso e não concluíram seus mandatos.

“Duas vezes na nossa história, o Brasil elegeu salvadores da pátria. Chefes do partido do ‘eu sozinho’… E a gente sabe como isso acabou. Sonhar é bom, mas eleição é hora de botar o pé no chão e voltar à realidade”.

E veja abaixo um vídeo onde, aos 9:30 minutos, você poderá relembrar a campanha petista mencionando que Marina não terminaria o mandato por ter uma pequena base de apoio:

Bom, o PT perdeu todo o jeito para negociar. E agora está isolado no Congresso. Logo, de acordo com a campanha petista, ela não deve terminar o mandato, pois se encontra com uma base de apoio mínima, insuficiente para ela aprovar qualquer coisa que queira.

E, de novo, que eles não venham choramingar, pois isso está na campanha deles próprios. Não adianta tentar esconder.

Anúncios

35 COMMENTS

  1. Segundo se ouve, Gilberto Kassab é quem está arquitetando um novo bloco com os irmãos siameses PSD e PL, e que devem virar o jogo na Câmara. Eduardo Cunha, perderá essa parada?

  2. O Brasil está nas mãos do PMDB por possuir uma base para bater de frente com o PT se quiser ou se puder.

    As ações do PT com planos de hegemonia que atrapalham os métodos do PMDB de ser governo, bem como as tentativas de colocar o partido em segundo plano na divisão de ministérios e usar o Kassab para diminuir o PMDB.

    Foram atitudes burras num jogo político que podem custar caro para o PT, algo ótimo para o país.

    • O multipartidarismo plural em quantidade e vazio em ideologias se tornou uma faca de dois gumes.
      Ao passo que no início isso ajudava o PT já que este conseguia movimentar uma grande massa de manobra, agora é uma pedra no sapato, já que o PMDB percebeu que seria simplesmente engolido pelo PT se continuasse a ser marionete. Temos ai uma situação gozada onde o PT tinha a falsa impressão de que havia atingido uma hegemonia na politica. Era na realidade uma hegemonia de ocasião, não uma hegemonia verdadeira.

    • Exato. Renan é claramente um vassalo do PT, e o pior é que há muitas pessoas que dizem que o PMDB manda no país.

      Agora quanto à saída de Dilma, duvido muito. Embora menor em escala, o Mensalão foi uma verdadeira marolinha para o PT. A compra é muito maior no Petrolão, mas é a mesma atitude ditatorial de compra de consciências. Já já o povo esquece de tudo, é quase carnaval, daqui a pouco é páscoa. A mídia tem pautas mais importantes, como a falta d’água no país que tem a maior quantidade de água doce líquida no mundo.

      • Há um jurista cujo nome eu nao vou postar (quem quiser pesquise) publicou um texto, afirmando que LULA deveria ser ouvido pela PF novamente entretando, contudo, todavia esse senhor nega-se a comparecer, PF nada pode fazer e o MP… ninguem sabe ninguem viu. AHH sobre o depoimento que ele deu ha alguns meses em que era investigado pelo mensalao…… sumiu, desapareceu, escafedeu… CUMA?? SUMIU. SU-MIU… isso é Braziu, onde um bebado e um poste sao “otoridades” intocáveis.

  3. deem uma olhada em http://www.senado.leg.br/atividade/plenario/sessao/default.asp

    abaixo, a do dia 4/2/2014
    http://www.senado.leg.br/atividade/plenario/sessao/disc/listaDisc.asp?s=004.1.55.O

    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG. Pela ordem. Sem revisão do orador.) – Serei bastante breve, Presidente Renan. É preciso que fique aqui explicitada, de forma absolutamente clara, para a população brasileira a manobra que acaba de ser conduzida no Senado Federal, com beneplácito de V. Exª, Presidente Renan Calheiros.
    Um grupo de Líderes representativo, como diz o ex-Presidente Collor – 15, 10, 12; não importa quantos –, está subvertendo a vontade da população brasileira ao construir aqui um acordo de aliados políticos que fere a essência do funcionamento do Parlamento, que é o respeito à proporcionalidade. As portas estão, Presidente Renan, escancaradas para que V. Exª conduza isso também, por exemplo, na indicação das comissões. Olha, veja bem o que está acontecendo.
    Por que o Regimento do Senado, da Câmara e dos parlamentos espalhados pelo mundo inteiro pregam a proporcionalidade? Porque é um parlamento, uma casa onde se deve parlamentar, discutir, divergir e, às vezes, fazer entendimentos.
    Lamento, Presidente Renan Calheiros. V. Exª sabe do apreço pessoal que lhe tenho, mas – sei lá por quais razões, talvez pelo fato de os compromissos que assumiu durante a sua campanha eleitoral terem agora, necessariamente, de ser honrados –, Presidente Renan, nenhum compromisso de apoio que, eventualmente, V. Exª tenha recebido justifica fazer com que V. Exª se diminua e diminua o Senado da República.
    Pois, o PSDB, que indicaria para auxiliar a Mesa Diretora do Senado Federal o nome do digno e honrado Senador Paulo Bauer, neste instante, não só retira o nome do Senador Paulo Bauer como se retira deste plenário, porque V. Exª, para atender a conveniências que nem consigo imaginar quais sejam, opta, a partir deste momento, por ser Presidente apenas daqueles que o elegeram. Lamentavelmente, o Senado sai menor. E V. Exª, com a liderança que tem, não a colocou a serviço desta instituição.
    Eu disse, Presidente Renan Calheiros, e falo isso de forma absolutamente clara, como sabe V. Exa que é uma característica que tenho: V. Exa teve nas mãos uma oportunidade extraordinária de ser o Presidente da instituição, de ser o Presidente de um Poder, e V. Exa apequena este Poder ao colocar a proporcionalidade abaixo, única e exclusivamente para atender aos entendimentos que eventualmente foram feitos na sua campanha eleitoral.
    V. Exa também protagoniza uma grande contradição, pois disse, no início desta sessão, que não é responsável por candidaturas avulsas que sejam apresentadas. V. Exa assiste agora à apresentação de uma chapa completa, assinada pelos Líderes partidários. Nós estamos subvertendo a ordem natural das coisas.
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Não cabe ao Presidente indicar candidatura nenhuma.
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Senador Renan, vamos falar com a seriedade devida. V. Exa…
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – V. Exa está sendo novamente injusto.
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Presidente Renan Calheiros, V. Exa subverte a ordem natural das coisas. Pergunta se o PSDB ainda mantém a sua indicação, ou o PSB. Não. Essas são as indicações naturais, com base na proporcionalidade, no respeito à população, no respeito à democracia interna. V. Exa será o Presidente dos ilustres Senadores que o apoiaram, mas V. Exa perde a legitimidade para ser Presidente dos partidos de oposição nesta Casa, Senador Renan Calheiros.
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Que bom que isso esteja sendo dito por V. Exa, que foi candidato a Presidente da República, e tem a dimensão do que é a democracia.
    O SR. ATAÍDES OLIVEIRA (PSDB – TO) – Senador….
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – V. Exa está desrespeitando, Senador Renan!
    O SR. RONALDO CAIADO (DEM – GO) – Tempo de Líder, Sr. Presidente.
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – V. Exa desrespeita a democracia para atender às conveniências da sua eleição!
    O SR. RONALDO CAIADO (DEM – GO) – Sr. Presidente.
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – É muito bom que seja dito por V. Exa, que foi candidato a Presidente da República!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Com muita honra!
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Veja em que conta V. Exa leva a democracia!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – E tive 51 milhões de votos, que eu honro!
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Veja em que conta V. Exa leva a democracia!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – V. Exa apequena esta Casa! V. Exa acerta com aqueles que o apoiaram!
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Por isso deu no que deu!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Despreza os partidos de oposição!
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Por isso deu no que deu!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Perdi de cabeça erguida! E V. Exa venceu envergonhado!
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Por isso deu no que deu! V. Exa perdeu a chance de ser Presidente da República!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Perdi de cabeça erguida!
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Porque é estreito!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Olho nos olhos dos cidadãos!
    (Soa a campainha.)
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – Falo com a população brasileira! E V. Exa venceu perdendo a dignidade…
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Respeite a Mesa! Respeite a Mesa!
    O SR. AÉCIO NEVES (PSDB – MG) – … que esse cargo deveria ter!
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Respeite a Mesa! Tenha a dimensão da democracia!
    O SR. ATAÍDES OLIVEIRA (PSDB – TO) – Presidente Renan.
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Respeite os seus colegas!
    O SR. ATAÍDES OLIVEIRA (PSDB – TO) – Presidente Renan, me permite?
    O SR. RONALDO CAIADO (DEM – GO) – Tempo de Líder.
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Eu peço ao Senador Fernando Collor que, por favor, conclua a leitura.
    O SR. ATAÍDES OLIVEIRA (PSDB – TO) – Senador Renan.
    O SR. FERNANDO COLLOR (Bloco União e Força/PTB – AL) – Sr. Presidente, a leitura já foi concluída. Já foi concluída a leitura dos integrantes da chapa apresentada pelos Srs. Líderes.
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Foram colocadas, oralmente, as candidaturas dos Senadores Paulo Bauer e Antonio Carlos Valadares. Eu consulto as Lideranças se mantêm as candidaturas.
    O SR. PAULO BAUER (PSDB – SC) – Pela ordem, Sr. Presidente.
    O SR. PRESIDENTE (Renan Calheiros. PMDB – AL) – Senador Paulo Bauer, pela ordem.

    • Um Gottes willen… que dia o autor vai entregar o restante do escript? Essa novela ta interessante ainda mais pq o galä Aecio Neves voltou á cena barbudo fazendo uma releitura do revolucionários da esquerda… legal.
      O ruim é que os telespectadores acreditam que isso é vida real, esse é o lado trágico da história. Só tem um vencedor nesse embate, os políticos e os empresários da máfia que apoiam.
      Vou ali comprar minha pipoca, pq nao quero perder nem um capítulo.

    • A pesquisa era datafolha ou ibope?? certamente NAO. kkkkkkkkkkkkkkkk socorro, estou fazendo piada com coisas gravíssimas, acho que fui afetada por alguma sindrome de auto destriucao, normalmente eu nao poderia ria da minha propria desgraca…

    • Dilma e seus acessores rindo litros, DA MESMA FORMA que se esbaldaram de rir esqueceram o poste na ultimo debate com Aecio neves, quando os acessores ao serem abordados, no fim do debate, por jornalistas, esqueceram-se de que a anta tambem daria entrevista, a mesma acuada e sem acessores no ponto auricular precisou encenar um desmaio. Diz a lenda que nos corredores e no camarim do SBT a gargalhada da turma galhofeira foi geral.Brasil..ne? Onde um caso de polícia é uma piada… isso aí é apenas galhardice que Saci Perere até acharia inocente. Nao dá em nada, impressiona os desavisados ávidos por justica, mas nao dá em nada RE-LA-XA!!!

  4. Eu queria ser tão otimista, mas, conhecendo o PT, pode até surgir ministério novo para compra de apoio, podem até criar um novo mensalão, podem usar seus coletivos.
    De tudo que essa organização criminosa é capaz, nós ainda descobriremos aos passo que eles percebem que podem perder o poder.

  5. Estou indignado! O Juíllis bloqueou seu feice para todo mundo que não seja seu amiguinho. Eu estava adorando ir lá gargalhar e tripudiar dos pitis dele…

  6. Já já venho comentar os post decentemente.

    Mas, antes, divirtam-se com esse OFF…

    [OFF]

    O governo da Argentina respondeu a atriz norte-americana Mia Farrow que, por meio do Twitter, acusou a presidente Cristina Kirchner de ter matado o promotor Alberto Nisman.

    Citando um artigo publicado pelo jornal New York Times, Farrow escreveu que “aparentemente, a presidente não somente acobertou o atentado de um centro judaico em 1994, como também matou o promotor”.

    Nisman, encontrado morto no último dia 18, estava à frente da investigação do atentado contra a sede da AMIA (Associação Mutual Israelita Argentina), em 1994.

    O promotor foi achado sem vida em seu apartamento uma semana após acusar Cristina e alguns colaboradores de acobertar suspeitos iranianos de cometer o ataque que provocou a morte de 85 pessoas e deixou outras cerca de 300 feridas.

    O secretário-geral da Presidência, Anibal Fernandez, respondeu, também por meio da rede social, que Farrow está “desinformada”.

    “Uma atriz ativista, respeitada e determinada como Mia Farrow está, sem dúvidas, ciente dos perigos da parcialidade da mídia”, apontou, acrescentando que, talvez, se ela tiver mais informações sobre o caso, possa mudar sua opinião.

    O chefe de Gabinete presidencial, Jorge Capitanich, por sua vez, disse que Cristina irá enviar um carta “com os esclarecimentos” sobre o caso para a artista.

    Link: http://noticias.r7.com/internacional/argentina-responde-mia-farrow-apos-atriz-acusar-presidente-pelo-assassinato-do-promotor-05022015

    ——————————————————-

    Então, vejam que engraçado. Até por lá a censura de mídia tá querendo correr solta. A atriz disse o óbvio (óbvio utópico relevante, que até um cachorro percebe) e o governo argentino sugere censura de mídia, dizendo que há “perigos na parcialidade da mídia”.

    PERIGOS, ô argentino?

    O único perigo que há é esse governo infernal da Kitchen. Esse é o perigo.

    Loucos!

    Memes (e to pensando mesmo criar uma página no fb a respeito), não podem faltar:

    – ALI, ÓH! TEM UMA ATRIZINHA AÍ FALANDO MAL DA SENHORA.

    http://og.infg.com.br/in/5760937-979-00d/FT1500A/550/ARGENTINA-OIL-YPF-FERNANDEZ.jpg

    – DE NOVO ESSA HISTÓRIA DO PROMOTOR? SEI DE NADA, SEI DE NADA

    http://www.gazetadopovo.com.br/amazon/s3/kirchner_1604doze.jpg?w=620&h=600

    – APROVEITA O GANCHO, PEDE CENSURA DE MÍDIA. LÁ NO BRASIU TÁ FUNCIONANDO, PRA TUDO A GENTE PEDE

    http://independenciasulamericana.com.br/wp-content/uploads/2009/02/129_2230-lula20e20cristina1.jpg

    – VCS SABEM QUAL O PERIGO? É A MÍDIA! É A MÍDIA PARCIAL! CENSUREM, CENSUREM!

    http://site.informadorpublico.com/wp-content/uploads/2013/06/Cristina-Kirchner-canibal-cfk.jpg

    E pra encerrar, ela já treinando onde se esconder caso a verdade apareça.

    http://p2.trrsf.com/image/fget/cf/619/464/images.terra.com/2013/01/19/cfktuneisvietna01.jpg

  7. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Feitiço virando contra o Feiticeiro.

    Mesmo porque se eles negociam, visto os bizarros ministros que ela chamou pra fazerem patifaria com ela e irritou até mesmo quem votou nela, nem negociando tão conseguindo fazer coisa que preste.

    Wilma, aproveita bem aí o conforto da cadeira de presidente porque logo logo a senhoria vai sair daí, e por vontade própria.

  8. [OFF]

    E vejam só, Renan Cagueiros, praticando vingança:

    “A manobra de Renan, em costura com o PT, tratou de excluir dos postos o PSDB e o PSB, que fizeram oposição a sua reeleição, e de vingar no Senado a derrota petista na Câmara dos Deputados, agora presidida por um peemedebista menos dócil ao governo, Eduardo Cunha.”

    http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2015/02/05/video-imperdivel-aecio-bate-boca-com-renan-vossa-excelencia-apequena-esta-casa-pt-usa-senado-para-se-vingar-da-derrota-na-camara/

    Pra esfregar na fuça inclusive de muita gente aqui que fica fazendo PRESSÃO pra que DESISTAMOS do Aécio, que está lá brigando enquanto vocês aqui choramingam por Bolsonaro, intervenção militar, e por solução zero.

    Agora, sobre o que Aécio fala no final, que não precisa o PSDB de lugar na Mesa, não sei se é bom. Precisam se espalhar mais.

  9. Caro Ayan, preciso definir meu roteiro de carnaval e não vejo movimentação de liberais (os conservadores são sérios demais).
    Tens alguma dica de blocos/manifestações neste sentido?

Deixe uma resposta