Quem será que possui problemas psicológicos mesmo, Cardozo?

17
132

cardozo

Se existisse alguma voz lúcida no planalto alguém dizia para Jose Eduardo Cardozo: “Tome jeito de Ministro da Justiça! Pare de agir como se fosse advogado de defesa de Dilma! Isso já está ficando ridículo”.

Lamentavelmente, Dilma Rousseff parece pedir exatamente o oposto. Ela faz com que seu Ministro da Justiça tenha o desempenho mais vergonhoso dentre todos do ministério, não tanto por sua atuação em si, mas principalmente pelo fato dele ser um Ministro da Justiça, ou seja, alguém que deveria defender a justiça e a isonomia de tratamento. Para piorar, chamar a busca por um direito constitucional de “problema psicológico” é uma baixaria sem limites para qualquer pessoa formada em Direito.

Segundo o MSN, Cardozo afirmou que quem pede o impeachment da presidente Dilma, “tem problemas psicológicos” ou é “mau perdedor”. Bem, se lembrarmos que Lula defendeu o impeachment de Collor após ter perdido a eleição em 1989, então, segundo as palavras de Cardozo, fomos governados por um sujeito mentalmente desajustado durante 8 anos. Podemos também perguntar se Dilma e ele próprio apoiaram o impeachment. Só para completar o quadro de malucos.

Em seguida, para aumentar o papelão, Cardozo diz que vai pressionar a Polícia Federal para incluir nas investigações as propinas recebidas por Pedro Barusco desde 1997, quando FHC era presidente. Quanto a investigar essa época, sem problemas, mas por enquanto não temos um delator dizendo que “FHC sabia de tudo” assim como Youssef já afirmou que “Dilma e Lula sabiam de tudo”. Mas aí Cardozo destrói outro discurso de Dilma: a de que ela não interferia nas investigações. Bem, segundo Cardozo, eles já estão interferindo.

Daí Cardozo disse que FHC foi “conivente” com a corrupção na Petrobrás. Sem provas, como era de se esperar. E já de cara garantiu que Dilma era inocente. Mas não é isso que as delações mostram. Elas citam o envolvimento de Lula e Dilma (como nas delações de Youssef) e até o destino de dinheiro direto para um partido, como forma de financiamento de eleições. Mas para Cardozo, as informações inconvenientes devem ser editadas.

E ele não se dava por satisfeito. Tinha que complementar dizendo que as corrupções só aparecem pois agora se investiga, e antes isso não ocorria. Detalhe que essa é mais uma acusação sem a menor nesga de evidência.

Creio que está claro que nem aqui nem na China isso é postura de Ministro da Justiça. Muito menos de quem ambiciona ser juiz no STF. No máximo, isso é postura de advogado de porta de cadeia. E também uma maluquice, que pode ter um preço salgado se alguém decidir cobrá-lo.

Anúncios

17 COMMENTS

  1. Esse é, sem dúvida, o mais escroque dos ministros da Dilma. Ele rebaixa de maneira inédita e inigualável o importante cargo que ocupa. Esse sujeito engana até na aparência: como toma banho e usa ternos bem cortados, busca passar a impressão de que se trata de alguém com mais elegância do que a média dos petistas, quando, na verdade, é tão ou mais sujo e moralmente torto do que o pior deles. Precisa ser constante e barulhenta a pressão nos parlamentares, especialmente nos senadores, para que o nome desse biltre seja vetado, caso Dilma cometa a ousadia nomeá-lo para o STF.

  2. Off topic importante: na sua avaliação, Luciano, cabe uma pressão em líderes tucanos que, de alguma forma, contribuam prá arrefecer os ânimos pelo impeachment nesse momento? Pergunto isso porque, apesar de não ter visto nenhum deles rechaçar a idéia recentemente, alguns ainda estão naquela fase de exagerar na cautela e na institucionalidade. Nessa linha: “é preciso estabelecer as provas, aprofundar as investigações, aguardar, blábláblá.” É o que fez hoje o líder tucano de Minas, estado do Aécio, deputado Marcus Pestana. Com um agravante: o fez para a coluna Panorama Político, página 2 do jornal O Globo, assinada pelo Ilimar Franco, que é petista da médula ao bolso. Este jornalista está há vários dias tentando acusar o PSDB de participação oculta em “movimentos golpistas” e pinçando declarações de líderes políticos não petistas que tirem a legitimidade dos pedidos de impeachment – publicou ontem declarações de Geddel Vieira Lima e Francisco Dornelles neste sentido, provavelmente distorcendo-as.

    Na minha opinião, Pestana cometeu um erro. Acho que ele e todos os demais tucanos devem se abster de certa cautela institucional, ainda mais quando isto alimenta pautas e teorias de serviçais do PT. Sabemos que os tucanos não estão por trás dos movimentos do dia 15 de março e até podemos compreender a opção por não sair gritando “impeachment já” ainda. Por outro lado, o momento já não pede mais discursos excessivamente institucionais. A dizer que “precisamos aguardar os desdobramentos”, julgo que é melhor o silêncio. Sendo que o melhor mesmo é discurso político forte, na ofensiva: “o PSDB não está por trás dos movimentos do dia 15, mas os considera legítimos e vai defender até o fim que eles reivindiquem suas pautas.”

    O que vc acha, Luciano? Estou sendo muito duro ou a pressão nos tucanos tem que seguir o sentido que sugiro? Talvez isso seja assunto até mesmo para um post exclusivo.

  3. A cada palavra, cada gesto só o que o PT está fazendo é afastando a sua base aliada. Ao deixar cada vez mais escancarados os seus planos ditatoriais a gangue petralha vai cada vez mais afundando.

    De resto, falando do PETROLÃO, o Dono da Camargo Correa já está pronto para abrir o bico e, quando o escândalo ameaçar também a Direção da Odebrecht aí sim teremos oportunidade de ver quem é o INSANO!

  4. Faltou comentar que, aparentemente, Cardozo influenciou empreiteiras como Camargo Corrêa e UTC a desistirem de assinar acordos de delação premiada. De acordo com a Veja, Cardozo está apostando alto no acordão que virá assim que políticos da oposição forem denunciados no fim do mês por sua participação na Lava Jato. Uma coisa podemos dizer de Cardozo: como bom ex-deputado do PT, esse aí não renega a sua vocação para a mutretagem.

  5. Fica fácil para esses pilantras petistas inverterem a realidade inclusive tirando proveito de seus próprios delitos. Os repórteres que os entrevistam não dão um “bate-pronto” desmoralizando essas teses criminosas e que acabam formando opiniões dos mais desavisados.

  6. A guerra está renhida entre MAV’s e pessoas normais, no brog pra lá de comprado, Brasil 171.

    Exemplo de uma dessas pérolas.

    A CEREJA DO BOLO:
    O Mensaleiro Dirceu nao tem mais a Proteção do Governadorzinho PTralha Agnelo Queiroz, ficando em Área VIP na Papuda.
    SERÁ ESTUPRADO!!!!!
    Depois da 1a noite íntima com Pedrão Pé de Mesa, entregará até a Bisavó do Rato LULA!!!!

  7. É filme de terror? Tragicomédia? Conto de fadas?
    A cada dia revela-se mais e mais o horror de governo que nos serve, ou pelo menos deveria.
    Este JECa teria espaço garantido como coadjuvante do Zé do Caixão. Ou melhor, nosso onicólatra merece coisa melhor.

  8. Eles acusam o governo FHC de corrupção, eles PT, estão no poder a mais de 12 anos, se ocorreu corrupção e eles sabem e nada fizeram, é prevaricação.
    .
    Precisamos instalar a CPI da PREVARICAÇÃO DO PT.

  9. Se existisse alguma voz lúcida no planalto com certeza esse não seria o ministro da IN justiça. Elemento intragável. Aja anti-ácido para “engolir” tal figura. Intragável aliás é a característica inerente a todos os esquerdistas.

Deixe uma resposta