A sombra e a escuridão

42
218

the-ghost-and-the-darkness

Imagine-se como um líder de uma tribo africana que tem sido constantemente atacada por alguns leões preferindo comer carne humana ao invés de gazelas, gnus e outras espécies. Imagine também que você tem plenas condições de estabelecer medidas de segurança para eliminar a ameaça, seja pela aniquilação destes leões, seja pela construção de muros ou quaisquer outras formas de proteção plenamente factíveis, principalmente por terem sido implementadas em tribos vizinhas com sucesso. (O leitor há de se questionar por que eu normalmente uso exemplos das antigas eras tribais, longe da civilização. O motivo é que tais cenários nos recobram sensações de “ou agimos, ou morremos”, onde temos que lidar com a responsabilidade de tergiversar ao invés de atuar por nossa sobrevivência.)

Pois bem. Agora realize que você não fez absolutamente nada, ao contrário dos líderes das outras tribos ao redor. E agora você vê uma mulher chorando a morte de uma criança na noite anterior. Quando questionado, você aponta para o sistema ético assassino do leão. Este seria, portanto, o único responsável pela tragédia.

Agora tente sair da pele desse líder tribal, e posicione-se como um membro da tribo que o está questionando. Você realmente acha que essa justificativa, apontando para a amoralidade do leão, serve como argumento para nenhuma tomada de providência que pudesse salvar pessoas inocentes? Não precisa nem responder. Eu sei que dificilmente alguém aceitaria este tipo de argumentação. A culpa não é do leão. Ele fez o que tinha que fazer, de acordo com o seu sistema moral animalesco. O líder tribal é que não fez o que deveria ter feito e, pior, tinha plenas condições de fazê-lo.

Estamos diante de uma boa parte da direita atual, que prefere gastar um tempo considerável apontando as imoralidades petistas como justificativa para a inação diante das monstruosidades que estão prestes a nos vitimar. Por que isso acontece? Primeiramente por uma tendência à negação da política que deve ser continuamente combatida em nosso meio. Segundo, por um colapso mental pela confusão entre métodos e moral do oponente. Como resultado, muitos de nós agem como o líder tribal que prefere transferir a culpa aos leões do que buscar ações que possam resolver o problema. Disto resulta o terceiro fator, a validação de sua inação por causa da imoralidade do outro lado.

Alguns poderiam dizer que há um excesso em comparar o sistema moral de leões com o sistema moral de petistas. Concordo. Mas uma coisa é certa: o sistema moral dessa gente pode causar mais vítimas fatais que os leões. Pergunte aos venezuelanos. Ou cubanos. Ou, em última escala, aos cambodjanos.

Eu também não vejo nenhum problema em alguém apontar o cinismo, a crueldade e a depravação dos petistas enquanto estamos denunciando essa gente ao público. O problema, como já disse, ocorre quando este apontamento da imoralidade oponente serve como desculpa para não se fazer absolutamente nada contra eles. E aí, exatamente neste ponto, incorremos em um problema moral seríssimo.

Para nos facilitar a isolar o problema, imagine a seguinte expressão: “esfera de responsabilidade”. Significa todo aquele conjunto de eventos ou situações do mundo sob os quais eu tenho algum tipo de controle ou posso assumir qualquer tipo de responsabilidade. Daí é só fazer questionamentos óbvios. Eu posso mudar a natureza de leões assassinos? Eu posso mudar a forma de agir de pessoas que moldaram seus sistemas morais com Trotsky e Lenin? Não, eu não posso. Em ambas as questões. Logo, essas coisas estão fora de minha esfera de responsabilidade. Mas eu posso desmascará-los e neutralizar os seus truques, tentando falar em ambientes onde as pessoas possam me escutar? Sim, posso. Logo, isto está em minha esfera de responsabilidade.

Fui criticado algumas vezes por não apontar o quanto o adversário é imoral (exemplo: João Santana mentiu, logo não deve ter seus méritos técnicos apontados). A crítica é injusta, pois acho difícil encontrar algum autor de direita que seja mais incisivo no apontamento das falhas morais da extrema esquerda do que eu. Porém, quando eu estou falando de métodos da guerra política, a imoralidade alheia é o menor dos meus problemas. Isso está além de minha esfera de responsabilidade. O que me importa são os métodos que eu posso utilizar para combater o mal. Repetindo: estou focando em minha esfera de responsabilidade.

Pensar em sua esfera de responsabilidade pode permitir a identificação de erros lógicos como aqueles que tentem transferir culpa ao leão pelas mortes na aldeia, ou transferir culpa às mentiras de João Santana pela vitória do PT. E, logo em seguida, reconhecer os verdadeiros culpados (de acordo com nossa esfera de responsabilidade) é meio caminho para gerarmos uma mudança comportamental que poderá nos fazer vencer as mesmas ameaças no futuro.

Em tempo: um trailer do ótimo filme “A Sombra e a Escuridão” (The Ghost and The Darkness, de 1996), que inspirou a parábola usada neste post:

Anúncios

42 COMMENTS

  1. Esse filme arrepia. Luciano, você sabia que ataques de animais dessa maneira é juízo do Senhor? Israel quando estava aborrecendo a Deus através do excesso de pecado foi avisado por um profeta: Se arrependam ou querem enfrentar os quatro maus juízos do Senhor? Peste, fome, espada (guerra) e feras da terra. Aliás, o quarto cavaleiro do Apocalipse vem trazendo esses quatro maus juízos contra a humanidade. O Deus eterno não muda.

  2. Muito bom o texto. Luciano, você poderia acrescentar o link do “Crítica Política” nos relacionados? Eu gosto de ler seus blogs mas em alguns lugares não consigo acessar o facebook, e pelo visto ainda não está aparecendo na busca do google.

    Abraços

  3. Me parece que a oposição se esqueceu completamente da derrubada do Decreto 8243 no Senado; derrubar só na Câmara é o mesmo que nada, e há tempos não ouço nada a respeito.

    Acho que valeria a pena fazer um post pra relembrar os eleitores de cobrar foco nesse ponto tão importante.

    Abraço!

  4. Luciano,
    Sinceramente, não gostei da analogia mas ela ilustra muito o que citei alguns dias atrás sobre como pensa a direita radical. E acho que talvez por isso vc não publicou.
    Como comparar socialistas com leões se estes últimos não contam com o apoio da população? As únicas certezas são sobre a negligência do líder e a ferocidade do felino.
    Socialistas, ao contrário têm a simpatia do povão, que desconhece sua ferocidade, mas conhece a incompetência dos dirigentes (que acham ser de direita).
    Aí é exatamente o ponto onde não concordamos, pelo menos em parte, pois eu penso que melhor seria não ser radical no contraponto à esquerda, devido a deseducação da população sobre o que é ser direita.
    No meu modo de ver o caminho moderado da.social democracia é necessário ser percorrido até se chegar ao modelo liberal pleno.
    São críticas que espero sejam vistas de forma construtiva e não para desmerecer seu bom e necessário trabalho de desmascaramento.

  5. A maioria das pessoas é ensinada que existem dois lados: o da sociedade e o dos políticos, como se um fosse independente do outro. Política é vista como “coisa suja”, e como algo que nunca mudará.

    Tal idéia é tudo que os políticos desejam, já que serve de pretexto para distanciá-los ainda mais de quem os elegeu (o “distanciá-los” aqui refere-se à maioria dos eleitores, não dos que são eleitos com ajuda de grupos com lobby poderoso), além de justificar as aberrações do sistema como sendo inerentes a ele próprio, e nunca às pessoas que recebem mandato para ali ocuparem cargos.

    Para ficar em apenas um aspecto, é por conta disso que vemos, em pleno século XXI, muita gente ainda acreditando que o “governo dá dinheiro para alguma coisa, ou para alguém”… a falta de noção de que o governo nada produz e de que trabalha com dinheiro de contribuinte é espantosa, mas corriqueira, infelizmente.

    Em tempo: não vejo muita diferença entre leões e petistas, a não ser a sutileza nos métodos. E de leões, sabemos o que esperar.

    (pensando bem, é uma diferença bem grande…)

  6. Ótima analogia. E como sempre digo, a oposição neste País só fala, não há AÇÃO, por isso os RATOS tomam conta.
    outra analogia para falta de ação: “Muita trovoada e pouca chuva.” ou “Muito peido e pouca m****.”

  7. Muito bom texto como sempre Luciano e, creia-me, sou solidário com Você, com relação aos cegos raivosos que se dizem da Direita, quando investem contra todos os que tentam ajudá-los apontando os seus erros, tais como Touros enfurecidos, tentando chifrar em quem quer lhes retirar as bandeirilhas que lhes fincaram ao lombo e que os atormentam.

    No fundo, mais do que raiva, este pedaço anacrônico de nossa sociedade tem é preguiça de pensar e de tentar por outros caminhos. Acham mais “confortável” um “golpe militar”, que resolveria MERDA NENHUMA, porque a sociedade civil não cresceria em aprendizado político com este!

    Eu, por meu lado, tenho sempre falado e divulgado o muito que aprendi desde que descobri este seu espaço e não vou esmorecer à este respeito. E isso, devo muito a Você, Luciano!

    Para finalizar este meu post, dia 15 de março vai haver manifestações públicas relativas ao já tanto debatido “Impeachman da VACA”. Sei que muito já foi escrito a este tipo de assunto e de ação mas, de qualquer modo, Você poderia, ao menos escrever O QUÊ NÃO FAZER, para dar mais munição ao lixo Petralha? Tipo uma “Checklist” do que NUNCA REIVINDICAR e do que DEVEMOS REINVINDICAR? Uma coisa eu já digo para se pedir: O FIM DA URNA ELETRÔNICA E A VOLTA DO VOTO IMPRESSO. Mais uma vez grato a VOCÊ LUCIANO por este imenso e maravilhoso trabalho de “catequese” que Você vem fazendo. 🙂

  8. Caro,
    Tentei deixar o comentário seguinte no seu novo site, foi impossível. Inclusive no final apareceu uma confirmação pro facebook com uma identificação errada do meu perfil.
    Meu caro Luciano, seu novo site é pra lá de péssimo em termos de navegabilidade. Mesmo com uma conexão de 30 MB/s e um computador de última geração com 16 GB de RAM, demorei mais de 10m pra chegar local de comentários e dois textos se perderam, este é o terceiro. Seu antigo site era mil vezes mais ágil e amigável. Sua nova equipe de suporte deve ser petralha. De qualquer maneira está impossível apreciar o conteúdo, cada clic demanda cinco minutos pra nova página rolar. Tudo está muito errado.

  9. Sugestão de tópico:

    Dias desses estava pensando: como se forma uma equipe de comunicação para uma campanha?Que especialidades são necessárias?Como ter uma relação sinérgica com o candidato?Como preparar o candidato para os debates?Porque se vê pouca participação direta audiovisual do candidato em si na internet?

    Acho que seria um tema interessante e que pouca gente conheça.

  10. Espero que o post explique o seu ponto de vista para as pessoas. É muito fácil se escandalizar com as atitudes dos bolivarianos. Mas precisamos também aceitar as coisas como são e pensar no que podemos fazer para nos salvar.

    Uma frase atribuída a Martin Luther King diz: “o que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons.” Psicopatas e militantes de ideologias ponerogênicas sempre existirão. Quem leu o livro Ponerologia, de Andrew Lobaczewski sabe disso. Não adianta ficarmos travados com a imoralidade alheia. Precisamos fazer o que está a nosso alcance para que eles não prevaleçam. O Brasil hoje tem 60 mil homicídios por ano graças a influência dessas ideologias no Direito Penal. Literalmente, é uma questão de vida ou morte.

  11. Pensar hoje em esquerda ou direita, nada muda o cenário político que nos encontramos. Estarmos acreditando, que essa oposição ao Governo no Congresso, será a nossa solução, é ignorar um passado muito recente, quando o descontentamento do Povo em função de denúncias de corrupção, começava a se tornar pontual, a ponto de na época acharem que o PT através do Lula, seria um basta a continuidade e a busca da moralização, infelizmente um engôdo.Hoje as denúncias estão infinitamente mais frequentes, e o pior comprovadas, os mandos e desmandos, as falcatruas, os roubos, a corrupção, os conchavos, o desamor a Pátria e a falta de moralidade, já atingiram índices mais do que alarmantes, a ponto de quase toda a Nação afirmar, que o PT deixou de ser um Partido, para se tornar uma facção criminosa, mesmo assim, percebemos uma oposição prá lá de discreta, inoperante, acuada, de babo preso, pois se mexerem muito no fundo da panela, buscarão e encontrarão o feijão já queimado faz horas. Muito bem, creio que essa não é somente a minha opinião e visão dos fatos atuais, sendo assim pergunto, o que adiantará objetivarmos o impeachment da Presidente, quando quem assumir serão os mestres do ensinamento das maracutaias aos petistas, que é o PMDB? Imaginemos, que o PMDB não assuma, assumiria o presidente do STF, e tudo continuaria como Dantes no quartel de Abrantes, PT novamente no Poder. E nossa reforma política, quem irá fazer, nossos atuais políticos? Acham mesmo, que iriam dar um tiro nos seus próprios pés? E uma nova Constituição, mais atualizada, mais dinâmica, mais justa socialmente, com menos recursos judiciais e visando os interesses da população brasileira, quem iria refazê-la, esse Congresso sem nenhuma credibilidade? É meus caros pensadores, como diz o refrão da música: “Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão”, que solução temos para esse impasse, se é que queremos realmente acreditar e apostar num País melhor amanhã? Até hoje, todos criticam a intervenção militar, mas não ouvi de nenhum “democrata” de plantão, uma solução para o problema que está aí, e prestes a ser detonado, como uma bomba relógio, os ponteiros avançam para o inevitável, a queda da Dilma, mas e depois? O que será feito? Trocamos seis por meia dúzia?

  12. Infelizmente os comentários nesse site aqui jazem. No Crítica Política só é possível comentar com o facebook e, apesar de aqui eu usar o meu nome mesmo, não quero utilizá-lo por completo. Uso aqui pra falar da minha chefia esquerda caviar (cuja qual ESTÁ no meu facebook, sacomé), pra criticar a vontade, mas é muito arriscado usar o meu perfil de facebook, com meu sobrenome e várias informações sobre eu próprio, com a mesma liberdade que o fazia aqui. Uma pena. Espero que isso mude, em breve.

    Mas vim aqui, nesse raro post (último, será?) desse blog que acompanhou por todo o 2014, lançar meu último tiro moral contra uma pessoa que já apareceu nos comentários aqui, eu xinguei pois fanático débil mental e agressivo a gente não trata com carinho e sim xingando mesmo (com a ressalva que ele veio aqui dizer, com as próprias palavras dele, que detestava posturas a favor de homossexuais – logo, presumo que adora posturas contra, como seres que agrediram um amigo do meu irmão há alguns meses na Paulista).
    Falo de JULIO SEVERO, esse sim, que faz Bolsonaro ser um anjo tocando harpa perto dele.
    Ser nojento, repugnante, detestável.
    Que fez o Olavo pedir dinheiro aos seus alunos para que o mesmo pudesse fugir do Brasil – nisso vemos a MORAL do cara, precisa pedir dinheiro, coisa que esquerdopata adora.
    E houve quem fez a doação, mas adivinhe… pelo que conta no link que deixo mais abaixo, foi MENTIRA O EXÍLIO NOS EUA.
    O cara pede grana pra fugir pois está sendo “perseguido pelos gays” – esquerda caviar, querer se refugiar nos EUA – e, pelo que diz a informação, não o fez. Se isso é verdade, caralho… que cretino, e que imbecil quem deu grana pra ele.

    Quando xinguei esse monstro nojento aqui, fui acusado de “bichona enrustida”. Pois melhor seria ser bichona do que apoiar caras disseminadores de ódio como ele.

    E aqui, pra que todos que ainda passarem por aqui saberem que não se deve dar crédito ALGUM a esse LIXO (ou por acaso vocês são moscas pra darem moral pra merda?), fica aqui um relato de um missionário que acolheu esse Julio Monstro Severo em sua residência com sua família, que mais parece um filme de terror:

    http://www.genizahvirtual.com/2013/08/missionario-americano-que-hospedou.html

    Julio Severo, a ti desejo o INFERNO, CRETINO. QUEIME NO FOGO DE SATÃ, queime muito, seu filho da PUTA.

      • Faço aqui o que sempre fiz aqui. Comentar, participar, democracia. Mas ultimamente tenho vindo aqui pra ver o que restou do site e lamentar que houve até mesmo uma dispersão dos comentaristas ativos.

  13. Denunciei ao Ministério Público Carioca (http://www.mprj.mp.br/web/internet/cidadao/ouvidoria/faca-sua-comunicacao-aqui):

    O prefeito de Maricá-RJ e presidente do diretório estadual do PT do Rio de Janeiro, o Sr. Washington Siqueira, fez a seguinte declaração na sua conta do facebook (http://noticias.r7.com/brasil/apos-hostilizacao-a-mantega-presidente-do-pt-do-rj-convoca-petistas-a-dar-porrada-25022015; http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/partidos/quaqua-incita-petistas-a-irem-para-a-porrada/) :

    “Contra o fascismo a porrada! Não podemos engolir esses fascistas burguesinhos de merda! Tá na hora da militância e dos petistas responderam esses fdps que dão propina ao guarda, roubam e fazem caixa dois em suas empresas, sonegam impostos dão uma de falso moralistas e querem achincalhar um partido e uma militância que melhorou a vida de milhões de Brasileiros. Vamos pagar com a mesma moeda: agrediu, devolvemos dando porrada!”

    Note que embora ele afirme no final “agrediu, devolvemos dando porrada”, não está falando de reação a agressões físicas, o que denotaria legítima defesa a depender do caso, mas sim em responder críticas(“querem achincalhar”) de opositores (“fascistas burguesinhos de merda”) contra a sua agremiação política (“um partido e uma militância que melhorou a vida de milhões de Brasileiros”). Observe que até a referência aos críticos é virulenta e odiosa.

    É um absurdo que um prefeito incite a violência nas redes sociais desta maneira, especialmente após o episódio lamentável do dia 24/02, quando brutamontes petistas agrediram pessoas que, pacificamente, protestavam contra a corrupção descoberta pela operação Lava-jato, conforme os seguintes links:https://www.youtube.com/watch?v=TX1TwvoHY-g; http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/grupo-contra-o-pt-e-agredido-em-ato-pela-petrobras,837cc6cee4dbb410VgnCLD200000b1bf46d0RCRD.html; http://www.libertar.in/2015/02/democracia-comunista-petistas-agridem.html; http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/discipulos-morais-de-marilena-chaui-ensinam-como-devem-ser-tratados-os-coxinhas-golpistas/. A reação truculenta contra pessoas que não compartilham das mesmas opiniões políticas deles é incompatível com um regime democrático e republicano.

    Isto posto, solicito a abertura de inquérito policial a fim de se colherem elementos à propositura de denúncia contra o delito de incitação ao crime.

      • Muito bem, Sidarta, Bruno e Cauê! É bem por aí. Uma forma de pressionar o órgão é enviar várias representações com este teor, afinal eles têm a obrigação de responder. Para facilitar o trabalho, é só copiar o texto, preencher o formulário e colar a denúncia no espaço respectivo. Avante Republicanos! Façamos com que este sujeito arque com as consequências de seus atos.

  14. Luciano, o novo site onde vc tá escrevendo tem um visual muito poluído. Vc assinou algum contrato de exclusividade com o espaço? Porque se não assinou, bem que poderia continuar postando conteúdo por aqui, ainda que sejam os mesmos tópicos que escreve por lá. O pessoal que se acostumou ao visual leve do Ceticismo Político certamente agradeceria.

      • Mas a questão é que aquele site tem um visual EXTREMAMENTE poluido, além de meio mal acabado.

        É bem desagradavel ler ele, isso afasta leitores.

        Ao menos de reformassem o visual do site, para algo mais parecido com esse, já seria uma melhora.

      • De acordo. Se ao menos lá o visual do site fosse mais limpo, como é esse (deduzo que não dá pra ser por causa dos ganhos em publicidade) e fosse permitido comentar sem precisar usar o facebook, aí sim. Houve até dispersão dos que sempre comentavam aqui, era praticamente uma rede social, já agora…

    • No Crítica Política não sinto-me a vontade, comentar com facebook me obrigaria a expor meu sobrenome, e tem gente que tenho adicionado que prefiro que não soubesse de tudo que penso como fazia nos comentários por aqui. E sim, lá é muito poluído, muita propaganda, mas imagino que isso esteja sendo vantajoso ao Luciano de alguma maneira, então… :/

    • lá não posso clicar no link com o botão direito e abri-lo em nova aba, coisa que faço aqui para não ter que ficar voltar a home page.

  15. Luciano, que tal fazer um post sobre a estratégia para ganhar do PT no livro de mauricio coelho e cristiano penido? Bateria com o que você viu no livro do Santana, pelo lado do adversário? Está disponível online em pdf

Deixe uma resposta