Um dos maiores enigmas da humanidade

23
94

052512cheating_512x288

Teriam os petistas maior aptidão intelectual? Não. De jeito algum. Podemos ver que na argumentação, eles não duram segundos. Racionalidade não é o forte deles.

Mas será que eles teriam maior dignidade? Não. Nem em sonho. É fácil notar que eles lançam sua reputação no lixo no mesmo segundo em que abrem a boca para falar.

E quanto a honra? Eles teriam mais honra que os demais? Você deve estar brincando, certo? Difícil agir de maneira mais desonrada do que os petistas.

Integridade moral? Pode ser que eles tenham uma integridade moral superior. Bem, se nós os colocarmos em comparação com uma cascavel, provavelmente esta última ganhe deles no quesito integridade moral.

Jogo limpo, então, deve ser um dos atributos petistas, certo? Tudo o que eles fazem se baseiam em manobras sujas, sempre buscando brechas na ingenuidade alheia, a fim de enganar incautos.

Como se vê, qualquer grupo político que se oponha ao PT os vence em quesitos como aptidão intelectual, dignidade, honra, integridade moral e jogo limpo (de acordo com os padrões da democracia e da república).

Sendo assim, por que eles rotulam seus adversários de “golpistas” em maior quantidade que nós fazemos em direção a eles. Golpe é tudo que eles fazem. E acusação de “golpismo”, no entanto, tem se baseado no tom de seus discursos.

Ora, se não somos desonrados, inaptos, indignos, sujos e pouco íntegros, então é hora de nos sentirmos humilhados por permitirmos que o PT use mais o rótulo “golpista” contra seus opositores, do que nós contra eles.

A chave está, é claro, na guerra política, pois o terceiro princípio diz que “o agressor geralmente prevalece”. O PT entendeu essa frase direitinho. A direita, bem como os republicanos em geral (até mesmo de centro e esquerda moderada), ainda parecem ver seu cérebro entrar em colapso diante dessas quatro palavras em sequência.

Está na hora de parar com isso. Sejamos adultos e responsáveis pelas rotulagens lançadas no debate político.

Anúncios

23 COMMENTS

  1. Até hoje não vi nenhum político brasileiro debater algum adversário dessa forma.
    Quando o Aécio lançou o “leviana”, simplesmente virou contra ele.

    Me parece até que esses políticos não tem a sua bagagem sobre a guerra política. Vc acha isso possível?
    Será que só a galera da esquerda leu essa bibliografia e colocou em prática?

    O FHC certa vez ficou intimidado por um entrevistador inglês, sendo que para esse mesmo entrevistador o Lula arrasou.

    Os partidos de esquerda “sangue no olho” tem uma ideologia maior que os rege, é isso que os fortalece?
    A oposição brasileira não tem um projeto de poder, então não estão nem aí contanto que eles tenham a grana deles?

    • O problema é que a direita brasileira sempre foi “mimada”. Desde os tempos do regime militar. Isso fez com que ela não investisse nesse tipo de estudo, que seria focado na direita conquistar resultados por seus méritos. O problema é pervasivo e atinge inclusive nós, que estamos nas redes sociais. Se nós tivessemos esse código inserido em nossas mentes, exigiríamos que os tucanos (e pmdebistas) usassem o código. Mas com nós mesmos temos dificuldade em usá-lo, fica difícil cobrar dos políticos para que eles o usem.

      A meu ver, a coisa começa com a conscientização de nós, formadores de opinião, antes dos partidos.

      • Luciano, vc que é mestre na guerra política falando em culpa “nossa” e em “nós” mostra mais uma qualidade sua e de seu blog – muito valorizada pelos cristãos – a humildade ou capacidade em reconhecer nossa falibilidade no processo. Isso humaniza o professor e faz o aluno não se sentir rotulado ou excluído, mas sim convidado e estimulado a enfrentar o problema sem se ver como a causa, e exclusiva, do problema. Parabéns.

  2. Luciano, como vc lida com os esquerdistas do cotidiano?

    Além disso, tem as pessoas que não são petistas, psolistas, etc, mas que abraçam muitas pautas dessa agenda. As vezes me sinto “Olavo de Carvalho” (teoria da conspiração) dividindo um pouco do que tenho assimilado.

    Nessas horas que falta uma grande mídia com o viés deste blog. pois apesar da esquerda falar que a grande mídia eh contra ela, todas essas informações que faltam faz com que uma nuvem esquerdista paire na cabeça das pessoas.

  3. Ótimo texto Luciano. Hoje estive lendo uma reportagem da Carta Maior sobre a impossibilidade de impeachment da Dilma e acabei lendo também alguns posts escritos pelos militontos e cheguei a conclusão que quanto mais eu leio o que esse povo escreve mais me sensibilizo com Che guevara, Fidel Castro, Mao Tse Tung, etc… Quando terminar a implantação comunismo tem que acabar com essas porr…….a tudo.

  4. Creio que mais que “Mimada”, o maior problema da Direita no Brasil tem sido a falta de prática democrática. No Brasil, desde os tempos das Capitanias hereditárias a vida Política, sempre foi exercida por muito poucos. Posteriormente, com o Surgimento de CUBA e o desinteresse norte-americano pela América do Sul, a Direita se viu confrontada por uma Esquerda altamente treinada e aparelhada e, somente agora, que parte da população e de segmentos da Política Nacional mais a Direita estão acordando para a feia realidade!
    Ainda assim, boa parte do sucesso do PT, está na aliança com o PMDB que, agora, parece estar se desfazendo.

  5. Como se defender de um trapaceiro mentiroso (redundância)? Expondo suas mentiras e dando às coisas o nome que elas têm. Adjetivos como ladrão, mentiroso, vigarista, safado, etc, são bem vindos. Não pode ter medinho de parecer “negativo” ou “violento”. Eles nunca tiveram e vejam só o quanto alcançaram…

  6. E apesar de tanto insultarem ainda são os caras que “representam” a busca pela justiça, harmonia, e o que mais me incomoda, se dizem defensores da tolerância sendo as pessoas mais intolerante q já vi!

  7. Eu estava vendo um hangout recente do Olavo de Carvalho onde se falou justamente disso: o motivo pelo qual a disputa política parece tão desequilibrada em favor da esquerda. O que o Olavo apontou como motivo me parece absolutamente acurado:
    A literatura, bem como o cinema e outras formas de expressão são o principal construtor do horizonte moral de um povo. Através das figuras simbólicas e imaginativas expressas na literatura nós formamos nosso espectro de possibilidades morais, chamado também de “imaginação moral” – e esse conjunto de símbolos e referencias é que vai fundamentar nossa orientação no mundo real: aquilo que concordamos e defendemos, exemplos de conduta nos quais nos espelhamos, e também o que rejeitamos e repudiamos.
    O horizonte de imaginação moral do brasileiro é inteiramente infectado pela cosmovisão marxista, que domina o movimento literário desde as primeiras décadas do seculo XX – e o resultado disso é que o brasileiro comum não apenas discorda de muitas ideias da direita e defende ferozmente a esquerda, ele simplesmente não possui amplitude de referências morais para pensar de forma diferente, para entender por exemplo, porque o PT é um partido totalitário e terrorista, cuja cúpula é formada por verdadeiras abominações morais, psicopatas da pior espécie. Em suma, não se trata de encontrar modos de fazer o brasileiro optar pelas ideias da direita e abandonar as da esquerda – trata-se de criar mecanismos de ampliação do espectro de referências morais para que as pessoas saiam deste estado de auto-ilusão hipnótica. Somente depois disso poderemos ter alguma esperança de expor os psicopatas da esquerda como as aberrações morais que são.

    • Exato. Para mim é cada vez mais difícil ver um filme e não detectar o proselitismo imediatamente. . Está lá, de maneira disfarçada ou aberta, alguma coisa do ideário da esquerda. Ricos malvados, pobres angelicais e justos; Exploradores e explorados; Big corporations causadoras de todo o mal que há na Terra; A família como a raiz de toda a opressão do mundo, etc, etc, etc.
      Se for brasileiro, então, a coisa costuma ser bem pouco sutil. Nas novelas aí é lavagem cerebral descarada mesmo. Não assisto já há um bom tempo. É profundamente irritante.

  8. Dos defensores do PT são de 3 tipos:
    1) É funcionário público, e defende o partido
    1a) Por politicagem – aspira ascender para cargos superiores
    1b) Por medo “da patrulha” – Fofocas que os denuncie como “dissidentes” para os comissionados/indicados, que geralmente ocupam cargos superiores e são do tal partido
    2) Ganha algum benefício, e por ignorância, acha que isso não vem do governo, mas que está vindo do PT, por não saber a diferença entre Governo, Sistema de Governo e Partido Político.
    3) É estudante universitário de alguma área diferente de exatas, e acredita naquilo que os professores dizem na aula, além de ser beneficiário de eventuais bolsas estudantis – Como a bolsa alimentação, bolsa transporte, bolsa moradia, bolsa material escolar, entre outras.
    Tirando esses 3 casos (fora os sindicatos), eu desconheço quem defenda o PT.
    Esse é o meu relatório cético, e mesmo que você discorde dele, ele é a pura realidade que EU vejo no meu cotidiano.

  9. Enviei a seguinte mensagem para Eduardo Cunha (dep.eduardocunha@camara.leg.br) (Tel: (61) 3215-5510):

    …………………….

    Excelentíssimo Sr. Presidente da Câmara dos Deputados,

    Vossa Excelência está ciente da retomada do debate parlamentar acerca do PL 3722, que tem por escopo a reformulação do Estatuto do Desarmamento. É imperioso que o cidadão brasileiro tenha acesso facilitado a armas e munições para defesa pessoal, tendo em vista o assustador crescimento da criminalidade nestes últimos anos. A relatoria do projeto exige comprometimento com o povo brasileiro, além de experiência no combate à criminalidade. Ademais, uma abordagem conservadora no assunto é muito bem-vinda, tendo em vista a presença, no Congresso, de parlamentares que, numa inversão macabra de valores, tratam o marginal como a vítima e o trabalhador como potencial bandido.

    Isto posto, solicito que seja indicado para exercer este mister o nobre deputado Eduardo Bolsonaro. Ele, policial federal há anos, sabe mais do que ninguém das agruras que enfrenta o homem e a mulher de bem para exercer o direito de se defender. Além disso, é ferrenho defensor do cidadão honesto e da família brasileira, expostos à perversão dos criminosos desde a vigência desta lei absurda.
    …………………………….

    Quem puder, envie mensagem de semelhante teor, ou copie esta, ao presidente da Câmara. Usemos as vias que ainda nos restam para pressioná-lo. Divulguem nas redes sociais. Avante Republicanos!

  10. Ayan, algumas perguntas:

    1)Qual a sua opinião sobre a propaganda do PSDB de hoje (sábado)?Achou ela fraca, poderia ser melhor ou eles acertaram na mosa?

    2)Conhece a página do facebook Humans of PT?
    Tem um monte de petista/socialistas irritados com a página, o que é um ótimo sinal.

  11. Luciano, na Internet alguns militantes do PT usam a estratégia de não se autodeclarar como sendo um PTista/Psolista/Esquerdista/Socialista/Comunista. Mas é perceptível em seus discursos a defesa de um lado, este sendo quase sempre em prol dos interesses bolivarianos.
    Como a oposição deve agir nesses casos, tomando como base a guerra política?

  12. Caro Luciano,
    Descobri seu Blog através de um amigo médico anti-petista nato. Você é de que estado? Sou da organização do grupo apartidario aqui no ES do movimento anti-PT. Você participa das manifestações? Se possível, me mande um email para trocar umas ideias com vc nesta luta política contra os vagabundos esquerdopatas hoje no poder. Conto com sua ajuda!

Deixe uma resposta