Ataques violentos X palavras violentas

32
200

marketing_grito_boca_no_trombone

Na guerra política, o agressor geralmente prevalece. Eis um fato da vida, para o qual não há mais discussão. Mas essa regra é muito mal compreendida.

Veja exemplos de comentários que deletei em meu blog ontem:

  • Se eu estivesse lá tinha arrumado uma confusão porque pelo menos um murro na cara desse velho eu tinha dado.
  • (x) é um p* no c*, e ela é uma vadia que esfrega garrafa na x*
  • (y) tem mais é que levar porrada mesmo
  • se eu ver (j) vai levar um cacete bem dado. vai apanhar até perder a catinga de v*…

Essas são palavras violentas, mas não servem a absolutamente nada, a não ser munição para o adversário. Alias, eu deletei porque nem sei se todos são leitores ou são enviados pelo adversário – se bem que ao menos um eu sei que é leitor. Agora com o Humaniza Redes, bem podem os bolivarianos enviar infiltrados para declarar essas mensagens em nossas páginas para denunciar-nos como “praticantes de crime de ódio”.

Seja lá como for, você não deve usar palavras violentas na guerra política, mas sim ataques violentos.

Um ataque violento pode ser feito com palavras nem um pouco agressivas, como dizer “meu adversário não pára de usar discurso de ódio”. Aqui há um ataque, sem usar qualquer expressão agressiva. Ao contrário, você pode até usar “mais amor, por favor” em seguida.

Para definirmos um ataque como realmente violento, ou eficiente, ou até contundente, meça-o pelo dano causado ao seu adversário, em termos de imagem política, jamais pelo seu nível de desabafo.

Se algum bravinho descoordenado reclamar de ter sido chutado de sua comunidade, página ou coisa do tipo, você pode explicar a ele a regra contida aqui embutindo-a em perguntas complexas: “Para quê você tem tanto interesse em dar munição ao oponente? Te falta capacidade de ter metas? Você realmente não está comprometido com nossos resultados?”.

Isto ajuda na conscientização contínua de que o entendimento da guerra política é, antes de qualquer outra coisa, o entendimento de que a linguagem deve ser antes uma arma do que um empecilho enquanto estamos no combate político.

Anúncios

32 COMMENTS

  1. Concordo plenamente com o texto, mas não gostei muito da sua terminologia. Afinal, “ataque” tem uma conotação muito mais física do que “palavras,” logo “ataque violento” evoca a agressão física muito mais do que “palavras violentas.” Quando eu li o título do artigo, pensei que o sentido de cada termo que você daria seria o inverso do que o sentido você acabou usando.
    De qualquer forma, ótimo texto.

      • Quando vi essa postagem do Fernando Holiday fui uma das pessoas a comentar criticamente.
        Se o objetivo do pênis era simbolizar o estupro da Petrobrás, considero q eles falharam, pois lugar algum dessa imagem me remete a Petrobrás.

  2. Luciano, pelo visto a flatuffada vai mesmo se tornar uma arte espalhada, e sem querer os marxistas-humanistas-neoateístas cavaram a própria cova em um caso especial: o do Armandinho. Pois bem, eis que um cara criou uma página de paródia no Facebook chamada “Armandinho morrendo violentamente”, cuja vida foi breve pelo fato de seu criador receber uma notificação extrajudicial da parte de Alexandre Beck. Obviamente que, em matando um personagem altamente MHN, a atenção do público anti-MHN seria atraída pela página de breve vida e só duas tirinhas:

    http://brasileiros.com.br/wp-content/uploads/2015/05/11355406_10204164252889428_8417076_n-1-e1432847418203.jpg

    http://brasileiros.com.br/wp-content/uploads/2015/05/11267659_10204164254289463_1431244083_n-e1432847439141.jpg

    O detalhe é o seguinte, conforme achei nesta matéria do site da revista Brasileiros, o cara que criou a tal página da morte violenta não é nem de longe um anti-MHN, mas sim alguém que simplesmente acha o personagem irritante e que em geral concorda com as pautas das tais tirinhas. Logo, se Tom Magalhães, o criador da página de breve vida, recebeu atenção do público anti-MHN, acabou simplesmente sendo um ponto de contato entre a opinião dele sobre o personagem e uma opinião corrente entre aqueles contrários ao marxismo-humanismo-neoateísmo vestido de maneira bonitinha pelo tal personagem de cunho gramscista. Assim como um MHN pode achar o Armandinho irritante, um anti-MHN também o pode, da mesma maneira que um MHN e um anti-MHN poderiam igualmente não gostar de, por exemplo, jiló.
    Como o autor de uma página de Face não é tão visível assim, seria natural que alguns considerassem a tal página como uma resposta anti-MHN que se baseia em arte MHN tal qual o Flatuff ou os primórdios da Filosofia Feminista. Se era de alguém que orna com os postulados armandinianos mas que achava o personagem irritante, talvez por se lembrar de alguma criança irritante da vida real que se assemelhe ao tal menininho das tirinhas, ficaria difícil saber. Tanto que o criador da página original deixou a seguinte declaração:

    Muita gente tá interpretando essa página como se fosse contra o Armandinho por ele ser “de esquerda” ou “comunista” ou por ser a favor dos direitos humanos, do feminismo, ou o caramba a quatro, e portanto como uma página “de direita”.

    A interpretação é livre, e o texto quando cai na rede é peixe, pra ser interpretado da forma que for interpretado.

    Mas queria deixar claro que nossa opinião é que essa interpretação é burra, porque o fato de o armandinho ser irritante não tem nada a ver com uma ou outra posição política estar certa ou errada.

    Será que interpretar isso aqui como outra pregação, só que de uma ideologia oposta, não é meio babaca?

    Logo, como se pode observar, o criador condenou o tipo de fã que se atraiu pela página. As the zuera never ends e está para os MHNs como a kryptonita para o Super-Homem, não demorou que criassem uma nova página, esta de fato anti-MHN:

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro

    Usando o know-how iniciado pelo Flatuff e a colaboração da nuvem, a primeira coisa que fizeram foi trocar o sapinho de estimação do personagem original:

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780114205696.1073741825.1593779724205735/1593780154205692/?type=1

    Que acabou virando aquilo com que estão sendo representados os MHNs quando estes chamam aqueles a quem são contrários a ele de “coxinha”:

    http://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xap1/v/t1.0-9/11235278_478387878985834_8373529889775065888_n.jpg?oh=e66abedce1554568dd213333be6a4a25&oe=560775EB&__gda__=1442444087_1b59c36f8573fa93c0c12fbbb5156508

    E de resto, foi só deixar a criatividade coletiva fazer o serviço, inicialmente com a republicação de um original:

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1593780460872328/?type=1

    Logo iria surgir a segunda tirinha da página de breve vida:

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1593781984205509/?type=1

    Já o resto é de criação da nuvem mesmo…

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1593782580872116/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1593959497521091/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1593997467517294/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594005357516505/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594040360846338/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594056687511372/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594093280841046/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594271130823261/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594309497486091/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594388800811494/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594408157476225/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594611857455855/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1594698784113829/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1595011244082583/?type=1

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/photos/a.1593780510872323.1073741827.1593779724205735/1595054254078282/?type=1

    Porém, fica-me a impressão de que já estão indo para cima de quem criou a nova página:

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1593781937538847

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1593793240871050

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1593803140870060

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1594040097513031

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1594110757505965

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1594382974145410

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1594444387472602

    http://www.facebook.com/Pentelho.burro/posts/1594382974145410

    Observe-se que a coisa agora está indo para além de ele simplesmente morrer violentamente de uma forma por vezes meio nonsense e pode partir agora para a ridicularização com o personagem em vida mesmo. Logo, uma coisa que começou na base de por vezes o MHN ser o melhor combatente do próprio MHN agora se tornou de fato uma coisa anti-MHN e feita por anti-MHNs, incluindo aí criações que vão para além da tal página e em um caso já tendo respaldo do Flatuff:

    http://www.facebook.com/CurtasDoDoomguy/photos/a.1427659837456030.1073741828.1427621280793219/1651990411689637

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=10153311398141955&set=p.10153311398141955

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=701245849944007&set=a.127059697362628.22045.100001757956953

    http://www.facebook.com/flatuff/photos/a.1388904994665154.1073741827.1388902317998755/1569619093260409

    E já tem mais coisa na fila:

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=811353088943083&set=o.1593779724205735

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1446352418999109&set=o.1593779724205735

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=773855019398758&set=o.1593779724205735

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1002594816419294&set=o.1593779724205735

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1445699369064414&set=o.1593779724205735

  3. Sinal da educação em decadência Luciano…
    Escute qualquer música Funk, e tente contar quantos palavrões por minuto ela possui.
    Essa a nova cultura que a esquerda está instalando no país.

  4. A truculência e ignorância de certos componentes da direita brasileira é algo, talvez, tão benéfico ao PT quanto sua própria militância. Que você seja obrigado a explicar a diferença entre ataques violentos e palavras violentas, meu caro, é sinal de que, realmente, ainda estamos bastante atrasados. Deveria ser a coisa mais óbvia e evidente para qualquer um.
    Eu classificaria essa turma como Direita Bolsonaro. Realmente admiro e reconheço todo o trabalho que esse nobre deputado fez e faz pelo Brasil, mas não se pode negar que sua postura e seu comportamento, muitas vezes, apenas prejudicam mais ainda a visão e os frames que pairam ao redor da direita brasileira (postura e comportamentos cujo expoente máximo foi requentar um assunto de dez anos atrás e mandar novamente o “Não te estupro porque você não merece” sobre a Maria do Rosário). Ele é bastante útil, talvez até fundamental, mas seus tiros no pé têm botado muito a perder.
    Enfim… entre a anêmica Direita PSDB e a tresloucada Direita Bolsonaro, urge fortalecermos a Direita Ronaldo Caiado.

    • Pô, não precisa xingar também, Direita Bolsonaro? rs

      (um dos comentários citados pelo Luciano é meu)

      Mas completamente de acordo. E gostei bastante da separação. Muito cuidado com essa direita caricata, ou como chamo, Direita Imaculada e Sem Pecados.

      É a direita que acha que é santa, que sua família não tem pecados e nem problemas (ou sabe que tem, mas finge pra si mesmo que não) e que tem posturas bem agressivos com gays (acham que eles é que são o problema), mulheres (tem ainda aquela visão de que a mulher precisa ser a mulher dos poemas), e nutrem simpatia por ditaduras, militarismo, armas, e por aí vai.
      Direita Bolsonaro. Ótimo nome. Não darei mais motivos para ser jogado na sacola dela.

      Direita Bolsonaro e Esquerda Luciana Genro são muito, muito, MUITO parecidos. Conservadores loucos são bastante parecidos com esquerdistas radicais. E ao dizer esse óbvio fato a eles, liberam o Bolsonaro/Malafaia que existe dentro de si e dá-lhe gritos e humor involuntário.

      • Cauê, só uma coisa.

        A valorização da família tradicional é um instinto biológico. Os conservadores apenas atendem a esses instintos. Fariam melhor apoiassem leis liberais, mas LUTASSEM pelo direito de que as escolas não fossem usadas para doutrinação de seus filhos, por exemplo.

        Eles são caricatos apenas por falta de estratégia.

        Abs,

        LH

      • Também gosto de família tradicional, e da destradicional também. E acho que a segunda não destrói a primeira, mesmo porque precisa da primeira pra que exista a segunda. Pena que essa Direita Bolsonaro mostre os dentes e rosne quando alguém diz isso, mais inclusive do que quando há um petista dizendo petistices na roda. Amadores…

  5. Republicou isso em Enquanto há vida, há esperança!e comentado:
    Acho o conslho dado nesta matéria muito oportuno, por isso estou recomendando enfaticamente a sua leitura e aplicação. Principalmente nestes tempos de verdadeira guerra de opiniões entre os diversos movimentos da oposição.

    É com extremo pesar que vejo intervencionistas e “impeachistas” (se é que isso existe) se degladiando e, o que é pior, se odiando, o que, na minha opinião nada mais é do que fazer o jogo da política do ódio comunista e dar aos petistas mais duas “classes” para eles instigarem e se alimentarem do ódio mútuo. Ou a oposição se une, ou teremos que chegar ao estágio que chegou a Venezuela para que todos se unam, como ocorreu naquele país, no sábado passado no movimento 30M.

    Por oportuno, sugiro o link do youtube onde o Dalmo Accorsini presta esclarecimentos sobre as táticas que está empregando para denunciar a Smartmatic, no Brasil e em Haia, bem como para tentar “melar” a indicação de Lula, ao Nobel da Paz. Para quem ainda não conhece o trabalho do Dalmo, achei o vídeo bastante esclarecedor.

    http://youtu.be/yjncUoOZbXg

  6. Em discussões políticas manter o sangue frio é essencial, coisa que sinceramente nem sempre eu consigo fazer.

    Mas saindo um pouco do assunto, essa tática do PT de acusar os outros de ‘crimes de ódio’ é pra lá de cretina. Já começa pela vagueza intencional. Crimes deveriam ser bem definidos por lei. A partir do momento em que se usa expressões vagas como Crime de ódio, você pode enquadrar qualquer pessoa que quiser, basta ela criticar algo que você não goste. A única solução seria a gente viver num mundo de conto de fadas, onde ninguém nunca critica nada.

    E segundo que odiar não deveria ser crime. Eu odeio jiló por exemplo, e ainda incentivo os outros a odiarem também. E aí, vou ser enquadrado pelo Humaniza Redes? Eu odeio o Felipão. E agora? É crime também?

  7. Hahaha, bom, um dos comentários citados é meu, e creio ser eu o qual você diz saber que é leitor. Já fui acusado por aqui de ser esquerdista velado, MAV (será que eles ganham mais do que os trocadinhos que recebo dos capitalistas selvagens que me exploram? hm), entre outras coisas. Balela. Bem longe de mim estar aqui pra colaborar com o inimigo – embora conviva com bastante deles, o que me mostra muito claramente e de perto o quão louca e vazia essa gente é.

    Mas entendi o que quis dizer com o post, e de acordo.
    Se for notar, dos comentários citados, o meu (sobre esfregar garrafa) é o único que não propõe violência contra pessoas, apenas ofende. Mas entendi o DESbenefício disso, embora tenha gostado quando perguntaram ao Bolsonaro porque ele disse que não estupraria Maria do Rosário, e antes de ele dizer que era porque nenhuma mulher merece estupro, disse que ela é “feia”, “mal tratada”, entre outras ofensas. Bom mocismo precisa dar trégua de vez enquando também.

    Aliás, ando preocupado com o ~~trabalho~~ do inimigo.
    Meu irmão de 16 anos tá ferrenhamente defedendo a não-redução da maioridade penal. E ontem estava a comentar com bastante raiva de umas pessoas que assassinaram uma mulher que colocou fogo em um cachorro. O discurso é aquele esquerdopata, de que “não se pode fazer isso, é uma pessoa”, etc etc. E sobre a maioridade é aquele papo do “não pode prender, ninguém mostra o que a polícia faz, tem ideia da crueldade da polícia?” e por aí vai.
    Pior que, como é alguém como tenho intimidade, logo me irrito e descamba pra gritaria e xingamento. Pergunto se é na escola que tá aprendendo isso, se é nas redes sociais, mas diz que “sempre pensou assim”. Triste…

    • “Hahaha, bom, um dos comentários citados é meu, e creio ser eu o qual você diz saber que é leitor. Já fui acusado por aqui de ser esquerdista velado”

      Se foi acusado, foi com razão. Pelo que eu vi, você:

      – Já falou que é contra a lei de terceirização
      – Já falou que quem critica gays deve ser censurado
      – Vive xingando os conservadores sem parar
      – Já disse que tem simpatias pelo feminismo e pelo movimento LGBT
      – Está sempre falando umas coisas sobre gays que não diferem em nada do que um Jean Wyllys da vida diria
      – Tem cara de ser neoateista
      – Gosta do PSDB
      – Provavelmente é a favor do Bolsa-Família

      Se alguém tem cheiro de esquerdista, cara de esquerdista, e discurso de esquerdista… Então é esquerdista, pô.

      • Oi Fikdik. Caraca, fiquei impressionado por ter reparado tanto em mim. Lembra de tudo que já falei. Agradeço pela atenção pois não acho que sou merecedor dela.
        Minha presença deve lhe incomodar muito mesmo. Uma pena, pois não venho aqui com intenção de incomodar.

        Vamos lá:

        – Já falou que é contra a lei de terceirização
        Segundo PSOListas, ela é bem prejudicial, e segundo o Luciano, só ajuda, ou ao menos não prejudica. Mas já lancei algumas perguntas sobre que morreram no vácuo.
        Não sei que idade você tem e o que faz da vida. Já declarei aqui que sou iniciante: 24 anos completos em abril (sei que antigamente com 24 as pessoas já estavam com a vida feita e família formada, mas enfim, tempos modernos), uma faculdade pra concluir esse ano, passei de estagiário a contratado recentemente, mas o ambiente é hostil. Os chefões tem sede de lucro. Espremem sua carne por lucro.
        Essa semana mesmo me fizeram mendigar um desconto de 20 reais!!! Veja bem: eles são uma empresa de arquitetura que dá MUITO LUCRO. Os chefões tem jato particular, casa na California onde os filhos mais velhos que eu estão surfando nesse instante, e outros.
        Pra contratar um serviço de um profissional autonômo, que tem uma pequena empresa, me fizeram mendigar um desconto de 20 reais!!! Quer filha da putagem maior? Eles com dinheiro pra enfiar no toba querem tirar grana de um cara que tem muito, muito menos que eles. Sou esquerdista por achar um absurdo isso?
        Dirá que cada um usa o próprio dinheiro como quer, e se o contratado no caso não quer oferecer desconto, só não presta o serviço, certo? E você acha que ele está em condições de escolher, ou eu estou?
        Eu não trabalho pra esses abutres por vontade própria. Preciso da miséria que me pagam, do contrário não me formo. O PT fudeu a economia e o mercado tá um lixo, uma podreira. Fiquei aqui pois não tenho pra onde ir.
        E aí me aparece essa terceirização, que vai ser a alegria dos abutres, podendo lucrar mais e mais, e eu empobrecer mais. Selvagem.

        – Já falou que quem critica gays deve ser censurado
        Se está falando do Fidélix, aceitem de uma vez: NUNCA, JAMAIS, DE JEITO ALGUM, vou defender Fidélix 🙂 sabe o que acho dele?
        Um coitado.
        Gordo.
        Pobre diabo.
        Caricato.
        Ridículo.
        Feio.
        Cafona.
        Tirano.
        Ditador.
        Ladrão (pesquise sobre a renda dele, já falei…).
        Doente.
        Fala mal.
        Perdedor (nunca ganhou UMA eleição).
        Mentiroso.
        Hipócrita (já apoiou o PT).
        Traíra.
        Obscuro.
        Palhaço.
        Dispensável.
        Corno.
        Acho que agora entendeu o que acho dele.
        NUNCA vou defender esse bosta. NEVER. Se quer criticar gays, que aprenda a criticar direito. Até o Bolsonaro perto do Fidélix é um senhor da prosa.

        – Vive xingando os conservadores sem parar
        Conservadorismo não é minha praia. Acho patéticos.
        E vocês estão jogando a bola contra a parede pra que ela volte e bate na vossa própria cara, pois o mundo está mudando e é nesse mundo, com propagandas como a do Boticário, em que seus filhos e netos crescerão. Conformem-se ou fiquem loucos querendo mudar e não conseguindo.

        E não ACREDITO em conservadores. Tem pose de santos, imaculados e sem pecados, mas são tão pecadores quanto quem não é. Fiquem fazendo pose entre vocês, comigo não cola 😉

        – Já disse que tem simpatias pelo feminismo e pelo movimento LGBT
        O feminismo mais brando tem ALGUMAS ideias que, em essência, até que são gente fina ou coerentes, MAS, caiu na mão de gente louca e virou um monstro. Morro de rir do humor involuntário provocado por essas loucas que fugiram do hospício, vide exemplos:
        -> uma vocalista de banda (Hayley Williams, do Paramore) se desculpando por uma letra que fez chamando outra menina de vadia;
        -> uma escritora (Clara Averbuck) se desculpando por ter escrito em seu primeiro livro, de muitos e muitos anos atrás, uma cena “machista”;
        -> aquela porra daquela Anitta se dizendo feminista e no programa seguinte falando que as meninas andam muito vagabundas e assim os homens não as valorizam
        Movimento LGBT, esse não acompanho tanto e não lembro de ter dito ter simpatia por ele.

        – Está sempre falando umas coisas sobre gays que não diferem em nada do que um Jean Wyllys da vida diria
        E você continua achando que quem não é crítico de gays é um adorador de Jean Wyllys. Vou repetir o que já falei: comigo vai ser assim, na base do respeito à diversidade. Não to interessado em Direita Bolsonaro Caricata e Imaculada Com Muita Sujeira Debaixo do Tapete.

        – Tem cara de ser neoateista
        Errr… errou. Não sou nem sequer ateu. Mas DEUS que me livre ser como vocês que se acham santos. Aliás, não sigo religiões por isso (olha que já tentei hein): igrejas, centros religiosos, são cheios de gente que se comportam como se não possuíssem pecados, como se vossas vidas fosse um santuário. To fora!

        – Gosta do PSDB
        PSDB, aquele partideco que faz oposição de comadre? Que até campeonato de futebol de escola tem oposição mais forte? Essa foi boa!

        – Provavelmente é a favor do Bolsa-Família
        Não sou contra, mas adoraria que ele não precisasse existir.

        Devo então abandonar esse site e passar a comentar na Carta Capital?

      • Segundo PSOListas, ela é bem prejudicial, e segundo o Luciano, só ajuda, ou ao menos não prejudica. Mas já lancei algumas perguntas sobre que morreram no vácuo.
        Não sei que idade você tem e o que faz da vida. Já declarei aqui que sou iniciante: 24 anos completos em abril (sei que antigamente com 24 as pessoas já estavam com a vida feita e família formada, mas enfim, tempos modernos), uma faculdade pra concluir esse ano, passei de estagiário a contratado recentemente, mas o ambiente é hostil. Os chefões tem sede de lucro. Espremem sua carne por lucro.

        Explique-me sobre leis contra terceirizações nos Estados Unidos e na Europa.
        Veja bem: eles são uma empresa de arquitetura que dá MUITO LUCRO. Os chefões tem jato particular, casa na California onde os filhos mais velhos que eu estão surfando nesse instante, e outros.
        Você também pode criar uma empresa, correr riscos e tentar chegar lá. Enquanto isso, está vendendo serviços. Acontece. A pergunta é: como seus serviços são DIFERENCIADOS?
        Eles com dinheiro pra enfiar no toba querem tirar grana de um cara que tem muito, muito menos que eles. Sou esquerdista por achar um absurdo isso?
        Já pensou em trocar de empresa?
        E aí me aparece essa terceirização, que vai ser a alegria dos abutres, podendo lucrar mais e mais, e eu empobrecer mais. Selvagem.
        Ao contrário. Com a terceirização, você pode se destacar mais aumentando o poder de prestação de serviços da empresa terceirizada que te contratar. Já pensou em fazer isso?
        Se está falando do Fidélix, aceitem de uma vez: NUNCA, JAMAIS, DE JEITO ALGUM, vou defender Fidélix 🙂 sabe o que acho dele?
        Esta é uma falha ética grave. Eu defendo uma ética, de acordo com o que é certo. Como você já demonstrou aqui, você esquece qualquer referencial ético se tiver um adversário. Você demonstrou isso ao dizer “se eu não gosto dele, então ele merece ser processado”. (Aliás, como eu havia falado, o processo foi arquivado. Era ligitância de má fé.)
        E vocês estão jogando a bola contra a parede pra que ela volte e bate na vossa própria cara, pois o mundo está mudando e é nesse mundo, com propagandas como a do Boticário, em que seus filhos e netos crescerão. Conformem-se ou fiquem loucos querendo mudar e não conseguindo.
        Er… deprimente. Sugiro ler John Gray para entender que essa ideia de “um mundo arco íris multicultural e de ultra tolerância” jamais vai existir pelas contingências humanas. Eticamente, os conservadores estão apenas buscando valorizar seu modelo de família tradicional, o que é justificável via seleção de grupo.
        E não ACREDITO em conservadores. Tem pose de santos, imaculados e sem pecados, mas são tão pecadores quanto quem não é. Fiquem fazendo pose entre vocês, comigo não cola 😉
        Péssimo argumento julgar alguém pelo que ele não fez. Eu também acho o conservadorismo inviável em vários momentos, mas em linhas gerais ele é mais que justificável. Sugiro algo introdutório.
        http://lucianoayan.com/2013/02/11/segurem-se-na-cadeira-por-que-tanto-conservadores-cristaos-quanto-humanistasesquerdistas-estao-errados-quanto-a-evolucao/
        O feminismo mais brando tem ALGUMAS ideias que, em essência, até que são gente fina ou coerentes, MAS, caiu na mão de gente louca e virou um monstro.
        Defina “feminismo mais brando”?
        E você continua achando que quem não é crítico de gays é um adorador de Jean Wyllys. Vou repetir o que já falei: comigo vai ser assim, na base do respeito à diversidade.
        Aqui é na base da liberdade de expressão.

      • Olha, permitam-me o desabafo, mas meu sonho é trocar de empresa. Onde estou, além de não ter chance de crescer pois já vi que só cresce quem é da atividade-fim (não é o meu caso), é um ninho de esquerda caviar. Esse tipo me enoja BEM MAIS do que os esquerdistas mais caricatos, aqueles que parecem hippies. Esses são mais coerentes. Já os meus colegas e chefona são o tipo que nasceram em berço de ouro, tem grana pra enfiar no toba, já tem carro aos 20 anos dado pelo pai e esquerdistas até os dentes. NOJO.

        Mas acontece que esse rico diabo chamado PT desastrou a economia. O mercado tá mais parado que um poste. Toda vez que entro no vagas.com me deprimo. Tive que erguer as mãos ao céu quando falaram que iam me efetivar, porque a esmolinha que me pagam é necessária. Antes essa que nenhuma.

        A respeito do Fidélix, entendo o que quer dizer, mas o estrago já tá feito e quem o fez foi ele. É a ética de quem o chama de “candidato da família” (acho que até você ri disso) que precisava ser revista, isso sim, rs.

        E ok os conservadores gostarem de família tradicional, eu também gosto, juro. Só não acho que esteja ameaçada. Conservadores direitistas Bolsonaros se parecem DEMAAAAIS com esquerdistas, inclusive nisso: criar MONSTROS IMAGINÁRIOS.
        Conservadores acreditam em um monstro que quer acabar com TODAS as famílias tradicionais – que trabalhera terá esse monstro, hein?
        Assim como esquerdista cria monstro fantasioso de monte. Eu falo há tempos que esse pessoal é mais igual do que imaginam.

        Não estou acusando conservadores do que não fizeram pois esses, até onde sei, seguem a Bíblia, cuja qual nunca li mas imagino que na mesma está escrito que somos pecadores.
        Sabe que além de uma chefe esquerda caviar, tenho um colega de serviço conservador. Crê, completamente, que é santo. Acha horrível gays, a perda da moral e bons costumes, drogas, etc.
        Esse mesmo conservador adora comer carne, faz uns discursos de nojo aos vegetarianos e diz que quanto mais sangrenta for a carne, melhor – um religioso tão cheio de moral gostando de sangue animal? Que desrespeito pela vida.
        Também não pode ver um rabo de saia. É casado, e fala de um jeito todo dengoso com as mocinhas. Com os caras é todo carrancudo e sem educação, mas com as moças até fala mais fino, muda o jeito, e fica se oferecendo para fazer favores.
        E brinde: TRAIU A ESPOSA HÁ UM TEMPO, mas segundo ele a culpa não foi dele e sim da moça, pois o seduziu com fotos pelo Whatsapp. Risos altos.
        O que to querendo com essas fofocas? Dar exemplos. Todos os conservadores cometem ESSES pecados que o (chatão) colega comete? Não. Mas são pecadores também e a pose de santo que fazem se torna patética quando se sabe disso.

        E “feminismo mais brando”, olhe, única coisa que quero dizer é que se você pegar as ideias, digamos, mais “puras” do feminismo, que eu CONCORDO QUE NÃO PRECISARIAM DE FEMINISMO PARA EXISTIREM, como por exemplo “acabar com o mito de que mulher que pega muitos caras é vadia” ou parar com a rivalidade entre as próprias mulheres, são ideias válidas.
        Não precisam do feminismo pra existirem, apesar de estarem sendo mais discutidas com esse atual modismo feminista. Só isso.

        Paz!

  8. Não adianta… A guerra política partidária pode ser ganha. A ideológica está perdida devido a conceitos do inconsciente coletivo propagandeados pela mídia: Homofobia, machismo, feminismo e indigenismo. Basta ver o que aconteceu na Suécia, país liberal até os anos 70, foi destruído pelo feminismo mais truculento e violento do mundo, a ponto de Julian Assange, esquerdista clássico, afirmar que trata-se da “Arábia saudita do feminismo”.
    .
    A esquerda sabe que a legenda não importa mais. Importa a causa. A esquerda caviar precisa da legenda para roubar e faturar. Mas os idiotas úteis precisam da causa para destruir a sociedade.

  9. Caro Luciano,
    Não concordo, mas respeito sua opinião e sua mediação.
    Não concordo porque qualquer ataque que se faça a petistas, ainda que seja educado e amoroso, eles sempre vão posar de vítimas e dizer que é discurso de ódio. Assim, já que eu vou ser acusado de grosseiro e de ter ódio a petista (e tenho mesmo!), prefiro atacar logo com violência, no estilo deles.
    Eles atacam todo mundo da forma mais virulenta possível, com mentiras e brutalidade, mas conseguem pautar o ataque adversário. E muita gente continua caindo nessa…
    Mas, como eu disse, o blog é seu e você tem o meu respeito e admiração.

    • Carlos,

      Sim. eles SEMPRE vão posar de vítimas, mas quando você é mais ESTRATEGISTA NA COMUNICAÇÃO (vai além do que ser educado e amoroso), você pode acusá-los facilmente de serem CÍNICOS, o que é um novo ataque. Já o ataque com violência dá PRETEXTOS MAIS FÁCEIS para eles.

      O que eu sugiro é que você rotule fortemente, mas enquanto faz isso pode dizer “mais amor, por favor” e imputar “crime de ódio” ao oponente.

      Abs,

      LH

    • Você tem o nome da minha primeira namorada, Luana. Quando a namorei, aos 14 anos, ela tinha essas ideiazinhas homofóbicas igual você. Sabe o que ela dizia? Que era contra gays porque isso ia “contra a biologia”. Risos.
      Não namoro com ela mais (hoje em dia jamais me interessaria por alguém com uma ideia tão fracote dessas), mas ainda tenho contato. Ela atualmente, passados já 10 anos, se envergonha de um dia ter pensado uma coisa tão bosta.
      Biologia é mais importante do que o respeito? A gente deve guiar a vida então de acordo completamente com a biologia? Então vamos soltar os animais no zoológico. Pela cadeia alimentar, um leão é mais forte que nós, logo, tem direito de se alimentar de nós. Bora soltá-los e salve-se quem puder, afinal, vamo deixar a Mãe Biologia mandar.

      Espero que os anos te tornem como a minha ex Luana se tornou, hoje em dia é uma BIÓLOGA, bastante inteligente, cabeça aberta e FELIZ.
      Do contrário, se continuar com essas opiniões tão pequenas, pré-conceituosas, frescas, amargas, você se tornará uma velha coroca e amarga, tipo a dona Florinda. Além de amarga e solteirona, que fica no portão o dia todo fofocando da vida dos vizinhos. Vão olhar e dizer “ih, lá vem aquela velha chata, espiando a vida de todo mundo”, do tipo que ninguém lamenta quando vai pro túmulo.

  10. Luciano, não sei se chegou a ver a campanha nas redes sociais (eu recebi pela primeira vez a mensagem no grupo de Whatsapp da faculdade) para as pessoas votarem contra o Estatuto da Família, que os conservadores retrógrados estariam defendendo. Minha dúvida é se este termo conservador retrógrados seria um ataque violento?

    Aliás, quando eu respondi à mensagem (após um colega ter feito o mesmo): acho que sou uma conservadora retrógrada, começaram a chover clichês, ataques a mim e defesas à pessoa que havia postado a mensagem inicial. Olha que eu não havia falado nada exceto sou conservadora. Decidi então perguntar se alguém havia lido o projeto, se estavam a par do que acontecia, sugeri até que enviassem e-mail em solidariedade à deputada Erika Kokay que é a que mais apresentou emendas contrárias ao projeto etc. Depois destas perguntas tudo o que tive foi “cri-cri,cri-cri…”

    • Tecnicamente, é um bom ataque, em termos de guerra política, pois diz que o oponente é obsoleto e contra o progresso. E a palavra em si não é violenta. O erro seria “Por ser conservadores, merecem ser apedrejados na rua”. Isso dá pretexto paro oponente capitalizar.

  11. “Pela cadeia alimentar, um leão é mais forte que nós, logo, tem direito de se alimentar de nós”

    Cauê, se os argumentos da sua ex-namoradinha eram bosta, os seus são cocô.

    O leão pode ser mais forte fisicamente do que o homem, mas é um animal irracional. Por isso, o homem está na ponta da cadeia alimentar. Todos os animais servem ao homem e são por ele dominados.

    O homossexualismo não é contrário apenas à Biologia. É contrário à moral, ao bom senso, à fisiologia humana e à preservação da espécie.

    Que pena que sua ex, que tinha ideias tão boas, agora ficou politicamente correta e caiu no golpe da bicharada.

    • Carlos,

      Uma pessoa cujo argumento no outro texto foi “vai dar meia hora de cu”, que usa termos como “bicharada”, que diz que homossexualidade é contra “à moral”, jamais vai sair coisa boa em um contato comigo. Só vai gerar repulsa.
      Com outros aqui, até mesmo o Fikdik que se incomoda bastante com a minha presença, há uma mínima construção, há debate, há um nível.

      Mas você, ao contrário dos demais, não tem nível nem educação. É direitista Bolsonaro do pior tipo que tem, o tipo burro, que dá munição pra extrema esquerda.
      Aliás, direitista Bolsonaro não: direitista Fidélix, o tipo doente, pobre coitado, com problemas de estima, que diz que determinada coisa é “contra a moral” mas entra no XVideos pra ver putaria. Pode jurar sob a Bíblia que não o faz que não acreditarei.

      Se o Luciano for esperto vai te banir daqui, pois nunca se vence uma guerra política usando esses termos que você usa. É ignorância mesmo, caso perdido.

      Meus lamentos à tua família e a todos que são obrigados a conviver com você. Garanto que muitos odeiam essa convivência e falam mal pelas costas de monte. Manja a velha coroca que disse no comentário mais acima, cuja qual ninguém lamentará quando for pro túmulo? Vale pra você.

      No mais, obrigado por servir de exemplo ao tipo de conservador de pose (e ridículo) que eu vivo citando aqui.

      E espero que o Luciano, sendo democrático, não censure esse meu comentário, pois o sujeito veio com munição PRIMEIRO, e eu tenho o direito de me defender.

  12. Cauê,
    Nunca usei essa expressão (“vai dar meia hora de cu”) na minha vida.
    Você, além de gay, é mentiroso.
    Que você ache que a homossexualidade não é contra “à moral”, é até compreensível. É uma necessidade psicológica sua falar uma sandice dessas.

    Além de boiola e mentiroso, você também é ridiculamente pretensioso. Nem me conhece pessoalmente, mas me acusa de entrar em sites pornográficos. Você é doente, meu filho.

    E se o Luciano me banir daqui, no problem! O problema é ele manter um doidinho como você

    “Meus lamentos à tua família e a todos que são obrigados a conviver com você. Garanto que muitos odeiam essa convivência e falam mal pelas costas de monte.”

    Olha o Deusinho aí de novo, pretendendo conhecer tudo de todo mundo, a partir de um mero comentário na internet. Não vou falar da sua família, porque não a conheço. Mas me espanta que ela nunca tenha te internado, se é que nunca te internou mesmo.

    Vaza, bestão!

Deixe uma resposta