Com discurso simulado e fingido, Brasil247 tenta incentivar briga contra MBL

7
183

kim

Imagine que várias pessoas se juntam à porta de sua organização para cobrar seus direitos, civilizadamente. Em seguida, imagine que você apelou à dissimulação para dizer que “eles estão querendo invadir” (quando não estão) como forma de tentar justificar violência contra essas pessoas. Nos é lançada a pergunta, de imediato: é moral usar este tipo de mentira para justificar violência de forma antecipada? Pois é exatamente isto o que faz a jornalista petista Tereza Cruvinel, do Brasil247, no texto “Com ato em Salvador, MBL chama petistas para a briga”.

Ela já começa definindo o MBL como “direita raivosa”, mas que, até aqui, “atuou dentro do cercado”. Mas quem foi que invadiu o Congresso nesta quarta-feira, 10, para impedir a votação da maioridade penal? É claro que diante de uma esquerda tão incivilizada, a direita hoje está até pacata. E deve continuar assim, deixando o monopólio do comportamento antissocial para a extrema esquerda, que deve ser sempre exposta.

O MBL já anunciou que irá protestar do lado de fora do hotel onde ocorrerá o V Congresso do PT. Em relação a isso, Terezinha diz: “com a manifestação de amanhã, na frente do Hotel Pestana, de Salvador, onde começará o V Congresso do PT, o movimento da jovem direita adentra o terreno adversário e acende uma faísca perigosa”.

Ela segue: “Ir cutucar os petistas em seu congresso é uma provocação. É chamar para a briga os militantes petistas que lá estarão, tentando encontrar remédios para suas feridas. O clima já terá componentes emocionais mesmo na ausência de provocadores. Se os liderados de Kim Kataguiri repetirem ali suas performances exaltadas, no melhor estilo neo-fascista, estarão chamando os petistas para a reação e o confronto.”

Por fim, Terezinha complementa: “se o adversário for agredí-los lá, no maior encontro do partido, não sei não”.

Au contraire, petista: se os petistas cometerem qualquer tipo de agressão, o farão por sua livre decisão, seu senso moral já conhecido e sua incapacidade de aceitar o contraditório. Enquanto os manifestantes do MBL não levantarem sua mão e não invadirem espaços privados (e, justiça seja feita, a sala de hotel onde ocorrerá o Congresso é um espaço privado, pois é alugado, mas os exteriores do local não), limitando-se ao protesto civilizado, os petistas não tem nenhuma – repito, nenhuma – justificativa para qualquer ataque.

O que vemos aqui é que Terezinha busca fingir que “se for manifestar do lado de fora é agressão” (não é), para, aí sim, incentivar os petistas à briga.

Dica aos heróis do MBL: peçam reforço policial e filmem tudo.

 

Anúncios

7 COMMENTS

  1. Luciano, acho que o conselho da PM não vai rolar. O governador de lá é petista, duvido que mova uma palha para defender os manifestantes. Claro que isso não é motivo para não pedir publicamente, pois isso permitirá acusar o governo de ter se omitido de propósito. Mas não deviam contar com a PM. O negócio é filmar tudo mesmo, é a melhor segurança.

    Engraçado é que essa mulher trata a rua próxima ao hotel como se fosse propriedade do PT. O partido por acaso pagou para alugar as vias públicas próximas ao local da convenção?

  2. Só faltou ela dizer que, depois que os jagunços dos petistas que entenderam o recado agredirem o pessoal do MBL, a blogosfera estatal PTralha lançará matérias defendendo as agressões petistas com suas inúmeras montagens de imagens, e que a mídia, com medo da gritaria petista dizendo que a mídia é golpista, dará notinhas incompletas dizendo que dois grupos trocaram agressões. Mas a petista nem precisa dizer isso, até sua militância já percebeu que é característica do modelo bolivariano já no seu processo de andamento.

  3. O Brasil precisa do MBL. Muito! São um pessoal esperto (ao contrário da Direita Bolsonélix), com certeza filmarão tudo e não vai ter vez pra manipulador barato de vídeo.

    Como é o nome da incitadora de violência mesmo? Tereza Cruel? É parente da Cruela Devil Cruel?

    http://perlbal.hi-pi.com/blog-images/807173/mn/130818454559.jpg

    “Petistas, ataquem, ataquem o MBL, finjam que só por eles estarem fora do hotel é uma agressão e ataquem até a exaustão, até não sobrar pedra sobre pedra”

    Maldita violenta do caralho!
    Aposto que achou lindo aquele bando de defensor de menor infrator invadindo uma votação ontem pra que menores criminosos possam roubar, matar, estuprar e torturar a vontade.
    Esses apoiadores de crime a tal Tereza Cruel nada fala né?

    Acho válido no mínimo um e-mail pra essa incitadora de violenta dizendo (1) estamos de olho, (2) já sacamos qual o jogo dela querendo incentivar violência, querendo ver petistas arrancando sangue do MBL, (3) que ela é uma ridícula e muito, muito cruel.

Deixe uma resposta