Projeto bolivariano de passe livre para bandidos é mais uma “Primae Noctis”

20
130

Le_droit_du_Seigneur_by_Vasiliy_Polenov

Pode até parecer notícia do Sensacionalista ou do Joselito Muller, mas não é. Deputados bolivarianos – a turma inclui Catarina Paladini (PSB), Manuela D’Ávila (PC do B), Pedro Ruas (PSOL), Miriam Marroni (PT) e Jeferson Fernandes (PT) – encaminharam nesta segunda-feira, 15/6, um projeto de lei para conceder passe livre para apenados do sistema semiaberto, filhos e cônjuges em ônibus intermunicipais.

O cinismo de Catarina Paladini se expressa na estupidez que leremos a seguir: “Precisamos humanizar a relação dos apenados com a sociedade e aumentar as oportunidades. Nossa proposta tem o viés da ressocialização”. Ou seja, para as vítimas do crime, nada. Para os criminosos, um “passe livre” para humanizá-los.

É claro que este é mais um projeto extremamente cínico, muito bem arquitetado e tem uma finalidade prática: humilhar o cidadão comum honesto, afrontando-o e retirando dele toda a dignidade. É mais ou menos como no feudalismo, quando havia a Primae Noctis, quando um senhor feudal deflorava as mulheres recém casadas na noite de núpcias. Humilhações assim servem ao fim de tirar a dignidade do seu povo. Um povo sem dignidade não protesta contra tiranias.

A impunidade de menores é tão importante para a extrema esquerda pelo mesmo motivo. É apenas outra instância da Primae Noctis.

Há quem diga que a Primae Noctis jamais existiu, sendo praticamente uma lenda medieval. Seja como for, infelizmente as Primae Noctis dos bolivarianos (como a impunidade de menores e essa tentativa monstruosa de “passe livre” para criminosos) são um fato.

Dica: jamais se esqueçam de anexar o nome dos partidos que endossarem esse tapa na cara do cidadão honesto.

Anúncios

20 COMMENTS

  1. “É mais ou menos como no feudalismo, quando havia a Primae Noctis, quando um senhor feudal deflorava as mulheres recém casadas na noite de núpcias.”

    De onde você tirou isso, meu filho? Tá repetindo as calúnias dos revolucionários da RF! Isso nunca aconteceu no Feudalismo. Isso podia ocorrer antes, no tempo dos bárbaros. Depois que a Igreja converteu esses malucos (e só depois veio o Feudalismo), acabou esses costumes selvagens. Não dê munição ao inimigo. Estude!

    • Carlos,

      Leia o texto completo. Eis o penúltimo parágrafo: “Há quem diga que a Primae Noctis jamais existiu, sendo praticamente uma lenda medieval. Seja como for, infelizmente as Primae Noctis dos bolivarianos (como a impunidade de menores e essa tentativa monstruosa de “passe livre” para criminosos) são um fato.”.

      Abs,

      LH

  2. [OFF DE COMEMORAÇÃO] FUNCIONOU, GALERA! Sérgio Mamberti está sendo acusado de incitar violência e se faz de vítima pra tirar o dele da reta

    Lembram do vídeo do Sérgio Mamberti incitando black blocks irem na Paulista atacar manifestantes anti-Dilma? Não? Roda VT:

    https://www.youtube.com/watch?v=ZtXdM2JqXMY

    POIS BEM:

    Hoje saiu uma reportagem na qual Sérgio Mamberti diz estar se sentindo “humilhado”. Coitadinho. Tudo porque nós aproveitamos o prato cheio que ele deu (afinal, disperdiçar prato cheio é feio, né?) e denunciamos a incitação de violência dele.

    Se divirtam: https://medium.com/@jornalistaslivres/me-sinto-humilhado-afirma-s%C3%A9rgio-mamberti-24ad73d2d576

    Tão vendo como funciona? Nós temos que fazer isso muito mais. Não tem perdão, não tem acordo. Falou merda? Incitou violência? Ridicularização, denúncia e humilhação!

    – – –

    HUMILHANDO AS JUSTIFICATIVAS DO DR. VICTOR

    Vamos ver como Sérgio Mamberti tenta se justificar:

    “Minha afirmação foi distorcida e totalmente retirada do contexto”.

    Retirada de contexto?
    O contexto foi bem claro: Sérgio Mamberti vociferava com muito ódio na voz contra manifestantes anti Dilma. Xingou as manifestações dos dias 15/3 e 12/4 de “piquenique de ricos”, disse que eram “inadmissíveis” e pediu que os blacks blocks aparecessem nelas.
    ESSE foi contexto. Incitação clara de violência e declaração de ódio aos manifestantes.

    “Me sinto invadido e cerceado em meu direito de liberdade de expressão”

    O professor que pediu que estuprassem Rachel Sheherazade usou o mesmo argumento.

    “Em todas as manifestações contra o aumento da tarifa de ônibus, os black blocks compareceram. Entretanto, quando grupos se juntaram para pedir o impeachment presidencial e o fim da corrupção, eles não apareceram”

    Mentira na primeira afirmação: os black blocks não apareceram em TODAS as manifestações de junho de 2013. Começaram a aparecer ao final delas, na verdade, quando já tinham perdido a força e a tarifa já tinha sido reduzida, inclusive.

    A última frase reforça a frustração de Sérgio Mamberti por não ter aparecido black blocks para atacar manifestantes. E ele ainda quer convencer de que não os convocou! Está claramente decepcionado com a ausência deles.
    Numa manifestação como as de 15/3 e 12/4, onde haviam famílias, crianças, tom pacífico, Sérgio Mamberti decepcionado está por não haverem blacks blocks tocando o terror, acertando crianças.

    E por ter ficado decepcionado por black blocks não atacarem quem queria o fim da corrupção, LOGO, Sérgio Mamberti é a favor da corrupção.

    “Como cidadão quero muito mais investigação, esclarecimento e punição. E não se pode negar que o governo atual é o que mais tem se aprofundado na questão”

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    Dr Victor, o governo do partido do qual você faz parte quer deixar menores livres nas ruas para aterrorizarem e acabarem com o sossego e dignidade da população. Isso é investigação, esclarecimento e punições profundas? Só se for aos inocentes.

    “O anonimato e a distância que a internet fornece, incentivam a violência gratuita. Isso pode acabar com a minha reputação”

    (1) Não chora não, Dr Victor. Foi você quem incentivou a violência primeiro, xingando os manifestantes e lamentando não haverem black blocks para atacá-los.
    (2) Pode sim, inclusive já acabou. Todos já sabem que Sérgio Mamberti, petista roxo, quer black blocks atacando manifestantes anti Dilma. VOCÊ quem cavou isso. Pense melhor na próxima, mas nem precisa mais: já tá acabada tua reputação 🙂

    Um já caiu. Jô Soares também. O próximo que falar merda, reputação na sarjeta será nossa missão.

  3. Agora sobre o post: essa é a coisa mais insana que já vi. É mais insano ainda do que o tal Auxílio Reclusão. Tão sanguinário quanto a impunidade de menores criminosos.
    Estou abismado. Por favor, como pedir a cassação desses deputados? Tem jeito disso? É pergunta séria. Como fazer pra expulsar esses criminosos dessas funções?
    Não me surpreende que sejam só petistas e suas bolsinhas de prostituta, vulgo linhas auxiliares. Isso é nojento.

    Sério: como fazemos para expulsar esses deputados de lá?
    Não tem conversa. Isso que estão propondo já é agressão.

  4. Se tivessem o controle da polícia e do exército já seriamos uma Cuba ou Venezuela. Como não tem e são rejeitados pela sociedade, esses bandidos poderiam ser facilmente recrutados para “lutar pela causa”, formando milícias organizadas como na Venezuela. Na prática eles se aliam com bandidos e organizações criminosas como as Farcs, PCC, CV… Entendendo que esse seja um dos principais motivos por trás dessa luta obsessiva para proteger bandidos e atacar a polícia. Em regimes já consolidados como Coreia do Norte e Cuba, esses bandidos estariam apodrecendo nas prisões ou diretamente fuzilados. São mentes criminosas. Então, esses “humanistas” devem ser tratados como bandidos.

    • É isso que eu peço sem parar: temos que ter INTOLERÂNCIA com esses deputados e militantes pró-bandido. Eles estão do lado DOS BANDIDOS, DO CRIME, DO ESTUPRO, DO ASSASSINATO.
      Eles estão DAQUELE LADO. Não estão do lado da vítima. Dor da vítima, pra eles, não significa nada.

      “Intolerância não é demais?”
      Vem cá, você tolera por acaso estupro e assassinato? Não? Pois é, esses deputados, esses militantes, esses defensores de crime DEFENDEM ISSO. Se você não tolera estupro e assassinato, logo, NÃO DEVE TOLERAR QUEM DEFENDE ISSO.

      Espalhem isso, espalhem esses nomes como os culpados por haver tanto estupro, assassinato e roubo acontecendo. Espalhem que são esses defensores de crime os culpados por isso. Não vamos sossegar.

  5. [OFF URGENTE] DEPUTADO ALESSANDRO MOLON, DO PT (óbvio) FAZ PIADA EM VOTAÇÃO DA REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

    Viram só que “engraçadinho” o deputado Alessandro Molon (PT-RJ) fazendo piada ontem na votação da redução da maioridade penal? “Logo vão querer prender bebês na barriga da mãe”.
    Sim. O babaca fez essa “piada”.

    VEJAM CARA DO IMBECIL:

    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/de/Alessandro_Molon_2011.jpg

    Ridículo, né? Outro velhote que se acha garoto ainda.

    Revelador isso.
    Em uma votação séria dessas, que muito interessa a quem já foi vítima de menores criminosos – e pra quem não foi e quer continuar não sendo – o sujeito vem com piadinha. Revelação de que ele e seu partidinho tratam o assunto como PIADA.

    Aqui Alessandro Mole demonstrando o tamanho do caráter dele e dos petistas:

    http://noticias.portalvox.com/wp-content/uploads/sites/5/2014/03/alessandro-molon1.jpg

    E aí aparece o PSDB querendo que só quem cometa crimes hediondos seja punido, o que é bem tosco.

    O que fazer, então, com o sujeito que roubou um cachorro das mãos da dona essa semana no Tatuapé? Não feriu ela fisicamente, mas além do susto do assalto, ainda levou o cão dela.
    Então, para o PSDB, esse crime aí “passa”. Coisa de moleque travesso, né?

    PSDB, PT, Alessandro Cocozão Mole, estamos de olho em vocês, cuzões.

  6. Luciano. A coisa ficou feia para esses deputados comunistas/ bolivarianos que assinaram essa m…
    Primeiro eles tentaram jogar a culpa na Defensoria Pública, dizendo que era uma “proposta” da defensoria e blablabla. MEsmo assim, eles não eram obrigados a aceitar ou propor tal coisa na Assembléia. Depois o próprio deputado Catarina Paladini (PSB) disse, quando perguntado, que era CONTRA a proposta.
    Mas se era CONTRA ,porque apresentou ? Não é mesmo ?
    Depois a Defensoria Pública disse que aquilo era apenas uma “sugestão”, e que para se tornar algo oficial deveria ter sido aprovado pelas instâncias superiores da Defensoria. Ao que parece, os deputados bolivarianos se apressaram e tentaram botar a carroça da frente dos bois.
    Mas, mas, ouvindo a entrevista da Defensora Ana Paula Pozzan, tive o desprazer de ouvir ela dizer que: “o projeto até contribuiria para diminuir a violência, pois muitos bandidos (óbvio que ela não usou essa palavra) quando estão no semi-aberto roubam carros porque não tem como se deslocar até as suas famílias e com o passe livre, isso poderia ser evitado”. Sim, Luciano e amigos, ela disse isso, em várias rádios. Eu ouvi na Band-RS.
    Por fim, depois de serem verdadeiramente massacrados nas redes sociais, de tomarem uma tunda de laço, no twitter, facebook e etc..de pessoas indignadas com o passe livre pra bandido.
    Depois que a deputada comunista, a musa da foice e do martelo, Manuela Dávila chegou a apagar comentários do seu facebook, de gente que até se dizia sua admiradora e etc…mas que achava aquilo um absurdo, pra dizer o mínimo. Bom então, como sempre, eles desmentiram, desdisseram o que haviam dito, tentaram enrolar, tirar o foco, disseram que o projeto, “nem era tão importante”, “que haviam outras demandas mais importantes” e blablabla, lero lero…
    Essa gente não presta. Isso é método de dominação comunista. È isso: mais uma tentativa de humilhar o cidadão comum, trabalhador e honesto. Porque não fazem “passe livre” para o desempregado que passa horas a fio na fila do SINE ?
    Abraço.

    • Aí que está, Marcelo e Luciano, não pode acabar nunca a PRESSÃO. Muita pressão, muito achincalhamento, e uma coisa que já foi revelada que essa gente morre de medo de perder: a reputação.
      Viram como o adorador de black blocks Sérgio Mamberti se tremeu todo na base ao ver sua reputação indo pra sarjeta graças ao achincalhamento que sofreu após pedir para black blocks atacarem manifestantes anti-Dilma?
      Esse povo treme de medo de ter sua reputação na lama. Mamberti já era, enterrou, caiu, tá na lama, pode chorar a vontade que ninguém vai se comover. Jô Soares tá tentando manter a pose, mas não convence ninguém.
      Esses deputados desse projeto insano merecem pra sempre serem lembrados como quem inventou isso aí!

      E também, por favor, ridicularizemos muito o deputado Alessandro Molon (PT), ou como apelidei, Alessandro Cocozão Mole, que disse que “daqui a pouco vão querer prender bebês na barriga da mãe”. Sujeito de aparência ridícula que faz PIADA em uma votação que envolve vítimas de assassinato e estupro merece ser ridicularizado e humilhado até o dia de ir pro túmulo.

  7. Cauê. È importante que essa gente da esquerda, seja desmentida e desmascarada sempre que houver oportunidade, ou seja diariamente.
    Eles mentem sem nenhum pudor, em todas as áreas. Talvez porque saibam que a maioria das pessoas não vai pesquisar ou estudar para saber se o que estão dizendo é verdade mesmo. Basta ver a tal falácia do 1% sobre os crimes comentidos por menores, repetida à exaustão pela esquerda, mas devidamente desmascarada pelo Leandro Narloch e replicada por outros colunistas de Veja.
    O problema é que a maioria da imprensa tem quadros bolivarianos nas suas redações, ou depende das gordas verbas estatais, e aí a coisa fica difícil.
    Mas aqui tem outro bom exemplo, o Dep. Efraim Filho do DEM-PB desmascarando e dizendo umas boas verdades na Comissão da Câmara que aprovou a Redução (não integral, com ressalvas) da maioridade penal:
    http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2015/06/17/videos-imperdiveis-dep-efraim-filho-dem-desmascara-o-pt-na-comissao-da-maioridade-penal-quer-mais-escola-mas-cortou-dinheiro-de-fies-pronatec-ciencia-sem-fronteiras/

Deixe uma resposta