Se a direita não perceber a diferença entre Malafaia e Boechat, é melhor desistir…

43
332

pio-pomba-rola-n-21-1343738350_24033_ad1_g

As decisões tomadas na guerra política, obviamente, impactam a vida de todos. Se esta é uma verdade inescapável, nossas escolhas deveriam ser responsáveis e, principalmente, avaliadas sob o aspecto moral. Boa parte da direita diz “(x) é igual a (y)”, com a mesma leviandade que criticam ou apoiam jogadores de futebol. Muitas vezes acabam optando por sua própria opressão, por puro desleixo ou egolatria.

Ontem fiz um post sobre a questão do embate entre Malafaia e Boechat, com dicas para o primeiro conseguir lançar bons mísseis teleguiados contra o segundo. Ao mesmo tempo, vi uma parte da direita se rebelar contra Malafaia com argumentos como “ele é religioso e defende algo de que discordo” ou até um campeão professando “ah, eu não vou com a cara do Malafaia mesmo”.

Será que essas pessoas estão agindo de forma moral ao agirem assim? Sim, se elas tiverem bons argumentos em mãos para usar a tática da equivalência moral. E não, caso  não tenham bons argumentos. E, em geral, esta argumentação é mais furada que tábua de pirulito.

Alguém pode até não ir com a cara de uma criança que acabou de ser vítima de um estupro praticado por um pedófilo. Mas, em relação ao crime, não há um argumento moral que coloque esta vítima de pedofilia no mesmo patamar moral que seu estuprador. Isto, que deveria ser óbvio para qualquer um que se aventure ao debate moral, acaba sendo ignorado pela direita. A regra ignorada é esta: quando for aplicar critérios de equivalência moral (que justifiquem a neutralidade em conflitos políticos), seja cuidadoso antes de praticar a equivalência.

Por mais que critiquemos Malafaia por algumas ideias, continuamente conseguimos demonstrar instâncias torpes de relativismo moral no discurso de quem diz que “Malafaia e Boechat são farinha do mesmo saco”. Quer ver? Adversários de Malafaia dizem que ele “chantageia seus fiéis por dinheiro”. Não, não há chantagem, mas o recebimento de doações voluntárias. Por outro lado, Ricardo Boechat defende um socialismo violentíssimo, que sempre obtém seus dividendos na forma de coerção estatal, o qual jamais deixa de usar a violência. Comparar a tomada de poder por um sistema totalitário (defendida por Boechat) com a obtenção de doações sem o uso da violência (praticada por Malafaia) e, em conclusão, afirmar que são “a mesma coisa” demonstra incapacidade cognitiva de avaliação de questões morais e, como tal, devemos nos preocupar com julgamentos éticos feitos por essas pessoas.

Na guerra política, quando avaliamos contra e a favor de quem nos posicionamos, não podemos ser levianos, sob o risco de inevitavelmente apoiarmos a pior opção para nós. Em que mundo você quer viver? No mundo de Boechat, onde você será um escravo? Eu tenho certeza de que não quero viver em um mundo idealizado por Boechat, e, para isso, sei que será preciso me aliar com outros direitistas, até mesmos os que possuam alguns dogmas dos quais discorde.

A tomada de posição decididamente contra Boechat é uma escolha na esfera da guerra política, com foco em resultados. A escolha por “nenhum dos dois” é a escolha pelo seu próprio ego, em detrimento de quaisquer resultados. Infelizmente, mais uma vez, uma parcela minoritária, mas infelizmente não minúscula, está escolhendo o ego sobre qualquer forma de estratégia.

Em tempo: um frame importante que surgiu de algumas pessoas da extrema esquerda diz que a expressão “vá procurar rola” é uma sentença misógina e machista, e, como tal, o reconhecimento deste fator pode desgastar ainda mais o jornalista bolivariano.

Anúncios

43 COMMENTS

  1. Ficar do lado do Malafaia é um tiro no pé. Totalmente anti-estratégico. PRINCIPALMENTE para quem é liberal ou um conservador mais moderado. Defendê-lo neste caso é TUDO o que a esquerda quer que façamos, para pegarem esse frame e usar contra a gente, nos associando como farinhas do mesmo saco.

    Este é um perfeito caso em que o melhor a se fazer é ficar de fora, só olhando o pessoal se matar. Assumir um lado neste caso, qualquer que seja, é uma burrice estratégica sem tamanho.

    • Roger,

      Neste caso o que temos:

      1. Boechat praticou crime de ódio ao lançar sobre pastores evangélicos a culpa de agressões contra pessoas de outra religião (sem provas)
      2. Boechat praticou machismo ao usar a expressão machista “vá procurar rola’
      3. Boechat praticou homofobia ao usar a expressão acima para alguém a quem atribui características negativas

      Podemos claramente nos posicionar contra as ideias de Malafaia e demonstrar como MUITO MAIS MONSTRUOSAS as atitudes de Boechat.

      Agora, é você que escolhe o teu lado.

      Abs,

      LH

      • Boechat não levanta um manto negro sobre todos os pastores evangélicos, apenas os mercantilistas da fé, como é o caso de Malafaia e vários outros que usam o discurso: “não, você não é obrigado a doar dinheiro para nossa obra, mas se você não o fizer estará em falha com Deus, e não terá direito à bênção”. A arma na cabeça para obrigar a pagar, no caso de Malafaia e afins, não é física, mas psicológica. Instiga na pessoa o medo do fracasso, do abandono por parte daquilo que se apresenta como Deus, e, junto a isso, o resto da caixa de bombons é facilmente vendida, o que inclui a incitação à hostilidade a praticantes de religiões ou identidades sexuais não aceitas como parte do programa para ser aceito por Deus e se tornar servo na construção de uma sociedade perfeita – ideário pouco diferente de muitos líderes vermelhos de nossa história, embora com diferente pacote de crenças.

        Na segunda parte de seu discurso inflamado, Boechat faz distinção clara entre pessoas de conduta como a de Malafaia – que estão longe de ser libertárias – e outros pastores, contrários ao “nós contra eles” encabeçado por líderes religiosos de palanque. A separação entre um e outro tipo de sacerdote está lá, explicada amiúde pelo jornalista. A importância do segundo grupo, que faz melhor apologia ao princípio da não-agressão, tão caro a um libertário, dentro de sua própria doutrina religiosa, também está lá bem explicado.

        Boechat, um grande libertário? Uma leviandade afirmar isso sem conhecê-lo a fundo. Mas um déspota não, calma lá.

      • Arma psicológica? Essa é uma das expressões mais absurdas que já ouvi. É uma distinção de emergência. Um estratagema. Ou a coerção existe ou NÃO EXISTE. Fim.

        Fato: Malafaia não obriga ninguém a dar seu dinheiro. O sistema socialista de Boechat MASSACRA SEUS HABITANTES POR COERÇÃO.

        Não notar a diferença moral que existe neste caso é até IMORAL.

        O fato é que Boechat é um DEFENSOR DA COERÇÃO e Malafaia NÃO. O dinheiro que Boechat quer dar aos seus líderes VEM DA VIOLÊNCIA, o do Malafaia não.

        Boechat não tem como fazer distinção, pois em termos de OPRESSÃO PARA OBTER VERBAS, Boechat não pode falar nada.

        Em suma, Boechat é um monstro moral. Se você não percebeu isso, então não compreendeu a ética liberal.

        Abs,

        LH

      • Você praticou a “forçação de barra” em querer criminalizar o Jornalista Ricardo Boechat que em momento algum foi generalista, ele não disse que todos os pastores estão pregando a intolerância religiosa. Machista e homofóbico ao usar a expressão “vá procurar uma rola” hauhaua ridículo você. O verdadeiro cristão não deveria defender e nem reconhecer essa figura execrável e tirador de grana de fiéis como líder cristão. Pastores como o Malafaia distorcem o cristianismo para tirar vantagem dos desesperados. Aproveita e ajude o Malafaia a procurar uma rola.

      • Você praticou a “forçação de barra” em querer criminalizar o Jornalista Ricardo Boechat que em momento algum foi generalista, ele não disse que todos os pastores estão pregando a intolerância religiosa.
        Não imposta. Disse que “alguns” pastores estão pregando a violência, sem provar. Foi generalista e mentiroso.
        Machista e homofóbico ao usar a expressão “vá procurar uma rola” hauhaua ridículo você.
        Até as feministas reconheceram isso.
        A expressão “vai buscar rola” foi criada para rebaixar mulheres enquanto elas opinam.
        Aqui Boechat emulou a expressão para aplicar a um homem… mas serve para rebaixar os gays.
        Como sempre, a extrema esquerda é contraditória e não dá a mínima para minorias.
        O verdadeiro cristão não deveria defender e nem reconhecer essa figura execrável e tirador de grana de fiéis como líder cristão.
        Eu sou ateu.
        Mas o fato é que Malafaia não tira dinheiro de ninguém POR COERÇÃO.
        Boechat defende socialismo, que tira dinheiro dos outros POR COERÇÃO.
        Se você não percebe a diferença, moralmente é um ser doente.
        Pastores como o Malafaia distorcem o cristianismo para tirar vantagem dos desesperados. Aproveita e ajude o Malafaia a procurar uma rola.
        Obrigado Malafaia a procurar uma rola, se ele não for gay, seria mais uma COERÇÃO.
        Realmente, os socialistas estão se revelando cada vez mais totalitários.:)

    • Roger,

      Você precisa ver mais depoimentos e entrevistas com o Malafaia. Ele tem opiniões bastante alinhadas com a direita. E, como o Luciano já disse, ele não obriga ninguém a entrar pra Igreja dele. Quem faz parte dela, acha que vale a pena. Essa pessoa é livre para gastar o dinheiro como quiser. Aliás, antes na Igreja dele que cheirando cocaína ou sendo pé-de-cana nos botecos da vida.

      O cara (Malafaia) pode estar vendendo uma mentira? Sim. Você pode tentar esclarecer isso aos fiéis dele? Sim. Eles são obrigados a te ouvir? Não. Você pode coagí-los a sair da Igreja? Jamais!

    • *Ficar do lado do Malafaia é um tiro no pé.*

      Você não entendeu absolutamente nada do que o Luciano escreveu.

      A principal oposição à propostas esquerdistas no Congresso (por exemplo o financiamento exclusivamente público para campanhas eleitorais) são os os políticos evangélicos como o Cunha, não os liberais (algo inexistente no congresso brasileiro) e nem os conservadores.

      Por isso a esquerda quer atacar e demonizar tanto os evangélicos.

      A propósito, quem está completamente errado nessa história é o Boechat, “defender” o Malafaia é apenas mostrar quem é que está completamente errado nessa história. Tomara que o Boechat seja processado por dizer algo sem nenhuma prova do Malafaia.

    • A bancada evangelica e catolica tem feito oposição ideologica ao esquerdismo. Evangelicos somam dezenas de milhoes. Já a bancada liberal não existe e liberais/libertarios não vão alem de talvez algumas centenas de milhares de pessoas organizadas na internet.

    • Se ser associado com o Malafaia pois este tem maus frames associados a ele é um mau movimento, então devemos desistir da direita de uma vez, já que o próprio conceito de direita já tem frames negativos.

    • Acredito que o caso não é ficar do lado ou defender o Malafaia e sim mostrar o quanto estamos enojados em saber que um jornalista argumenta mandando a pessoa procurar uma rola. Pensa se fosse um cara de direta fazendo isso com um gay, como os jornalistas ativistas iriam reagir?

  2. Quem se diz direitista, mas se coloca em posição de defender esquerdistas contra alguém que causa enormes danos na esquerda, ou está mentindo ou é burro.

  3. Importantíssimo nesse contexto rememorar alguns posts do Reinaldo Azevedo datados de 2012:

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-pt-que-ja-da-a-oposicao-como-liquidada-ja-estuda-agora-um-futuro-confronto-com-os-evangelicos/

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/pt-cumpre-ameaca-feita-por-gilberto-carvalho-e-comeca-a-disputar-espaco-com-evangelicos-ou-o-partido-quer-ter-a-sua-propria-versao-dos-evangelhos-a-sua-propria-imprensa-a-sua-propria-oab-a-sua-pr/

    O PT e seus funcionais da extrema esquerda sabem perfeitamente que evangélicos independentes (o que exclui Edir Macedo) são um dos maiores focos de resistência aos projetos totalitários do partido. Divirja-se o que for de Silas Malafaia, mas é inegável que ele tem sido uma fonte permanente de dor de cabeça para os bolivarianos. Quando Boechat lança sobre evangélicos ataques relacionado-os a intolerância religiosa, ele não está simplesmente emitindo uma opinião. Está distorcendo propositalmente os fatos e atuando como apparatchik do PT, em consonância com os planos mostrados nos posts do Reinaldo. Emplacando frames de intolerância nos evangélicos perante a opinião pública, quem se fortalece não são as religiões que, supostamente, disputam fiéis com Malafaia. Quem se fortalece é outra religião, o socialismo, exatamente como defende Boechat. Ignorar tais elementos é coisa de tapado. Considero que o direitista, liberal ou conservador que, por raiva dos dízimos ou da suposta ignorância teológica do Malafaia, chega ao cúmulo de emprestar apoio ao Boechat neste embate, não é apenas uma anta política. É também uma pessoa de moralidade e inteligência extremamente duvidosas.

  4. Luciano, você viu esta mitada master de Murilo Resende Ferreira na Câmara Municipal de Goiânia?

    http://www.facebook.com/claudia.helena.15/videos/1101266389888108/

    Observe que o cara inclusive falou para o pessoal ir pesquisar na internet sobre o caso John/Joan, que na realidade foi a vida do pobre David Reimer, que podemos considerar a primeiríssima vítima da ideologia de gênero, mas não a única (vide um dos entrevistados do documentário de Harald Eia).

  5. Perfeito Luciano,
    Outro dia disse exatamente isso no Antagonista pro Mario Sabino, que me vetou e não publicou. Ele implica com Malafaia porque não vê mal na promiscuidade, enquanto o pastor a critica.
    Chamam, ele e Diogo, o Malafaia de idiota por pedir boicote ao Boticário, mas são cheios de dedos com o Boechat, usando apenas a Monica Bergamo como alvo.
    Aproveito o texto para lhe pedir um post sobre a pesquisa Datafolha. Me preocupa mais a Marina com 18% do que Lula com 25%. Como estamos atrasados por esquerdizar tanto a vida política. Os dois juntos são 43%. Até passo a entender melhor seu pragmatismo em não deixar os tucanos de lado para investir em Caiados e Bolsonaros.

    • Eu deixei de interagir no blog destes senhores, justamente por certos posicionamentos que são contrários aos princípios que dizem defender, alem é claro dos critérios estranhos de censura que utilizam nos comentários. Xingamentos e palavras chulas podem, mas por exemplo escrever homosexual não pode. Parece brincadeira.

    • E tem mais uma coisa; eles dão espaço para uma campanha explícita contra o Reinaldo Azevedo, sob o pretesto de que seria uma pena de aluguel. Parece até que eles sim, estão subliminarmente dando munição para o pt, embora acredite que se trate de picuinhas. Não sou exatamente um analfabeto funcional, e, ao ler o que o Reinaldo Azevedo escreve, só percebi opiniões baseadas em lógica, uma forte defesa da constituição e uma grande firmeza de príncípios que às vezes não condiz com nossas próprias opiniões; mas não o coloca ao lado da Odebrecht, do pt ou de qualquer esquerdista desprezível.

    • Maria,

      Em outro país, você encontrará embates entre pessoas que (1) QUEREM TIRAR TEU DINHEIRO POR COERÇÃO e pessoas que (2) QUEREM TEU DINHEIRO POR DOAÇÕES OU TROCAS VOLUNTÁRIAS.

      Se em outro país você abraçar quem está em (1) por birrinha de quem está em (2), não vai fazer diferença. Sua ESCOLHA será IMORAL do mesmo jeito.

      Abs,

      LH

  6. Luciano, você é um dos caras mais lúcidos e um dos poucos dos pensadores de direita que eu ainda leio. Pois a maioria não enxerga o papel da guerra politica e deixam seus preconceitos religiosos entre outros falarem mais alto do que a razão. Parabéns pelos posts e que venha logo o seu livro!

  7. O Malafaya é um dos criticos mais contundentes e firmes contra este cancer que é o governo petista. Não sou evangélico, não assino em branco o que ele ou qualquer outro diz, mas não tenho dúvidas em me posicionar ao seu lado quando a questão se chama Boechat. A esquerda é anti cristã, é assassina, é totalitária e torturadora (muito, mas muuuuito mais do que a ditadura militar) . Eles querem nos dizer até como devemos fazer cocô ( talvez daí a falta de papel higiênico na Venezuela). Eu não concedo o direito a nenhum cretino esquerdista de controlar a minha vida e me dizer o que fazer. Deixei de ser criança faz tempo. Vou sempre lutar com os meios que tenho, contra esta choldra, e com certeza tenho mais afinidades com o Malafaya do que com um Lula, uma Dilma, um Zé Dirceu, um Boechat e outros cretinos que infestam o mundo político e as diversas mídias. Sair fora do embate é uma covardia e manifestação de ignorância ingênua, ou outra postura pior.

  8. Me perdoe, mas só consigo enxergar uma falácia da falsa dicotomia associada a um argumento utilitarista justificando a escolha de A ou B, quando na verdade não é necessário, sequer, assumir um lado nessa patuscada.
    Passamos por inúmeras situações no dia a dia e não precisamos assumir sempre um lado político pensando em um mal menor, especialmente quando, no caso, um dos lados sequer é relevante do ponto de vista político (Boechat, no caso).

    • “Não é sequer assumir um lado…”

      Acho que você pensa em debate acadêmico e não em debate político. A mera expressão “não é necessário sequer assumir um lado” é uam das frases MAIS IMORAIS que podem ser ditas por qualquer pessoa no contexto da guerra política.

      Duas lições:

      1 – neutralidade não existe na guerra
      2 – na política NÃO EXISTE o vazio

      Abs,

      LH

      • Infelizmente ainda vejo pessoas no Blog do Luciano se negando a compreender o conceito mestre do paradigma político dele. De repente são apenas visitantes acidentais, mas é necessário ter o mínimo de compreensão do que se critica para não falar besteira, e parece que muitos apenas dão uma pincelada no assunto. Acontece que vejo leitores assíduos com um comportamento semelhante, que acham que o trabalho do Luciano é apenas o de desconstrução, quando na verdade o mais importante é a indexação. Me lembro de quando o Luciano criou esse blog lá em 2008, salvo engano. A proposta naquela época era ir contra o Neo-ateísmo, porém a linha de ação continua a mesma.

  9. Vi uns amigos no facebook cujos quais não gostam de Dilma, não gostam de PT e nem de PSOL e nem outra bolsinha de prostituta, elogiando o Boechat, alguns até colocando coraçãozinho.
    Fiquei assustado ao ver que até a Rolling Stone se meteu de fazer reportagem com ele após isso aí.
    O que ele falou pro Malafaia, pra mim foda-se, mas essa onda de elogiarem Boechat, de exaltarem Boechat, que é um incitador de violência, defensor do regime ditatorial cubano e membro do partido comunista… isso sim, é assustador, e muito.
    Temos de divulgar ao máximo QUEM É REALMENTE Boechat.

  10. Comunista, para sê-lo atualmente, deve abdicar de algumas coisas, à saber : idéias e culhões. Um Boechat não chegará jamais a ser um Gorender ou um Schenberg, é esperar demais do coitado. Mesmo assim, parabenizo Boechat por essa sinceridade pontual, a de mandar o Pastor Malafaia ‘procurar rola’, ao ser desafiado para um duelo — se o Pastor, equivocado, procurava nele idéias ou culhões, valeu o alerta…

  11. Luciano, você viu que Gregório Duvivier engrossou a fileira de bate-paus do marxismo-humanismo-neoateísmo contra o Malafaia? Era meio previsível isso e, pior, é daqueles lances em que se tenta insinuar que Jesus seria marxista-humanista-neoateísta, sendo que qualquer leitura atenta da Bíblia mostra que não é nem nunca foi. Logo, o humorista sem graça também está favorecendo o pessoal da Teologia da Libertação em sua pregação e, considerando-se o equivalente evangélico, a teologia da missão integral.
    Essa coluna já foi rebatida pelo Rodrigo Constantino, que acertadamente lembrou do duplipensar dos MHNs. Também sobre o assunto o Nando Moura deu seus acordes:

    http://www.youtube.com/watch?v=59FNJ2vpCZI

    E já que a coisa toda começou com a menina candomblecista que levou pedrada, Silas Malafaia já falou para mais um que quis jogar a coisa nas costas dos evangélicos:

    http://www.youtube.com/watch?v=sL5PLI27USk

    Ele também foi entrevistado por Joice Hasselman, seguindo as partes 1 e 2.

  12. Bem escrito e estou contigo. Mas, Luciano. No seu primeiro artigo sobre ‘Malafaia X Boechat e a desonestidade…’ você escreve sobre ‘direitistas seculares querendo distância do envolvimento em questões religiosas’.
    Acho difícil isso acontecer envolvido que estou com a leitura de Russell Kirk – A Política da Prudência –
    Só se forem ‘ jovens direitistas querendo distância do envolvimento em questões religiosas’, que, quando se aprofundarem mais no Conservadorismo, mudarão de opinião certamente.
    Outra hipótese: ‘neoconservadores’. Estes ‘darão com os burros n’água’.

  13. Luciano, sua persistência em alertar o contexto da situação é louvável.

    Certos direitistas chegam ao absurdo de permitir que a esquerda defina quais devem ser os critérios para que a direita escolha seus aliados.

    “Olha, pastor não pode porque ele pede (não obriga) dar dinheiro, viu ?
    “Não esquece, hein, são todos iguais, tá … não pode aceitar apoio de nenhum!
    “Estado Laico, estado laico, estado laico … sempre repita isso quando um religioso opinar sobre qq coisa.

    Assim um “estimulo neutro” é transformado em “estimulo condicionado” gerando uma “resposta automatica condicionada” e a esquerda vai manipulando os “direitistas purinhos”.

    É tanto “purismo que restarão meia duzia de santos para combater o esquerdismo”.

    • Lógica básica,

      (1) Se Boechat e Malafaia são “sujo falando do mal lavado”, então são MORALMENTE IGUAIS
      (2) Obter dinheiro de DOAÇÃO voluntária tem um valor moral
      (3) Obter dinheiro de COERÇÃO tem outro valor moral
      (4) Se você diz que (2) e (3) são iguais, moralmente, fazemos muito bem ao manter distância de você.

      Então, muito cuidado ao equiparar um pastor que apenas pede doações com um socialista que pede COERÇÃO.

      É apavorante o número de direitistas que tem caído nesta conversa imoral.

      Abs,

      LH

  14. Luciano, acho que seu exemplo ” Estuprado x Pedófilo” é bem ilustrativo. Não reconhecer ou minimizar o crime do pedófilo porque não se vê no estuprado um cara legal, é no mínimo torpeza e relativismo moral.Esquerdistas são “pequenos”, não importa seu nível cultural/econômico. Porém temos muitos “conservadores/liberais” que são bem pequenos também e que adorariam uma teta no emprego público. São notas de R$ 3,00 que adoram admirar o circulo umbilical próprio.

  15. Ateu e neo ateus não gosta do Silas por questões religiosas. É patético e burro ver ateus que se diz de direita atacando uma pessoa que tem atacado quase que semanalmente os PETISTAS. Direita que ataca direita deve ser esquerda infiltrado.

  16. Malafaia manda FOGO no PT de novo. ” Como desmascarar a petista Erika Kokay, com Malafaia e Bolsonaro https://www.youtube.com/watch?v=JLbt7xogyFI

    Malafaia arrasa Dep. Erika Kokay https://www.youtube.com/watch?v=aBq4-lDE8io

    Malafaia é o maior flagelo,desgraça do PT. Vocês podem criticar a vontade o pastor Silas Malafaia.
    Mas ! A verdade é que o pastor Silas Malafaia é um homem muito excêntrico, até mesmo muito “doidão”.
    Mas ! È justamente por ter essa Excentricidade,, Malafaia consegue ser tão com implacável com o PT.

    Simplesmente ! Ninguém consegue ser mais implacável com o PT do que Malafaia.

    NOTA! Alguns aqui criticam o pastor Malafaia por ele pedir dízimos e ofertas aos fiéis. Vocês ! Nunca entraram numa igreja e por isto não sabem como é fácil para os fiéis sonegarem dízimos e ofertas ?
    Sonegar dízimos e ofertas é a maior moleza do mundo. Só quem vive distante das igrejas desconhece essa realidade. Por isto respeite quem por livre e espontânea vontade dá dízimos e ofertas nas igrejas.
    Muito bem disse Luciano , Malafaia não pratica COERÇÃO ao pedir dinheiro aos fieis e nem a vasta maioria das igrejas evangélicas. E a respeito da tal coerção psicológica do qual falou o nosso amigo Iran,uma pessoa com o minimo de vontade e decisão pode resistir a essa coerção psicológica e sonegar,negar de dar o seu dinheiro a uma igreja,pastor ou um sem vergonha de um FARSANTE.
    Agora ! Quero ver alguém facilmente,como apontou o Luciano,resistir a COERÇÃO SOCIALISTA e tranquilamente sonegar ou deixar de entregar o seu dinheiro aos socialistas.
    Alguém é capaz de fazer isto num país onde os socialistas,comunistas,revolucionários mandam e desmandam ? Pago pra ver !

Deixe uma resposta