Ataque injustificado de Reinaldo Azevedo a Sergio Moro é instrumentalizado pela BLOSTA. Nada mais previsível.

56
352

reinaldoazevedo

Na guerra política, é difícil encontrar exemplo de tiro no pé (dado por um adversário) do que a ocasião em que um membro do exército oponente age a seu favor. Algo como um general dos aliados reclamando publicamente de uma ação contra Hitler, a qual seria propagandeada pelo próprio ditador nazista, que usaria o slogan: “Se até um líder do lado de lá está contra as ‘injustiças’ que cometem contra nós, é sinal de que eles são os vilões da história”.

Na direita, a mania de abandonar os objetivos para falar ao próprio ego tem criado situações risíveis. É claro que a extrema esquerda ia se esbaldar.

Reinaldo Azevedo, por exemplo, passou a defender a tese de que a prisão de Marcelo Odebrecht é errada. Ele cita o seguinte:

Transcrevo o Artigo 312 do Código de Processo Penal: “A prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria.

Esse “quando” é uma conjunção subordinativa com cara de temporal, mas que é condicional, substituível por “caso” e por “se”. Quando houver (“se houver”, “caso haja”) a prova ou indício suficiente de autoria, então a preventiva pode ser decretada para assegurar uma que seja daquelas quatro exigências. Se soltos, Marcelo Odebrecht e Otávio Marques de Azevedo incidem em uma que seja das quatro causas? É claro que não! As prisões são insustentáveis, como eram as dos demais empreiteiros, que ficaram cinco meses em cana.

Mas, sinto dizer-lhe, Reinaldo, que sua afirmação é falsa, pois existem provas contra Marcelo Odebrecht.

O delegado Igor Romário de Paula havia afirmado: “A forma de contratação criminosa era disseminada dentro da Odebrecht e parece impossível se cogitar que não era de conhecimento deles (do presidente e executivos presos). Há prova material de que tinha conhecimento de pratica de sobrepreço nas contratações com a Petrobrás e que também haveria a participação deles direta nas divisões de contratos a serem contratos dentro do cartel”.

Ou seja, só mesmo a mãe de Marcelo Odebrecht, todos os bolivarianos e algumas pessoas que parecem querer aparentar uma “imparcialidade” (com o reconhecimento de premissas injustificáveis do outro lado). Para visualizar um exemplo de reconhecimento injustificável, imagine que na época em que Dilma foi vaiada e Lula disse que essa foi “a maior vergonha que o país já viveu”, histericamente algum direitista aparecesse dizendo: “É sim, foi mesmo, foi a maior vergonha que o país já viveu”. Será mesmo? Será que “a maior vergonha da humanidade” não foi o fato de Lula ter chamado Itamar de f-d-p nos anos 90? O fato é que as pessoas “reconhecendo” coisas que não deviam reconhecer configuram mais um massageamento ao próprio ego, em busca de “reconhecimento” como imparcial (ingenuamente, muitos esperam esses afagos até mesmo do lado oponente). Mas isso não pode eximir esse indivíduo de críticas.

No site Tijolaço, Fernando Brito afirma:

Num linguajar de fazer jus ao seu tempo de Libelu, “Tio Rei” investe contra o comportamento de moro e da Justiça com uma fúria semelhante à do seu leitor/colaborador Maurício Thomaz, o autor do “habes corpus à revelia” de Lula.

Não quer dizer nada?

Ora, ora, Reinaldo Azevedo não está na Veja e na Folha como corneteiro da direita se não serve, ainda que da forma canino-caricata que ele próprio assume – “o rottweiler amoroso” – para interpretar pensamentos e estratégias que não são só seus.

Terça-feira, escrevi aqui que o Dr. Moro cogitava recuar por perceber que estava “passando do ponto” reservado a seu papel.

Lembro que, conversando por telefone, Paulo Henrique Amorim deu uma boa risada quando eu lembrei de um bordão antigo como eu: “assim, sim, mas assim também não!” 

Hoje, até o título da coluna de Reinaldo mostra isso: “Assim não, Moro!”.

Parece que teremos sextas-feiras mais calmas.

Mais uma vez, Reinaldo faz uma escolha. Toda a guerra política é feita de escolhas. Infelizmente não é por que muitos de nós somos admiradores do trabalho de Reinaldo (e eu me encaixo entre eles, pois sempre o leio) que devemos deixar de refutá-lo, nesta questão específica, como refutamos a um adversário político. A verdade é que Reinaldo, neste caso, escolheu o lado inimigo. Em muitas questões, ele está do nosso lado.

Anúncios

56 COMMENTS

  1. Na minha opinião, ele só está fazendo isso para livrar alguém do psdb.
    A sorte é que enquanto o RA dá um tiro de 38 no próprio pé, os petistas dão tiro de bazuca e fazem fogo amigo com .50.
    Nem mesmo esses blogs toscos e irrelevantes (como esse tijolaço) conseguem salvar a seita de suas burradas.

  2. Luciano, meu caríssimo! Ontem, após ler alguns artigosdo Reinaldo, mandei uma mensagem nos comentários , a qual até o momento ele censurou (não publicou). A frase era:

    “O Boechat já rodou. Agora estou de olho em você.”

    Imagina meu sorriso ao ler este artigo! Hahaha

    Estou de olho nesse papinho que ele tem de ser o defensor das leis. O que a gente não pode esquecer é que tem muita lei progressista e burra no Huesil, e há fartura de exemplos dessas leis defendidas por ele…

    Saudações!

    • O Reinaldo depois de virar “best seller” e arrumar seus 3 empregos, como gosta de se vangloriar, escorregou, não uma, várias vezes. Foi contra o impeachment embora escrevesse qque havia elementos; foi contra os protestos de rua embora escrevesse que a rua é a serventia da democracia; foi contra a prisão dos envolvidos, contra o juiz Moro…Foi favorável às teses do FHC que foi abertamente contra o impeachment na tentativa de fazer um governo de coalizão com o PT.
      Aquí só tem uma saída, o impeachment da Dilma e a cassação do registro do PT. Esse sujeito não tem mais nenhuma credibilidade. A cada tentativa de desmoralizar o processo, é atropelado pelas toneladades de provas nas mãos do juiz Moro.

      • Além de todas essas incoerências citadas, também apoiou a decisão americana a favor do casamento gay.
        Mesmo tendo, não muito tempo atrás, acertadamente criticado as teorias sórdidas do Fachin, que atacam diretamente a INSTITUIÇÃO do casamento.

      • Eu só discordo quando você fala
        que ele foi contra os protestos de rua. Ele foi, sim, contra aqueles espetáculos de selvageria de 2013, exaltados por grande parte da mídia e alguns intelectuais do miolo mole. Ele
        apoiou as manifestações de março e abril deste ano, protestos legítimos e sem violência, mas atacados pela mesma imprensa e os mesmos intelectuais picaretas. Em todo o resto, concordo com você.

  3. A intenção dele nesse caso em específico é até compreensível, já que impedir abusos do estado em relação a vida, liberdade e propriedade dos cidadãos. A princípio, pode parecer uma titude prudente. Entretanto, ele está dando pitaco em um processo sem ter o devido conhecimento jurídico para tanto e sem conhecer as condições específicas do caso.

    É irresponsável cornetar o juíz estando longe da situação, sem ter acesso a todas as informações do processo. Principalmente tendo em vista que estamos lidando com gente que está longe de ser hipossuficiente. Pelo contrário, trata-se de um grupo poderosíssimo.

    O que ele ganha fazendo isso? Talvez ganhe o Brahma de presente em 2018, nos prometendo mais 4 anos de ressaca…

  4. Sua mira foi certeira Ayan. O Reinaldo Azevedo, mais realista que o Rei, gosta de um, ou dois, holofotes e usa de eloquência para alardear comentários pretensamente inteligentes, mas tão falsos quanto despropositados, pelo menos neste caso.
    Se nos que o admiramos não chegamos a pensar em conivência com a bandidagem, podemos e devemos modula-lo.
    Comentei ontem que ele só pede opiniões de advogados, precisa de conselhos de promotores e delegados. Porque ele parece até que não sabe que lei e justiça são coisas diferentes. E advogados só vêem a lei pela otica do benefício ao réu.
    Outra recado que dei ao Reinaldo. Se ele gosta tanto de justiça que use exemplos de países onde a corrupção é combatida e vencida. Querer defender a lei aqui sem levar em conta que ela é manipulada… Sei não.

  5. Você já reparou que nas situações cruciais de tomada de posição Reinaldo escorrega no quiabo? Especialmente nas questões de doutrina católica ele é uma lástima.
    Sei não, mas estou quase considerando-o como desinformante nos termos usados por Olavo de Carvalho, isto é, o sujeito ganha a confiança da platéia compartilhando princípios e valores, para depois do apoio consolidado, partir para espinafrar/humilhar/confundir sua própria audiência.
    Assim também age a ex-Folha e atual GloboNews Eliane Cantanhêde.
    Aparentemente, eles saíram da esquerda, mas parece que a esquerda não saiu deles.

  6. ” Em muitas questões, ele está do nosso lado.”

    Isso porque ele NÃO É MILITANTE POLÍTICO, meu saco! É óbvio que Reinaldo sequer ligou para isso de quem seria beneficiado. Ele tem muitos defeitos, mas pelo menos é coerente ao fim com suas ideias.

    • Octávio,

      Este é o problema moral. Digamos que ao presenciar um estupro, alguém diga, com orgulho, que “se exime de qualquer coisa que se interponha ao caso”. Ok, cada um é cada um… Mas se vangloriar disso?

      A partir do momento em que o esquerdismo é opressão sobre os demais, por coerção, não há mais neutralidade. Como no estupro…

      Abs,

      LH

      • Leio Reinaldo Azevedo sempre, e várias vezes discordei de suas opiniões. Entetanto, neste caso não estou 100% certo que devemos discordar de sua posição. Ele nunca Criticou o Juiz Moro pelo seu trabalho no Lava Jato; ele criticou sim o fato que se o Juiz, ou qualquer outra pessoa, usarem de artifícios que não estejam protegidos pelo texto da lei ( como é o caso em sua opinião da prisão do Marcelo Odebrecht), corre-se o risco de perder a razão, ou mais grave ainda, lá na frente ter-se todo um trabalho perdido pala impugnação de um ato não contemplado pela lei. Do ponto de vista pessoal, não baseado em textos de lei, eu sou a favor da manutenção da prisão preventiva de toda esta corja; alem de ter a opinião que a ação das empreiteiras não é um cartel típico. Eles os seus dirigentes são desonestos, torpes e imorais (que prejudicam muitas pessoas pela sua ação nefasta financiando uma quadrilha perigosa e assassina), e têm sua ação facilitada por atender as demandas do poder político, que realmente dá as cartas. Esta opinião que é minha e tambem do Reinaldo Azevedo (não existe um cartel típico, pois existe um único cliente que dpá as cartas), não foi contestada, e o ponto de vista do Juiz Moro, se fixa no cartel. Nem por isto o Juiz perde sua credibilidade nem o Reinaldo Azevedo perde a dele por não concordar com o que disse o juiz. Tenho visto ataques muito virulentos ao Reinaldo Azevedo, e não concordo com eles. Se alguem disser que ele tem um ego muito grande, ou que tem uma postura legalista, que às vezes não é aquela que desejamos ou que defendemos, eu até concordo. Fazer uma campanha contra ele por ter opinião própria ou por não dizer o que gostaríamos de ler, já é outra coisa. Se somos realmente pessoas comprometidas com a liberdade de opinião, com a democracia, com a moral e com a legalidade, temos que aceitar e entender as posições das pessoas que embora defendam os mesmos princípios gerais têm opiniões pontuais diferentes. Li em algum lugar que o primeiro passo para sermos democráticos e liberais, e respeitar a opinião daqueles que pensam diferente de nós; eu concordo plenamente. O inimigo não é o Reinaldo Azevedo, o inimigo é o aparelho do estado trabalhando nas sombras para nos subjugar; Reinaldo Azevedo incluso. Devem estar se divertindo com esta polêmica.

      • Se por acaso uma lei não atende nossos anseios, e não se trata de clausula pétrea da Constituição, devemos lutar pela sua modificação, ou adaptação, como tem sido a campanha pela redução da maioridade penal, o voto obrigatório e algumas outras propostas.

      • Os inimigos reais, são o pt e seus aliados, o foro de São paulo, o bolivarianismo, a mídia servil e sustentada pelo governo, os terroristas de qualquer origem, o tráfico internacional de drogas, Cuba, os financiadores desta turma (China, Russia, Iran, Arabia Saudita….). Nossas baterias devem estar assestadas neles.

    • Caralho, olha esse Octavius22, Puta merda, o cara deve ter caído de pára-quedas no site do Luciano, ele ignorou o principal elemento da política: “não existe o vazio”. Reinaldo deveria ter pensado nisso antes de se consagrar como crítico do PT, do Governo e da esquerda, ele assumiu um papel, e cresceu dentro desse papel, ele assumiu uma posição, se ele deixar de defendê-la nos momentos cruciais, enquanto assume a postura do Rottweiler amoroso em outras, não é por isso que será poupado ou visto como imparcial, sensato, muito pelo contrário, será instrumentalizado e mais esmagado ainda por seus inimigos, além de ridicularizado e descredibilizado.

      Você deveria começar lendo esse blog em postagens de caráter mais técnico para entender o paradigma do Luciano, oa invés de comentar nas postagens analíticas e passar vergonha diante daqueles que entendem a guerra política e sua dinâmica. O Luciano inclusive deixou uma pista postando o site Tijolaço, mas parece que interpretação não é o seu forte.

      • Marcelo,

        Creio que quem caiu de paraquedas nessa discussão foi você, posto que não só leio o site do Luciano, principalmente os posts de caráter técnico, há pelo menos três anos, tanto que inclusive já fui até citado pelo próprio em um post sobre a esquerda e a necessidade que esta mostra de derrubar Olavo de Carvalho.

        Sim, é óbvio que Reinaldo será instrumentalizado e que eu já conheço esse chapa-branquíssimo site mela cueca, mas o que eu quis dizer, Marcelo, foi justamente que Reinaldo NÃO pensa nos termos de dinâmica social. Podemos dizer muitas coisas de Reinaldo, menos que ele é um exemplo de militante exatamente porque ele não se propõe a fazer militância.

        Nesse sentido, eu brigo é com quem se propõe a fazer a militância e a faz errado, o que definitivamente não é o caso do Luciano. Fui mais claro agora?

      • Ora, se você está aqui a três anos lendo os posts do Luciano, já era tempo de entender que não é necessário ser militante para suas ações terem consequências no campo político, e, mais ainda, saber que a ingenuidade política é mais danosa que os ataques frontais do inimigo. Reinaldo Azevedo pode não ser um militante, mas já que optou ser um Rottweiler Amoroso, que meça a consequência de suas ações, pois ele assumiu um posto de responsabilidade, e suas ações podem ser desastrosas no final.

      • Marcelo,

        Sim, eu já entendi tudo isso desde que comecei a ler o Luciano, mas o que estou dizendo é que, no caso do Reinaldo, a crítica só vai adiantar mesmo é para a plateia, porque ele próprio não parece querer mudar de postura. O que eu quis dizer, Marcelo, é que se a crítica foi direcionada também no sentido de fazer o Reinaldo mudar de atitude e passar a adotar a militância, a crítica se tornaria simplesmente inócua, percebe?

        Agora, óbvio, como o próprio Luciano também sabe, que apoio integralmente o direito dele (Luciano) de tentar fazer a plateia apoiar qualquer embuste de direita. Minha reclamação foi que o post me pareceu uma cobrança para que Reinaldo fizesse o mesmo.

    • Reinaldo Azevedo (RA) é um tucano, ou seja, esquerdista. Só que ele é uma versão light dos comunistas chineses, que são capitalistas selvagens no âmbito econômico mas bolcheviques no campo político.

      RA defende moralidade na política mas defende agenda da militância da Gaystapo. Ele e Míriam Leitão fazem jus ao famoso ditado brasileiro:

      “A quem o diabo toma, sempre lhe fica o jeito.”

      Gostam de dinheiro e livre mercado, mas continuam esquerdistas.

  7. Caro Luciano Ayan, fiquei muito feliz por ver que voce fez essa critica que e mais um alerta ao Tio Rei que quando quer demonstrar os seus dotes gramaticais e de amargar. Eu tambem o leio bastante mas as vezes fico furiosa. Eu nao tinha lido essa sua infeliz declaracao sobre o MM Juiz Sergio Moro, senao tambem ja teria soltado o verbo. As vezes eu nao entendo por que alguns jornalistas e Reinaldo e um dos mais conceituados ja que tem um numero enorme de seguidores, que insistem em denegrir alguem que esta tentando jogar um pouco de hombridade na investigacao a esse emaranhado de crimes praticados por esses politicos e pelos empresarios ja citados no Lava-Jato e que sabemos ser a Odebrecht a maior e mais envolvida com o “Brahama”. Entao porque criticar ao inves de ajudar, isso sim na investigacao. Ele sabe muito bem o que estafazendo e porque. Ora, ainda nao tenho certeza mas parece que a PF foi proibida de cumprir mandado de busca e apreensao na casa desses figuroes da Odebrecht e tambem na casa de Ricardo Pessoa. Se isso aconteceu mesmo sera uma otima oportunidade de Tio rei se vangloriar de sua desastrada critica porque os responsaveis terao tempo de sobra para destruir provas importantes. E essa a ajuda que ele quer dar ao Brasil?

  8. Não é só Reinaldo Azevedo. Tem muito jurista conceituado criticando os excessos de Sergio Moro. Infelizmente, nem todos têm coragem de enfrentar o radicalismo de alguns antipetistas, declarando publicamente o que pensam sobre justiça a qualquer o preço. Os que não se deixaram intimidar, estão sendo impiedosamente atacados.

    Posso entender um cidadão comum, saturado de tanta corrupção, pedindo justiça sem demora, aceitando até que se atropele o Código de Processo Penal. Jornalistas, entretanto, não podem apoiar nenhum tipo de conduta arbitrária, mesmo que a VÍTIMA DO ABUSO DE PODER SEJA O MAIOR DOS CANALHAS.

    A lei não foi feita para proteger da violação de direitos apenas nossos amigos, entes queridos e pessoas que admiramos.

  9. Data vênia sobre a data vênia! Muitos deles (jornalistas) nem se preocupam com o não podem! Acho que, no máximo, quando fazem seu “mea culpa”, assumem que não devem ou não deverião! Em toda a profissão que se possa imaginar, existem os bons, os ruins e os mais ou menos… rs No caso do bom jornalista só os antecedentes garantem algum tipo de compromisso (sério) com a verdade!

  10. Lendo o seu texto é fácil identificar a sua consternação com as idéias do Reinaldo Azevedo, você escreve que foi um tiro no pé o pensamento de Reinaldo Azevedo, até parece que se ele sumir ou errar irá melhorar a situação. As suas idéias foram claramente um tiro pela culatra, pois o mínimo que uma pessoa analítica e séria deve ter em suas idéias, é coerência e consistência nos pensamentos. Caindo no assunto, é claro que qualquer interessado na resolução do petrolão irá, em algum momento, consentir que não deve ocorrer irregularidades no julgamento de empreiteiros e políticos corruptos. Pois ocorrendo decisões equivocadas, será fácil descaracterizar o caso e transformar mentiras em verdades indiscutíveis, modo padrão de atuação do esquerdismo, subverter a verdade conforme as suas vontades. Gostaria de ter lido em seu texto as razões que levaram o Reinaldo Azevedo questionar a prisão de Marcelo Odebrecht, mas isso não foi feito pois anularia a sua critica, que fique bem claro, não estou defendendo ninguém e nem falando em nome de alguém, somente criticando o pensamento comum entre alguns equivocados, de achar que suas vontades estão acima das regras e leis. Afinal, lei não tem lado e julgamento não é realizado com torcida.

  11. Parabéns, Luciano! Ótima análise.
    O problema do R A é que ele botou na cabeça que é jurista. Sem acesso aos autos, ele quer saber mais do processo do que o juiz Sérgio Moro. É claro que o Marcelo Odebrech, fora da cadeia, poderia no mínimo achacar testemunhas e destruir provas, e só por isso já entraria a hipótese da “conveniência da instrução criminal”.
    Quer saber, Reinaldo Azevedo é um babaca! Ele saiu da esquerda, mas a esquerda não saiu dele.

    • Não esqueçam que ele tem patrão e a mídia come na mão dessas empreiteiras. Tanto que RA chegou a defender o espetáculo de corrupção da Copa do Mundo no Brasil!

  12. RA pecou por dizer o que a maioria dos brasileiros não esperava . O que se espera agora é que cumpra-se a lei, sem esperar mi…mi…mi .. de mais nenhum corrupto . CHEGA ! NÃO DÁ MAIS PRA SUPORTAR ! SE PINGAR MAIS UMA GOTA; VIRA UM TSUNAMI . Não aguentamos mais desculpas de políticos com suas caras deslavadas !

  13. RA vem dando sinais claros de “fadiga de argumentos” e “barrigadas”:

    1. Dilma abandonar o PT e montar uma coalizão … “asneira nivel master”

    2. outra também recente foi elogiar a jogada da Dilma de esticar a viagem internacional para não participar do quinto encontro do PT. Putz, quebrou a cara, e tentou dar um “spin” ridiculo …

    3. agora vem com esse garantismo chinfrim misturado com Professor Pasquale pra cima do Moro.

    Fica a dica pra ele:

    A mentira nunca vive o suficiente para envelhecer. Socrates.

    Ps.: enquanto isso O Antagonista com 1kk de page views.

    • Mas o Luciano sempre deixou claro que lê o que ele chama de BLOSTA (a esgotosfera) apenas para conhecer as estratégias e os planos dos totalitários, não para adquirir informações. Neste post, em momento algum há a sugestão de que se esteja comparando Reinaldo Azevedo à BLOSTA. O que se está fazendo aqui é criticar Reinaldo Azevedo por ele, baseado em convicções frágeis, estar atacando a operação Lava-Jato e o juiz Sérgio Moro, fornecendo, com isso, combustível para a gangue bolivariana da internet.

      Luciano fez muito bem em dar essa bronca no Reinaldo. Eu já teria dado antes. O que o Reinaldo tem feito nesse caso da prisão dos empreiteiros pode não apagar o que fez de bom antes, mas manchou bastante seu currículo.

  14. Reinaldão tem ótimas tiradas antiesquerdistas, mas também é mestre em dar munição aos esquerdistas. Como aquela vez em que exigiu que o Bolsonaro pedisse “desculpas a todas as mulheres do Brasil” por aquela piada de mal gosto sobre estupro, ignorando que homens também são vitimas de estupro e caindo no jogo de fingimento da Maria do Rosário.
    O problema dele é que não entende a politica como guerra. Para ele a questão é dar opinião de ser contra ou a favor em cada questão isoladamente, e não jogar o jogo como um todo.
    Como diz o Olavo de Carvalho, antes de ser contra ou a favor de alguma coisa, você tem que ver quais são os interesse por trás dessa questão na guerra politica.

    • Ele foi duro demais com o Bolsonaro neste caso, e, estranhamente, teve uma excessiva boa vontade com o Roberto Freire e um outro deputado do DEM, ambos envolvidos naquele episódio com a Jandira Feghalli no Congresso. O deputado do DEM disse, referindo-se à deputada comunista – que se disse agredida pelo Freire, o que não aconteceu – que “mulher que bate como homem tem que apanhar como homem”. A jaburu comunista fez um escarcéu, um show de cinismo típico dos comunistas. Aí o Reinaldo escreveu um puta textão no blog dele defendendo o Roberto Freire e contextualizando a fala do outro deputado. Enfim, tudo o que ele não considerou no caso do Bolsonaro.

      • Isso se explica de maneira simples: Reinaldo Azevedo é de esquerda tanto como Míriam Leitão. O fato deles defenderem o livre mercado não faz com que não sejam de esquerda como eles sobejamente mostram em suas opiniões “politicamente corretas” quando o assunto é gayzismo, por exemplo.

        Não esqueçam que Jandira Feghali tem um restaurante “para ricos” no Rio de Janeiro e nem por isso ela deixa de ser comunista.

  15. perfeito o artigo. sou leitor do RA, e normalmente ele acerta. Sempre leio as colunas dele. Ele realmente é inteligente e bem informado. MAS as vezes ele pisa na bola feio. E o faz por algum motivo que não sabemos (seria ele tucano? estaria protegendo alguém? sabe de algo que não sabemos?). Cito a entrevista da dilma no jô soares, um desastre total, onde o RA se omitiu completamente. Seria amigo do Jô Soares e trata de forma diferente os amigos? Lamentável. RA normalmente analisa e critica minuto a minuto as aparições públicas da presidanta, por que poupou no caso do papelão babaovo do jo soares? E agora mais grave ainda, RA atacando Sérgio Moro e defendendo empreiteiras corruptas é algo que depõe contra o histórico dele. Isso não é coerência NAO, ele está errando feio e sendo incoerente ao extremo.

  16. Olha o cinismo desse pessoal:

    https://pbs.twimg.com/media/CIX-HThWgAAISbm.jpg

    Agência Pública, lembren-se desse nome.
    Agora vejam isso:

    http://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2013/09/1334461-quem-paga-a-conta.shtml

    “Entre os meios eletrônicos beneficiados listam-se o salvadorenho El Faro, o colombiano La Silla Vacía, o chileno Ciper e o brasileiro Agência Pública”.

    E não é só isso.Há anos a Fundação Ford (sempre a Ford metida no meio) financia o “Observatório da Imprensa “, que não passa de um site (que tem programa na TV Brasil -emissora pública que só dá traço-) que vive bajulando o governo.

    http://www.midiasemmascara.org/arquivos/4074-observatorio-da-imprensa-chapa-branca-pro-desarmamento.html

  17. Luciano, você viu o que aconteceu na inauguração da ciclovia na avenida Paulista?

    http://www.facebook.com/mblivre/videos/303599056430911/

    http://www.facebook.com/mblivre/posts/303616173095866

    http://www.facebook.com/mblivre/videos/303595723097911/

    O assunto já rendeu comentário do Reinaldo e o que posso dizer é que na prática o pessoal do Brasil Livre aplicou contra os marxistas-humanistas-neoateístas uma tática que eles próprios gostam de aplicar, que é a de se pôr em um lugar de acesso público e franco a todos, caso da ciclovia, mas que por um acaso da vida está repleto de gente de espectro político oposto ao seu e pela simples presença naquele ambiente hostil fazer com que a humilhação por parte dos perpetradores seja revertida em exaltação aos humilhados.
    Observe que foram chamados de “fascistas” e um integrante negro do grupo foi chamado de “capitão do mato”. Enquanto os bate-paus do Foro de São Paulo faziam isso, os caras do Brasil Livre acabavam narrando o que era aquilo tudo. Outra coisa que também fica bem patente é aquilo que sabemos bem da dinâmica do marxismo-humanismo-neoateísmo: inocentes úteis servem só para certas coisas e acham que irão desfrutar do paraíso, mas não notam que o paraíso só é mesmo para os beneficiários. Para que eles não notem que são só funcionais, faz-se um pão e circo para que continuem achando que conseguiram grandes coisas, mesmo que isso na prática seja apenas um apaziguador que na prática prejudica quem não é minoria barulhenta. Estamos dentro daquela história de que se você for uma pessoa comum que não é MHN ou é contrário a tal ideologia, torna-se imediatamente alguém a ser eliminado, seja física ou moralmente, por ser considerado obstáculo a esse pensamento que aos MHNs funcionais é tão perfeito e justo que não pode ser contrariado ou freado, mas que os beneficiários sabem que é só mesmo algo para iludir e arrecadar funcionais, uma vez que só beneficiários não seriam suficientes para conseguir fazer algo.

    Nesse mesmo canteiro da avenida em questão, poderia ter sido feito um corredor de ônibus, que na prática atenderia bem mais pessoas e seria bem melhor para os motoristas dos coletivos do que são as atuais faixas, nas quais eles precisam lidar com carros que viram as esquinas das ruas. Com certeza um corredor tiraria mais carros da rua do que a ciclovia, mas optou-se pela alternativa que beneficia um número menor de pessoas, mas que não é capitalizável em um contexto gramscista, uma vez que um corredor em faixa central apenas e tão somente organiza melhor o trânsito já existente.
    Logo, vou aqui considerar que mais uma vez desenvolveu-se “engenharia reversa do gramscismo” e o pessoal do MBL também inclusive pegou uma onda que já havia sido criada pelo vento de Ricardo Pessoa, que também mostrou que houve doação para a campanha do atual prefeito de São Paulo.

  18. O Reinaldo não para. Hoje: “Deixem Mantega e demais petistas de lado nos restaurantes!”
    Vamos deixar os petistas sossegados, tá bom? Niguém merece!

    • Me desculpe pelo comentário a seguir, mas foi oque eu pensei quando li, ontem, esse comentário dele, ele faz o papel de um formador de opinião do porte dele ou você preferia que ele agisse como o Boechat, que incentivou a baderna?

      Por outro lado, ninguém é obrigado a seguir o que ele diz. Eu por exemplo, neste respeito, estou me lixando para esse conselho dele. Se tiver a infelicidade encontrar qualquer um dos fascínoras que nos governam e se tiver a oportunidade de esculhambar com eles, farei isso com a tranquilidade de uma freira servindo sopa a indigentes!

  19. O Reinaldo de Azevedo deve ter passado a noite em claro (as always), ou então consumiu coisa que passarinho não pode. Dois motivos:
    Um é o já notório uso de artimanhas verbais de advogados de quinta categoria para refutar os executores da lava jato. http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/ao-explicar-por-que-manter-a-preventiva-de-um-diretor-da-andrade-gutierrez-moro-expoe-uma-questao-cognitiva-insoluvel-e-insalubre-para-o-estado-de-direito/
    O outro é a descompensação naquilo que sempre foi a marca daquele jornalista, o bom uso da gramática. Vejam o que ele escreveu:
    “Ele será julgado, certo?, já que a denúncia foi aceita. E por que mantê-lo preso preventivamente? Ora, porque eles poderia voltar a cometer os crimes pelos quais… será julgado!”
    ______
    Think Tank estratégico do Ayan! Já está na hora de se pensar uma investigação deste detrator de reputações.

  20. este Reinaldo Azevedo (o tal RA VEJA nos bilhetes da Odebrecht) nunca me enganou. Fez uma resenha beeem simpática em um livro do Emir Sader em 1995. É pau mandado. Hoje está conosco, amanhã poderá mudar de lado. Fez uma lobotomia no caríssimo Albert Einstein alguns anos atrás e adivinhem quem pagou a conta? A Odebrecht lógico. Por isso tem que defender o padrinho Marcelo.

Deixe uma resposta