Dilma diz que não respeita “delatores”. Para uma delatada, é bem previsível.

10
48

dilmadoida

Depois da declaração do “culto à mandioca” e das “mulheres sapiens”, é de se perguntar se Dilma anda tomando algum remédio controlado. E sem receita. E muito menos controle. Seja lá como for, o show de sandices não pára.

O fato é que depois da confissão do empresário Ricardo Pessoa, da UTC, o qual detalhou a propina paga de R$ 7,5 milhões para a campanha de Dilma, ela afirmou, hoje: “Eu não respeito delator. Até porque eu estive presa na ditadura e sei o que é que é. Tentaram me transformar em uma delatora”.

Insano e ridículo.

Primeiro, por que ela compara um regime ditatorial que tortura seus presos políticos com um regime democrático que não usou nenhum meio de tortura. Segundo, por que ela conta uma historinha totalmente inverossímil, ao dizer que tentaram transformar Dilma em delatora. Provavelmente, é mentira. Duvido que ela apresente qualquer prova do que disse.

Aliás, delação não é um problema moral dependendo de quem está sendo delatado. Por exemplo, e quanto ao menor que participou da reconstituição do estupro das quatro adolescentes do Piauí. Será que Dilma não aceita esta delação? E se o delatado for um terrorista? E se o delatado por um corrupto que intencionalmente destruiu a economia do país em nome de um projeto de poder? Como se vê, o ódio à “delação” é mais imoral que bater na mãe pelada.

No fim das contas, tudo parece a revolta do delatado diante de um delator, que, na verdade, atenuou seu crime moral exatamente por causa da delação. Que Dilma se revolte com a delação meritória de Ricardo Pessoa é mais um sintoma de que ela está do lado dos corruptos. Pessoas honestas apoiam a atitude de Pessoa.

Anúncios

10 COMMENTS

  1. Isso é praticamente uma confissão de culpa. Falou como um chefão da máfia, com a diferença de que nem chefe ela é. Ela é apenas um poste colocado lá por gente mais esperta e influente do que ela.

  2. Não precisa respeitar, não precisa aceitar, mas terá que ‘engolir’ o fato das delações serem confirmadas com provas como escutas, transições bancárias, contratos, mensagens, filmagens, outras delações e outras provas.
    Resta descobrir quem nossa ‘presidenta’ respeita, pois a população brasileira em geral, com certeza ela não respeita, o Lula, acho que ela finge que respeita(isso deveria ser o normal da maioria), seus aliados deve ser por esse mesmo nível.

  3. Dilma diz que não respeita “delatores”. Luciano disse tudo ai em cima. Mas tem mais. Sim, com essa camarilha do PT sempre tem mais.
    A Lei 12.850 foi sancionada pela própria Dilma !!!!!!!!
    E ela até se gabou disso em um debate com Aécio:
    “Dilma destacou que sua indignação em “relação a tudo que acontece inclusive no caso da Petrobras é a mesma de todos os brasileiros”. A candidata destacou que sua determinação de punir os culpados é “total”. “Duas leis aprovadas no meu governo são fundamentais para isso. Uma é a lei 12.830, que garante a independência do delegado. Antes, por exemplo, na Pasta Rosa, o delegado começava a investigar, era mandado para um exílio dourado. A outra, a lei 12.850, que regulamentou a delação premiada.”
    Como sempre, tudo que esse partido PT diz é mentira, maquetagem e ilusão, só para exemplificar, no mesmo debate Dilma disse que o dinheiro do Porto de Mariel foi para “empresas brasileiras”. E depois foi desmentida por Luciano Coutinho do BNDES, que disse que o dinheiro foi emprestado (dado) direto para Cuba em alguma comissão ou CPI da Câmara dos Deputados.
    Essa laia, precisa ser desmentida e desmascarada diariamente.
    PS: onde foi parar o post do Malafaia desmascarando a Erica Kokai do PT ?

  4. Dilma diz que não respeita “delatores”.
    A Lei 12.850/ 2013 que regulamenta a “Delação premiada a qualquer
    tempo”, foi sancionada pela própria Dilma !!!!!!!!
    E ela até se gabou disso em um debate com Aécio no ano passado:
    http://www.jb.com.br/eleicoes-2014/noticias/2014/10/14/dilma-e-aecio-se-enfrentam-em-debate-na-rede-bandeirantes/
    Aquela lorota toda de: “nãoooo, no nosso governo se investiga mais….”
    “Dilma destacou que sua indignação em “relação a tudo que acontece
    inclusive no caso da Petrobras é a mesma de todos os brasileiros”. A
    candidata destacou que sua determinação de punir os culpados é
    “total”. “Duas leis aprovadas no meu governo são fundamentais para
    isso. Uma é a lei 12.830, que garante a independência do delegado.
    Antes, por exemplo, na Pasta Rosa, o delegado começava a investigar,
    era mandado para um exílio dourado. A outra, a lei 12.850, que
    regulamentou a delação premiada.”
    Como sempre, tudo que esse partido PT diz é mentira, pura maquetagem e
    ilusão, só para exemplificar, no mesmo debate Dilma disse que o
    dinheiro do Porto de Mariel foi para “empresas brasileiras”. E depois
    foi desmentida por Luciano Coutinho do BNDES, que disse que o dinheiro
    foi emprestado (dado) direto para Cuba em alguma comissão ou CPI da
    Câmara dos Deputados.
    Um abraço.

Deixe uma resposta