Cunha age com inteligência e ética e impunidade de menores predadores cai em primeiro turno na Câmara

19
117

Hoje é dia de comemoração, mas jamais relaxamento. Nesta madrugada, uma versão diferente da proposta pelo fim da impunidade de menores foi aprovada. A proposta foi mais “light” que a anterior, excluindo os menores traficantes da punição. O governo golpista já começou a choradeira dizendo que a proposta foi votada de novo. Nada disso! A proposta anterior focava na redução da maioridade penal para menores praticantes de crimes graves. A nova proposta reduz a maioridade penal apenas de menores predadores. Foram 323 votos a favor da vida, e 155 contrários.

Abaixo, faço a lista dos deputados de partidos não-bolivarianos (ou ao menos não comprometidos com o projeto totalitário do PT) que ainda votaram a favor da barbárie – e, portanto, devem ser contatados para mudar seu voto em favor do “sim” (ou seja, o fim da impunidade para menores predadores), no segundo turno. E por que não incluí os deputados de partidos como PSB, PT, PCdoB, PSOL e PROS? Por que eles estão comprometidos com o totalitarismo. Logo, não há negociações, nem pressão sobre eles. Só há combate. Seja como for, abaixo está a lista dos deputados de partidos aparentemente civilizados e que ainda assim estão optando pelo barbarismo e que, portanto, devem ser pressionados a mudarem seu voto:

  • DEM (1)
    • Professora Dorinha Seabra Rezende TO – dep.professoradorinhaseabrarezende@camara.leg.br
  • PMDB (16)
    • Carlos Bezerra MT- dep.carlosbezerra@camara.leg.br
    • Celso Pansera RJ – dep.celsopansera@camara.leg.br
    • Darcísio Perondi RS – dep.darcisioperondi@camara.leg.br
    • Elcione Barbalho PA – dep.elcionebarbalho@camara.leg.br
    • Jarbas Vasconcelos PE – dep.jarbasvasconcelos@camara.leg.br
    • João Arruda PR – dep.joaoarruda@camara.leg.br
    • João Marcelo Souza MA – dep.joaomarcelosouza@camara.leg.br
    • José Fogaça RS – dep.josefogaca@camara.leg.br
    • Josi Nunes TO – dep.josinunes@camara.leg.br
    • Lelo Coimbra ES – dep.lelocoimbra@camara.leg.br
    • Marcelo Castro PI – dep.marcelocastro@camara.leg.br
    • Marinha Raupp RO – dep.marinharaupp@camara.leg.br
    • Osmar Terra RS – dep.osmarterra@camara.leg.br
    • Saraiva Felipe MG – dep.saraivafelipe@camara.leg.br
    • Simone Morgado PA – dep.simonemorgado@camara.leg.br
    • Washington Reis RJ – dep.washingtonreis@camara.leg.br
  • PP (2)
    • Conceição Sampaio AM – dep.conceicaosampaio@camara.leg.br
    • Ricardo Barros PR – dep.ricardobarros@camara.leg.br
  • PPS (7)
    • Arnaldo Jordy PA – dep.arnaldojordy@camara.leg.br
    • Carmen Zanotto SC – dep.carmenzanotto@camara.leg.br
    • Eliziane Gama MA – dep.elizianegama@camara.leg.br
    • Hissa Abrahão AM – dep.hissaabrahao@camara.leg.br
    • Raul Jungmann PE – dep.rauljungmann@camara.leg.br
    • Roberto Freire SP – dep.robertofreire@camara.leg.br
    • Rubens Bueno PR – dep.rubensbueno@camara.leg.br
  • PR (2)
    • Clarissa Garotinho RJ – dep.clarissagarotinho@camara.leg.br
    • Zenaide Maia RN – dep.zenaidemaia@camara.leg.br
  • PSC (1)
    • Silvio Costa PE – dep.silviocosta@camara.leg.br
  • PSD (2)
    • Fernando Torres BA – dep.fernandotorres@camara.leg.br
    • Paulo Magalhães BA – dep.paulomagalhaes@camara.leg.br
  • PSDB (3)
    • Betinho Gomes PE – dep.betinhogomes@camara.leg.br
    • Eduardo Barbosa MG – dep.eduardobarbosa@camara.leg.br
    • Max Filho ES – dep.maxfilho@camara.leg.br
  • PTB (5)
    • Alex Canziani PR – dep.alexcanziani@camara.leg.br
    • Antonio Brito BA – dep.antoniobrito@camara.leg.br
    • Arnon Bezerra CE – dep.arnonbezerra@camara.leg.br
    • Luiz Carlos Busato RS – dep.luizcarlosbusato@camara.leg.br
    • Pedro Fernandes MA – dep.pedrofernandes@camara.leg.br
  • PTC (1)
    • Uldurico Junior BA – dep.ulduricojunior@camara.leg.br
  • Solidariedade (3)
    • Augusto Carvalho DF – dep.augustocarvalho@camara.leg.br
    • Aureo RJ – dep.aureo@camara.leg.br
    • José Maia Filho PI – dep.josemaiafilho@camara.leg.br

Algumas dicas:

  • Em relação aos deputados que mudaram seus votos, optando hoje pelo “sim”, não é momento de partir para a afronta, mas exigir comprometimento e manutenção do voto no segundo turno.
  • Recomendo uma lida neste artigo sobre dicas para pressão sobre deputados, especialmente para a lista acima que ainda está votando pela impunidade de menores predadores.
  • Não amaciem no discurso. A luta contra a impunidade de menores predadores é uma luta contra:
    • o fascismo
    • o sadismo
    • o incentivo ao crime
    • a impunidade
    • a barbárie
    • a renegação da civilização
    • o desprezo pelas vítimas dos crimes
    • o desprezo pelo eleitor
    • a afronta ao cidadão
    • o cuspe na cara de quem não pode se defender
  • Controlem o frame sempre. Não fale nos termos dos adversários. Fale nos seus termos.
  • Como disse ontem, “não empurrem” o PSDB para o PT. Ontem, 5 votaram pelo barbarismo. Hoje, apenas 3. Logo, o partido não está comprometido com os menores infratores, e, por isso mesmo, deve ser pressionado sempre.

Enfim, é isso. Mantenham a força, pois a batalha é importante. A manutenção da impunidade dos menores predadores é vital para o PT, pois com isso eles vão retirando a dignidade do povo, ofendendo-o e afrontando-o, levando ao desestímulo para a luta contra a tirania.

Vale aqui uma menção especial para o trabalho do pessoal do MBL, que atuou pelo fim da impunidade no Congresso. O caminho é esse:

Anúncios

19 COMMENTS

      • Isso é um pedido para que os cães dos PTralhas comessem latir contra Cunha, ou seja, pedido para que vão com tudo para cima dele, blogs do partido, jornalistas chapa-branca da esquerdalha, políticos, e nunca esquecendo dos coletivos de militantes histéricos e doidões gritando qualquer coisa como, faxista, homofóbico, opressor e toda aquela ladainha conhecida, será que agora vão inovar?

    • Luciano, bons comentários os seus, sem dúvida.
      só para acrescentar, uma questão de aritimética simples, é que os jovens de 16 anos hoje que comete crimes, em 2003 tinham 4 anos. Se o PT defende que eles precisam é de escola, porque não lhes deu? faltou tempo? (a frase não é minha, copiei de César Oliveira)

  1. Sugiro retirar Raul Jungmann dessa lista. Ele foi um dos articuladores do Estatuto do Desarmamento e aqui em Recife recentemente esteve ao lado de uma ocupação ilegal de propriedade privada (Caso José Estelita). Cheguei a votar nele em algumas eleições, mas depois descobri que ele nada mais é que um bolivariano disfarçado. Mas a culpa foi minha; eu deveria ter desconfiado de alguém cujo partido se chama Partido Popular Socialista (ex-PCB).

  2. Parabéns Cunha, parabéns MBL e a quem pressionou.

    Fiz minha parte postando a respeito, focando nos deputados do PSDB e do DEM por serem os “maiores” em termos de oposição (https://casacaindo.wordpress.com/2015/07/01/quem-sao-os-aliados-de-menores-criminosos-no-psdb-e-dem/).
    Vou colocar uma nota no post mencionando os que mudaram o voto: no PSDB, Mara Gabrilli (a única que respondeu meu e-mail, devo escrever agora cumprimentando a mudança e pedindo manutenção da mesma, afinal essa deputada teve o MEU voto) e João Paulo Papa, e no DEM, o Mandetta.

    Aos que não mudaram, escreverei a eles reforçando que serão lembrados a cada novo crime cometido por menores caso não modifiquem o voto.

    E agora é momento de focar em outro partido também. Creio que o PP é uma boa opção.
    Alguém sugere outro partido para focarmos?
    Luciano, importante, acha que isso de ir focando em partidos é uma boa estratégia? Penso que é útil pois assim os coloca em coerência com o resto do partido.

    —————————————————————–

    PRA QUEM QUISER ESCREVER AO PSDB E DEM:

    Aos que mudaram o voto, cumprimentando pela mudança e pedindo que mantenham o SIM à redução:

    JOÃO PAULO PAPA (PSDB)
    dep.joaopaulopapa@camara.leg.br

    MARA GABRILI (PSDB)
    dep.maragabrilli@camara.leg.br

    MANDETTA (DEM)
    dep.mandetta@camara.leg.br

    E os que mantiveram o NÃO à redução, escrever exigindo que atendam à vontade dos 87% da população que os elegeram:

    BETINHO GOMES (PSDB)
    dep.betinhogomes@camara.leg.br

    EDUARDO BARBOSA (PSDB)
    dep.eduardobarbosa@camara.leg.br

    MAX FILHO (PSDB)
    dep.maxfilho@camara.leg.br

    PROFESSORA DORINHA SEABRA REZENDE (DEM)
    dep.professoradorinhaseabrarezende@camara.leg.br

    • Mensagem que enviei para quem mudou o voto:

      “Vi que na votação de ontem, com as mudanças feitas na PEC, Vossa Excelência optou pela redução. Eu e todos os 87% da população que não aguentam mais tanta violência e tamanha impunidade agradecemos muito.

      Indo ao contrário do que havia dito ontem, se antes teu nome seria lembrado quando houvesse algum crime hediondo cometido por um menor, agora lembrarei do teu nome cada vez que a justiça for feita.

      Contamos contigo para continuar ajudando a essa lei ser efetivada, dando orgulho a quem confiou em Vossa Excelência para ajudar a construir um país melhor e mais seguro.”

  3. Luciano,recomendo que você faça uma aba que contenha as postagens mais importantes e atemporais porque no atual modelo elas ficam para trás e tem que saber que existem(busca).

    Essa de como pressionar os deputados não bolivarianos é uma delas.

    Abraços

  4. MENSAGEM QUE ENVIEI AOS TRÊS PSDBISTAS:

    “Muito me surpreendeu ver que os senhores, mesmo tendo uma segunda chance, não repensaram na insana decisão de apoiar a licença para menores matarem e estuprarem.
    Com isso, os senhores estão traindo o PSDB, visto que o partido todo apóia a redução.

    Os deputados Mara Gabrilli e João Paulo Papa aproveitaram a segunda chance e ontem colaboraram para tornar o Brasil mais seguro. Já os senhores, não.
    Apoiando a licença para menores estuprarem e matarem, os senhores demonstram extrema incoerência com o PSDB, e muita coerência com o PT e linhas auxiliares. Será que os senhores estão no partido certo?

    Estão indo não apenas contra o PSDB, mas também contra 87% da população que quer um basta para tanta violência. Estão indo contra as vítimas dos menores criminosos.
    Se continuarem com essa postura de defesa do crime, a cada nova vítima de menores criminosos vossos nomes serão lembrados por nós: Betinho Gomes, Eduardo Barbosa e Max Filho, os PSDBistas que tiveram a chance de evitar os próximos crimes por menores, mas optaram por não fazê-lo. Vergonhoso.

    Também serão lembrados nas próximas eleições com esse mesmo subtítulo: “candidato que teve duas chances de apoiar os 87% da população que cansou de crimes, mas não o fizeram – do contrário, apoiou a vontade do PT e linhas auxiliares”.

    Meus cumprimentos aos deputados Mara Gabrilli e João Paulo Papa, mas aos senhores, se continuarem indo contra a população, só conseguirão o desprezo e o constrangimento perante quem votou nos senhores.
    Quem os elegeu não queria PT, não queria candidatos bolivarianos, mas é exatamente como esse tipo de candidato rejeitado por nós que os senhores estão se comportando, vergonhosamente.”

    • Enviei mensagens com esse tom, adaptando dependendo do caso:
      – no caso da Professora do DEM, dando ênfase aos pais que temem por seus filhos nas escolas
      – no caso dos dois do PP, falando sobre a trairagem com Bolsonaro e que erraram de sigla, deviam estar no PT com Maria do Rosário
      – e no caso do deputado do PSC dizendo que traiu os cristão eleitores do partido

      Essa é a cobrança: estão indo contra a população, contra os eleitores do PARTIDO deles, e contra o próprio partido. Por isso selecionei os deputados de partidos que foram exceção dentro do próprio partido.
      Aproveitar essa vantagem de eles estarem deslocados dentro do partido, diferente do PMDB por exemplo que muitos foram contra.

      Mãos a obra, povão:
      https://casacaindo.wordpress.com/2015/07/02/quem-no-psdb-dem-pp-e-psc-continua-protegendo-menores-criminosos/

  5. Já que tem alguns esquerdistas dizendo que foi golpe, que foi inconstitucional, analisei o regimento interno da Câmara à luz da constituição. Cunha domina o regimento, ele fez tudo dentro da lei.

    No parágrafo 5° do artigo 60 da CF. Ali diz: ” A matéria constante da proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada não pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa.” O que foi rejeitado, na terça-feira, foi um texto substitutivo do texto original, e, conforme o regimento interno da CD, no meu entendimento, o artigo 191, V e VIII, deixa expresso que, na hipótese do substitutivo ser rejeitado, o texto original será votado apenas depois da votação das emendas surgidas do texto substitutivo rejeitado. No caso surgiu uma emenda aglutinativa e foi votada. Então, o processo de votação não tinha acabado, o projeto original não foi rejeitado, mas prejudicado, e o texto substitutivo rejeitado na terça-feira, e não a emenda aglutinativa, prevista no regimento interno, que foi aprovada. Na minha opinião, ocorreu dentro dos limites legais.

  6. Luciano,
    parece que algumas pessoas influentes surtaram, gritando contra a redução como se fosse apenas uma questão de punição, de pegar e jogar o jovem na cadeia, acho que era bom algum argumentos que comprovariam a eficácia da lei não apenas como modo de manter o jovem preso, poderíamos usar como exemplo os resultados da “Lei seca”, responderei esse comentário com um texto, se você achar válido publicar em um artigo único(quiser modificar quase tudo, ou usar como inspiração pois me prolonguei muito e…), falo isso por que seu site parece um dos mais fortes na questão política, tem visibilidade, e lê comentários…

    • Redução da maioridade “é Lei seca” para salvar vida de jovens e adolescentes

      A ‘Lei seca’, que com aumento de rigor na punição ao motorista que dirigir após ter consumido álcool salvou vidas inclusive dos motoristas, algum tempo após sua implantação, houve em SP uma redução de 20% de acidentes de trânsito e no DF 17%. Isso, mesmo não sendo o álcool a causa de 100% dos acidentes.

      Agora, pergunte aos que são contra redução da maioridade e, que dizem defender vidas dos jovens, por que a redução não salvaria a vida dos próprios jovens? Eles não responderão, por não saberem ou querer esconder.

      Vamos encarar que, o ECA não puni e nem educa como deveria, e nem o fará, os jovens de 16 e 17 anos sabem disso, e essa impunidade funciona como uma licença para cometer crimes. Assim, só não comete crime, aquele jovem consciente do respeito aos direitos alheios, e seja ele pobre ou rico, branco ou negro, quanto ao tipo de crime e proporcionalidade, nem isso vária muito.

      Assim como a ‘Lei seca’ fez aos ‘motoristas beberões’, é visto que uma lei mais rigorosa(justa) causar medo nos jovens, medo de irem para cadeia, boa parte daqueles jovens que iriam tirar proveito da impunidade evitarão o crime, e no lugar de experimentar a vida fácil da criminalidade sem punição, focarão mais seus estudos, esporte, ou irão para o mercado de trabalho, isso numa idade em que o jovem tem muito mais facilidade em aprender, assim, estaremos salvando vidas de jovens, aquele que optar pelo crime hediondo, é melhor que o governo o recupere na cadeia, e ainda assim estaremos salvando vidas, até mesmo a vida do próprio jovem, que poderia acabar como muito jovem, morto no 2º ou 3º crime que a impunidade antes lhe permitiu.

      Ai, mas falta dinheiro para presídios…

      O dinheiro para presídios, sairá da economia com milhares de pensões que o governo irá evitar de pagar, pois reduzindo as mortes que esses menores causam, reduz-se as pensões para filhos que não ficarão órfãos, aquela dentista que não será incendiada por um jovem criminoso poderá continuar pagando seus impostos, aquela jovem universitária que não será estuprada e morta poderá produzir e pagar seus impostos para investir também em presídios, até aquele jovem que teve medo de cadeia e optou por estudar e trabalhar também pagará os impostos.

      Quanto aos demagogos que insistirem na “impunidade como meio de salvar jovem”

      Acho que esse texto desenha o que demagogos petistas insistem em fingir não ver, inclusive aos aliados do governo petista que arrotam a beleza da ‘sabedoria popular’ mas não a respeitam quando ela pede que coloque freios nos seus filhos antes de virarem adultos assassinos. Políticos governistas e aparelhos como OAB, que insistem no golpe de manter essa impunidade como meio de tirar os jovens da escola ou trabalho para levar ao crime, e assim formar um eleitorado com grande quantia de tolos manipuláveis, fracos e preguiçosos, que desperdiçarão a juventude curtindo o que a impunidade lhes permitir, e que serão facilmente explorados por governantes corruptos.

  7. Perdi a esperança..Não acredito mais em partido nenhum. Não importa o ” p ” que seja, Pt, Psdb, Pp etc… em todos os partidos tem corrupção, basta querer encontrar.

Deixe uma resposta