Papa abraça a causa da luta para que todos sejamos escravos

39
270

papa-francisco-frame

Já fui católico (de araque). Na verdade eu era um deísta que gostava de ler São Tomás de Aquino e, equivocadamente, me dizia católico. Pura ignorância teológica mesmo. Acontece. De qualquer forma, desde que me tornei um incréu, essas questões de crenças metafísicas não são mais relevantes para mim, ainda que eu respeite os crentes.

Cientificamente, não temos como saber qual opção é mais racional, haja vista que a ciência não trata desta questão. Como pragmático, aliás, argumento que a racionalidade não depende de crença ou não em Deus, mas da capacidade de indivíduos, crentes ou não, argumentarem logicamente. Um crente com argumentos bons seria muito mais racional que um incréu com argumentos ruins. E vice versa. Portanto, crer ou não em Deus não garante nada em termos de racionalidade. Corra atrás de seus argumentos para conquistar este título. Isto, em uma casca de noz, é o que defendo em termos de uma visão baseada em ceticismo político.

Me empolguei e fugi um pouco do assunto. Voltemos a ele. O Papa.Hora de tomar um Engov para seguirmos…

O fato é que na Bolívia o Papa atacou o capitalismo. Para a figura, é “um sistema que impôs a lógica dos lucros a qualquer custo, sem pensar na exclusão social ou na destruição da natureza”. Voltando aos tempos do milenarismo (de antes das Cruzadas), ele partiu para a mais abjeta religião política pedindo ‘salvação’ em Terra: “Este sistema já não se aguenta, os camponeses, trabalhadores, as comunidades e os povos tampouco o aguentam. Tampouco o aguenta a Terra, a irmã Mãe Terra, como dizia são Francisco”.

Coisa feia. Coisa muito feia.

Esse embuste dizendo que o capitalismo é o problema do mundo deveria ser o suficiente para excomungá-lo. Até porque o capitalismo é um sistema baseado em trocas voluntárias, e no qual a caridade funciona como se fala na Bíblia: por meios voluntários. O que o socialismo promete é a escravidão do povo, com um pretexto de ajudar os pobres. Isso não tem nada de caridoso. Na verdade é monstruoso. Leandro Narloch fez muito bem ao lembar que “na Idade Média, quando a Igreja dominava o mundo, a pobreza era um pouquinho maior. Não é o capitalismo que exclui os pobres, e sim a falta de capitalismo”.

A lógica papal diz que “a distribuição justa dos frutos da terra e do trabalho humano é dever moral”. Há quem diga que o Papa foi descuidado. Discordo. Ele foi intelectualmente desonesto, pois tem conhecimento bíblico para saber que não existe absolutamente nada na Bíblia validando o discurso de “distribuição justa”, desde, que, é claro, amparado por um poder totalitário (para fazer a tal “distribuição”).

O horror campeia solto mesmo nas palavras de Francisco, pois ele chega a dizer que isso é “para os cristãos, um mandamento”. Só se for em uma versão da Bíblia que ele inventou, não na Bíblia que todos conhecem. Os mandamentos para os cristãos são 10. Não existe nada disso de “distribuição” impositiva na Bíblia. Ao contrário, a Bíblia diz “com o suor do teu rosto comerás o teu pão” (Génesis 3:19).

O apelo à coerção vem do discurso contra a propriedade privada: “Trata-se de devolver aos pobres o que lhes pertence.” O famoso discurso de “função social” da propriedade. Isto é, o que é seu não é realmente “seu”, mas “dos pobres”. Na verdade isso sempre significa que o que é seu é dos donos do estado inchado, fingindo-se de representantes “dos pobres”. A quem o Papa acha enganar? Aqui não passa.

O vídeo abaixo também é reveladors. A 1h20 min, ele fala de “Pátria Grande”. Em outras palavras, defende a violação das soberanias das nações em nome de um bloco internacional de socialismo. Veja:

O grande cuspe na cara do povo vem a 1h23, quando ele pede censura de mídia, falando, feito lobo em pele de cordeiro, que “a concentração monopólica dos meios de comunicação social pretende impor pautas alienantes de consumo e certa uniformidade cultural”.

Que concentração de mídia, Francisco? Num país onde temos 7 grandes empresas de mídia, isso não é concentração, mas distribuição. O Papa sabe que o objetivo de quem fala em “regulação econômica de meios” é um só: reduzir o poder das várias empresas de mídia, para torná-las mais vulneráveis à chantagem de anúncios estatais. É precisamente o que ocorre na Venezuela e na Argentina.

O Papa já não representa a Igreja Católica. Representa o Foro de São Paulo. O discurso dele tem um único propósito: lutar para nos transformar em escravos. Vamos tolerar isso?

 

 

Anúncios

39 COMMENTS

  1. Enquanto o Papa Pio XII falava abertamente contra o Comunismo e o Nazismo, temos o Sr. Bergoglio cagando pela boca e recebendo foice e martelo.
    Prevejo gente se convertendo à Ortodoxia.

  2. Em 1:23;30, tem um cara com um boné do MST.
    O estupro e a morte da menina no Piauí, por menores deu pane nas cabeças bolivarianas.
    Sobre esse episódio do Papa com o traficante de cocaína Evo Morales, tem outras coisinhas que iriam dar pane nos neurônios esquerdistas.
    – A aculturação dos índios brasileiros, promovida pelos Jesuítas (ordem da qual faz parte o Papa) e a conivência (para não dizer usufruto) dos Jesuítas, com a escravidão….

  3. Esse papa é um safado de um comuna mesmo, não tem jeito. Torço para que vá o quanto antes para o reino dos céus, se é que é esse seu destino. Do jeito que avermelha tudo, acho que vai mesmo é para o território do cramulhão, do sete-peles, do capiroto em pessoa.

  4. Tanto esse discurso como ele ter aceitado aquele símbolo horroroso de Evo Morales foi um escárnio, uma cuspida nos cristãos norte-coreanos e todos ou outros que sofreram ou ainda sofrem os terrores do comunismo.

    Cristãos norte coreanos são os últimos a receberem permissão para comer.
    Cristãos norte coreanos morrem todos os dias em campos de trabalhos forçados.
    Cristãos norte coreanos servem de testes para armas químicas.
    Cristãos norte coreanos não podem carregar consigo ou mesmo guardar em casa inscrições ou partes da Bíblia, caso contrário morrem.

    O papa está preocupado com isso? Alguém já ouviu ele citar os cristão perseguidos?

    Quem quiser saber o que o comunismo foi e é de verdade para os cristãos, recomendo que leia a história de Ivan Moseyev. Ele foi soldado na União Soviética.

    • já começa que comunismo é ideologia secular, como um líder de um dos pilares ocidentais passou a defender essa merda e todo mundo achando normal??? to vendo que o flúor na água já começou a dar resultados “neurológicos” na população…

    • o foda não é ele ser esse FDP todo, o foda é como a “população” aceitou isso sem questionar, gente católica praticante ainda por cima… sei não hein…

  5. Olha… te dizer que lendo isso aí eu me senti lendo sinopse de algum filme. Parece ficção. O Papa se aliando a uma entidade criminosa e pregando o terror, declarando essas coisas… parece mesmo coisa de filme, daria um bom filme inclusive. Mas infelizmente não é ficção. Estamos vivendo esse filme. É de verdade. Alguém ejeta a fita!

  6. Vocês já ouviram falar no falso profeta de apocalipse? Ele vai endossar o anti cristo. O falso profeta enganará a muitos, como o anti-cristo, e será uma liderança religiosa mundial onde muitos o admiram. Por acaso vocês acham que essa grande liderança é um aytola? Claro que não.

  7. O Papa é, também,chefe de estado e estava diante de outro chefe de estado. Essas trocas de presentes são protocolares nessas ocasiões. Dizem que depois ele abandonou esses presentes na Bolívia.
    A situação é crítica. Seja como for, os católicos devem rezar pelo Papa.

    • não, não devem! antes de ser uma instituição religiosa a ICAR é uma instituição política que representa o mundo ocidental, se esse papa está apoiando ideologias anti-ocidente ele no mínimo é um traidor canalha. se quer ajudar canalhas vá em frente. só não se esqueça que o islã está se preparando pra uma nova guerra santa, e o teu “papa” tá cagando pra isso e para os estupros coletivos em estocolmo por jihadistas.

  8. A opinião do Papa não é o da Igreja por certo, e não é a minha como católico! Mas eu nunca me empolguei com o atual, ao contrário do anterior, O Papa Emérito, este sim confiável… Para confirmar minha desconfiança veio em acréscimo o entusiasmo da mídia e setores “porcossistas” suspeitíssimos, em imenso contraste com relação ao Papa anterior, o que só reforçou minha desconfiança… Mas eu o considero um ingênuo confuso e apalermado com seu cargo, por isso não tão perigoso, enquanto não manipulado… O que resta para os bem pensantes é vigialo e pressioná0lo, pois tentar alerta-lo e esclarece-lo em questões extra religiosas vitais parece inútil, é só ver a inutilidade do documento que os melhores cientistas lhe enviaram por ocasião do congresso ecológico recente… E torcer para que seu papado transcorra sem maiores danos, e rapidamente… Haverá comoção por seu passamento, como do cantorzinho sertanojo recente, por certo… Mas logo será esquecido por todos, principalmente os que se servem de sua ingenuidade, com certeza, pois esses são os mais levianos e insensíveis com o real significado de sua autentica autoridade…

    • Lamento informá-lo, mas o papa é a opinião da igreja sim. A opinião dele vale tanto que simplesmente ninguém pode contestá-la dentro da igreja. Nenhum padre, nenhum bispo, nenhum católico pode contestá-lo, pelo menos ninguém que seja católico pode fazê-lo. O papa tem status de rei dentro da igreja, ou seja, ele é um imperador com amplos e irrestritos poderes. Você precisa estudar mais. Consulte o código canônico para você ver por si mesmo. O poder do papa é atual, é passado, é futuro e é ilimitado. Sempre foi assim. Para um padre, um bispo, um cardeal ou um católico, a questão se resume a isto: ou aceita ou simplesmente passará a ser um herege. Estude e saberá.

  9. Achei muito suspeita a atitude do pontífice. Mas como estamos no fim dos tempos qualquer coisa absurda é possível. Ele pode ser só um cristão fake assim como Obama. Está lá para induzir a erro os incautos e desavisados. Abram o olho porque o falso profeta pode estar atuando sem que nós percebamos.

    • inclusive segundo a profecia, o anti-cristo seria o maior “pacifista,politicamente correto” do mundo. tá bem perto dele aparecer, como até as instituições de direita como as FFAA estão ficando “domesticadas”.

    • mas é um filho da puta……esse governo comunista enfiou tanta regulamentação sobre os agricultores, que um agricultor não pode enfiar uma enxada na terra sem declarar algo, sob o risco de cair em alguma fiscalização….. depois esse retardado vem falar que o capitalismo ameaça a soberania alimentar……vai tomar no cú porraaa…….

    • o cara quando nasce pra ser pulha…. é pulha até morrer……. “na Venezuela fizeram reforma, mas não tinha mais campesinato”… oque????…. quantos anos o chavismo já está no poder???….eles sabem oque é oferecer curso tecnico em agronomia???……desculpa podre…..tem terra da reforma agraria mas não tem agricultor….. ah váh pra PQP…..

    • oque??? crédito de carbono????… mas então porque o PT já não acabou com esse negócio de crédito de carbono???…então quem manda no Brasil….porque se um partido, que é eleito pelo povo de uma nação, não tem poder para coibir esse esquema ….. diabos….quem então tem a soberania sobre o Brasil?????

  10. O capitalismo é o único modelo que mais incluiu pobres no mundo, não o contrário. Principalmente o capitalismo sob o regime democrático, nunca houve nada na história que garantisse tanto o acesso a bens de consumo de primeira necessidade ou não a pobres e famílias de baixa renda.
    Pegando os EUA como exemplo, uma família pobre norte-americana atual tem melhores condições de vida que qualquer família pobre de qualquer tempo na história da humana, de qualquer lugar, de qualquer sistema, governo ou modelo. Evidentemente que há os extremos, os muitos pobres, mas mesmo esses ainda conseguem acesso a parte significativa dos bens de primeira necessidade, como água potável, energia elétrica, e equipamentos básicos como televisão, refrigerador, fogão, alimentos básicos, remédios básicos, cobertores básicos com que se proteger do frio, roupas básicas, etc., mesmo sendo a população atual bem maior que em qualquer época da história humana. Não fosse o capitalismo, como garantir o mínimo à existência humana no mundo atual, com bilhões de pessoas?
    Pensemos um pouco. Onde os pobres sofrem mais necessidade? Justamente nos países menos capitalistas. Quanto menos capitalista, mais pobreza. É o caso do Brasil e de todos os países latino-americanos, além dos africanos, comunistas, etc. Onde há pouco capitalismo o resultado é que há muito mais pobres, principalmente os extremamente pobres, que são os que mais sofrem, tendo mais necessidades básicas não atendidas, além de mais guerras, doenças e todo tipo de destruição humana.
    Logo que eu soube que o papa seria um latino-americano, já previa que algo parecido viria pela frente, mas não imaginara que seria nesse nível, tão baixo. É simplesmente chocante, deplorável. A que ponto o FSP chegou? É algo assustador que precisa ser barrado de alguma forma.
    Hoje eu entendo o tom em que Boff se referia ao falecido papa João Paulo II. Há uma entrevista dele no Roda Viva que é reveladora. João Paulo II era uma pedra no caminho para que finalmente a Igreja Católica estivesse sob o domínio de um comunista. Incrível, mas eles conseguiram.
    Houve um discurso recente desse papa comunista em que ele condenara o “stalinismo”. Notem bem. Isso é típico dos comunistas atuais. Eles negam o stalinismo, principalmente os padres e bispos comunistas, até porque se defendessem o stalinismo, aí já seria demais. Mas o fato é que eles estão sempre reescrevendo a própria história, de forma que aquilo que os condena é tratado como se fosse um acidente, algo fora da curva, um “erro”, conforme a expressão da moda atual utilizada por criminosos facínoras de uma certa organização. Em suma, eles simplesmente não reconhecem o stalinismo como um resultado/produto do próprio comunismo, ainda que os fatos mostrem o contrário. Esse sujeito é simplesmente abjeto.

  11. E o pior é que vieram para ficar. Esse papa tem nomeado a maioria dos novos cardeais justamente na “pátria grande” e em países com notório histórico marxista, todos escolhidos a dedo. O objetivo é garantir a maioria de votos nos próximos conclaves. O uso desse expediente não o faz lembrar de um certo país bananeiro latrino-americano? Tempos terríveis pela frente. Não tenho a menor dúvida. Trata-se de um movimento que atinge todo o mundo ocidental, cujo objetivo é a decadência da civilização ocidental. Estou totalmente convencido disso. Não somos capazes de perceber porque os passos são curtos e a nossa própria vida é tão curta que acaba nos prejudicando a leitura de espaços históricos. Mas o fato é que esses caras trabalham em cima de projetos geracionais e provavelmente os nossos descendentes é que terão de lutar contra isso de forma muito mais contundente, se já não estiverem controlados. Eu só espero que o povo ocidental consiga abrir sua mente a tempo de combater o que vem frente.

  12. pra mim esse Papa é um puto de um vigarista…. não me representa…
    veja o trecho biblico abaixo….. pra mim isso fala sobre propriedade privada e liberdade de mercado…..

    «Pois o reino dos céus é semelhante a um proprietário que saiu de madrugada a assalariar trabalhadores para a sua vinha. Feito com os trabalhadores o ajuste de um denário por dia, mandou-os para a sua vinha. Tendo saído cerca da hora terceira, viu estarem outros na praça desocupados e disse-lhes: Ide também vós para a minha vinha e vos darei o que for justo. Eles foram. Saiu outra vez cerca da hora sexta e da nona, e fez o mesmo. Cerca da undécima, saiu e achou outros que lá estavam e perguntou-lhes: Por que estais aqui todo o dia desocupados. Responderam-lhe: Porque ninguém nos assalariou. Disse-lhes: Ide também vós para a minha vinha. À tarde disse o dono da vinha ao seu administrador: Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário, começando pelos últimos e acabando pelos primeiros. Tendo chegado os que tinham sido assalariados cerca da undécima hora, receberam um denário cada um. Vindo os primeiros, pensavam que haviam de receber mais; porém receberam igualmente um denário cada um. Ao receberem-no, murmuravam contra o proprietário, alegando: Estes últimos trabalharam somente uma hora e os igualaste a nós, que suportamos o peso do dia e o calor extremo. Mas o proprietário disse a um deles: Meu amigo, não te faço injustiça; não ajustaste comigo um denário? Toma o que é teu, e vai-te embora; pois quero dar a este último tanto como a ti. Não me é lícito fazer o que me apraz do que é meu? Acaso o teu olho é mau, porque eu sou bom. Assim os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos.» (Mateus 20:1-16)

  13. ainda não caiu a ficha de que quem manda no vaticano hoje é a maçonaria?! nunca uma porra de um argentino socialista poderia ter virado papa numa situação normal, é a mesma coisa de botar um inglês protestante como dalai-lama no tibete… não é de hoje que querem cagar com a cultura ocidental, só não me entra na cabeça como que católicos “de direita” aceitaram esse cara lá dentro…¬¬

Deixe uma resposta