Socialismo: o monstro do Lago Ness na política

18
153
Bill-Whittle-Facebook-photo-630x492
Um dos grandes dramas de (parte da) direita hoje é ainda acreditar que os esquerdistas beneficiários acreditam em coisas como socialismo. Isso se chama crença na crença, isto é, a crença de que o outro acredita no que diz acreditar. Decerto muitos militantes funcionais acreditam no socialismo, mas não seus líderes.

Por causa da crença na crença, muitos de nós dizem que o socialista é um “regime que fracassou”, quando na verdade é a tecnologia retórica mais potente já criada para produzir totalitarismo. Só chegamos à esta conclusão se não temos crença na crença. A ausência de crença na crença esquerdista produz uma estrutura mental pronta a refutar todo e qualquer truque feito por eles, sem sensações indevidas de compaixão subconsciente. Em resumo, pela crença na crença, o socialismo fracassou em produzir desenvolvimento, mas sem a crença na crença, o socialismo obteve sucesso em produzir totalitarismo, sem jamais ter realmente ambicionado produzir desenvolvimento, justiça ou igualdade.

Com isto em mente, o vídeo de Bill Whittle, visto abaixo, caso atribuído aos esquerdistas funcionais (e não os beneficiários), vai direto ao ponto, bom ótimos frames e altíssimo potencial de ridicularização.

Veja:
Anúncios

18 COMMENTS

  1. http://lucianoayan.com/2015/05/02/por-que-o-socialismo-e-definitivamente-um-engodo-e-jamais-um-engano/
    “quando alguém acha que o “socialismo fracassou” tende a achar que esta doutrina é obra de pessoas bem intencionadas que “erraram”. Os líderes que adotaram o socialismo passam a ser pessoas “tolas”, que então devem ser lembradas de seu engano. A argumentação, mesmo que seja crítica diante do socialismo, tende a assumir tons de compaixão. Isto funciona no nível subconsciente, pois nosso cérebro tende a produzir sentimentos de compaixão diante de “enganados”.
    “o socialismo tem obtido sucesso em suas implementações, pois foi criado para a obtenção de poder totalitário a partir de frames utilizados para enganar incautos. Os líderes que o adotaram são pessoas perversas que, de acordo com seu sistema moral, fizeram o que tinham que fazer e escolheram a melhor tecnologia para obter o que queriam: o socialismo. Repito: eles fizeram sua opção corretamente, de acordo com seus sistemas morais, que são bem diferentes dos nossos. Eles sabem do que fazem, e não merecem compaixão, mas uma desconstrução contínua, implacável e impiedosa.”

  2. Agora vi o vídeo, excelente! Realmente, direita precisa começar a chamar os bois de bois. Lançar na cara do ~~socialista~~ que ele próprio não acredita nesse sisteminha de bosta do qual ele fala e que só está querendo ser beneficiário é um bom shaming e desmascaramento.

  3. Nesse vídeo tem algo com o que não concordo: ele diz que a Suécia é socialista. A Suécia tem o Estado de Bem-Estar Social, é social-democrata. Sempre houve liberdade econômica lá e nos países nórdicos. Alem de liberdade de expressão e garantias individuais. O Estado atua mais que nos EUA, mas está a anos-luz do que aconteceu na USRR, China, etc.

      • Não é não, ele fica enrolando vcs com essa frescura de arma isso, rifle aquilo, querendo que vcs pensem que ele está do lado da liberdade mas é o primeiro que quer que o americano taxpayer otário seja forçado a ir morrer nas guerras que o governo favorito dele inventa.

  4. Bill Whittle é um dos pensadores que acompanho desde que vi um episódio do Trifecta. Esse Firewall, e o Revolting Truth, com o Andrew Klavan, são muito bons, pois denunciam a agenda e os modos esquerdistas de uma forma divertida e concisa (NMO).

    A crença na crença é algo que eu tive por um bom tempo, e confesso que é difícil vencê-la, pois algumas pessoas que são queridas pra mim se enquadram no bloco do idiota útil, o qual, por não usar a cabeça, realmente acha que socialismo vale alguma coisa.

  5. Luciano,

    Muito relevante este post que educa desmascarando engodos, como são os demais de sua autoria Luciano. Pôxa então que diabos um grupo de pessoas como FHC, Aécio, Alkmin, e demais… criam o nome Partido da Social Democracia Brasileira ? Ou porque existir um partido comunista no Brasil se aqui não é uma Rússia ou um outro país de regime preponderantemente comunista ?

  6. Estava debatendo com um direitista a questão do site da Joanna Maranhão que derrubaram, ele achou um absurdo isso, como pode gente de Direita derrubando página dos outros, e soltou os cachorros em quem estava ridicularizando a mesma pelo minguado bronze. Eu comecei a explicar pra ele alguns conceitos da Guerra Política quando ele me falou que acredita que a Joanna Maranhão e a maioria dos esquerdistas são apenas gente enganada. Eu falei com ele que aquela visão dele era absurda, e que pensar assim faria dele alguém fraco politicamente, aí ele quis me chamar de maniqueísta, eu falei pra ele que ele estava querendo enxergar a política de forma muito tola, enquanto o Esquerdista, na maioria do tempo usei o termo extrema-esquerda, iria massacrar ele sem dó, o colocando como fascista, apoiador de Hitler. Ele simplesmente se negou a aceitar algo tão óbvio: Joanna Maranhão pode até ser uma enganada, mas o discurso dela é uma reprodução integral do discurso dos líderes, então ela tem que pagar o preço de suas escolhas.

  7. Aproveitando que você está falando do Bill Whittle, você vai comentar a surra verbal que o Ben Shapiro deu no transgênero Zoey Tur, que fez com que ele quase levasse uma surra de fato, mostrando o quão feminino o dito “transgênero” é?

Deixe uma resposta