Conheça 102 deputados que estão em cima do muro quanto ao impeachment

13
174

No momento em que o PT resolve amplificar seu discurso vitimista, lançando acusações sem provas contra oponentes (uma delas é a de que seus opositores teriam lançado uma bomba no Instituto Lula, quando os culpados poderiam muito bem serem eles próprios), e Lula lança um vídeo de apoio à edição 21 do Foro de São Paulo, o sinal é claro: o partido fará de tudo para se manter no poder e levar seu projeto de devastação e totalitarismo adiante.

Porém uma das formas de se interromper este processo é com um impeachment, especialmente porque nunca na história deste país tantos motivos surgiram para que este ocorresse. Logo, ficar contra um impeachment, neste momento, é apoiar um projeto totalitário, que irá atingir de forma terrível a praticamente todos nós (a não ser os que conseguirem sair do país a tempo). É se comprometer com um projeto de país devastado, seja por ação ou omissão.

É claro que petistas, psolistas e pcdobistas tem mais é que apoiar o totalitarismo petista, pois é parte fulcral do projeto socialista ter uma nação inteira subjugada pela economia devastada, pela censura de mídia e pelo racionamento de alimentos, dentre outros fatores. O que para a população será um inferno, para esses governistas será um paraíso. Sempre foi assim com as implementações socialistas, por que agora seria diferente?

Por isso, não contamos com deputados bolivarianos, pois eles estão comprometidos com este projeto. Mas temos que cobrar os deputados cujos partidos não se comprometeram com essas metas. E, para pessoas destes partidos, é extremamente imoral que eles não apoiem o impeachment.

Abaixo está uma lista de 102 deputados que ainda conseguem a proeza moral de ficar em cima do muro quanto ao impeachment:

ADAIL CARNEIRO PHS CE
ADALBERTO CAVALCANTI PTB PE
ADELSON BARRETO PTB SE
AELTON FREITAS PR MG
AFONSO HAMM PP RS
AGUINALDO RIBEIRO PP PB
ALAN RICK PRB AC
ALEX CANZIANI PTB PR
ALEXANDRE VALLE PRP RJ
ALFREDO NASCIMENTO PR AM
ANDERSON FERREIRA PR PE
ANDRÉ ABDON PRB AP
ANTONIO BRITO PTB BA
ANTONIO BULHÕES PRB SP
ARNON BEZERRA PTB CE
ÁTILA LIRA PSB PI
BENITO GAMA PTB BA
BETINHO ROSADO SEGUNDO PP RN
BILAC PINTO PR MG
CACÁ LEÃO PP BA
CARLOS GOMES PRB RS
CÉSAR HALUM PRB TO
CHRISTIANE YARED PTN PR
CICERO ALMEIDA PRTB AL
CLEBER VERDE PRB MA
CONCEIÇÃO SAMPAIO PP AM
COVATTI FILHO PP RS
DELEY PTB RJ
DILCEU SPERAFICO PP PR
DIMAS FABIANO PP MG
DR JOÃO PR RJ
DRA ZENAIDE MAIA PR RN
EDUARDO DA FONTE PP PE
ESPERIDIÃO AMIN PP SC
EZEQUIEL FONSECA PP MT
FAUSTO PINATO PRB SP
FRANCISCO FLORIANO PR RJ
GIACOBO PR PR
GORETE PEREIRA PR CE
GUILHERME MUSSI PP SP
HERACLITO PSB PI
HUGO LEAL PROS RJ
IRACEMA PORTELLA PP PI
JOHNATHAN DE JESUS PRB RR
JORGE BOEIRA PP SC
JORGE CÔRTE REAL PTB PE
JORGINHO MELLO PR SC
JOSÉ ROCHA PR BA
JOSUÉ BENGTSON PTB PA
JUNIOR MARRECA PEN MA
JUSCELINO FILHO PRP MA
KEIKO OTA PSB SP
LAERTE BESSA PR DF
LÁZARO BOTELHO PP TO
LINCOLN PORTELA PR MG
LÚCIO VALE PR PA
LUIS TIBÉ PT do B MG
LUIZ CLAUDIO PR RO
LUIZ FERNANDO FARIA PP MG
LUIZ NISHIMORI PR PR
MAGDA MOFATTO PR GO
MARCELO ALVARO ANTONIO PRP MG
MARCELO BELINATI PP PR
MARCELO SQUASONI PRB SP
MARCIO ALVINO PR SP
MÁRCIO MARINHO PRB BA
MARCUS VICENTE PP ES
MÁRIO NEGROMONTE JR PP BA
MAURÍCIO QUINTELLA LESSA PR AL
MIGUEL LOMBARDI PR SP
MILTON MONTI PR SP
NELSON MARQUEZELLI PTB SP
NELSON MEURER PP PR
NILTON CAPIXABA PTB RO
OTÁVIO GERMANO PP RS
PAES LANDIM PTB PI
PAULO FEIJÓ PR RJ
PAULO FREIRE PR SP
PEDRO FERNANDES PTB MA
REMIDIO DA AMATUR PR RR
RENATA ABREU PTN SP
RENATO MOLLING PP RS
RENZO BRAZ PP MG
RICARDO BARROS PP PR
RICARDO TEOBALDO PTB PE
ROBERTO ALVES PRB SP
ROBERTO BALESTRA PP GO
ROBERTO BRITTO PP BA
ROBERTO SALES PRB RJ
RONALDO CARLETTO PP BA
RONALDO MARTINS PRB CE
RONALDO NOGUEIRA PTB RS
SEBASTIAO OLIVEIRA PR PE
SÉRGIO MORAES PTB RS
TIRIRICA PR SP
TONINHO PINHEIRO PP MG
ULDURICO JUNIOR PTC BA
VINICIUS GURGEL PR AP
WALDIR MARANHÃO PP MA
WELLINGTON ROBERTO PR PB
WILSON FILHO PTB PB
ZECA CAVALCANTI PTB PE

E o que fazer? Agora é momento de pressão. Não há outra coisa a fazer. Há algum tempo fiz um texto com dicas de como pressionar deputados e demais políticos. Use-o sem moderação.

Anúncios

13 COMMENTS

  1. Esse Márcio Marinho é da IURD. Não me surpreende. Cacá Leão é filho de João Leão, o pessoal da cidade de Lauro de Freitas conhece bem essa criatura. Mário Negromonte está enrolado na Lava Jato. Dos outros, não sei, mas vou pesquisar. Já estão na lista negra.

  2. A missão 1 é organizar os emails dessa galera.
    Divulgar em uma planilha pra facilitar o copiar e colar.
    Escrever textos e sair enviando.
    Expor em redes sociais até dizer chega.
    Fomentar pressões nas bases deles.
    Expô-los para que o alcance da compra de votos pelos bolivarianos não seja suficiente.

  3. Ouvi hoje nas rádios Luciano que mesmo o Impeachment passe pela Camara, que o Renan Calheiros iria vetar a votação no Senado. Creio que temos que ampliar esta lista, mais “senhores honrados” terão que ser pressionados. Alguém deu ou prometeu algo pro Renan que fez ele trocar de lado, de novo, no meio da Lava-jato.

  4. Luciano:

    O jornalista “severamente investigado” pela Lava Jato é Leonardo Attuch, do site Brasil 247. Quem o entregou foi Milton Pascowitch.

    Milton Pascowitch explica: “Ficou claro que não haveria qualquer prestação de serviço mas que era uma operação para dar legalidade ao ‘apoio’ que o PT dava ao blog mantido por Leonardo”. O valor foi “abatido” da propina que estava à disposição de Vaccari.

    http://www.oantagonista.com/posts/ilegal-para-legalizar

  5. É muito improvável que deputados antecipem suas intenções de voto, pois ao fazer isso perdem o poder de negociação. Além disso, uma lista como essa seria fechada, apenas as lideranças teriam acesso. Por último, não tem nenhum deputado petista na lista.
    Qual é a fonte dessa lista?

Deixe uma resposta