Manifestação pela liberdade vence golpe petista com Globo e Renan e é o segundo maior movimento do ano

28
160

0000000_manif

Durante a semana, assistimos agoniados um dos golpes mais canalhas e sórdidos dos últimos tempos, quando Renan Calheiros se aliou à Dilma para blindar o governo petista. Para piorar, a Rede Globo combinou o jogo com o PT. Para quem duvida, basta testemunhar o que nos diz a Carta Capital desta semana, confessando o golpe petista na matéria “Mares menos revoltos”. Na página 20, lemos:

No vai não vai do impeachment, as Organizações Globo são um capítulo à parte. Pelo poder de alcance e de influenciar a opinião pública, a emissora foi procurada pelo ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, que cobrou da empresa a recusa à campanha pela degola de Dilma. Não foi o único. Há duas semanas, João Roberto Marinho, vice-presidente global, aproveitou uma sessão solene no Senado em homenagem aos 50 anos da emissora e solicitou uma conversa com petistas sobre os rumos do país. O que ouviu teve mais jeito de aviso do que de análise. Segundo líder da bancada, Humberto Costa, foi dito que em caso de um eventual impeachment ser bem-sucedido haveria perplexidade na base social petista em um primeiro momento, mas em seguida viria a reação. “O próximo governo não teria trégua”, disse Costa.

Isto não é outra coisa senão uma confissão de golpe.

Evidentemente, manobras sórdidas de tal natureza, e sustentadas por traições de tal dimensão, enfraqueceriam os movimentos de hoje. O que essa escória moral não esperava é que as manifestações deste 16/8 só perderam em volume para os movimentos de 15/3, mas foram superiores aos de 12/4. Leia, a partir do UOL:

Pelo menos 59 cidades em todos os Estados brasileiros e o Distrito Federal participaram neste domingo (16) da terceira grande manifestação nacional do ano contra o governo da presidente Dilma Rousseff, com público geral calculado pelas Polícias Militares estaduais em 795 mil pessoas. Dilma, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o PT foram novamente os principais alvos dos atos, que pediram o impeachment da presidente.

Na primeira manifestação, no dia 15 de março deste ano, o público estimado pelas PMs dos Estados foi de 2 milhões. Em 12 de abril, ao menos 560 mil participantes foram para as ruas, segundo as PMs. As corporações do Rio de Janeiro e de Pernambuco não divulgaram estimativa de público neste domingo (16). As PMs também não registraram nenhum grave incidente de violência ou vandalismo pelo país.

A Rede Globo é isto aí: um poço de monstruosidade moral que já apoiou um regime militar que matou 400 pessoas. E agora resolveu apoiar uma pré-ditadura (que vamos conseguir neutralizar) que sustenta, com nosso dinheiro, massacres em outras ditaduras, como Venezuela e Cuba. Pensando bem, Rede Globo e PT tem tudo a ver. E com certeza não tem nada a ver com qualquer pessoa que esteja regido por padrões morais aceitáveis para civilizações sadias.

Já Renan Calheiros? Ah, com certeza vamos rir muito dessa figura, pois sabe-se que as evidências contra ele surgindo na Lava Jato parecem ser muito interessantes. E agora não vamos ter pena, pois estamos diante de um traidor da nação. E nem mesmo o PT o respeita, pois os passarinhos andam nos contando que logo, logo o Procurador Geral de Dilma não irá usar nem vaselina e nem areia para lidar com ele. Vai ser engraçado.

O melhor de tudo é notar que Rede Globo e Renan Calheiros, bem como a turminha toda do PT, ficaram um pouco mais assustados e terão que esperar um pouco mais para ver nossa população ser massacrada em nome de seus acordos abomináveis com o partido de Dilma e Lula.

Como vimos pela notícia do UOL, mesmo com um golpe de tal dimensão, uma manifestação do porte de hoje é um sinal de que aqueles que se aliaram ao PT não conseguirão destruir nossa civilização tão cedo.

Parabéns ao Movimento Brasil Livre, aos Revoltados Online, ao Vem Pra Rua e todos os que hoje deram esperança aos que lutam contra os tiranos mais perversos da história do Brasil.

De novo, para que fique claro: hoje não foi apenas uma manifestação. Foi uma manifestação que conseguiu sucesso mesmo depois de um golpe vergonhoso e moralmente criminoso dado por PT, pela mídia vendida e por Renan Calheiros. Por isso, colocar 750 mil pessoas nas ruas hoje é um mérito talvez até maior do que ter colocado 2 milhões nas ruas em 15/3.

Hoje, Davi deu um chute nos fundilhos de Golias, que ainda estava sendo ajudado desonestamente.

Anúncios

28 COMMENTS

  1. Estive na Paulista hoje e com certeza tinha no mínimo 1 milhão de pessoas.
    Aliás, no dia 15/03 tinham bem mais de 1 milhão.
    Mas independente da quantidade de pessoas, o ponto positivo, pelo que eu percebi, é que o povo está mais alinhado nos objetivos. Nas primeiras manifestações as reivindicações eram muito dispersas.

    Parabéns a todos!

    • Quanto aos números é difícil a gente calcular, mas também percebi que ficou visível que a maioria daqueles que foram, estavam lá por um impeachment e punição de Lula e do PT, e isso é uma vitória ainda maior que a representatividade dos números de março.

      • Sem dúvida o foco principal da manifestação foi muito bem mantido pela maioria aqui no Rio, também e o novo nome na lista dos Rejeitados é o velho Renan Calheiros que nunca deveria ter retornado à presidência do Senado depois do escândalo do pagamento da pensão de uma filha que ele teve fora do casamento por uma empreiteira.

  2. OPINIÃO DO EDITOR – TUDO FICOU MUITO MAIS PERIGOSO PARA O GOVERNO DILMA, PARA LULA E PARA O PT

    Ainda que não tivesse batido novo recorde de público, como bateu, mesmo assim a manifestação de hoje apresentou um grau infinitamente superior de politização, já que teve discurso mais homogêneo e muito maior foco (Fora Dilma ! Fora Lula ! Fora PT !), como se viu nos cartazes exibidos.

    Mudou para melhor a qualidade dos protestos.

    As consignas refletem o esclarecimento de que os atores que empalmam o Poder nacional são os causadores da má gestão, da corrupção e da subversão, justamente os males que precisam ser varridos de cena e substituídos pelo bom governo, a honestidade pública e o dever legal.

    Impôs-se o valor dos 93% dos brasileiros que querem ver pelas costas o governo Dilma.

    O que valeu para a avenida Paulista, valeu para todo o Brasil.

    Depois deste domingo, tudo ficou muito mais urgente e perigoso para o governo Dilma, para Lula e para o PT.

    O povo está mais aguerrido, não desiste das mudanças, tomou gosto pela rua e só vai parar quando conseguir o que defende.

    O que se viu neste domingo foi a demonstração exuberante da nova cidadania brasileiras, que se manifesta num ambiente de inesperada e enorme maturidade política, no qual a solução para as crises atuais passam por soluções estritamente constitucionais, que são aquelas da remoção do governo, prisão de Lula e desmonte do PT pelas vias legais, de acordo com o ordenamento legal existente e no âmbito do estado democrático de direito.

    A agonia do governo Dilma, do PT e de Lula foi mais uma vez exibida neste domingo.

    O País não aguenta mais e quer se ver livre dessa gente abominável o quanto antes.

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2015/08/opiniao-do-editor-tudo-ficou-muito-mais.html

    • Só discordo do título da manchete. O governo não vive perigo algum. Cair é uma possibilidade para qualquer governo. É só deixar de atender ao povo e procurar impor a todos sua vontade, como faz o PT.

      Em perigo vivemos nós, o povo, enquanto o PT e sua linha auxiliar estiverem no Poder, aparelhando cada vez mais o Estado, gerindo o nosso dinheiro e nos ameaçando com decretos e leis que visam nos tornar escravos, sob a eterna ameaça bolivariana de uma ditadura comunista.

  3. Estive na Paulista hoje e andar estava impossível, em especial perto do carro do MBL. Em determinado momento não conseguia mesmo me mexer. Tinha fácil 1 milhão de pessoas lá. Mídia é chupadora de quem está no poder, e como alguém no microfone do MBL falou, bastará o PT cair para a Globo e a mídia bajuladora começarem a lamber os próximos.

    Bom descanso a quem hoje foi brigar pela liberdade.

  4. No Rio de Janeiro, terra da Rede Globo, a manifestação de hoje foi a maior de todas, superando a de 15 de março. E a emissora não teve refresco. Entre alguns insultos que passaram um pouco do tom, a platinada foi cobrada a ser mais decente em sua cobertura dos acontecimentos políticos. Uma cobrança justa e necessária, já que ali mesmo, no ato, o principal repórter da Globo presente, Paulo Renato Soares, deu total prioridade à minoritária turma de intervencionistas na hora de selecionar entrevistados, revelando suas intenções sub-reptícias. É preciso aumentar o nível de cobrança à Globo. Tratá-la como se trata a esgotosfera sempre que necessário.

  5. Na coluna do Reinaldo azevedo, ele diz que existe um conluio entre Renan, Janot e o governo. isto tem que ser denunciado para bem entendimento dos fatos.

    • Justamente para disfarçar a dobradinha ou conluio “Renan/PT”, dia 20 os militantes ‘petistas’ contratados irão pedir a cabeça de Renan, se bobear eles pedem a cabeça da Globo, Janot, Levy e qualquer um não petista(e de modo ‘metafórico literal’).
      No modo psicopático e desonesto, petralhas batem, jogam na lama, para, com a mão suja(mas com todo poderio de impostos) do governo Dilma oferecer ajuda. Fácil assim, eles apoiariam hitler, se estivesse vivo e lhes oferecesse poder.

  6. Tenho 76 anos de idade, fui dono de colégio, sempre afirmei aos meus alunos que os malefícios deste país podem ser debitados a TV Globo e o PT

  7. Eu até fiquei marcado na RPC (Globo de Curitiba) de tanto cobra-los por terem incentivado a população a descer ao litoral para aproveitar o belo dia de sol em pleno inverno, sem dar sequer uma palavra sobre a Manifestação. A restposta padrão era: nossa orientação é para não divulgar qualquer movimento popular. Só a ameaça do presidente da CUT. Atitude vergonhosa e covarde foi pouco.

  8. Gostaria de dizer que também tive a impressão de que o número de presentes às manifestações aumentou, apesar do que disse a Globo. Aqui em Teresina, a quantidade não aumentou, mas, em contrapartida, pareceu-me mais focada, inclusive, com participação de mais representantes da sociedade.
    Quero também reiterar meu apoio ao que disse outro leitor: temos que usar mais os recursos da internt. As ruas não são mais monopólio do PT e das esquerdas.

  9. 879 mil segundo as PMs, sem contar Rio de Janeiro e Recife. Ou seja, pode fechar mais de 1 milhão.
    Aqui em Aracaju também o 16/08 foi a maior das 3 manifestações

Deixe uma resposta