Em plena crise, PT dá mais de R$ 10 milhões do nosso dinheiro para entidades que o apoiam. E ainda tem gente que diz que “o socialismo fracassou”.

8
130

pixulecos

Imagine que você seja Coordenador Geral de Segurança de Informação da empresa XYZ. Sua responsabilidade, dentre outras, inclui proteger a empresa da invasão de hackers. Certo dia, um hacker consegue invadir a rede da empresa, roubando informações completas sobre planejamento e design de um novo produto inovador. Essas informações são vendidas a um concorrente por cerca de 10 milhões de dólares, garantindo a este hacker uma vida de nababo que você, como coordenador de segurança, jamais terá.

Em uma reunião com o board da empresa, você é questionado sobre a ação do hacker. Em resposta, diz: “Sinto muito pelo nosso amigo hacker, que fracassou em seu intento de nos permitir lançar o produto exclusivamente. Eu sinceramente espero que ele consiga abandonar sua mania de tomar decisões erradas. Ele é um coitado. Até quando esses hackers continuarão cometendo erros deste tipo?”.  Imediatamente, você é expulso da reunião.

Qual teria sido seu erro? Por que sua afirmação foi considerada tão ultrajante que lhe garantiu expulsão de sala (e provavelmente uma demissão, muito em breve)?

O fato é que sua mente estava colapsada. Não foi o hacker que fracassou em seu intento, mas você. A missão dele era invadir a rede da empresa e vender informações confidenciais. Esse objetivo foi atingido à risca. Sua missão era impedir que isso acontecesse. Seu objetivo não foi atingido. Ao entender que as intenções do hacker eram iguais às suas, sua mente entrou em colapso ao ponto demencial de achar que seu oponente fracassou, quando obteve sucesso, e que, portanto, você estava certo e isento de críticas. Uma lição tão óbvia quanto essa não foi assimilada por você: nem todos os seres possuem o mesmo sistema moral, e nem possuem o mesmo objetivo. É insanidade tomar o contrário como verdade.

Talvez você esteja dando de ombros achando que isso não aconteceria no mundo corporativo. De fato é difícil que tais colapsos mentais ocorram em tal dimensão. Ao mesmo tempo, isto ocorre o tempo todo com liberais julgando os socialistas, ao afirmarem que o “socialismo fracassou”, exatamente nos pontos onde eles obtém mais sucesso: viver como nababos a partir do uso de verbas estatais.

Veja a matéria abaixo, da CBN, mostrando que “Entidades que apoiam Dilma receberam, em 2015, mais de R$ 10 milhões em convênios do governo e patrocínios do BNDES e Petrobras. Quer dizer que o socialismo “, de Brunno Melo:

Seja por convênios com o governo federal ou patrocínios de estatais, entidades que apoiam a presidente Dilma Rousseff receberam mais de R$ 10 milhões somente este ano. Os dados foram levantados pela reportagem CBN nos portais de transparência do executivo, BNDES e Petrobras. De acordo com a pesquisa, a maior parte dos recursos é destinada a movimentos ligados à CUT e à Contag. A Central Única dos Trabalhadores, que esteve à frente das manifestações pró-governo nessa quinta-feira, recebeu R$ 1 milhão, sendo R$ 900 mil através de um convênio para Agência de Desenvolvimento Solidário e R$ 100 mil num patrocínio da Petrobras para pagar despesas de eventos do mês da Consciência Negra.  O secretário geral da CUT, Sérgio Nobre, afirma que os recursos não são usados para financiar os atos de apoio à presidente Dilma e que a Central desenvolve projetos importantes com o dinheiro.

“As nossas mobilizações são financiadas pelas nossas organizações, pelos nossos sindicatos filiados, não há confusão de papel. Todas as parcerias que a gente tem, a gente presta conta, dá retorno, não há problema nenhum. Essa agência de desenvolvimento solidário, ela assessora cooperativa, que são importantes para a geração de empregos. Então ela estrutura e assessora iniciativas no sentido de construção de atividades de economia solidária”, diz

O montante maior, no entanto, é destinado para movimentos de luta no campo, como a Confederação Nacional de Trabalhadores Rurais e federações estaduais ligadas a ela. A Contag, por exemplo, recebeu do BNDES R$ 400 mil para realizar a Marcha das Margaridas em Brasília. O evento foi um dos principais atos de apoio à presidente Dilma Roussef neste mês, quando reuniu mais de 35 mil pessoas na esplanada dos Ministérios. Além disso, tem um convênio com o governo federal no valor de 323 mil reais. Já a Fetape – Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Pernambuco, ligada à Contag, foi a entidade que mais recebeu em repasses diretos do governo: R$ 1,3 mil em dois convênios. De acordo com a federação, o contrato prevê a construção de cisternas no semiáriado. O vice-presidente da Fetape, Paulo Roberto, diz que o trabalho sempre foi realizado e independe do posicionamento politico da entidade.

“Até porque, hoje os procedimentos para realização, inclusive dos convênios, tem sido mediante de licitações, chamada atraves de edital. Então depende muito da capilaridade do movimento, do nivel de organização interna, para se colocar dentro deste processo participativo, independentemente de ser apoiador ou não de tal governo.”

O diretor da ONG Contas Abertas, Gil Castelo Branco afirma, no entanto, que o governo não tem condições de fiscalizar a aplicação de todos os recursos para saber se o dinheiro foi realmente aplicado no que estava previsto no contrato. Segundo ele, são recorrentes as decisões do TCU apontando fraudes em convênios de entidades sem fins lucrativos.

“É de se supor que havendo uma fiscalização, esses recursos não pudessem ser desviados. Agora o problema é que o governo não consegue fiscalizar, este é o fato. O tribunal de contas da União tem mostrado que existem mais de 50 mil convênios na esplanada que não são fiscalizados.”

A reportagem teve dificuldades em mapear os recursos destinados pelo governo ao MST. O movimento dos sem terra não possui CNPJ. No entanto, recebe patrocínio para eventos culturais realizados pela Associação Brasil Popular. Do ano passado pra cá foram quase R$ 1,2 milhão somando Petrobras e BNDES. Já a União Nacional dos Estudantes – UNE, este ano não aparece entre os beneficiários de repasses diretos. A entidade, no entanto, já conseguiu captar mais de 10 milhões de reais para eventos por meio da Lei Rouanet.

E aí, quando esta farra vai parar? Quando passarmos a exigir coisas como fim da Lei Rouanet, ou mesmo proibindo qualquer empresa estatal de fazer doações de qualquer tipo. Na Internet, quando passarmos a exigir que o governo só possa gastar em verbas estatais de forma isonômica e por critérios objetivos e verificáveis. Em suma, praticamente o oposto do que tem sido nossas demandas atuais. Nós simplesmente gastamos muito esforço para combater os meios que o PT usa, a partir do estado, para se manter no poder. É unicamente por isto que o PT ainda não foi apeado de lá. Simples assim.

Ao mesmo tempo, precisamos criar uma cultura onde comecemos a questionar fortemente aqueles do nosso lado que dizem “que o socialismo fracassou”. Na verdade, devemos ter medo de quando o socialismo conquista seu real objetivo, que é o de saquear o estado em benefício daqueles que chegaram ao poder, que é exatamente o que está acontecendo em escala jamais vista no Brasil. Nós não lutamos contra os “erros do PT”, mas com a ação tática de saquear nosso país em benefício de um projeto de manutenção de poder.

Para aqueles que ainda dizem que “no fundo os socialistas tem boas intenções, mas fracassam”, resta-lhes questionar se é moral que ainda possuam uma crença tão insana. Um coordenador de segurança da informação que falasse que “o hacker tem boas intenções, mas fracassou ao levar nossas informações ao concorrente” não seria tratado com condescendência. Mesmo destino deve ser dado aos discursos ingênuos para atenuar os crimes socialistas. Tais ingenuidades só servem para criar colapsos mentais que bloqueiam, em nível subconsciente, as ações mais efetivas contra pessoas cuja maior meta é receber verbas estatais a partir de aparelhamento estatal.

Anúncios

8 COMMENTS

  1. Sei disso. Normalmente vemos comentários/análises de que Dilma é má gestora etc afundou o país..Temos que mudar a ótica de análise – o PT quebrou o país porque quis, e nisso teve pleno sucesso . Quebrar , instaurar o caos – para trazer o socialismo (que já está com um pezinho aqui) e que seria recebido como o “salvador”.

  2. Só quem não conhece o comunismo acha que ele falhou. Para quem acha que algum líder comunista acredita no manifesto comunista ou mesmo que acreditam que o comunismo é de fato uma alternativa econômica viável ao capitalismo:

    Haaahhaaaa!!! Você caiu na pegadinha do seu professor de história esquerdista que caiu na pegadinha de que o PT iria tornar os professores uma classe respeitada nacionalmente.

  3. As pessoas ignorantes tem um defeito pior: o conhecimento torto. Elas acham que tem todas as respostas para as perguntas, só tem certezas, nenhuma dúvida. Digo isso porque conversei com duas senhoras no ponto de ônibus e vi que nenhum argumento funcionava, pois elas eram “sabidas” demais. A frase mais repetida pelas duas é que o comunismo não existe mais. Aí eu disse que os venezuelanos pensavam a mesma coisa e agora estão sofrendo na própria carne as consequências de sua ingenuidade. Uma até saiu de perto de mim porque se zangou quando falei isso. Mas como estou lendo “Ponerologia: psicopatas no poder”, fiquei tranquila. Sei que é desvio psicológico.

  4. Luciano, seria também correto afirmar que o Coordenador é Esquerdista se ele dizer: – a falha no sistema de segurança da Empresa é motivo para aumentarmos as verbas para a área de Segurança, já que as atuais verbas não são suficientes para manter a proteção contra a invasão de hacker, que mais depende de intelectuo do que do dinheiro.
    Assim o próprio Coordenador seria qualificado como embuste, na busca por mais verbas, ao invés de fazer um “mea culpa”, está transferindo a culpa para o setor de Finanças.

Deixe uma resposta