Jean Wyllys quer perseguir opositores de Dilma. Kim Kataguiri responde. Mas isso tem que ser só o começo.

24
69

wyllys

O fascismo dos petistas e de suas linhas auxiliares mais uma vez demonstra não conhecer limites nem pudores. Em pleno 2015, ou seja, quase 30 anos após o fim do regime militar, o deputado do PSOL, Jean Wyllys, entrou com um requerimento na CPI dos Crimes Cibernéticos para exigir que representantes do Movimento Brasil Livre e do Revoltados Online prestem depoimento.

Atenção: não foi um convite. Foi um requisição por depoimento. O jogo sujo é bem simples: impor um frame dizendo que os movimento “devem explicações por estarem fazendo algo de errado”. O motivo alegado ou é demente ou é sórdido. Basta escolher qual dos dois. Wyllys quer que os dois movimentos expliquem suas fontes de financiamento. Detalhe: não há evidência alguma de ilegalidade. Logo, por que eles deveriam se explicar?

Como Reinaldo Azevedo bem lembrou, é a típica “prática do chavismo para perseguir os adversários”. Para nenhuma surpresa, Wyllys não dá a mínima para a blogosfera estatal (BLOSTA), que recebe verba desproporcional de empresas como Caixa Econômica Federal, Correios, Banco do Brasil e Petrobrás para difamar opositores.

No vídeo que veremos ao fim deste post, Kim Kataguiri responde à esse absurdo, mas eu proponho que a coisa vá além: que eles compareçam à CPI e lancem o maior shaming da história recente da política nacional sobre o deputado bolivariano. A partir de agora, Movimento Brasil Livre e Revoltados Online podem ostentar os rótulos de perseguidos por políticos totalitários, os quais se valem do poder estatal para tentar silenciar a dissidência.

Se houvesse um medidor de heroísmo, este simples ato de Wyllys teria elevado a contagem dos dois movimentos à estratosfera. Nada melhor que usar este capital político e fazer Wyllys pagar o preço de seu totalitarismo.

Em plena Câmara dos Deputados, poder denunciar perseguição política? Ter a chance de desafiar Wyllys por evidências de suas alegações? Em um momento como esse, diante de tamanha afronta de um deputadozinho que acha viver na Venezuela, as oportunidades de capitalização política surgem aos borbotões.

Em resumo, dá para fazer do limão uma limonada. Ou muitas limonadas.

Anúncios

24 COMMENTS

  1. Uma das coisas mais abjetas é o uso do Estado Policial para tiranizar seus oponentes, e o PSOL, como bom partido de Extrema-Esquerda, não se furtaria a usar desse recurso. Enquanto isso seria bom eles explicarem o financiamento aos Black Blocs pelo Deputado Marcelo Freixo, que até hoje não se explicou, tendo tergiversado, sumido da mídia, e abafado o caso.

    • E AQUELE TAL VAGNER FREITAS? E O STÉDILE? TODOS AMEAÇANDO COM ARMAS OS MOVIMENTOS I EM DEFESA DE NOSSA PÁTRIA? QUER DIZER QUE SÓ OS BOLIVARIANOS TEM DIREITO DE MOVIMENTOS? SE O PAIS ESTÁ QUEBRADO GRAÇAS AOS PETISTAS, DEVERIAM NOS AGRADECER POR TENTAR LIMPAR AS SUJEIRAS , PORQUE O PAIS EM DESENVOLVIMENTO, BENEFICIA A TODOS. QUEREMOS SIM FORA DIRMA NUNCA MAIS PT E OS PETISTAS UM DIA NOS AGRADECERAM

  2. Um cara preparado e contundente como Kim Kataguiri em rede nacional é tudo que se poderia desejar. Que não percam esta oportunidade. Os caras vão buscar a lã e vão sair totalmente tosquiados. Se e quando isso acontecer, vou comprar pipocas, pão de queijo e etc, cancelar todos os meus compromissos e assistir de camarote o desmascaramento dessa corja. Vai ser bem mais emocionante que uma final de copa do mundo, pelo menos esta última, hehehe…

  3. Também acho que o Kim e/ou mais alguém do MBL deve ir, bem preparados (diga-se de passagem) prestar esse depoimento e desmascarar, desmentir, refutar, todas as mentiras desse deputado bolivariano. No mesmo nível ou até mais do que o Malafaia fez com a Erika Kokay.

  4. Melhor eu não dizer nada do que eu penso a respeito desse cidadão. Eles estão tentando de todas as formas transformar isso aqui na Bolívia, e se bobear, vai virar.

  5. Kim e os outros integrantes do MBL, se usarem bem esta oportunidade, terão a chance de ouro para bombardear não apenas o Jean Wyllys, mas todos esses partidecos que fazem o trabalho sujo para o PT. A munição é praticamente infinita porque essa gente está atolada na lama até a cabeça.

  6. Creio, caro Luciano, que um shaming muito mais estrondoso consistiria na pura e simples recusa do ROL e do MBL de comparecer a essa CPI de fancaria e, no horário exato marcado para o “depoimento” deles, gravarem vídeos, no conforto das suas casas, dizendo em alto e bom som: “Tchã Uílhis, eu não reconheço a sua autoridade pra porcaria nenhuma”. Isso seria um ato de desobediência civil dos mais fortes.

  7. O Kim é muito inteligente, é claro, mas seria legal se vocês dois batessem um papo antes da fala dele em rede nacional que certamente vai rolar. Você é um grande estrategista, Luciano, vê a coisa com uma clareza impressionante. Depois que você demonstra alguma coisa a obviedade da situação toda salta aos olho logo em seguida! Realmente, do ponto de vista da guerra política, a direita brasileira ainda está engatinhando. A nossa esquerda é um lixo, mas se tivéssemos metade da prática estratégica deles, já os teríamos dizimado há muito tempo.

  8. Poxa, espero que o Kim faça jus a essa sua sugestão. Eles do MBL lêem aqui e com certeza ele aproveitará essa chance de fazer limonada pra galera toda. Imagina só que delícia, questionar em rede nacional a respeito da blogosfera estatal, essa sujeirada de blogs que pagamos à força para elogiarem o governo e pessoas como membros da CUT que ameaçam matar-nos?
    Oportunidade de OURO!
    Obrigado, Jean Wyllys, por ser tão otário e trazer a munição para seu triunfal tiro no pé, babaca.

    PS: voltei, peguei uma pneumonia monstra, deve é ser praga desses esquerdopatas.

  9. Estar preparado para a discussão na CPI é fundamental, para aproveitar ao máximo a oportunidade. O kim e o Fernando são bem articulados e certamente não vão se deixar enrolar por esse ente do mal. Já o Marcelo Reis é um tanto esquentado e precisa ter calma para não mandar o ente plantar MANDIOCA. Sem dúvida se fosse possível uma preparação antes com gente como você Luciano, o RA, Felipe Moura Brasil etc. o resultado pode ser fortíssimo. De qualquer forma acho que esse estagiário de ditadura deu foi um tremendo tiro no pé.

  10. Acredito que ele pode mesmo se antecipar dizendo que está pronto para prestar esclarecimentos assim que for chamado oficialmente para depor de forma a provocar e pressionar que haja um desfecho para isso. Tudo bem que o Jeab Wyllys entrou com um requerimento na CPI, mas como muitas iniciativas de esquerda, essa pode ser outra apenas com a intenção de arranhar a imagem política do adversário. Se for o caso tem uma grande chance de não acontecer nada e tudo cair no esquecimento. Kim de qualquer forma agiu certo dando uma resposta a altura e em tempo. Esse garoto tem meu voto.

  11. Nossa como é estranho tudo isto!O BBB,a saída triunfal de Wilys,não passando nem perto do tipo de político que é hoje.O papel das mídias nisso(inclusive a poderosa Globo). A não menção do Foro de SP.O estado de” sítio”que se encontra o brasileiro consciente hoje em dia!Tem gente que vive desacreditando teoria da conspiração,que de teoria não tem ultimamente mais nada!acho bom muita gente boa começar a pesquisar e estudar mais!

  12. Por falar em sites patrocinados por estatais, vi propagandas da BR Distribuidora no site da Veja há pouco tempo. Tirei “print” com meu tablet. Vou ficar de olho na tendência deles.

  13. Não existe essa coisa de “esquerda moderada” no Brasil. Os que se vestem de moderados queimaram bandeiras de Israel junto com Marcelo Freixo no RJ. Muito tucano também odeia Israel, Estados Unidos, Europa.. eles querem trazer islamo-terroristas pra cá!

  14. A Beatriz Kicis, que eu penso ser do MBL, está postando no FB e no twitter dela, que o Jean Wyllis agora quer o depoimento do Kim Kataguiri e demais membros do MBL seja sem platéia e sem imprensa, a portas fechadas. Mas é ou não é uma caricatura de ditador esse deputado ? Na certa ele percebeu o tiro no pé e não quer ser desmascarado em público.

Deixe uma resposta