Cunha fala sobre possíveis cortes de programas sociais do governo. Não deveria.

8
84

size_810_16_9_cunha-cpi

Segundo coluna de Mônica Bergamo, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, afirma ser inevitável que programas sociais sofram cortes profundos no Orçamento de 2016, em discussão no Congresso.

Mais:

“Muitos programas vão ter que acabar, não tem outro jeito”, afirma ele à coluna, citando que o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, por exemplo, “tem 2.000 programas” e que o Orçamento prevê
“R$ 15 bilhões para o Fies” […]

“É preciso ter arrecadação [de impostos] para sustentar tudo isso. A sociedade vai ter que decidir se quer manter esses programas. Para isso, é preciso aumentar impostos, o que vai ser difícil de passar no Congresso. Será necessário, então, fazer uma opção”, segue Cunha.

Uma dica política: não deveria ser função de Eduardo Cunha falar sobre cortes impopulares. É missão de Dilma Rousseff e do PT definir onde esses cortes ocorrerão.

Melhor faria Cunha se apontasse os gastos de meio trilhão por ano em ministérios, além de quase 130.000 cargos comissionados. Um corte de 80% dos cargos comissionados já poderia ser um começo, além de corte de 50% com ministérios.

Ou seja, dá para cortar muito antes de pensar em cortar programas sociais.

Mas este é um abacaxi a ser descascado por Dilma.

Anúncios

8 COMMENTS

  1. Nao concordo! Nós queremos políticos que falem o que nos queremos, eu votaria no Cunha para presidente se ele cortar impostos e programas! Se ele transformar esse país numa ilha liberal, numa Hong Kong (sem a China, claro). Deixe o pt com o discurso para bobinhos… a mascara vai cair!

  2. Paulistana,
    A análise do Luciano não é para o que nós vamos pensar do Cunha. Lógico que entendemos a necessidade dos cortes.
    Ele usou de ceticismo e estratégia para afirmar que a população inculta, maioria de nosso povo, vai ser manipulada pelo governo cínico e criminoso para desviar a atenção sobre o que pensa quem vai abrir o processo de cassação da anta.
    Que seria mais inteligente se ele perguntasse de onde a ORCRIM vai tirar os recursos, ou porque não corta na carne antes de aumentar impostos.
    Luciano é sinistro.

    • Exatamente, o Cunha está fazendo o papel que caberia a Dilma, já que a culpada pela crise é o Partido dela, o Cunha tomar esse lugar vai acabar sendo um tiro no pé, mais um motivo para a máquina de moer reputações do Governo (aka BLOSTA) trabalhe para falar como Cunha é malvadão e quer acabar com as “conquistas” do povo.

  3. Boa Noite Luciano.
    Não tenho uma opinião definitiva formada sobre o Cunha. Entretanto, eu acredito que é um homem corajoso e que apesar de eventualmente ter cometido crimes, está sendo importante para a derrubada do pt e de sua corja. Se cometeu crimes que seja julgado e condenado. Mas o assunto aqui é outro. Se ninguem mostrar o que precisa ser feito para que a economia ande e que as pessoas lutem pelos seus destinos, ficaremos só no discurso polític inócuo e cheio de banalidades. Ninguem quer que pessoas fiquem na rua da amarguram – Eu já fiquei um dias e não desejo isto para os outros. Mas quero que acabe este paternalismo criador de preguiçosos e alienados. Que sejam revistos os programas, que sejam estudadas formas de transição e que as pessoas beneficiárias sejam recolocadas no caminho do desenvolvimento pessoal. Isto não é possível enquanto o pt estiver no poder, mas alguem precisa alertar aqueles que ainda têm equilíbrio, para o que é necessário fazer. Se não houver um debate aberto sobre os programas assistencialistas do governo que foram baseados em um visão socialista clientelista, as coisas ficarão como estão. Principalmente considerando que o PMDB, e o PSDB, como estrutura são “socialistas”, oportunistas e clientelistas. Temos sim que revisar estes programas, criar mecanismos de transição, extinguí-los e em continuação, privatizar a maioria das estatais para que o pais entre nos eixos.
    O Cunha pode ser o disparador deste processo, com todas as dores que com certeza gererá no seu in[ício.

  4. O Cunha está assumindo ônus que cabe e deve ser assumido pela anta da presidência e sus partidos apoiadores aliados. Agindo assim, dá chance para os canalhas largarem conta do prejuízo para os que assumem a dívida que foi criada por eles…

  5. Oi boa noite pra todos eu nao achei de sua parte dona dany certo e nem correto o seu modo de tratar as pessoa que sao beneficiaria do programa social vç nos chama de preguiçosos (a).vç deveria almenos ter educaçao e saber tratar as pessoas eu sou uma beneficiaria do bolsa familia e nem porisso sou preguiçosa sou chefe de familia sou pai e mae tenho um casal de gemeos nem porisso vou viver de 100reais por mes mais bem que ajuda e muito sou diarista tudo que consigo e pros gastos dele.

Deixe uma resposta