Golpe fiscal de Dilma é uma afronta e precisa ser rejeitado

17
120

size_810_16_9_presidente-dilma

Dilma, a presidente mais golpista de que se tem notícia, surgiu hoje com mais uma mistura de piada com tapa na cara do povo ao anunciar um golpe fiscal com “medidas fiscais de R$64,9 bi para 2016, com volta da CPMF”. Leia parte da matéria da Reuters, depois da qual comentarei:

O governo federal anunciou nesta segunda-feira medidas fiscais de 64,9 bilhões de reais para buscar superávit primário em 2016 e resgatar a credibilidade após o Brasil ter perdido o selo internacional de bom pagador, mas com ações que ainda dependem da aprovação do Congresso Nacional.

São nove medidas de redução de custos e outras de aumento de receitas, que envolvem a recriação da CPMF (imposto sobre operações financeiras) e aumento da alíquota do Imposto de Renda de pessoa física sobre ganhos de capital.

“Vivemos momento difícil e temos que ajustar muitas coisas”, afirmou o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, a jornalistas. “Conseguimos cortar gastos garantindo que o Estado cumpra suas obrigações”, acrescentou.

O governo quer recriar a CPMF com alíquota de 0,20 por cento, com redução de IOF, com estimativa de arrecadar 32 bilhões de reais em 2016. Já o aumento do IR, segundo o ministro, terá 4 alíquotas, que vão de 15 a 30 por cento, esta para ganhos de capital acima de 20 milhões de reais.

“Volta da CPMF é caminho com menor impacto inflacionário e mais distribuído na sociedade”, afirmou o ministro. Levy disse ainda que o objetivo do governo é que a CPMF não dure mais de quatro anos.

Do lado do corte de despesas, está o adiamento do reajuste dos servidores públicos, que garantirá economia de 7 bilhões de reais no próximo ano, segundo informou o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, que também participa do anúncio das medidas fiscais. A proposta do governo era, até então, de aumento salarial de 5,5 por cento em 2016.

O governo também não poupou programas sociais, ao reduzir gastos de 4,8 bilhões de reais no Minha Casa Minha Vida. Segundo Barbosa, para que não haja comprometimento com a execução do programa, a proposta é usar recursos do FGTS.

Também foi suspensa a realização de concursos públicos, com economia de 1,5 bilhão de reais. Outra ação é a eliminação do abono de permanência de servidores, com redução de gastos de 1,2 bilhão em 2016, medida que será enviada ao Congresso por meio de Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Onde estão os cortes de ministérios? Onde estão os cortes que afetam os gastos de meio trilhão por ano com ministérios? Onde estão os cortes na maioria dos mais de 120.000 cargos comissionados do PT? Nada. Neca de pitibiriba.

Ao invés de cortes desse tipo, ela opta por sacrificar programas sociais e ainda enrabar o cidadão com uma trolha de impostos.

É claro que o PT fez sua opção pelos seus apadrinhados. A proposta desta senhora se baseia unicamente em fazer todos nós pagarmos a conta do aparelhamento estatal do PT. Aparelhamento este que jamais será cortado, mesmo que seja o maior responsável pelo esmagamento de nossa economia.

O governo Dilma é algo com o qual não se estabelece diálogo. A proposta ofensiva de hoje é uma demonstração cabal disto.

Que o Congresso reaja mandando-a lamber sabão.

Anúncios

17 COMMENTS

  1. “Dilma, a presidente mais golpista de que se tem notícia,…”

    O correto é: “Dilma, a presidente do partido mais golpista de que se tem notícia,…”

    • ELA VAI AFUNDAR DE VEZ ESTE PAIS, PQ NAO EXTINGUIU OS MINISTERIOS QUE CRIOU QUE SO SERVE PRA AUMENTAR DESPESAS.PQ NAO CRIOU IMPOSTO SOB GRDES FORTUNAS,PQ NAO CRIOU IMPOSTO PARA OS BANQUEIROS, PQ NAO MEXEU NOS SALARIOS E VAANTAGENS DOS POLITICOS DEPUTADOS E SENADORES.PQ SÓ A POPULAÇÃO TEM QUE PAGAR A CONTA.

  2. 200 milhoes de reais em cortes com a folha ministerial…
    isso realmente foi uma piada.
    400 bilhoes de gasto, o governo quer cortar 200 milhoes.
    se fosse 1 bilhaozinho eu ainda iria dar credito a tentativa.
    que eu me foda.

  3. Luciano, a estratégia é simples: tire o dinheiro dos apadrinhados e eles vão abrir a boca.
    Ou tire o dinheiro do povo e ele vai reclamar.

    Na primeira opção, suas chances de perder o poder aumentam em 30000000000%. Já no segundo, por mais pressão que leve, não aumenta tanto, porque quem tem o poder de te tirar do poder tá mamando nas tuas tetas.

    Mas podemos usar isso pra bater no governo, e bater forte.

  4. *
    Dobraram a meta. De 30,5 bilhões de déficit conseguiram dobrar para 70 bilhões.
    Mais medidas amargas virão antes da queda oficial, para que o Temer tenha águas mais brandas.
    PMDB quer Temer.
    PSDB quer eleições.
    Banqueiros e grandes empresários querem a Dilma no comando.
    O bicho vai pegar!
    *

  5. Infelizmente eles estão aí para desestabilizar o brasil por todos os meios,só não vê quem não quer! é uma afronta depois de tanto roubo,tanto gasto,tanto cabide do pt e do congresso, vir com uma ousadia dessas, tirando já o que não tem e o que não terá em 2016 o brasileiro que trabalha,só pra pagar essa excrecência deste desgoverno!Eles provocarão até o fim,pra ver até onde vai a paciência desse povo q se diz pacífico! Tenho outro nome pra essa complacência,prefiro não nomear pra não ofender!

  6. Bom dia, Luciano eu acompanho o seu site e as notícias pra me manter informado, mas algo que eu tenho notado que ninguém comentou ainda sobre os cortes do governo e sobre os empréstimos do BNDES ao países do Foro de São Paulo que continuam a todo vapor, só este ano após todo o escândalo das dívidas do governo a Dilma liberou mais um bilhão e meio a Argentina, esses empréstimos tem que acabar e ser alvo de investigação, eu nunca vi um país endividado emprestar dinheiro.

  7. Paulo Maluf, procurado pela Interpol, virou aliado dos petistas. Realmente, eles têm muita coisa em comum:

    MALUF, PAULO

    Wanted by the judicial authorities of United States for prosecution / to serve a sentence

    IDENTITY PARTICULARS

    Present family name: MALUF
    Forename: PAULO
    Sex: Male
    Date of birth: 03/09/1931 (84 years old)
    Place of birth: Brazil
    Language spoken: Portuguese
    Nationality: Brazil

    Charges:

    1) Conspiracy in the fourth degree to commit grand larceny in the first and second degree, and criminal possession of stolen property (funds) in the first and second degree 2) First degree criminal possession of stolen property (funds) in excess of $1million usd (5 counts) 3) Second degree criminal possession of stolen property (funds) in excess of $50,000 usd (11 counts)

    http://www.interpol.int/en/notice/search/wanted/2009-13608

Deixe uma resposta