Kim Kataguiri expõe os engodos perversos de Gregório Duvivier

15
345

kim_kataguiri

Quando digo que é preciso observar o Ministério da Cultura como um ponto a ser atingido por projetos de lei que impeçam o aparelhamento da cultura com verbas estatais, não o faço desprovido de motivos. A Lei Rouanet, por exemplo, recentemente agraciou o grupo Porta dos Fundos, do qual Gregório Duvivier faz parte, com o direito de captar R$ 7,5 milhões de reais. Isso ajuda a explicar a mudança de Duvivier, que no passado ainda não estava “humanizado” pelo PT, como pode ser visto em matéria do Reaçonaria.

Em 2009, Duvivier afirmara: “Saramago acha que o twitter é um retrocesso. Progresso mesmo é o que o Fidel tem feito em Cuba”. Em 2012, tweetou o seguinte a Cristovam Buarque: “Já votei no senhor e o defendi quando todos o consideravam um pateta. Agora quando defende o sistema de cotas perco a razão.”.

Recentemente, um vídeo onde o suposto comediante deu uma entrevista a uma emissora de Portugal na qual tentou macaquear a realidade e apelar para a mistificação mais absurda, viralizou pela Internet. Estava faltando uma resposta à altura. Kim Kataguiri faz o serviço abaixo, acertando no rim:

Anúncios

15 COMMENTS

  1. E é esse cara que tem gente querendo queimar filme…

    Só discordo de UMA coisa que o Kim falou: ao final ele diz que Gregório é um bom comediante. Hã? Gregório é comediante aonde? Quem aqui já deu risada de alguma palhaçada dele? Aliás, alguém LEMBRA de alguma palhaçada do mesmo? Eu não.

    De resto, MBL neles!

    • Eu achava ele bom no começo do porta dos fundos, e algumas das esquetes originais eram excelentes. Agora, pra você ver como o Marxismo destrói até os talentos desenvolvidos pelas pessoas. Desde que ele foi “humanizado”, nunca mais teve uma esquete figurando ele que fosse pelo menos boa, e até as razoáveis estão escassas.

      Claro que aí é questão de opinião, mas procure as primeiras esquetes do Porta dos Fundos com ele, e compare com as atuais. Dá pra ver que a piora foi enorme.

  2. Luciano, vc que parece estar bem próximo dessa turma do MBL e que validou a iniciativa deles de fazer uma reunião com FHC (origem da discórdia entre setores da direita), o que achou das declarações recentes do ex-presidente afirmando que “o impeachment precisa de uma narrativa convincente” (deixando subentendido que isso ainda não existe) e que “o PT é importante e necessário”? Não avalia que se trata de um momento oportuno para o MBL entrar de sola no ex-presidente, minimizando os estragos causados por aquela reunião?

  3. As vezes me questiono sobre a verdade que Temer e pmdb tanto falam,quando vejo deputado picciani dividindo o partido batendo asas para dilma,será se não tem ninguém com capacidade de enquadrar esse entusiasta.

  4. Esse Duvivier é esquerdista ingênuo ou alienado. Pra ele, o “óbvio” é a falta de consideração que parte da sociedade, a direita é claro, tem com o “outro”(o outro no sentido de alteridade social). Acontece que o outro social não é só a cor da pele, não é só a classe social, não é só a condição sexual, etc.,mas o indivíduo como um todo. Os reprodutores da ideologia de esquerda não dão trégua e repetem sempre essa mesma bobagem…

  5. Eu nunca consegui achar graça do porta dos fundos.
    E olha que eu gosto de alguns humoristas bem mais de esquerda que eles. Não é preconceito politico não, eles são chatos que doi mesmo.

  6. Todos estamos sujeitos ao que instintivamente nos causam asco, mas que em linguagem usual “faz parte”. Algumas tratamos por nomes, caca, cutia, diarreia etc. No entanto, pra acidentais respingos de bosta em cueca ou calcinha caso não haja de fato um nome, Kataguiri seria a associação perfeita entre o nome a coisa.

  7. Ou esse rapaz está mal informado ou é mau caráter; não existe outra possibilidade. O Ministério da Cultura, simplesmente, homologa projetos culturais – NÃO destina verbas públicas para a cultura. Os projetos que atendem as exigências da lei e sua regulamentação são HOMOLOGADOS e autorizados a captar doações e patrocínios junto às empresas que pagam imposto de renda apurado pelo lucro real = GRANDES EMPRESAS. Essa decisão, doar ou patrocinar, é de decisão exclusiva e independente, das empresas.

Deixe uma resposta